Fazenda santa nice apresentação site

666 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
666
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
167
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fazenda santa nice apresentação site

  1. 1. Há mais de 64 anos difundindo no Brasil omelhoramento genético do Nelore
  2. 2. Há mais de 64 anos difundindo no Brasil o melhoramento genético do NeloreBIG BEN DA SANTA NICE GRANDE CAMPEÃO NACIONAL EXPOZEBU 2001 MAGHAIVER DA SANTA NICE GRANDE CAMPEÃO NACIONAL EXPOZEBU 2003
  3. 3. GRANDE CAMPEÃO GRANDE CAMPEÃNACIONAL EXPOZEBU NACIONAL EXPOZEBU 1997 1999 BAÚ DA SANTA NICE AMÁLIA DA SANTA NICE
  4. 4. DADOS TÉCNICOS• EMPRESA AGROPECUÁRIA VOLTADA AO MELHORAMENTO DA RAÇA NELORE• SISTEMA DE INTEGRAÇÃO AGRICULTURA E PECUÁRIA (PO E CORTE)• ÁREA: 7.502 HECTARES, LOCALIZADA NO MUNICIPIO DE AMAPORÃ – NOROESTE DO PARANÁ• OUTRAS ATIVIDADES : PECUÁRIA DE CORTE, CANA DE AÇUCAR E MANDIOCA
  5. 5. HISTÓRICO• CRIADA EM 1944 PELO DR OSCAR MARTINEZ• ADQUIRIDA EM 1983 PELO DR ANTONIO GRISI FILHO• RECONHECIDA COMO UM DOS PRINCIPAIS PATRIMÔNIOS GENÉTICOS DA ÉPOCA• AS PRIMEIRAS LINHAGENS UTILIZADAS FORAM: CHUMMAK, EVEREST III, TAJ I E GOLIAS• NA ÉPOCA A SANTA NICE CHEGOU A TRABALHAR QUASE 500 FILHAS DO CHUMMAK EM UMA MESMA ESTAÇÃO• ALGUNS TOUROS SE DESTACARAM NA FORMAÇÃO DA BASE DO GADO DA SANTA NICE E SE ECONTRAM NA GENEALOGIA DAS NOSSAS PRINCIPAIS FAMÍLIAS. SÃO ELES: EDIRI, BATOM E APOSTOLADO
  6. 6. HISTÓRICOEDIRI DA SC –FILHO DO GOLIAS COM UMA IRMA PRÓPRIA DO CHUMAK
  7. 7. CONQUISTAS• DESTAQUE NOS PRINCIPAIS SUMÁRIOS DO BRASIL (GENEPLUS E PMGZ/ABCZ): MAIS DE 165 ANIMAIS CANDIDATOS A CEP NO PMGZ – SAFRA 2011• QUATRO GRANDES CAMPEÕES NACIONAIS NA EXPOZEBU, ALÉM DE UM GRANDE E DOIS RESERVADOS DE GRANDE CAMPEÃO NA EXPOINEL DE UBERABA/MG• MELHOR EXPOSITOR DO RANKING NACIONAL DA ACNB EM 1999 E MELHOR CRIADOR E EXPOSITOR DURANTE A EXPOZEBU 2000• MAIS DE 400 000 DOSES DE SÊMEN COMERCIALIZADAS• RECORDES DE PREÇO ALCANÇADOS NOS PRINCIPAIS LEILÕES DO PAÍS
  8. 8. CENÁRIO PECUÁRIA NACIONAL• AVANÇO DA AGRICULTURA EM REGIÕES TRADICIONAIS DE PECUÁRIA - COM VALORIZAÇÃO EXPRESSIVA DOS PREÇOS DAS TERRAS• CULTURAS COMO A CANA DE AÇUCAR E SOJA EXERCENDO PRESSÃO PARA A MODERNIZAÇÃO DA PECUÁRIA NACIONAL• TECNOLOGIA E INTESIFICAÇÃO INDISPENSÁVEIS PARA A SOBREVIVÊNCIA NA ATIVIVDADE• INTEGRAÇÃO LAVOURA / PECUÁRIA SURGE COMO ALTERNATIVA NESTE NOVO CENÁRIO• INVESTIMENTOS EM GENÉTICA, MANEJO, NUTRIÇÃO E SANIDADE PASSAM A SER ESSENCIAIS.• PROFISSIONALIZAÇÃO DO MANEJO DE PASTAGENS - PECURARISTA PRECISA CUIDAR DOS PASTOS DA MESMA FORMA QUE AGRICULTOR CUIDA DE SUA LAVOURA
  9. 9. SISTEMA PRODUÇÃO SANTA NICE• INTEGRAÇÃO LAVOURA E PECUÁRIA, COM PLANTIO DE SORGO E MANDIOCA, NAS ÁREAS DE PASTAGENS MENOS PRODUTIVAS. CANA E EUCALIPTO COMO ALTERNATIVAS DE DIVERSIFICAÇÃO• AGRICULTURA COMO FONTE ADICIONAL DE RECEITAS E ALTERNATIVA PARA PRODUÇÃO MAIS BARATA DE ALIMENTOS QUE SERÃO USADOS NO CONFINAMENTO PARA O GADO DE CORTE• 35% A 40% DA ÁREA DA FAZENDA FORMADA COM CAPINS DE ALTA PERFORMANCE, COMO TANZÂNIA, MOMBAÇA E MG5• PASTEJOS ROTACIONADOS COM PIQUETES DE 6 A 8 HECTARES, TRABALHADOS NO SISTEMA DE DESPONTE E REPASSE, COM GADO PO E GADO DE CORTE (BEBEDOURO /SALEIROS EM TODOS OS PIQUETES)• SISTEMA DE DESPONTE COM GADO PO E REPASSE COM GADO DE CORTE, PERMITE MAIORES LOTAÇÕES, CONTRIBUINDO PARA DILUIÇÃO DE CUSTOS E AUMENTO DE RECEITAS
  10. 10. SISTEMA PRODUÇÃO SANTA NICE•INTEGRAÇÃO DO GADO PO COM CORTE PERMITE MAIOR MOBILIDADE NO MANEJODAS LOTAÇÕES. GADO DE CORTE TEM LIQUIDEZ PARA VENDA EM MOMENTOSADVERSOS (VERANICOS EX) E NO INVERNO VAI PARA CONFINAMENTO PARA AJUSTEDE CARGAS•NÍVEL DE INTENSIFICAÇÃO DE ACORDO COM A LOTAÇÃO ALMEJADA, COM ASPERSPECTIVAS DE MERCADO (PREVISÃO DE VENDA E CUSTO DA ARROBAENGORDADA) E RISCOS CLIMÁTICOS•META DE LOTAÇÃO DOS ROTACIONADOS INTENSIFICADOS DE 4 A 4,5 UAS PORHECTARE NAS ÁGUAS – 1,2 A 1,5 UAS NO INVERNO. NO PLANEJAMENTO ATUALADUBAÇÃO DE 120 KG DE NITROGÊNEO/HA MAIS ADUBAÇÃO DE BASE•BAIXA SUPLEMENTAÇÃO - PROTEÍNADO DE BAIXO CONSUMO NO INVERNO(MACHOS) - @ MAIS BARATA É GANHA A PASTO
  11. 11. SISTEMA PRODUÇÃO SANTA NICE - PASTAGEM•CADA ROTACIONADO TEM SEU RESPONSÁVEL – CAPACITAÇÃO DOS PEÕES PARATIRAR A SUBJETIVIDADE NA DECISÃO DA ROTAÇÃO DOS PIQUETES•ALTURA IDEAL DE ENTRADA DO GADO - 95% DE INTERCEPTAÇÃO LUMINOSA.VARIÁVEL DE ACORDO COM O TIPO DE CAPIM. MELHOR NÍVEL DE PROTEÍNA BRUTA EDIGESTIBILIDADE (MELHOR RELAÇÃO FOLHA / CAULE E MATERIAL MORTO NA MASSADE FORRAGEM)•ALTURA IDEAL DE SAÍDA DO GADO - LEVA EM CONSIDERAÇÃO A PROXIMIDADE DOMERISTEMA APICAL. VARIÁVEL DE ACORDO COM O TIPO DE CAPIM•NOS MÓDULOS DE PASTEJO, 20% a 25% DA LOTAÇÃO DE SUPORTE É ATINGIDA COMGADO PO NO SISTEMA DE DESPONTE, E O RESTANTE, 80% A 75%, COM O GADO DECORTE•ALTURA DE SAÍDA DO LOTE DE REPASSE É QUEM DETERMINA O MOMENTO PARATROCA DE PIQUETES.
  12. 12. ALTURA IDEAL DE MANEJO POR TIPO DE PASTAGEM LOTAÇÃO CONTINUA E ROTACIONADA Lotação Lotação Rotacionada Contínua Gramínea Nome Tropical Comum Alt. Pós- Alt. Pós- Altura Alt. Pré- pastejo pastejo não pastejo pastejo adubado adubadoB. brizantha Braquiarão 30 25 12 18 B. brizantha Xaraés ou MG 5 - 30 15 22B. decumbens Braquiarinha 30 22 11 16 Cynodon Tifton 85 15 25 12 18 Cynodon Coastcross 15 30 15 22
  13. 13. ALTURA IDEAL DE MANEJO POR TIPO DE PASTAGEM LOTAÇÃO ROTACIONADA Lotação Lotação Rotacionada Contínua Gramínea Nome Tropical Comum Alt. Pós- Alt. Pós- Altura Alt. Pré- pastejo pastejo não pastejo pastejo adubado adubado P. maximum ¹ Massai - 55 15 - P. maximum Tanzânia - 70 35 52 P. maximum ¹ Atlas - 75 35 - P. maximum Mombaça - 90 45 67 P. maximum ¹ Tobiatã - 93 35 - P. purpureum Capim-elefante - 100 45 70¹ Fonte: MORENO, 2004. 1
  14. 14. EXEMPLO MANEJO MACHOS PO LOTESOBREANO SAFRA 2010 NASCIMENTOS 8 E 9 • 142 ANIMAIS CRIADOS À PASTO, SEM CREEP-FEEDING • RECRIADOS EM PASTOS ROTACIONADOS DE CAPIM TANZÂNIA (DESPONTE) – ADUBAÇÃO DE 80 KG DE NITROGÊNEO POR HECTARE • SUPLEMENTADOS COM SAL PROTEINADO DE BAIXO CONSUMO – 1 GRAMA POR KG DE PESO VIVO • DESMAMA – 240 DIAS • SOBREANO – 480 DIAS
  15. 15. EXEMPLO MANEJO MACHOS LOTE PO SOBREANO SAFRA 2010 NASCIMENTOS 8 E 9
  16. 16. EXEMPLO MANEJO MACHOS PO LOTESOBREANO SAFRA 2011 NASCIMENTOS 8 E 9 • 134 ANIMAIS CRIADOS À PASTO, SEM CREEP-FEEDING • RECRIADOS EM PASTOS ROTACIONADOS DE CAPIM TANZÂNIA (DESPONTE) – ADUBAÇÃO DE 120 KG DE NITROGÊNEO POR HECTARE • SUPLEMENTADOS COM SAL COMUM + LASALOCIDA NAS ÁGUAS (CUSTO MÊS DE R$ 3,5 POR ANIMAL); PROTEINADO DE BAIXO CONSUMO NO INVERNO - 1 GRAMA POR KG DE PESO VIVO • DESMAMA – 240 DIAS • SOBREANO – 480 DIAS
  17. 17. EXEMPLO MANEJO MACHOS LOTE PO SOBREANO SAFRA 2011 NASCIMENTOS 8 E 9
  18. 18. GRÁFICO EVOLUCÃO PESO SISTEMA CORTE LOCAL DATA INICIAL PESO (kg) GMD (gr/dia) DIAS GANHO (kg) SEQUESTRO 30-jun-12 240 0,666 PASTO 1-out-12 302 0,780 93 62 CONFINAMENTO 30-abr-13 467 1,370 211 165 ABATE 7-jun-13 519 38 52
  19. 19. GESTÃO FOCADA EM PROCESSOS• TODAS AS ÁREAS DA SANTA NICE SÃO GERIDAS DE ACORDO COM PROCESSOS E PROCEDIMENTOS PRÉ-ESTABELECIDOS• CADA TAREFA TEM O SEU RESPONSÁVEL E CO-RESPONSÁVEL EVITANDO VÁCUOS NA TOMADA DE DECISÃO• A SANTA NICE CONTA COM FERRAMENTAS PARA ASSESSORAR NA CONTROLADORIA E GESTÃO: SISTEMA DE ERP MICROSIGA E CONSULTORIA EM GESTÃO – EQUIPE CAPACITADA• BOA COLETA DE DADOS E CORRETA ALOCAÇÃO DAS DESPESAS NOS DIVERSOS CENTROS DE CUSTO CONTRIBUEM PARA O CORRETO ENTENDIMENTO DE CADA MODELO DE NEGÓCIO• ACOMPANHAMENTO DE METAS EM VÁRIOS INDICADORES PRODUTIVOS E FINANCEIROS – SISTEMA DE ALERTA (VERDE/AMARELO/VERMELHO) DE ACORDO COM O CUMPRIMENTO DA META ESTABELECIDA
  20. 20. PROCEDIMENTOS SANTA NICE•CONFINAMENTO•COMERCIALIZAÇÃO DE GADO P/ ABATE (CORTE)•COMERCIALIZAÇÃO DE TOURINHOS (GADO PO)•FECHAMENTO MENSAL (BOLETIM TERRA)•ESCRITURAÇÃO ZOOTÉCNICA•CALENDÁRIO SANITÁRIO•PLANEJAMENTO E MANEJO NUTRICIONAL•ESTAÇÃO DE MONTA (INSEMINAÇÃO)•MATERNIDADE•PASTAGENS, ADUBAÇÃO, AGRICULTURA•MECANIZADO•CERCAS E NAMUTENÇÕES GERAIS•FINANCEIRO, COMPRAS E CONTROLE DE ESTOQUE•CONTABILIDADE, FISCAL E RECURSOS HUMANOS•SEDE E CASA DE HÓSPEDES•REGIME DE CAIXA VS REGIME DE COMPETÊNCIA•VARIAÇÃO DO ESTOQUE DE ARROBAS•CUSTO CAB/MÊS•LUCRO CAB/MÊS
  21. 21. GESTÃO – REVISÃO CONSTATE DAS METAS PARÂMETROS ESPERADOS REFERÊNCIAFertilidade Geral > 85%Fertilidade Novilha > 88%Fertilidade Primípara > 80%Fertilidade Vaca > 85%Perda Pré-Parto < 4%Mortalidade de Bezerros < 2,5%Mortalidade de Animais Jovens < 1,2%Mortalidade de Animais Adultos < 0,8%Taxa de Desmame > 76%Peso ao desmame Machos PO > 250Peso ao desmame Fêmeas PO > 225Peso ao sobreano Machos PO > 385Peso ao sobreano Fêmeas PO > 325
  22. 22. GESTÃO – REVISÃO CONSTATE DAS METAS (cont.) PARÂMETROS ESPERADOS (cont.) REFERÊNCIA Índice de serviço IA 1,67 Indice IATF 2,5 Lotação UA/ha* Areas Intensificadas 2,85 Lotação UA/ha* Areas não Intensificadas 1,6 Desfrute > 40% Produção @ por ha > 13 Folha de Pagamento (% do custeio total) 16 a 24% Folha de Pagamento (% da receita bruta após reposição) 8 a 14 % Desembolso cabeça/Mês < R$ 40,00 % manutenção de pastagem sobre faturamento > 14% % de custo fixo sobre o custeio < 45% Tempo médio de contratação (meses) > 48 meses Rotatividade % < 15% Relação cab/homem campo > 800 cab/func. % de funcionários diretos (centros produtivos) > 55% % de funcionários indiretos < 45% Valor Parque sobre rebanho total < 10%
  23. 23. SANTA NICE FUNCIONAL
  24. 24. SANTA NICE FUNCIONAL• PROGRAMA EMBRAPA GENEPLUS COORDENAÇÃO - DR LUIZ OTÁVIO CAMPOS SILVA E DR LUIZ AMADEU CARDOSO VENDRAME (ACASALADOR)
  25. 25. SANTA NICE FUNCIONAL• MAIS DE 64 ANOS DE MELHORAMENTO GENÉTICO• OBJETIVO PRINCIPAL – “PRODUZIR ANIMAIS MELHORADORES, BEM CARACTERIZADOS, E QUE SE DESTAQUEM POR SUA FUNCIONALIDADE A CAMPO”• TRABALHO DE AVALIAÇÃO GENÉTICA COMEÇOU HÁ MAIS DE 13 ANOS COM A ENTRADA NO PROGRAMA DE MELHORAMENTO GENÉTICO DA EMBRAPA – GENEPLUS (UMA DAS PRIMEIRAS FAZENDAS DO PROGRAMA)• ACASALAMENTOS DIRECIONADOS - GENEALOGIA, HISTÓRICO DE PRODUÇÃO, CARCATERIZAÇÃO RACIAL, E DEP´S (DIFERENÇA ESPERADA NA PROGÊNIE)• PROCEDIMENTOS RIGOROSOS DE SELEÇÃO E DESCARTE
  26. 26. FUNCIONAL - Características Avaliadas
  27. 27. SANTA NICE FUNCIONAL• UMA BOA COLETA DE DADOS É A BASE PARA UM BOM PROGRAMA DE MELHORAMENTO GENÉTICO• FORMAÇÃO DOS GRUPOS CONTEMPORÂNEOS É ESSENCIAL PARA A CORRETA COMPARAÇÃO ENTRE INDIVÍDUOS• EM CADA GERAÇÃO TODOS OS ANIMAIS SÃO CLASSIFICADOS NAS AVALIAÇÕES PRINCIPAIS (MATERNAL, DESMAMA E SOBREANO) COM UMA NOTA DE CONFORMAÇÃO FRIGORÍFICA QUE VAI DE 1 A 6 (SENDO 1 E 2 O FUNDO DO LOTE, E 5 E 6 A CABECEIRA)• NOTAS DEVEM SEGUIR UMA DISTRIBUIÇÃO NORMAL SENDO: 25% DO LOTE NOTAS 5 E 6 – 50% DO LOTE NOTAS 3 E 4 E 25% DO LOTE NOTAS 1 E 2
  28. 28. FUNCIONAL – Nota FrigoríficaComposição da nota final: Conformação: comprimento + arqueamento + profundidade Musculatura: volume de carne cobrindo a conformação Acabamento: Grau de deposição de gordura
  29. 29. SANTA NICE FUNCIONAL – GRUPOS DE MANEJO• FASE DE CRIA (NASCIMENTO ATÉ A DESMAMA) - OS GRUPOS SÃO FORMADOS DE ACORDO COM A SEQUÊNCIA DOS NASCIMENTO E DIVIDOS ENTRE FILHOS DE VACAS (VC) E PRIMÍPARAS (PR).• GRUPO DE VACAS ENTRE 50 A 70 ANIMAIS. GRUPO DE PRIMÍPARAS ATÉ 50 ANIMAIS - EXEMPLO VC0112 (PRIMEIRO GRUPO DE FILHOS DE VACAS NASCIMENTO 2012) – PR0112 (PRIMEIRO GRUPO DE FILHOS DE PRIMÍPARAS NASCIMENTO 2012)• FASE RECRIA (PÓS DESMAMA ATÉ SOBREANO) - OS GRUPOS SÃO FORMADOS SEGUINDO O CRITÉRIO DE SEQUENCIA DE NASCIMENTO , SEXO E QUANTIDADE IDEAL POR LOTE. EXEMPLO SM0112 (SOBREANO MACHOS PRIMEIRO GRUPO 2012 – ENTRE 40 A 60)• FASE COMERCIAL (PÓS SOBREANO) – GRUPO DE MACHOS DESTINADOS A VENDA – TI (TOUROS INÍCIO SAFRA NASCIDOS ENTRE AGOSTO E SETEMBRO) – TF (TOUROS FINAL SAFRA NASCIDOS ENTRE OUTUBRO E NOVEMBRO). OS GRUPOS SE SUBDIVIDEM DE ACORDO COM AS NOTAS DE CLASSIFICAÇAO FINAL QUE CADA TOURO OBTEVE NO ÍNDICE SANTA NICE FUNCIONAL (NOTAS 1 E 2 / NOTAS 3 E 4 / NOTAS 5 E 6)• EXEMPLO TI1212 (TOUROS COM NOTAS 1 E 2 NASCIDOS EM 2012) – TF3412 (TOUROS COM NOTAS 3 E 4 NASCIDOS EM 2012)
  30. 30. SANTA NICE FUNCIONAL – CRITÉRIOS DESCARTE• PRINCIPAIS AVALIAÇÕES (DESMAMA E SOBREANO) - MACHOS NOTAS 1 E 2 E FÊMEAS NOTAS 1 SÃO DESCARTADOS• QUALQUER ANIMAL COM CARCTERÍSTICAS DESCLASSFICATÓRIAS (APRUMOS, RAÇA, SEXUAL, UMBIGO, PELAGEM – CRITÉRIOS ABCZ)• TODA NOVILHA QUE NÃO EMPRENHOU ATÉ A IDADE DE 28 MESES• TODA MATRIZ QUE FALHAR NA ESTAÇÄO DE MONTA – EXCEÇÄO QUANDO PRIMÍPARA BEM PARIDA OU VACA COM ÓTIMO HISTÓRICO• TODA MATRIZ QUE DESMAMAR MAIS DE 1 BEZERRO COM NOTA INFERIOR A 2 NO SEU GRUPO CONTEMPORÂNEO• TODA MATRIZ COM MAIS DE 13 ANOS DE IDADE (SALVO EXCEÇÕES)
  31. 31. SANTA NICE FUNCIONAL - REPRODUTORES• GRANDE TRADIÇÃO NA VENDA DE REPRODUTORES• RIGOROSO PROCESSO DE MENSURAÇÃO E AVALIAÇÃO – TODOS OS ANIMAIS COMERCIALIZADOS TEM AVALIAÇÃO POSITIVA NO PROGRAMA GENEPLUS• REPRODUTORES SÃO CLASSFICADOS DE ACORDO COM UM ÍNDICE CRIADO PELA FAZENDA, QUE CONSOLIDA E PONDERA AS CARACTERÍSTICAS CONSIDERADAS MAIS IMPORTANTES• A CADA GERAÇÃO A FAZENDA SANTA NICE ESCOLHE OS 10 MACHOS QUE SE DESTACARAM E OS DIRECIONA PARA TESTE DE PROGÊNIE E REPASSE DAS VACAS DO REBANHO PO• OS MACHOS QUE SE SE DESTACAM NAS PROVAS SEGUEM PARA AS CENTRAIS DE INSEMINAÇÃO
  32. 32. SANTA NICE FUNCIONAL - REPRODUTORES• CARACTERÍSTICAS QUE COMPÕE O ÍNDICE SANTA NICE FUNCIONAL PARAMACHOS : • Peso à Desmama (240 dias) - 15% • Peso ao Sobreano (480 dias) - 15% • Ganho de Peso Pós-Desmama - 10% • Conformação Frigorífica à Desmama - 5% • Conformação Frigorífica ao Sobreano - 13% • Perímetro Escrotal à Desmama - 5% • Perímetro Escrotal ao Sobreano - 10% • Ultra Sonografia: AOL (área de olho de lombo) - 12% • Ultra Sonografia: EGS (espessura de gordura subcutânea) - 9% • Ultra Sonografia: Marmoreio - 3%•OUTRAS CARACTERÍSTICAS CONSIDERADAS: • Caracterização Racial;• Pesos: 120 dias (maternal)• DEP (DiferençaEsperada da Progênie)/IQG (Índice de Qualificação Genética); • Exame Andrológico.
  33. 33. SANTA NICE FUNCIONAL - REPRODUTORES • EXEMPLO FICHA REPRODUTORES À VENDA SANTA NICE
  34. 34. TENDÊNCIA DO ÍNDICE DE QUALIFICAÇÃO GENÉTICA - IQGIQG = 5% TM120 + 20% PD + 15% TMD + 20% GPD + 20% PS + 5% CFS + 5% PES + 10% IPP
  35. 35. Tendências I
  36. 36. Tendências II
  37. 37. FUNCIONAL - ULTRASONOGRAFIA Geracao 2010 Geracao 2009 Geracao 2008 Geracao 2010 Geracao 2009 Geracao 2008Meida GC AOL Media Media Media Meida GC EGS Media Media Media Grupo 1 1M 88,07 77,60 73,81 Grupo 1 1M 2,94 2,72 2,39 2M 79,33 69,25 64,83 2M 2,88 2,46 2,12Grupo 2 3M 76,06 59,15 61,13 Grupo 2 3M 2,84 2,30 2,07 1F 61,53 58,55 66,44 1F 4,35 4,07 4,72Grupo 3 2F 60,29 53,70 63,30 Grupo 3 2F 4,27 3,34 4,44 3F 57,51 48,15 57,85 3F 4,30 2,77 3,09 FIV FIVM 85,22 73,30 FIV FIVM 2,75 2,43 FIVF 58,85 55,29 FIVF 4,10 3,71 67,88 63,94 65,24 3,69 3,19 3,42 Geracao 2010 Geracao 2009 Geracao 2008 Geracao 2010 Geracao 2009 Geracao 2008Meida GC AOL 100 Media Media Media Meida GC EGS 100 Media Media Media Grupo 1 1M 16,54 15,34 14,53 Grupo 1 1M 0,55 0,54 0,47 2M 16,58 15,52 15,07 2M 0,60 0,55 0,49Grupo 2 3M 16,73 14,94 15,88 Grupo 2 3M 0,62 0,58 0,54 1F 15,55 14,87 16,55 1F 1,10 1,04 1,17Grupo 3 2F 16,01 15,13 16,76 Grupo 3 2F 1,14 0,94 1,18 3F 16,27 17,25 17,01 3F 1,21 1,01 0,91 FIV FIVM 17,45 14,63 FIV FIVM 0,57 0,49 FIVF 15,81 14,26 FIVF 1,10 0,94 16,20 15,10 16,03 0,89 0,78 0,86 Geracao 2010 Geracao 2009 Geracao 2008 Geracao 2010 Geracao 2009 Geracao 2008Meida GC RATIO Media Media Media Meida GC MARMOREIO Media Media Media Grupo 1 1M 0,477 0,460 0,471 Grupo 1 1M 2,4825 1,7686 1,4392 2M 0,474 0,451 0,445 2M 2,4893 1,8426 1,8915Grupo 2 3M 0,461 0,444 0,446 Grupo 2 3M 2,4358 1,5290 2,0584 1F 0,458 0,451 0,448 1F 2,6627 2,1600 2,0287Grupo 3 2F 0,444 0,438 0,433 Grupo 3 2F 2,2064 2,0485 1,8910 3F 0,441 0,452 0,418 3F 2,4181 1,1740 1,9679 FIV FIVM 0,473 0,458 FIV FIVM 2,3105 1,5665 FIVF 0,453 0,449 FIVF 2,1307 1,8055 0,461 0,450 0,444 2,446 1,928 1,856
  38. 38. SANTA NICE FUNCIONAL• JUMBO da Santa Nice (Bitelo x Vaca 1646)
  39. 39. SANTA NICE FUNCIONAL• PAVAROTI da Santa Nice (Maghaiver x Vaca Apostolado)
  40. 40. SANTA NICE FUNCIONAL •Barac da Santa Nice (Rambo x Dácia) •Irmão materno do Bitelo Ds
  41. 41. SANTA NICE FUNCIONAL • RAUSOR da Boitel (Bitelo DS x Visual)

×