Lp estudos pra p.u- pronomes

1.065 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.065
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lp estudos pra p.u- pronomes

  1. 1. Pronomes – Os pronomes e a coesão textual<br />Os pronomes contribuem decisivamente para a construção da coesão textual, isto é, para a existência das conexões gramaticais que interligam as partes de um texto, fazendo com que este não seja um conjunto de palavras e frases soltas.<br />Os pronomes são palavras que substituem ou acompanham um nome, principalmente o substantivo; os pronomes têm, portanto, a função de retomar ou fazer referência a termos já citados no texto, realizando as lições gramaticais que chamamos de coesão textual.<br />Pronomes Pessoais<br />Em toda situação de comunicação, há três pessoas envolvidas, chamadas pessoas do discurso.<br />O locutor: (quem fala): 1ª pessoa: eu (singular) ou nós (plural) <br />O locutário: (com quem se fala): 2ª pessoa: tu (singular) ou vós (plural)<br />O assunto: (de quem ou do que se fala): 3ª pessoa: ele (singular) ou eles (plural).<br />Para indicar essas três pessoas que participam das situações de comunicação, empregamos os pronomes pessoais.<br />Eis os pronomes pessoais de nossa língua:<br />RetosOblíquos1ª pessoa do singular eume, mim, comigo2ª pessoa do singular tute, ti, contigo3ª pessoa do singular ele(a)o,a,lhe,se,si, consigo1ª pessoa do plural nósnos, conosco2ª pessoa do plural vósvos, convosco3ª pessoa do plural eles(as)os,as,lhes,se,si,consigo<br /> <br />Pronomes de Tratamento<br />Para tratarmos nosso interlocutor com respeito, com cerimônia ou com informalidade, empregamos pronomes de tratamento, que são palavras e expressões como senhor, senhora, Vossa Senhoria, Vossa Excelência e você, entre outras.<br />Veja no quadro a seguir o pronome de tratamento mais adequado a cada tipo de interlocutor:<br />AbreviaturaUsado paravocê V.pessoas com quem temos intimidadeVossa Alteza V.A.príncipes, duquesVossa Excelência V.Exªaltas autoridades do governo e das forças armadasVossa Majestade V.M.reis, imperadoresVossa Santidade V.S.papasVossa Senhoria V.Sªautoridades em geral: chefes, diretores e pessoas a quem quer se falar com distância e respeitosenhor, senhora Sr., Sra.geralmente, pessoas mais velhas que nós, ou a quem queremos tratar com distância e respeito.<br />Pronomes Possessivos<br />Os pronomes possessivos variam de acordo com as três pessoas do discurso e concordam em gênero e número com a coisa possuída. Pronomes possessivos são aqueles que indicam relações de posse referentes às três pessoas do discurso. <br />São esses os pronomes possessivos de nossa língua, referentes às três pessoas do discurso:<br />Pronomes Pessoais RetosPronomes Pessoais Possessivos eumeu, meus, minha, minhas tuteu, teus, tua, tuas eleseu, seus, sua, suas nósnosso, nossos, nossa, nossas vós vosso, vossos, vossa, vossas elesseu, seus, sua, suas<br />Pronomes demonstrativos<br />Palavras como este, esse e aquele são pronomes demonstrativos. Esses pronomes indicam a posição da pessoa ou coisa demonstrada em relação às três pessoas do discurso.<br />São esses os pronomes demonstrativos, referentes às três pessoas do discurso:<br />MasculinoFemininoNeutro1ª pessoaeste, estesesta, estasisto2ª pessoaesse, essesessa, essasisso3ª pessoaaquele, aquelesaquela, aquelasaquilo<br />observação:<br />Os pronomes demonstrativos também podem se unir a outras palavras, gerando formas mistas como nessa (em+essa), desta (de+esta), daquela (de+aquela), etc.<br />-----------------------------------------------------------------------------------<br />CEREJA, William Roberto. Português: Linguagens, 6° ano/ William Roberto Cereja, Thereza Cochar Magalhães.- 6. Ed. reform.- São Paulo: Atual, 2010.<br /> André Elias Schwartz<br />

×