O Jogo

510 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
510
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
25
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Jogo

  1. 1. O jogo no desenvolvimento da criança
  2. 2. Definição de Jogo Jogo é um termo originário do latim “jocus” que significa gracejo, brincadeira, divertimento. O professor/educador desempenha um papel fulcral, na medida em que através do jogo pode desenvolver capacidades na criança, orientando-o para diversas abordagens e interações com diversos domínios.
  3. 3. Definição de Jogo ๗ O jogo é uma situação que implica um elevado processo reflexivo, no qual o professor deve aliar os interesses da criança com a oportunidade de aprendizagem. ๗ Uma brincadeira, por mais simples que seja, é sempre orientada por regras (ainda que a criança possa não ter a noção da existência de regras), mas também pode ser influenciada pelas suas vivências. ๗ Encontra-se presente no quotidiano com diversas formas de abordagem e de interação entre a comunidade, cultura, animação, lazer e o desporto. ๗ Ajuda a desenvolver habilidades práticas e psicológicas.
  4. 4. Os diferentes tipos de jogos Jogos de integração Jogos de toque e confiança Jodos de criatividade Jogos de relaxamento
  5. 5. A importância do Jogo O jogo exerce um papel fundamental como instrumento pedagógico. Ajuda a criança a estimular o crescimento, o desenvolvimento emocional e intelectual, e a manifestar a sua criatividade, assim como ajuda em diversas descobertas, nomeadamente na descoberta do “eu”. Estimula o domínio da palavra, o que faz com que se torne mais fácil para a criança interagir e integrar-se na sociedade.
  6. 6. A importância do Jogo O jogo é uma das primeiras linguagens da criança, através da qual conhece o mundo que a rodeia, incluindo as pessoas e objetos mais próximos. Desta forma os jogos permitem diversas vantagens educativas: • • • • • • • A integração e socialização em grupo; O trabalho da flexibilidade corporal; O desenvolvimento motor; O desenvolvimento do sentido rítmico – compreensão do tempo; O enriquecimento oral da linguagem; A aprendizagem e interação com certos domínios de saberes; A formação da personalidade.
  7. 7. A perspetiva de vários autores Jean Piaget Segundo o que Piaget definiu no esquema cognitivo, temos: • 0-2 anos: Predomínio dos apetos sensório-motores, nesta fase a criança explora o seu corpo; • 2-6 anos: Nesta fase, a criança interioriza o que a rodeia, através do jogo simbólico; • 6-9 anos: Nesta altura as crianças já jogam com regras estabelecidas pelo grupo, comunicam e adaptam-se às aprendizagens adultas; • 9-14 anos: Prevalece o jogo organizado , implica relações sociais.
  8. 8. A perspetiva de vários autores Platão Froebel Walter Segundo Platão, o jogo é um fator muito importante para a formação do cidadão perfeito. Froebel integrou o jogo no âmbito escolar. Walter defende que a capacidade de jogo deve integrar a educação lúdica, como tarefa que inclua todas as matérias. Para Walter, o jogo é uma função importante no desenvolvimento da aprendizagem.
  9. 9. Conclusão final de um questionário realizado a uma Professora do Ensino Básico ๒ O período crítico da aprendizagem situa-se no final do 1ºciclo. ๒ A maior necessidade de atividade conduz à introdução de ajudas, para auxílio dessa necessidade. ๒ Ao longo dos anos existiu uma necessidade de ajustamento dos planos educativos às crianças. ๒ Brincadeiras: Antiguidade versus Atualidade ๒ Crise atual implica novas formas de adaptação à realidade. ๒ A criança precisa de um estímulo como o jogo para o seu desenvolvimento psicomotor.
  10. 10. Para refletir... “A criança deve desfrutar plenamente de jogos e brincadeiras os quais deverão estar dirigidos para a educação; a sociedade e as autoridades públicas se esforçarão para promover o exercício deste direito.” Declaração universal dos direitos das crianças
  11. 11. Universidade do Minho - Instituto da Educação Licenciatura em Educação Básica - 2º ano Autoria: Ana Oliveira Nº69105 Carina Silva Nº69076 Patrícia Rocha Nº69128 Raquel Machado Nº33801 Sara Peixoto Nº69088 Unidade Curricular: Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem da criança Docente: Judite Maria Zamith Cruz

×