Padrões para Quebrar Estórias de Usuário

5.078 visualizações

Publicada em

André Faria apresenta 10 padrões para Quebrar (Dividir) Estórias de Usuários com base no Livro Agile Software Requirements. http://www.amazon.com/Agile-Software-Requirements-Enterprise-Development/dp/0321635841

Mais informações:
http://www.richardlawrence.info/2009/10/28/patterns-for-splitting-user-stories/

Publicada em: Negócios

Padrões para Quebrar Estórias de Usuário

  1. 1. padrões para quebrar estóriasde usuário @andrefaria André Faria Gomes
  2. 2. http://www.amazon.com/Agile-Software-Requirements-Enterprise-Development/dp/0321635841
  3. 3. 1Passos do Workflow Identifique os passos do fluxo de trabalho e implemente o workflow em estágios incrementaisComo um gerente eu quero alterar o preço de venda- Posso publicar o preço de vendaatravés da vitrine do produto- Posso enviar uma mensagempara o portal do cliente- Posso publicar a tabela de preçospara uma categoria de clientes
  4. 4. 2Regra de NegócioAlgumas estórias parecem muito simples, mas regras de negóciopodem ser mais complexas do que parecem. É importante quebrar asestórias para diminuir a complexidade da regra de negócio.Como um gerente, eu posso organizar clientes por região. . . organizar por CEP. . . organizar por bairro. . . organizar por consumo de energia elétrica
  5. 5. 3Maior EsforçoUma estória pode ser quebrada em diferentes partesonde o maior esforço estará em implementar a primeiraparte. As vezes, uma estrutura precisa ser construídapara implementar a primeira estória, isso feito,adicionar mais funcionalidade depois se torna trivial.Como um usuário, eu gostaria de selecionar ou alterar meu plano através do portal. . . Quero pagar por tempo de uso. . . Quero pagar antecipadamente. . . Quero fazer parte do clube tudo-incluso
  6. 6. 4 Simples e ComplexoQuando o time está discutindo sobre uma estóriae a estória parece ficar maior e maior (eenquanto a x? Você considerou y?), pare epergunte: “Qual a versão mais simples quefuncionária?” Capture a versão mais simples emuma estória específica, e então quebre asvariações e complexidades em outras estórias.
  7. 7. 5 Variações nos Dados Variações nos dados e fontes de dados são outra fonte de escopo e complexidade. Considere incluir estórias depois de construir a versão mais importante.Como um gerente eu quero enviar mensagens aos clientes:. . . que optam por receber mensagens. . . em Inglês. . . em Espanhol. . . em Árabe
  8. 8. 6 Exibição de Dados A complexidade pode estar na interface com o usuário ao invés de na funcionalidade em si. Quebre as estórias para para construir a versão mais simples possível da UI e então torne-a rica mais tarde.Como um usuário, eu posso ver meu consumo de energia em diversos gráficos... em gráficos de barra para comparar o consumo semanal... em um gráfico comparativo, para comparar meu consumo com outrosusuários que moram minha região
  9. 9. 7 Diferir QualidadesMuitas vezes, a implementação inicial nãoé tão difícil, mas fazer a coisa ficar segura,rápida ou escalar é.O time pode aprender muito com aimplementação inicial que talvez, possaalgum valor para o cliente, então quebre aestória pelos requisitos não-funcionais.
  10. 10. 8 Operações Palavras como gerenciar ou controlar cobrem muitas operações, que podem se tornar uma maneira natural de quebrar estórias.Como um usuário, posso gerenciar minha conta:. . . Eu posso criar uma conta nova.. . . Eu posso editar as configurações da minha conta.. . . Eu posso cancelar minha conta.. . . Eu posso acresecentar mais dispositivos a minha conta.
  11. 11. 9 Use-Case Scenarios Se casos de uso forem desenvolvidos para representar uma iteração complexa entre duas ou mais partes (usuários e sistemas), então a estória pode ser quebrada por cenário (Caminho Feliz, Caminho Alternativo, etc).
  12. 12. 10Spike Se a estória for complexa ou grande demais, ou se a implementação não pobremente conhecida, faça um spike técnico ou funcional para descobrir e aprender, então quebre as estórias com base no resultado do Spikehttp://www.extremeprogramming.org/rules/spike.html
  13. 13. Obrigado @andrefaria http://blog.andrefaria.com http://blog.bluesoft.com.br

×