Avaliação neurológica geral aula 2

341 visualizações

Publicada em

AVALIAÇÃO NEUROLOGICA

Publicada em: Dados e análise
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
341
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Avaliação neurológica geral aula 2

  1. 1. AVALIAÇÃOAVALIAÇÃO NEUROLÓGICANEUROLÓGICA GERALGERAL Prof.: Alexandre NolletoProf.: Alexandre Nolleto
  2. 2. AVALIAÇÃO DA FUNÇÃOAVALIAÇÃO DA FUNÇÃO MOTORAMOTORA
  3. 3. ELEMENTOS DAELEMENTOS DA AVALIAÇÃO DAAVALIAÇÃO DA FUNÇÃO MOTORAFUNÇÃO MOTORA
  4. 4. ESTADO MENTALESTADO MENTAL
  5. 5. ESTADO MENTALESTADO MENTAL 1. Nível de Consciência1. Nível de Consciência 2. Orientação2. Orientação 3.Atenção3.Atenção 4. Memória4. Memória 5. Cognitivo5. Cognitivo
  6. 6. CONSCIÊNCIACONSCIÊNCIA Total ConsciênciaTotal Consciência Orientação de si, local e tempoOrientação de si, local e tempo LetargiaLetargia Sonolência, Lentidão de fala e movimentoSonolência, Lentidão de fala e movimento TorporTorpor Déficit de sensibilidade, algo confusoDéficit de sensibilidade, algo confuso EstuporEstupor SemiconsciênciaSemiconsciência ComaComa InconscienteInconsciente
  7. 7. ORIENTAÇÃOORIENTAÇÃO TempoTempo Dia/ Mês/AnoDia/ Mês/Ano LugarLugar Endereço/Cidade/EstadoEndereço/Cidade/Estado PessoaPessoa Nome/Idade/ParentesNome/Idade/Parentes RespostaResposta Alerta e orientado Vezes 2 e 3Alerta e orientado Vezes 2 e 3
  8. 8. ATENÇÃOATENÇÃO Atenção SeletivaAtenção Seletiva Atenção SustentadaAtenção Sustentada Tempo ou tarefaTempo ou tarefa Atenção AlternanteAtenção Alternante Flexibilidade de AtençãoFlexibilidade de Atenção Atenção DivididaAtenção Dividida
  9. 9. MEMÓRIAMEMÓRIA Memória ImediataMemória Imediata Lembrança imediata (Ex.: repita depois de mim)Lembrança imediata (Ex.: repita depois de mim) Memória de curto prazo, MCPMemória de curto prazo, MCP Memória recenteMemória recente Minutos, horas ou diasMinutos, horas ou dias Memória de longo prazo, MLPMemória de longo prazo, MLP Anos atrás, eventos do passadoAnos atrás, eventos do passado
  10. 10. COGNITIVOCOGNITIVO Funções cognitivas superioresFunções cognitivas superiores Informação e vocabulárioInformação e vocabulário Habilidade de cálculoHabilidade de cálculo Pensamento abstratoPensamento abstrato Habilidade estruturalHabilidade estrutural
  11. 11. INTEGRIDADEINTEGRIDADE ARTICULAR, POSTURA EARTICULAR, POSTURA E MOBILIDADEMOBILIDADE
  12. 12. POSTURAPOSTURA Tônus posturalTônus postural Deformidade corpórea evidenteDeformidade corpórea evidente Cifose/Escoliose ou cifoescolioseCifose/Escoliose ou cifoescoliose
  13. 13. FLEXIBILIDADEFLEXIBILIDADE MMSSMMSS MMIIMMII ESCÁPULASESCÁPULAS TRONCOTRONCO PELVEPELVE
  14. 14. MOBILIDADE ARTICULARMOBILIDADE ARTICULAR MMSSMMSS MMIIMMII ESCÁPULASESCÁPULAS TRONCOTRONCO PELVEPELVE
  15. 15. TROFISMOTROFISMO Perimetria MMSS E MMII
  16. 16. EXAME NEUROLÓGICOEXAME NEUROLÓGICO
  17. 17. 1. Exame da Motricidade1. Exame da Motricidade 2. Exame do Equilíbrio2. Exame do Equilíbrio 3. Exame da Sensibilidade3. Exame da Sensibilidade 4. Exame da Coordenação4. Exame da Coordenação 5. Exame da Marcha5. Exame da Marcha
  18. 18. MotricidadeMotricidade 1. Reflexos1. Reflexos superficiaissuperficiais profundosprofundos 2. Tônus Muscular2. Tônus Muscular 3. Força Muscular3. Força Muscular
  19. 19. REFLEXOSREFLEXOS
  20. 20. REFLEXOS SUPERFICIAISREFLEXOS SUPERFICIAIS ReflexosReflexos superficiaissuperficiais Reflexo cutâneo-Reflexo cutâneo- plantar - sinal deplantar - sinal de Babinski - lesão doBabinski - lesão do trato corticospinaltrato corticospinal ou até 1 ano deou até 1 ano de idadeidade
  21. 21. REFLEXOS SUPERFICIAISREFLEXOS SUPERFICIAIS Resposta Anormal do Reflexo Cutâneo Plantar Sinal de Babinsk: Dorsiflexão do halux com movimento em leque dos quatro dedos laterais
  22. 22. REFLEXOS SUPERFICIAISREFLEXOS SUPERFICIAIS ReflexosReflexos superficiaissuperficiais Reflexos cutâneo-Reflexos cutâneo- abdominais -abdominais - superior, médio,superior, médio, inferior - abolido nainferior - abolido na sd. piramidalsd. piramidal
  23. 23. REFLEXO CUTÂNEOREFLEXO CUTÂNEO ABDOMINALABDOMINAL
  24. 24. REFLEXOS SUPERFICIAISREFLEXOS SUPERFICIAIS Resposta Reflexo Cutâneo Abdominal Geral Contração localizada sob o estímulo, com resultante desvio da cicatriz umbilical em direção a área estimulada Normal Desvio umbilical superior/lateral = T8 a T9 Desvio umbilical Inferior/lateral = T10 a T12 Alterado Perda ou assimetria da resposta é anormal
  25. 25. REFLEXOS PROFUNDOSREFLEXOS PROFUNDOS Reflexos profundosReflexos profundos Reflexo patelar - n. femoral - L2 a L4Reflexo patelar - n. femoral - L2 a L4 Reflexo dos flexores dos dedos - n. mediano e n. ulnar - C8Reflexo dos flexores dos dedos - n. mediano e n. ulnar - C8 a T1a T1 Reflexo bicipital - n. músculocutâneo - C5 a C6Reflexo bicipital - n. músculocutâneo - C5 a C6 Reflexo tricipital - n. radial – C6 a C7Reflexo tricipital - n. radial – C6 a C7 Reflexo Aquileu - n.tibial – S1 a S2Reflexo Aquileu - n.tibial – S1 a S2
  26. 26. Reflexo BicipitalReflexo Bicipital
  27. 27. REFLEXO TRICIPITALREFLEXO TRICIPITAL
  28. 28. Reflexo Flexores dosReflexo Flexores dos dedosdedos
  29. 29. Reflexo PatelarReflexo Patelar
  30. 30. Reflexo AquileuReflexo Aquileu
  31. 31. REFLEXOS PROFUNDOSREFLEXOS PROFUNDOS GraduaçãoGraduação 0 = Ausência de resposta0 = Ausência de resposta 1+ = Presente mas deprimido, abaixo do normal1+ = Presente mas deprimido, abaixo do normal 2+ = Na média, Resposta Normal2+ = Na média, Resposta Normal 3+ = Aumentado, mais vigoroso do que a média:3+ = Aumentado, mais vigoroso do que a média: possivelmente, mas não necessariamentepossivelmente, mas não necessariamente anormalanormal 4+ = Bastante vigoroso, hiperativo, com clônus,4+ = Bastante vigoroso, hiperativo, com clônus, anormalanormal
  32. 32. TÔNUSTÔNUS
  33. 33. AVALIAÇÃO DO TÔNUSAVALIAÇÃO DO TÔNUS 1.Observação Postura1.Observação Postura 2.Palpação2.Palpação 3.Movimento Passivo3.Movimento Passivo
  34. 34. AVALIAÇÃO DO TÔNUSAVALIAÇÃO DO TÔNUS HipertoniaHipertonia EspasticidadeEspasticidade Plástica - Sinal da roda denteada - ParkinsonPlástica - Sinal da roda denteada - Parkinson Elástica - Sd. Piramidal - Sinal do caniveteElástica - Sd. Piramidal - Sinal do canivete ClônusClônus RigidezRigidez Sinal de BabinskiSinal de Babinski
  35. 35. AVALIAÇÃO DO TÔNUSAVALIAÇÃO DO TÔNUS HipotoniaHipotonia Lesões musculares ou motoneurônio inferiorLesões musculares ou motoneurônio inferior Distonia – Sd. CerebelaresDistonia – Sd. Cerebelares
  36. 36. AVALIAÇÃO DO TÔNUSAVALIAÇÃO DO TÔNUS
  37. 37. AVALIAÇÃO DO TÔNUSAVALIAÇÃO DO TÔNUS GraduaçãoGraduação 0 = Sem resposta (Flacidez)0 = Sem resposta (Flacidez) 1+ = Resposta Diminuída (Hipotonia)1+ = Resposta Diminuída (Hipotonia) 2+ = Resposta Normal2+ = Resposta Normal 3+ = Resposta Exagerada (hipert. leve a3+ = Resposta Exagerada (hipert. leve a moderada)moderada) 4+ = Resposta Sustentada (Hipertonia4+ = Resposta Sustentada (Hipertonia Severa)Severa)
  38. 38. FORÇAFORÇA
  39. 39. Manobra de MingazziniManobra de Mingazzini
  40. 40. MANOBRA DE BARRÉMANOBRA DE BARRÉ
  41. 41. MotricidadeMotricidade Força Muscular: Tabela de OxfordForça Muscular: Tabela de Oxford Grau V:Grau V: força normalforça normal Grau IV:Grau IV: movimentação normal, mas com forçamovimentação normal, mas com força muscular diminuídamuscular diminuída Grau III:Grau III: consegue vencer a força da gravidadeconsegue vencer a força da gravidade Grau II:Grau II: não vence a gravidade, movimentos denão vence a gravidade, movimentos de lateralizaçãolateralização Grau I:Grau I: esboço de contração muscularesboço de contração muscular Grau 0:Grau 0: paralisia totalparalisia total
  42. 42. ForçaForça Muscular/ClassificaçãoMuscular/Classificação TopográficaTopográfica Monoparesia /Monoparesia / monoplegiamonoplegia Paraparesia / paraplegiaParaparesia / paraplegia Hemiparesia / hemiplegiaHemiparesia / hemiplegia Tetrapresia / tetraplegiaTetrapresia / tetraplegia Diparesia / diplegiaDiparesia / diplegia
  43. 43. SENSIBILIDADESENSIBILIDADE
  44. 44. SENSIBILIDADESENSIBILIDADE Sensibilidade superficialSensibilidade superficial Tátil: algodão seco, gaze ou pincelTátil: algodão seco, gaze ou pincel Dolorosa: alfinete ou agulha de costuraDolorosa: alfinete ou agulha de costura Térmica: Bolsa com água quente e friaTérmica: Bolsa com água quente e fria Estereognosia (reconhecimento dos objetos): pente,Estereognosia (reconhecimento dos objetos): pente, garfo, chave, moeda, etc.garfo, chave, moeda, etc. Sensibilidade profundaSensibilidade profunda Vibração: diapasão ou celular nas proeminênciasVibração: diapasão ou celular nas proeminências ósseasósseas Propriocepção: movimentar as articulaçõesPropriocepção: movimentar as articulações
  45. 45. COMO REALIZAR OSCOMO REALIZAR OS EXAMESEXAMES
  46. 46. SENSIBILIDADE DOLOROSASENSIBILIDADE DOLOROSA RespostaResposta Pontiagudo ou sem pontaPontiagudo ou sem ponta
  47. 47. SENSIBILIDADE TERMICASENSIBILIDADE TERMICA RespostaResposta Quente ou FrioQuente ou Frio
  48. 48. SENSIBILIDADE TÁTILSENSIBILIDADE TÁTIL RespostaResposta Reconhece, SIM ou NÃO, quando daReconhece, SIM ou NÃO, quando da aplicação do estímuloaplicação do estímulo
  49. 49. LOCALIZAÇÃO TÁTILLOCALIZAÇÃO TÁTIL RespostaResposta Pede para o paciente identificar o local dosPede para o paciente identificar o local dos estímulos apontando para área ou fazendoestímulos apontando para área ou fazendo uma descrição verbal.uma descrição verbal.
  50. 50. VIBRAÇÃOVIBRAÇÃO RespostaResposta O paciente tem que identificarO paciente tem que identificar verbalmente se o estímulo é vibratório ouverbalmente se o estímulo é vibratório ou nãonão
  51. 51. PROPRIOCEPÇÃOPROPRIOCEPÇÃO RespostaResposta O paciente descreve verbalmente a posiçãoO paciente descreve verbalmente a posição do membro ou articulação ou imita odo membro ou articulação ou imita o movimento com o membro contralateralmovimento com o membro contralateral
  52. 52. COORDENAÇÃOCOORDENAÇÃO
  53. 53. COORDENAÇÃOCOORDENAÇÃO Índex-narizÍndex-nariz Índex-índex do FisioterapeutaÍndex-índex do Fisioterapeuta Índex - índexÍndex - índex Oposição dos dedosOposição dos dedos Pronação/SupinaçãoPronação/Supinação Calcanhar-joelhoCalcanhar-joelho
  54. 54. COORDENAÇÃOCOORDENAÇÃO RESPOSTASRESPOSTAS 1. Atividade Impossível1. Atividade Impossível 2. Comprometimento grave: consegue apenas iniciar2. Comprometimento grave: consegue apenas iniciar com dificuldade a atividade ;incapaz de completá-la;com dificuldade a atividade ;incapaz de completá-la; requer contato para proteçãorequer contato para proteção 3. Comprometimento moderado; capaz de executar a3. Comprometimento moderado; capaz de executar a atividade; os movimentos são lentos, desajeitados eatividade; os movimentos são lentos, desajeitados e instáveis, requer contato moderado para proteçãoinstáveis, requer contato moderado para proteção 4. Comprometimento mínimo; capaz de executar a4. Comprometimento mínimo; capaz de executar a atividade; velocidade um pouco menor do que a normal;atividade; velocidade um pouco menor do que a normal; requer apenas supervisãorequer apenas supervisão 5. Desempenho Normal5. Desempenho Normal
  55. 55. AVALIAÇÃO DAAVALIAÇÃO DA COORDENAÇÃOCOORDENAÇÃO
  56. 56. EQUILÍBRIOEQUILÍBRIO
  57. 57. EQUILÍBRIOEQUILÍBRIO EstáticoEstático Parado, com os pés juntos ( base estreita)Parado, com os pés juntos ( base estreita) Em pé sobre um pé sóEm pé sobre um pé só Em pé, um pé diretamente à frente do outroEm pé, um pé diretamente à frente do outro Em pé, com olhos abertos e depois fechadosEm pé, com olhos abertos e depois fechados Em pé, um pé diretamente à frente do outro,Em pé, um pé diretamente à frente do outro, com olhos abertos e depois fechadocom olhos abertos e depois fechado
  58. 58. RESPOSTA PARARESPOSTA PARA ROMBERGROMBERG
  59. 59. EQUILÍBRIOEQUILÍBRIO DinâmicoDinâmico Em pé, flexão do tronco para frente e retornoEm pé, flexão do tronco para frente e retorno a posição neutraa posição neutra Em pé, flexão lateral do tronco, para cadaEm pé, flexão lateral do tronco, para cada ladolado Caminhar e girar 90, 180 e 360 grausCaminhar e girar 90, 180 e 360 graus Caminhando, colocar o calcanhar de um péCaminhando, colocar o calcanhar de um pé diretamente à frente dos dedos do outro pédiretamente à frente dos dedos do outro pé
  60. 60. EQUILÍBRIOEQUILÍBRIO DinâmicoDinâmico Caminhando ao longo de uma linha retaCaminhando ao longo de uma linha reta desenhada ou marcada no solodesenhada ou marcada no solo Caminhar lateralmenteCaminhar lateralmente Caminha para trásCaminha para trás Caminhar sobre os calcanharesCaminhar sobre os calcanhares Caminhar na ponta dos pésCaminhar na ponta dos pés
  61. 61. EQUILÍBRIO RESPOSTASEQUILÍBRIO RESPOSTAS 1. Atividade Impossível1. Atividade Impossível 2. Comprometimento grave: consegue apenas iniciar2. Comprometimento grave: consegue apenas iniciar com dificuldade a atividade ;incapaz de completá-la;com dificuldade a atividade ;incapaz de completá-la; requer contato para proteçãorequer contato para proteção 3. Comprometimento moderado; capaz de executar a3. Comprometimento moderado; capaz de executar a atividade; os movimentos são lentos, desajeitados eatividade; os movimentos são lentos, desajeitados e instáveis, requer contato moderado para proteçãoinstáveis, requer contato moderado para proteção 4. Comprometimento mínimo; capaz de executar a4. Comprometimento mínimo; capaz de executar a atividade; velocidade um pouco menor do que a normal;atividade; velocidade um pouco menor do que a normal; requer apenas supervisãorequer apenas supervisão 5. Desempenho Normal5. Desempenho Normal
  62. 62. AVALIAÇÃO DA MARCHAAVALIAÇÃO DA MARCHA
  63. 63. MARCHASMARCHAS Marcha em bloco –Marcha em bloco – ParkinsonParkinson Marcha ebriosa -Marcha ebriosa - Ataxia cerebelarAtaxia cerebelar Marcha escarvante - DMarcha escarvante - Déficit de flexão dorsaléficit de flexão dorsal do pé -do pé - lesão de nervo fibular ou ciático ou raiz de L5lesão de nervo fibular ou ciático ou raiz de L5 Marcha ceifante -Marcha ceifante - Sd piramidalSd piramidal
  64. 64. MARCHA CEIFANTEMARCHA CEIFANTE
  65. 65. MARCHAMARCHA PARKINSONIANAPARKINSONIANA
  66. 66. MARCHA EBRIOSAMARCHA EBRIOSA
  67. 67. MARCHA ESCARVANTEMARCHA ESCARVANTE

×