PESQUISAS NORTE-AMERICANAS
INTRODUÇÃO
corrente funcionalista

Teoria de Comunicação de Massa tratade um grande leque como operaçõesfinanceiras, polêmicas sobre seusefeitos, universo si...
A teoria hipodérmica    "cada elemento do público pessoal e diretamente atingido pela mensagem"    (Wright, 1975).    "to...
    A teoria hipodérmica apóia-se no conceito de que a sociedade de massa é    composta por indivíduos isolados (atomizad...
   (behaviorista)
DOUTRINAS SOBRE A COMUNICAÇÃODE MASSA                   De Abraham A. Moles
Demagógica dos publicistas

 “o sistema de comunicações está nas mãos de um conselho de direção,que possui um quadro de valores categórico e preciso,...





O aspecto prático   das   doutrinassocioculturais
Comunicação de massa, gosto popular ea organização da ação social
Preocupação social com os Mass Media
“Eles crêem na máquina mais apaixonadamente do que nós; e a modernapropaganda é uma máquina científica” (Willian Empson).
   °   °   °
O papel social da máquina dos MassMedia



Algumas funções sociais dos MassMedia
Comunicação & População
3 Formas de comunicação


             Os eventos mais raros são os menos esperados e portanto reduzem mais    incerteza e transmitem mais info...
Quantificação da informação
   Frequencia relativa aproximada das letras em                   portuguêsa 10,5 %     g 0,8 %     n 4,7 %      t 11,4 ...




Comunicação e informação
Teoria da comunicação: Emissor, mensagem e receptor


Pai da Semiótica -Seus trabalhos apresentam importantes contribuições à lógica, matemática,filosofia e, principalmente à s...
Tricotomia de Pierce Signo - algo que representa alguma coisa, não é a própria coisa, mas como ela sefaz presente para al...
Inícios das pesquisas



-Dificuldade de comunicação para o mundo.-O Boca-a-boca era mais rápido.- Usar a imaginação.- Várias interpretações.
-   Descobrimento da América.-   Sacrifício de idosas (idade média).-   Enriquecer sem comprar.-   Incêndio de Alexandria....
A formação da Opiniãocarece de profundidade!pessoas não tem tempo para se aprofundar e possuem        estereótipos que as ...
GRANDES HOMENS, são conhecidos pelo público somente através de   uma personalidade fictícia.  Boatos | Fofocas | Referênci...
O único sentimento que alguémpode ter acerca de um evento que ele não vivenciou é o sentimento    provocado por sua imagem...
Por ficções              “          não quero dizer            mentiras.”Que atire a primeira pedra quem nunca passou adia...
Cena      da açãoRespota          Imagemhumana           humana
Walter Lippmann*1889 | + 1974Escritor, jornalista e comentaristaEra judeu, graduou-se em Harvard, ondeobteve seu interesse...
Opinião Publica é considerado um dos clássicos dosestudos de comunicação social, diagnosticando problemas,ao longo do livr...
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
3.Pesquisas_Norte_Americanas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

3.Pesquisas_Norte_Americanas

422 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
422
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

3.Pesquisas_Norte_Americanas

  1. 1. PESQUISAS NORTE-AMERICANAS
  2. 2. INTRODUÇÃO
  3. 3. corrente funcionalista
  4. 4. 
  5. 5. Teoria de Comunicação de Massa tratade um grande leque como operaçõesfinanceiras, polêmicas sobre seusefeitos, universo simbólico, etc.
  6. 6. A teoria hipodérmica "cada elemento do público pessoal e diretamente atingido pela mensagem" (Wright, 1975). "toma a propaganda por comunicação de massa" (Prates, Teorias da Comunicação, 1996).
  7. 7.  A teoria hipodérmica apóia-se no conceito de que a sociedade de massa é composta por indivíduos isolados (atomizados) e, portanto, diretamente manipuláveis, pacíficos e frágeis frente aos efeitos manipulativos dos meios de comunicação.
  8. 8.  (behaviorista)
  9. 9. DOUTRINAS SOBRE A COMUNICAÇÃODE MASSA De Abraham A. Moles
  10. 10. Demagógica dos publicistas
  11. 11. 
  12. 12.  “o sistema de comunicações está nas mãos de um conselho de direção,que possui um quadro de valores categórico e preciso, mas diferente da ideiade suporte de um mercado econômico (...) A radiodifusão pertence a umpartido político, a uma doutrina religiosa, a um Estado que pretende refazer omundo segundo uma ideologia definida.” A dogma é algo como incontestável e indiscutível.
  13. 13. 
  14. 14. 
  15. 15. 
  16. 16. 
  17. 17. 
  18. 18. O aspecto prático das doutrinassocioculturais
  19. 19. Comunicação de massa, gosto popular ea organização da ação social
  20. 20. Preocupação social com os Mass Media
  21. 21. “Eles crêem na máquina mais apaixonadamente do que nós; e a modernapropaganda é uma máquina científica” (Willian Empson).
  22. 22.  ° ° °
  23. 23. O papel social da máquina dos MassMedia
  24. 24.
  25. 25.
  26. 26.
  27. 27. Algumas funções sociais dos MassMedia
  28. 28. Comunicação & População
  29. 29. 3 Formas de comunicação
  30. 30. 
  31. 31. 
  32. 32.     Os eventos mais raros são os menos esperados e portanto reduzem mais incerteza e transmitem mais informação.  Como apenas as formas são perceptíveis e reconhecíveis, resulta que a inteligibilidade das mensagens é inversamente proporcional à sua complexidade.
  33. 33. Quantificação da informação
  34. 34.   Frequencia relativa aproximada das letras em portuguêsa 10,5 % g 0,8 % n 4,7 % t 11,4 %b 0,8 % h 0,7 % o 10,1 % u 2,6 %c 2,8 % i 6,5 % p 1,5 % v 1,9 %d 3,6 % j 1,0 % q 1,1 % x 0,1 %e 11,4 % l 2,5 % r 5,3 % z 0,1 %f 0,7 % m 4,8 % s 5,0 % _ 18,3 %
  35. 35.
  36. 36. 
  37. 37. 
  38. 38. 
  39. 39. Comunicação e informação
  40. 40. Teoria da comunicação: Emissor, mensagem e receptor
  41. 41.
  42. 42. 
  43. 43. Pai da Semiótica -Seus trabalhos apresentam importantes contribuições à lógica, matemática,filosofia e, principalmente à semiótica, se dedicou a linguística, a filosofia e a história.A Fenomenologia é a ciência que permeia a semiótica de Peirce, e deve serentendida nesse contexto. Para Peirce, a Fenomenologia é a descrição e análise dasexperiências do homem, em todos os momentos da vida. Nesse sentido,o fenômeno é tudo aquilo que é percebido pelo homem, seja real ou não.
  44. 44. Tricotomia de Pierce Signo - algo que representa alguma coisa, não é a própria coisa, mas como ela sefaz presente para alguém em um certo contexto.
  45. 45. Inícios das pesquisas
  46. 46. 
  47. 47. 
  48. 48. 
  49. 49. -Dificuldade de comunicação para o mundo.-O Boca-a-boca era mais rápido.- Usar a imaginação.- Várias interpretações.
  50. 50. - Descobrimento da América.- Sacrifício de idosas (idade média).- Enriquecer sem comprar.- Incêndio de Alexandria.Cada um possui a sua cultura e crença, O que leva a interpretações distintas.
  51. 51. A formação da Opiniãocarece de profundidade!pessoas não tem tempo para se aprofundar e possuem estereótipos que as induzem a erros.
  52. 52. GRANDES HOMENS, são conhecidos pelo público somente através de uma personalidade fictícia. Boatos | Fofocas | Referências Influenciando a opinião pública
  53. 53. O único sentimento que alguémpode ter acerca de um evento que ele não vivenciou é o sentimento provocado por sua imagem mental daquele evento. (pseudo-ambiente)
  54. 54. Por ficções “ não quero dizer mentiras.”Que atire a primeira pedra quem nunca passou adiante como verdade uma história que ouviu alguém dizer, sendo que quem disse não sabia mais do que você.
  55. 55. Cena da açãoRespota Imagemhumana humana
  56. 56. Walter Lippmann*1889 | + 1974Escritor, jornalista e comentaristaEra judeu, graduou-se em Harvard, ondeobteve seu interesse pelo socialismo,porém, foi o encontro com o cientistasocial inglês e ideólogo Fabiano GrahamWallas, que teve grande influência sobreos primeiros escritos de Walter. Lippmancontribuiu para popularizar o conceitode Guerra Fria
  57. 57. Opinião Publica é considerado um dos clássicos dosestudos de comunicação social, diagnosticando problemas,ao longo do livro, Lippmann faz o levantamento de umasérie de elementos que influenciam a “imagem nas nossascabeças”, a saber: a atenção e o interesse limitado frenteao universo de informações sobre os acontecimentos; alimitação do potencial de comunicação das palavras e dosmeios técnicos para transportá-las; os estereótipos; osinteresses particulares e as formas de construção dosinteresses comuns; a censura e a restrição a algumasinformações; a falta de contato com os acontecimentos oua oportunidade de conhecê-los; e, mesmo, o tempo emque a experiência humana ocorre. Este livro é ainda atual enecessário para os estudiosos e profissionais daComunicação e Política.

×