Descobrindo o poder do Cloud Computing - UFMG SET/2015

163 visualizações

Publicada em

Palestra apresentada na Feira Mercado em Conexão, na Escola de Engenharia da UFMG

Publicada em: Internet
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
163
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Descobrindo o poder do Cloud Computing - UFMG SET/2015

  1. 1. André Paulovich Arquiteto de Softwares ASPNET MVP 2011-2014
  2. 2. André Paulovich paulovich@100loop.com | @andrepaulovich www.100loop.comwww.raptors.com.br MCP | MCTS | MCT | MCAD | MCSD.Net | MVP Asp.Net
  3. 3. Quem é a CI&T?
  4. 4. O que é computação? “A computação pode ser definida como a busca de uma solução para um problema a partir de entradas (inputs) e tem seus resultados (outputs) depois de trabalhada através de um algoritmo. ” Wikipedia
  5. 5. E toda empresa precisa de computação
  6. 6. Como é hoje
  7. 7. Como é hoje?
  8. 8. Tempo Capac idade deTI Carga Alocação de capacidades Desperdício de capacidades Falta de capacidades Previsão de carga Padrão de Crescimento de Capacidade de TI
  9. 9. Uso Computação Tempo Uso Inatividade “Liga/Desliga“ • Cargas On/Off (ex.:. Job batch) • Desperdício da capacidade provisionada • Time to market pode ser retardado Padrões de Uso Imposto de renda Cadastro FIES
  10. 10. Uso Computação Tempo “Crescimento Rápido“ • Serviços que precisam crescer e escalar • Crescer é um desafio grande na TI • Deployment complexo Padrões de Uso Whatsapp Facebook Twitter
  11. 11. Computação Tempo “Pico Imprevisível“ Uso • Pico de demanda inesperada • Desempenho comprometido pelo pico • Difícil provisionar nos casos extremos Padrões de Uso Site de Notícias “Earth Shake”
  12. 12. Computação Tempo Uso “Pico Previsível“ • Serviços com micro sazonalidades • Picos devido a demandas periódicas • Complexidade da TI + desperdício Padrões de Uso Sistemas estudantis Bancos
  13. 13. Mesmo “prevendo” você ainda tem um problema!
  14. 14. Vende ISSO!
  15. 15. Em 2005, a Amazon já tinha investido mais de uma década e centenas de milhões de dólares para desenvolver e gerenciar uma infraestrutura de TI em grande escala, confiável e eficiente, que alimentou a operação de uma das maiores plataformas de varejo on-line do mundo.
  16. 16. Manutenível Disponível Escalável Econômico
  17. 17. Manutenível Disponível Escalável Econômico
  18. 18. Manutenível Disponível Escalável Econômico
  19. 19. Por que ser altamente disponível? Porque é praticamente toda aplicação moderna é utilizada 24h/7, 365 dias por ano. “Everything fails all the time” - Werner Vogels – CTO of Amazon Considerando esta afirmação é possível perceber que garantir disponibilidade infere na capacidade e lidar com erros. “Tempo é dinheiro” Qualquer interrupção em um sistema pode significar milhões de reais perdidos.
  20. 20. Como isso é medido? Com uma simples equação matemática representada por :
  21. 21. Como isso é medido? Mais facilmente compreendido pela tabela dos noves:
  22. 22. Recuperação em desastres
  23. 23. Manutenível Disponível Escalável Econômico
  24. 24. Tempo Capac idade deTI Carga Alocação de capacidades Desperdício de capacidades Falta de capacidades Previsão de carga Padrão de Crescimento de Capacidade de TI
  25. 25. Carga Redução do investimento inicial Redução do excesso de TI Sem falta de capacidades Redução das capacidades nos momentos de redução da carga Tempo Capac idade deTI Previsão de carga Escalável
  26. 26. Manutenível Disponível Escalável Econômico
  27. 27. Comparativo simples! https://awstcocalculator.com
  28. 28. Se “popularizou” em 2008
  29. 29. Entenda o contexto
  30. 30. Big Users
  31. 31. Fonte: ProgrammableWeb Clube dos Bilhões 5+ Bilhões de Calls/Dia1+ Bilhões de Calls/Dia
  32. 32. A Internet das coisas
  33. 33. E a exigência dos usuários é cada vez MAIOR!!!
  34. 34. Evolução Virtualização Físico SaaSVirtual IaaS PaaS Nuvem
  35. 35. 56 Modelos
  36. 36. Seu Datacenter Virtualization O/S Hardware Network Data Applications Firewall Web Sites Applications Data Serviços na Nuvem Applications Firewall Rules Data Virtual Network Máquinas Virtuais Virtual Network Data Applications Firewall Rules O/S Quanto mais à direita, maior o foco no “negócio” Cloud Services
  37. 37. Desafios arquiteturais •Posso pegar minha aplicação atual e publicá-la na nuvem para ter todas estas vantagens?
  38. 38. 90% das aplicações são assim.
  39. 39. Ele continua sendo um Porco!
  40. 40. “On the line” Clickgram
  41. 41. Você é o responsável pela infraestrutura de um novo aplicativo chamado Clickgram. O Clickgram permite que qualquer pessoa compartilhe uma foto com seus amigos em apenas um clique! Chegou o momento de você colocar o aplicativo no ar e seu chefe exigiu que não ocorram problemas de escalabilidade ou de disponibilidade.
  42. 42. Comparando Nuvens! •Não é tão simples. •Esteja “por dentro” das vantagens específicas de cada nuvem. • Precificação • Modelo de cobrança • Tecnologias de plataforma e serviços •Revisite sua arquitetura. • Seja flexível • Não tenha um escopo fechado
  43. 43. Por hoje é só pessoal! Obrigado, velhinhos!
  44. 44. Perguntas?!
  45. 45. André Paulovich paulovich@100loop.com | @andrepaulovich www.100loop.comwww.raptors.com. br MCP | MCTS | MCT | MCAD | MCSD.Net | MVP Asp.Net

×