Revolução Militar:Paradigmas e proposições
Revolução Militar:   Michael Roberts.
Revolução Militar:   Michael Roberts.     Revolução tática.    Revolução estratégica.   Aumento númerico de grandes exérci...
Revolução Militar:    Geoffrey Parker   Finais do séc. XV,surgimento de for- tificações de trace           italienne.    A...
Evolução por   Equilíbrio Pontuado”       (...) a revolution – however ex-tended – must be in essence a single change,from...
Revolução Militar:Jeremy Black                     The ‘revolutionary’ periods were c.1470–c.1530, c.1660–1720 and        ...
Revolução Militar: Como a entendemos                                   A revolução militar do início do período moderno, c...
ProposiçõesQuestões culturais também influenciam o fazer bélico.    Relativizar a superioridade tecnológica européia pré-i...
Revolução Militar:Paradigmas e proposições                           FIM
Revolução militar
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Revolução militar

443 visualizações

Publicada em

Apresentação de slides sobre o conceito e questionamento da Revolução Militar abordada por diversos historiadores.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
443
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
100
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revolução militar

  1. 1. Revolução Militar:Paradigmas e proposições
  2. 2. Revolução Militar: Michael Roberts.
  3. 3. Revolução Militar: Michael Roberts. Revolução tática. Revolução estratégica. Aumento númerico de grandes exércitos europeus e em escalade guerra.
  4. 4. Revolução Militar: Geoffrey Parker Finais do séc. XV,surgimento de for- tificações de trace italienne. Aumento da de-pendência das armas de fogo, apartir de finais do sec. XV. Aumento numérico de exércitos europeus e em escala de guerra.
  5. 5. Evolução por Equilíbrio Pontuado” (...) a revolution – however ex-tended – must be in essence a single change,from state X to state Y, from front to back or top to bottom” Revolução Militar: Clifford Rogers
  6. 6. Revolução Militar:Jeremy Black The ‘revolutionary’ periods were c.1470–c.1530, c.1660–1720 and (primarily because of the levée on masse rather than tactics) 1792–1815. Roberts’ emphasis on 1560–1660 is incorrect.”
  7. 7. Revolução Militar: Como a entendemos A revolução militar do início do período moderno, como identificado por alguns acadêmicos, precisa, portanto, ser posta no contexto das mu- danças quase que igualmente radicais, que tiveram lugar no tardo- medievo [...] O período contemplado pela revolução militar deve, por con- sequencia, ser extendido até os séculos da idade média tardia, mas esta mudança traria a questão de, se uma transformação que ocorreu durante tão longo período – talvez do início do século quatorze ao fim do século dezoito – pode sequer ser, utilmente, chamada de revolução.” (Ayton e Price , 1998) A guerra europeia neste período (1370 – 1750) tem, costumeiramente,sido abordada tanto pela perspectiva tardo-medieval quanto pela daquela doinício da modernidade, levando a uma confusão substancial acerca de se ocor-reu uma mudança, a natureza das mudanças (se é que há uma) e, quando asmudanças ocorridas (se ocorridas de fato). Geograficamente e cronologica-mente, os historiadores tem comumente adotado um foco estreito,concentrando-se sobre a europa ocidental ou oriental; a inquisição histórica égeralmente restrita a estudos de caso de nacionalidade específica, e está focadadesproporcionalmente nas nações européias ocidentais, particularmente França,Alemanha, Escandinávia, Espanha e Inglaterra.” (Tallet e Trim, 2010)
  8. 8. ProposiçõesQuestões culturais também influenciam o fazer bélico. Relativizar a superioridade tecnológica européia pré-industrial contra povos extra-europeus para entender a expansão européia ocidental. Dar importância à adaptabilidade no “fazer-guerra” europeu, sem desmerecer aspectos politicos, econômicos e tecnológicos. A guerra européia moderna como fruto de uma cultura militarista particular. O “exército permamente”: o militarismo e o mercenarismo.
  9. 9. Revolução Militar:Paradigmas e proposições FIM

×