SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
O que podemos aprender com os autistas?
Fonte: www.desmistificandoautismo.com.br
Os autistas apresentam sérias dificuldades de relacionamento e aprendizado e com isso ficamos
responsáveis em tentar orientá-los e estimulá-los para que possam se tornar adultos
independentes. Mas será que somente os autistas aprendem com a gente? Não poderia ocorrer
o contrário, também? Se sim, quais lições importantes podemos tirar da convivência com essas
pessoas pra lá de especiais em nossas vidas?
O presente artigo segue com o objetivo de tentar responder essas questões, por meio de
algumas breves reflexões. E de antemão, podemos responder que sim, aprendemos muito com
os autistas, o tempo todo, pois a cada dia eles nos impõem novos desafios!
Para facilitar, achei interessante expor separadamente cada lição que podemos aprender com
o Autismo:
1- Paciência
Sem dúvida que essa é a maior lição de todas! Muita paciência, pois, com eles é tudo diferente!
O ritmo de aprendizado é diferente, a forma como eles se relacionam e entendem o mundo, são
completamente diferentes em relação a nós. Por isso, para podermos compreender os nossos
autistas, é preciso em primeiro lugar, muita paciência e respeitá-los dentro das suas
possibilidades.
Sem falar nas várias situações complicadas que passamos com eles em locais públicos, por
exemplo, quando mudamos algo da rotina, desviamos o caminho que estão acostumados, ou
seja, tudo isso e muito mais faz com que eles se desequilibrem, e não há outra forma de
contornar a situação sem muita paciência!
2- Humildade
Temos que ter humildade para buscarmos ajuda de especialistas ou pessoas com experiência
em Autismo, sempre que for necessário! Para o bem dos nossos autistas e para o nosso também.
Aceitar ajuda é condição básica para que possamos aprender a nos relacionar melhor com os
autistas. Nesse sentido, tudo é válido: leve todas as suas dúvidas ao especialista que acompanha
seu filho(a), busque um diálogo constante com a Escola, principalmente com os professores e
demais profissionais envolvidos diretamente na educação ou terapia do seu pequeno. A
humildade é a chave para buscar cada vez mais informação, pois, só assim podemos ajudar os
autistas que estão sob nossa responsabilidade.
3- Auto controle
Há inúmeras situações que ocorrem com os nossos autistas em que nos vemos com os nervos a
flor da pele! Além da paciência, que é fundamental nesses casos, é preciso ter muito auto
controle. Não podemos perder a calma e partirmos para uma intervenção mais agressiva, pois,
no caso dos autistas, qualquer tipo de violência, só piora (e muito) a situação e o
comportamento deles. A tendência é que eles reproduzem a violência recebida (como já foi
tratado em outro artigo). Portanto, saber nos controlar nos momentos mais difíceis é
fundamental para que tenhamos condições para tomarmos as decisões corretas.
4- Valorização das relações humanas
Uma das maiores lições que aprendemos quando temos contato próximo (cotidianamente) com
autistas, é a percepção que a coisa mais importante que existe, são as relações humanas. Só
percebemos isso quando vivenciamos uma pessoa muito próxima com dificuldades ligadas à
interação, que é o caso (clássicos) dos autistas. Notamos o quão importante é a comunicação,
que é a base, por exemplo, da Educação e para nos tornarmos cidadãos autônomos e
conscientes.
Quando nos relacionamos com os autistas, descobrimos o quanto é caro as faculdades mentais
e sensoriais voltadas para a interação. Quando conseguimos um olhar, após inúmeras tentativas,
é motivo de muita alegria aos pais! Quando conseguimos qualquer reação por parte deles em
relação a um estímulo, percebemos que devemos dar mais valor ás relações humanas!
5- Mente aberta
Em função da dificuldade de relacionamento dos autistas, precisamos buscar sempre novas
formas de conexão. Para isso, precisamos ler bastante, conversar com especialistas e sempre
estarmos abertos a novas ideias. Por isso, temos que deixar para traz os dogmas (verdades
absolutas) e termos uma mente cada vez mais aberta para novos aprendizados e experiências.
6- Amor
E por fim, a lição mais importante de todas! Quando se desenvolve um sentimento de amor em
relação a um autista, pode ter certeza que ele durará para sempre! Amar é, ao mesmo tempo
aceitar o autismo como parte da personalidade deles, mas também, o amor pode ser traduzido
na forma de luta dos pais e educadores em buscar melhorar a qualidade de vida dos seus
filho/alunos autistas.
Devemos sim, aceita-los do jeito que eles são, porém, não devemos ficar parados, pelo
contrário, precisamos buscar ajuda-los de todas as formas possíveis, não para curá-los (porque
isso não existe, como já foi falado em outro artigo) mas para torna-los cidadãos aptos a viverem
em sociedade, sem serem discriminados!
Amar é compreender, é cuidar, é abraçar a causa de tal maneira, que o seu filho(a) autista sentirá
todos os dias o amparo do seu amor. Apesar da dificuldade que eles têm de expressarem
sentimentos, isso não quer dizer que eles não sentem, muito pelo contrário!
Faça tudo pelo seu autista, regado a amor! O ambiente em que ele vive deve ser dominado pelo
sentimento do amor, sempre! Abrace-o, beije-o, esmague-o todos os dias!!!! Pode ter certeza
que essa é a melhor das terapias! Muito amor, nunca é demais, principalmente para eles!
Quais lições aprendemos com os autistas?

Mais conteúdo relacionado

Destaque

CV1- Varun C Mohanan
CV1- Varun C MohananCV1- Varun C Mohanan
CV1- Varun C MohananVarun Mohanan
 
6616815 yourface
6616815 yourface6616815 yourface
6616815 yourfaceMamita Ako
 
O autismo é reversível
O autismo é reversívelO autismo é reversível
O autismo é reversívelAndré Boaratti
 
OLAS DE BEATRIZNIOBE ALFREDO SAEZ
OLAS DE BEATRIZNIOBE ALFREDO SAEZOLAS DE BEATRIZNIOBE ALFREDO SAEZ
OLAS DE BEATRIZNIOBE ALFREDO SAEZguest1f5dba9
 
Презентация исследования
Презентация исследованияПрезентация исследования
Презентация исследованияРустам Ильин
 
Emprendimiento e Innovación Social
Emprendimiento e Innovación SocialEmprendimiento e Innovación Social
Emprendimiento e Innovación Socialinexsos
 
Presentation Skill - Agung
Presentation Skill - AgungPresentation Skill - Agung
Presentation Skill - AgungHarry Suryahadi
 
Lojerat olimpike ne bote dhe ne shqiperi
Lojerat olimpike ne bote dhe ne shqiperiLojerat olimpike ne bote dhe ne shqiperi
Lojerat olimpike ne bote dhe ne shqiperiAlimerko Brunilda
 
ملخص جميل لمنهج انجليزى ثالثة ثانوى فى 8 ورقات
ملخص جميل لمنهج انجليزى ثالثة ثانوى فى 8 ورقاتملخص جميل لمنهج انجليزى ثالثة ثانوى فى 8 ورقات
ملخص جميل لمنهج انجليزى ثالثة ثانوى فى 8 ورقاتThanawyaHome
 
Effective clinical trial design
Effective clinical trial designEffective clinical trial design
Effective clinical trial designidkpharma
 
Jogos e atividades para Autista
Jogos e atividades para AutistaJogos e atividades para Autista
Jogos e atividades para AutistaPri Domingos
 
80 planejamento de atividades para desenvolver a linguagem do autista
80 planejamento de  atividades para desenvolver a linguagem do autista80 planejamento de  atividades para desenvolver a linguagem do autista
80 planejamento de atividades para desenvolver a linguagem do autistaSimoneHelenDrumond
 

Destaque (13)

CV1- Varun C Mohanan
CV1- Varun C MohananCV1- Varun C Mohanan
CV1- Varun C Mohanan
 
6616815 yourface
6616815 yourface6616815 yourface
6616815 yourface
 
O autismo é reversível
O autismo é reversívelO autismo é reversível
O autismo é reversível
 
OLAS DE BEATRIZNIOBE ALFREDO SAEZ
OLAS DE BEATRIZNIOBE ALFREDO SAEZOLAS DE BEATRIZNIOBE ALFREDO SAEZ
OLAS DE BEATRIZNIOBE ALFREDO SAEZ
 
Презентация исследования
Презентация исследованияПрезентация исследования
Презентация исследования
 
Emprendimiento e Innovación Social
Emprendimiento e Innovación SocialEmprendimiento e Innovación Social
Emprendimiento e Innovación Social
 
Presentation Skill - Agung
Presentation Skill - AgungPresentation Skill - Agung
Presentation Skill - Agung
 
Sociedad Colonial en Hispanoamérica
Sociedad Colonial en HispanoaméricaSociedad Colonial en Hispanoamérica
Sociedad Colonial en Hispanoamérica
 
Lojerat olimpike ne bote dhe ne shqiperi
Lojerat olimpike ne bote dhe ne shqiperiLojerat olimpike ne bote dhe ne shqiperi
Lojerat olimpike ne bote dhe ne shqiperi
 
ملخص جميل لمنهج انجليزى ثالثة ثانوى فى 8 ورقات
ملخص جميل لمنهج انجليزى ثالثة ثانوى فى 8 ورقاتملخص جميل لمنهج انجليزى ثالثة ثانوى فى 8 ورقات
ملخص جميل لمنهج انجليزى ثالثة ثانوى فى 8 ورقات
 
Effective clinical trial design
Effective clinical trial designEffective clinical trial design
Effective clinical trial design
 
Jogos e atividades para Autista
Jogos e atividades para AutistaJogos e atividades para Autista
Jogos e atividades para Autista
 
80 planejamento de atividades para desenvolver a linguagem do autista
80 planejamento de  atividades para desenvolver a linguagem do autista80 planejamento de  atividades para desenvolver a linguagem do autista
80 planejamento de atividades para desenvolver a linguagem do autista
 

Semelhante a Quais lições aprendemos com os autistas?

cartilhasaudementalnaescola.pdf
cartilhasaudementalnaescola.pdfcartilhasaudementalnaescola.pdf
cartilhasaudementalnaescola.pdfMarceloInacio18
 
autismo como tratar.pdf
autismo como tratar.pdfautismo como tratar.pdf
autismo como tratar.pdflojakeuke
 
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@sSaúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@sProf. Marcus Renato de Carvalho
 
Cartilha saudementalna escola
Cartilha saudementalna escolaCartilha saudementalna escola
Cartilha saudementalna escolaPatrícia Müller
 
A forçaa dos sentimentos
A forçaa dos sentimentosA forçaa dos sentimentos
A forçaa dos sentimentosEduardo Pavin
 
A forca dos_sentimentos
A forca dos_sentimentosA forca dos_sentimentos
A forca dos_sentimentosDavid Oliveira
 
Autismo-kit-de-ferramentas-para-comportamentos-desafiadores-e-agressivos
Autismo-kit-de-ferramentas-para-comportamentos-desafiadores-e-agressivosAutismo-kit-de-ferramentas-para-comportamentos-desafiadores-e-agressivos
Autismo-kit-de-ferramentas-para-comportamentos-desafiadores-e-agressivosRosane Domingues
 
entre dois mundo
entre dois mundoentre dois mundo
entre dois mundoange44
 
Autismo e a educação breves reflexoes
Autismo e a educação breves reflexoesAutismo e a educação breves reflexoes
Autismo e a educação breves reflexoesAndré Boaratti
 
Eugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão ppt
Eugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão pptEugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão ppt
Eugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão pptMarlene Campos
 
Eugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão ppt
Eugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão pptEugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão ppt
Eugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão pptMarlene Campos
 
Análise do filme: O lenhador, um olhar cognitivo.
Análise do filme: O lenhador, um olhar cognitivo.Análise do filme: O lenhador, um olhar cognitivo.
Análise do filme: O lenhador, um olhar cognitivo.Marcelo da Rocha Carvalho
 
Conselhos para pais de autistas
Conselhos para pais de autistasConselhos para pais de autistas
Conselhos para pais de autistasSarah Olliver
 
Conselhos para Pais de Autistas
Conselhos para Pais de Autistas Conselhos para Pais de Autistas
Conselhos para Pais de Autistas Sarah Olliver
 
Educa%e7%e3o inclusica
Educa%e7%e3o inclusicaEduca%e7%e3o inclusica
Educa%e7%e3o inclusicaEliane1964
 
Autismo orientação para os pais
Autismo   orientação para os paisAutismo   orientação para os pais
Autismo orientação para os paisRosane Domingues
 

Semelhante a Quais lições aprendemos com os autistas? (20)

cartilhasaudementalnaescola.pdf
cartilhasaudementalnaescola.pdfcartilhasaudementalnaescola.pdf
cartilhasaudementalnaescola.pdf
 
autismo como tratar.pdf
autismo como tratar.pdfautismo como tratar.pdf
autismo como tratar.pdf
 
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@sSaúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
 
Cartilha saudementalna escola
Cartilha saudementalna escolaCartilha saudementalna escola
Cartilha saudementalna escola
 
mundo-singular.pdf
mundo-singular.pdfmundo-singular.pdf
mundo-singular.pdf
 
00335 a força dos sentimentos
00335   a força dos sentimentos00335   a força dos sentimentos
00335 a força dos sentimentos
 
A forçaa dos sentimentos
A forçaa dos sentimentosA forçaa dos sentimentos
A forçaa dos sentimentos
 
A forca dos_sentimentos
A forca dos_sentimentosA forca dos_sentimentos
A forca dos_sentimentos
 
A forca dos_sentimentos
A forca dos_sentimentosA forca dos_sentimentos
A forca dos_sentimentos
 
Autismo-kit-de-ferramentas-para-comportamentos-desafiadores-e-agressivos
Autismo-kit-de-ferramentas-para-comportamentos-desafiadores-e-agressivosAutismo-kit-de-ferramentas-para-comportamentos-desafiadores-e-agressivos
Autismo-kit-de-ferramentas-para-comportamentos-desafiadores-e-agressivos
 
entre dois mundo
entre dois mundoentre dois mundo
entre dois mundo
 
Autismo e a educação breves reflexoes
Autismo e a educação breves reflexoesAutismo e a educação breves reflexoes
Autismo e a educação breves reflexoes
 
Eugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão ppt
Eugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão pptEugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão ppt
Eugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão ppt
 
Eugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão ppt
Eugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão pptEugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão ppt
Eugenio cunha autismo, aprendizagem e inclusão ppt
 
Análise do filme: O lenhador, um olhar cognitivo.
Análise do filme: O lenhador, um olhar cognitivo.Análise do filme: O lenhador, um olhar cognitivo.
Análise do filme: O lenhador, um olhar cognitivo.
 
Conselhos para pais de autistas
Conselhos para pais de autistasConselhos para pais de autistas
Conselhos para pais de autistas
 
Conselhos para Pais de Autistas
Conselhos para Pais de Autistas Conselhos para Pais de Autistas
Conselhos para Pais de Autistas
 
Educa%e7%e3o inclusica
Educa%e7%e3o inclusicaEduca%e7%e3o inclusica
Educa%e7%e3o inclusica
 
Sa final
Sa finalSa final
Sa final
 
Autismo orientação para os pais
Autismo   orientação para os paisAutismo   orientação para os pais
Autismo orientação para os pais
 

Mais de André Boaratti

Aula planejamento de carreira
Aula planejamento de carreiraAula planejamento de carreira
Aula planejamento de carreiraAndré Boaratti
 
Regime de trabalho docente
Regime de trabalho docenteRegime de trabalho docente
Regime de trabalho docenteAndré Boaratti
 
O que se espera do professor universitário hoje
O que se espera do professor universitário hojeO que se espera do professor universitário hoje
O que se espera do professor universitário hojeAndré Boaratti
 
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreiraDicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreiraAndré Boaratti
 
Dicas para tornar suas aulas mais atrativas
Dicas para tornar suas aulas mais atrativasDicas para tornar suas aulas mais atrativas
Dicas para tornar suas aulas mais atrativasAndré Boaratti
 
A importância da auto avaliação institucional para o ensino superior
A importância da auto avaliação institucional para o ensino superiorA importância da auto avaliação institucional para o ensino superior
A importância da auto avaliação institucional para o ensino superiorAndré Boaratti
 
Qual a melhor câmera para iniciantes?
Qual a melhor câmera para iniciantes?Qual a melhor câmera para iniciantes?
Qual a melhor câmera para iniciantes?André Boaratti
 
História da fotografia: da heliografia ao daguerreótipo
História da fotografia: da heliografia ao daguerreótipo História da fotografia: da heliografia ao daguerreótipo
História da fotografia: da heliografia ao daguerreótipo André Boaratti
 
Breves dicas para melhorar suas fotos em todas as situações
Breves dicas para melhorar suas fotos em todas as situaçõesBreves dicas para melhorar suas fotos em todas as situações
Breves dicas para melhorar suas fotos em todas as situaçõesAndré Boaratti
 
Qual a melhor câmera para iniciantes?
Qual a melhor câmera para iniciantes?Qual a melhor câmera para iniciantes?
Qual a melhor câmera para iniciantes?André Boaratti
 
05 dicas para tirar fotos sensacionais
05 dicas para tirar fotos sensacionais05 dicas para tirar fotos sensacionais
05 dicas para tirar fotos sensacionaisAndré Boaratti
 
Regime de trabalho docente
Regime de trabalho docenteRegime de trabalho docente
Regime de trabalho docenteAndré Boaratti
 
O que se espera do professor universitário hoje
O que se espera do professor universitário hojeO que se espera do professor universitário hoje
O que se espera do professor universitário hojeAndré Boaratti
 
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreiraDicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreiraAndré Boaratti
 
A importância da auto avaliação institucional para o ensino superior
A importância da auto avaliação institucional para o ensino superiorA importância da auto avaliação institucional para o ensino superior
A importância da auto avaliação institucional para o ensino superiorAndré Boaratti
 
Dicas para tornar suas aulas mais atrativas
Dicas para tornar suas aulas mais atrativasDicas para tornar suas aulas mais atrativas
Dicas para tornar suas aulas mais atrativasAndré Boaratti
 
Os autistas são superdotados?
Os autistas são superdotados?Os autistas são superdotados?
Os autistas são superdotados?André Boaratti
 
Os autistas conseguem aprender?
Os autistas conseguem aprender?Os autistas conseguem aprender?
Os autistas conseguem aprender?André Boaratti
 
A evolução dos estudos sobre o autismo
A evolução dos estudos sobre o autismoA evolução dos estudos sobre o autismo
A evolução dos estudos sobre o autismoAndré Boaratti
 

Mais de André Boaratti (20)

Aula planejamento de carreira
Aula planejamento de carreiraAula planejamento de carreira
Aula planejamento de carreira
 
Regime de trabalho docente
Regime de trabalho docenteRegime de trabalho docente
Regime de trabalho docente
 
O que se espera do professor universitário hoje
O que se espera do professor universitário hojeO que se espera do professor universitário hoje
O que se espera do professor universitário hoje
 
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreiraDicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
 
Dicas para tornar suas aulas mais atrativas
Dicas para tornar suas aulas mais atrativasDicas para tornar suas aulas mais atrativas
Dicas para tornar suas aulas mais atrativas
 
A importância da auto avaliação institucional para o ensino superior
A importância da auto avaliação institucional para o ensino superiorA importância da auto avaliação institucional para o ensino superior
A importância da auto avaliação institucional para o ensino superior
 
Qual a melhor câmera para iniciantes?
Qual a melhor câmera para iniciantes?Qual a melhor câmera para iniciantes?
Qual a melhor câmera para iniciantes?
 
História da fotografia: da heliografia ao daguerreótipo
História da fotografia: da heliografia ao daguerreótipo História da fotografia: da heliografia ao daguerreótipo
História da fotografia: da heliografia ao daguerreótipo
 
Breves dicas para melhorar suas fotos em todas as situações
Breves dicas para melhorar suas fotos em todas as situaçõesBreves dicas para melhorar suas fotos em todas as situações
Breves dicas para melhorar suas fotos em todas as situações
 
Qual a melhor câmera para iniciantes?
Qual a melhor câmera para iniciantes?Qual a melhor câmera para iniciantes?
Qual a melhor câmera para iniciantes?
 
05 dicas para tirar fotos sensacionais
05 dicas para tirar fotos sensacionais05 dicas para tirar fotos sensacionais
05 dicas para tirar fotos sensacionais
 
Regime de trabalho docente
Regime de trabalho docenteRegime de trabalho docente
Regime de trabalho docente
 
O que se espera do professor universitário hoje
O que se espera do professor universitário hojeO que se espera do professor universitário hoje
O que se espera do professor universitário hoje
 
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreiraDicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
 
A importância da auto avaliação institucional para o ensino superior
A importância da auto avaliação institucional para o ensino superiorA importância da auto avaliação institucional para o ensino superior
A importância da auto avaliação institucional para o ensino superior
 
Dicas para tornar suas aulas mais atrativas
Dicas para tornar suas aulas mais atrativasDicas para tornar suas aulas mais atrativas
Dicas para tornar suas aulas mais atrativas
 
Os autistas são superdotados?
Os autistas são superdotados?Os autistas são superdotados?
Os autistas são superdotados?
 
Os autistas conseguem aprender?
Os autistas conseguem aprender?Os autistas conseguem aprender?
Os autistas conseguem aprender?
 
Einstein foi autista
Einstein foi autistaEinstein foi autista
Einstein foi autista
 
A evolução dos estudos sobre o autismo
A evolução dos estudos sobre o autismoA evolução dos estudos sobre o autismo
A evolução dos estudos sobre o autismo
 

Último

As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfmúsica paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfWALDIRENEPINTODEMACE
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfSandra Pratas
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturaPizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturagomescostamma
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...MANUELJESUSVENTURASA
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 

Último (20)

As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfmúsica paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturaPizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 

Quais lições aprendemos com os autistas?

  • 1. O que podemos aprender com os autistas? Fonte: www.desmistificandoautismo.com.br Os autistas apresentam sérias dificuldades de relacionamento e aprendizado e com isso ficamos responsáveis em tentar orientá-los e estimulá-los para que possam se tornar adultos independentes. Mas será que somente os autistas aprendem com a gente? Não poderia ocorrer o contrário, também? Se sim, quais lições importantes podemos tirar da convivência com essas pessoas pra lá de especiais em nossas vidas? O presente artigo segue com o objetivo de tentar responder essas questões, por meio de algumas breves reflexões. E de antemão, podemos responder que sim, aprendemos muito com os autistas, o tempo todo, pois a cada dia eles nos impõem novos desafios! Para facilitar, achei interessante expor separadamente cada lição que podemos aprender com o Autismo: 1- Paciência Sem dúvida que essa é a maior lição de todas! Muita paciência, pois, com eles é tudo diferente! O ritmo de aprendizado é diferente, a forma como eles se relacionam e entendem o mundo, são completamente diferentes em relação a nós. Por isso, para podermos compreender os nossos autistas, é preciso em primeiro lugar, muita paciência e respeitá-los dentro das suas possibilidades. Sem falar nas várias situações complicadas que passamos com eles em locais públicos, por exemplo, quando mudamos algo da rotina, desviamos o caminho que estão acostumados, ou seja, tudo isso e muito mais faz com que eles se desequilibrem, e não há outra forma de contornar a situação sem muita paciência! 2- Humildade Temos que ter humildade para buscarmos ajuda de especialistas ou pessoas com experiência em Autismo, sempre que for necessário! Para o bem dos nossos autistas e para o nosso também. Aceitar ajuda é condição básica para que possamos aprender a nos relacionar melhor com os autistas. Nesse sentido, tudo é válido: leve todas as suas dúvidas ao especialista que acompanha seu filho(a), busque um diálogo constante com a Escola, principalmente com os professores e demais profissionais envolvidos diretamente na educação ou terapia do seu pequeno. A humildade é a chave para buscar cada vez mais informação, pois, só assim podemos ajudar os autistas que estão sob nossa responsabilidade. 3- Auto controle Há inúmeras situações que ocorrem com os nossos autistas em que nos vemos com os nervos a flor da pele! Além da paciência, que é fundamental nesses casos, é preciso ter muito auto
  • 2. controle. Não podemos perder a calma e partirmos para uma intervenção mais agressiva, pois, no caso dos autistas, qualquer tipo de violência, só piora (e muito) a situação e o comportamento deles. A tendência é que eles reproduzem a violência recebida (como já foi tratado em outro artigo). Portanto, saber nos controlar nos momentos mais difíceis é fundamental para que tenhamos condições para tomarmos as decisões corretas. 4- Valorização das relações humanas Uma das maiores lições que aprendemos quando temos contato próximo (cotidianamente) com autistas, é a percepção que a coisa mais importante que existe, são as relações humanas. Só percebemos isso quando vivenciamos uma pessoa muito próxima com dificuldades ligadas à interação, que é o caso (clássicos) dos autistas. Notamos o quão importante é a comunicação, que é a base, por exemplo, da Educação e para nos tornarmos cidadãos autônomos e conscientes. Quando nos relacionamos com os autistas, descobrimos o quanto é caro as faculdades mentais e sensoriais voltadas para a interação. Quando conseguimos um olhar, após inúmeras tentativas, é motivo de muita alegria aos pais! Quando conseguimos qualquer reação por parte deles em relação a um estímulo, percebemos que devemos dar mais valor ás relações humanas! 5- Mente aberta Em função da dificuldade de relacionamento dos autistas, precisamos buscar sempre novas formas de conexão. Para isso, precisamos ler bastante, conversar com especialistas e sempre estarmos abertos a novas ideias. Por isso, temos que deixar para traz os dogmas (verdades absolutas) e termos uma mente cada vez mais aberta para novos aprendizados e experiências. 6- Amor E por fim, a lição mais importante de todas! Quando se desenvolve um sentimento de amor em relação a um autista, pode ter certeza que ele durará para sempre! Amar é, ao mesmo tempo aceitar o autismo como parte da personalidade deles, mas também, o amor pode ser traduzido na forma de luta dos pais e educadores em buscar melhorar a qualidade de vida dos seus filho/alunos autistas. Devemos sim, aceita-los do jeito que eles são, porém, não devemos ficar parados, pelo contrário, precisamos buscar ajuda-los de todas as formas possíveis, não para curá-los (porque isso não existe, como já foi falado em outro artigo) mas para torna-los cidadãos aptos a viverem em sociedade, sem serem discriminados! Amar é compreender, é cuidar, é abraçar a causa de tal maneira, que o seu filho(a) autista sentirá todos os dias o amparo do seu amor. Apesar da dificuldade que eles têm de expressarem sentimentos, isso não quer dizer que eles não sentem, muito pelo contrário! Faça tudo pelo seu autista, regado a amor! O ambiente em que ele vive deve ser dominado pelo sentimento do amor, sempre! Abrace-o, beije-o, esmague-o todos os dias!!!! Pode ter certeza que essa é a melhor das terapias! Muito amor, nunca é demais, principalmente para eles!