Sistema de arquivos e Software Livre e Proprietário

546 visualizações

Publicada em

Trabalho sobre Sistema de arquivos e Software Livre e Proprietário

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
546
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema de arquivos e Software Livre e Proprietário

  1. 1. Trabalho de SO Grupo:André, Bruno, Everton, Indiana e Maik.
  2. 2. O que é Sistema de arquivos: ▪ É um conjunto de estruturas lógicas e rotinas, que permitem que ao sistema operacional controlar o acesso ao disco rígido. ▪ Sabendo interpretar o sistema de arquivos de um determinado disco, o sistema operacional pode decodificar os dados armazenados e lê-los ou gravá-los. ▪ Diferentes sistemas operacionais usam diferentes sistemas de arquivos. ▪ Conforme cresce a capacidade dos discos e aumenta o volume de arquivos e acessos, esta tarefa se torna mais e mais complicada, exigindo o uso de sistemas de arquivos cada vez mais complexos e robustos.
  3. 3. Mais conhecidos: ▪ HFS e HFS+ -> Apple ▪ Ext(2,3,4) ▪ SWAP ▪ Reiser ▪ UFS ▪ FAT(12,16,32) ▪ NTFS
  4. 4. Onde são utilizados: ▪ HD e HD Externo ▪ CD e DVD ▪ Pen-drive
  5. 5. Sistemas de arquivos que o CD/DVD usa: ▪ ISO 9660 Format: Padrão Internacional de armazenamento de dados que descreve a estrutura de arquivos e diretórios de um CD-ROM. Especifica a Estrutura Lógica para arquivos e diretórios em um CD- ROM. ▪ Rock Ridge: É uma extensão do Formato ISO 9660, que permite nomes de arquivos maiores e mais profundidade de diretórios. ▪ CD-I (Compact Disk Interative): Formato de gravação de dados em CD, definido pelo padrão "Green Book" que permite que aplicações interativas em multimídia sejam executadas em um computador/disc player conectados a uma televisão. É um formato proprietário da Philips.
  6. 6. Sistemas de arquivos(HD, Pen-Drive): ▪ NTFS - possui uma estrutura que armazena as localizações de todos os arquivos e diretórios, incluindo os arquivos referentes ao próprio sistema de arquivos denominado MFT (Master File Table). Utilizando 64 bits para endereçamento de dados maior. ▪ FAT - é uma estrutura de dados que o Windows cria após a formatação física de uma unidade. Esta tabela guarda informações sobre a localização de cada arquivo dentro da unidade física para que elas possam ser salvas, recuperadas, alteradas ou deletadas posteriormente. ▪ Ext (extended file system) - foi o primeiro sistema de arquivos criado especificamente para o Linux.
  7. 7. Sistemas operacionais que suportam: ▪ Os sistemas de arquivos NTFS e FAT são suportados pelo Windows,. ▪ Já o Ext é suportado pelo Linux
  8. 8. Software livre e Software Proprietário: ▪ Software Livre é uma forma de manifestação de um software em que, resumidamente, permite-se adaptações ou modificações em seu código de forma espontânea, ou seja, sem que haja a necessidade de solicitar permissão ao seu proprietário para modificá-lo. ▪ O Software proprietário é um software para computadores que é licenciado com direitos exclusivos para o produtor. Conforme o local de comercialização do software este pode ser abrangido por patentes, direitos de autor assim como limitações para a sua exportação e uso em países terceiros.
  9. 9. Diferenças básicas: ▪ Software proprietário é um software desenvolvido e comercializado, sendo comercializado, é preciso comprá-lo para ser usado. E somente a empresa que é proprietária dele pode fazer alterações. ▪ Software livre é o programa que não é comercial, isto é, você pode baixar na internet, instalar e usar no seu computador sem pagar nada. Este tipo de programa pode ser de código aberto, ou seja, o modo como o programa foi escrito fica exposto para que os próprios usuários possam estudá-lo e fazer melhorias no programa.
  10. 10. O que é GPL: ▪ A GPL é a licença com maior utilização por parte de projetos de software livre, em grande parte devido à sua adoção para o projeto GNU e o sistema operacional GNU/Linux. Em termos gerais, a GPL baseia-se em 4 liberdades: 1. A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito 2. A liberdade de estudar como o programa funciona e adaptá-lo para as suas necessidades 3. O acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade. A liberdade de redistribuir cópias de modo que você possa ajudar ao seu próximo 4. A liberdade de aperfeiçoar o programa, e liberar os seus aperfeiçoamentos, de modo que toda a comunidade se beneficie deles. 5. O acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade.
  11. 11. Tipos de Software: Freeware Programas com essa licença oferecem seus executáveis gratuitamente, sem cobrança ou limitação. Também chamado de software gratuito. Seu código fonte não é liberado para modificação. Por exemplo:
  12. 12. Tipos de Sofware: Shareware Shareware é um programa de computador disponibilizado gratuitamente, porém com algum tipo de limitação. Sharewares geralmente possuem funcionalidades limitadas e/ou tempo de uso gratuito do software limitado, após o fim do qual o usuário é requisitado a pagar para acessar a funcionalidade completa ou poder continuar utilizando o programa. Por exemplo:
  13. 13. Tipos de Sofware: Shareware Baseado nas limitações do tipo Shareware, temos duas subcategorias: ▪ Trial – Os programas oferecem todos os seus recursos, mas por um tempo limitado (geralmente de 15 a 30 dias); ▪ Demo – Alguns recursos estão completos, sendo necessário pagar para usufruir dos restantes. Os jogos geralmente são divulgados sob essa licença.
  14. 14. Mandriva - André
  15. 15. Kurumim Indiana

×