Profissionais em
Big Data
DRIBLANDO A FALTA DE
Previsões para Big Data
(IDC)
 Crescimento de 26,4% ao ano, até 2018
 US$ 41,5 bilhões
 Crescerá 2,5 vezes mais do que ...
Previsões para Big Data
(Gartner)
 No mundo: 4,4 milhões de postos de
trabalho, só em 2015
 Nos EUA: 360 mil cargos rela...
Previsões para Big Data
(Outras)
 Em cada dez profissionais, nove são mestres
ou doutores (BURCH WORKS, 2013)
 Em 2018, ...
Fatores
• Transformação digital
• Mobilidade
• Internet das coisas
• Social
Resultado
• Falta de
profissionais
• Mão de obra cara
Métodos alternativos
PARA ENCONTRAR, DESENVOLVER E RETER TALENTOS
Profissionais que conhecem o
negócio e setor
 Especialistas que não conhecem o negócio podem ficar sem
saber onde buscar ...
Desenvolver os melhores talentos
 Procurar pessoas que não são “superstars”, mas que mostram
potencial para tanto;
 Prof...
Usuários avançados de Excel
 Pessoas que mostram habilidades no manuseio de dados;
 Tendem a lidar bem com outras ferram...
Desenvolver dentro da empresa
 Mentoria: colocar sistematicamente jovens para trabalhar e
aprender ao lado de profissiona...
Autor
ANDRÉ ARANHA
Analista de Negócios e Sistemas
Bacharel em Sistemas de Informação e
pós graduado em Gestão de Negócios...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Driblando a falta de profissionais em big data

182 visualizações

Publicada em

Métodos alternativos para atrair, reter e desenvolver talentos e mão de obra qualificada nas iniciativas de big data.

Grandes tendências como mobilidade, byod, IoT e social estão transformando a TI. Todas elas aumentam o volume de dados gerado diariamente, e acabam fomentando a demanda por equipes que saibam tratar massas descomunais de dados.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
182
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Driblando a falta de profissionais em big data

  1. 1. Profissionais em Big Data DRIBLANDO A FALTA DE
  2. 2. Previsões para Big Data (IDC)  Crescimento de 26,4% ao ano, até 2018  US$ 41,5 bilhões  Crescerá 2,5 vezes mais do que BI  Fatores: Transformação tecnológica, internet das coisas e mobilidade
  3. 3. Previsões para Big Data (Gartner)  No mundo: 4,4 milhões de postos de trabalho, só em 2015  Nos EUA: 360 mil cargos relacionados a análise e interpretação  US$ 41,5 bilhões
  4. 4. Previsões para Big Data (Outras)  Em cada dez profissionais, nove são mestres ou doutores (BURCH WORKS, 2013)  Em 2018, faltará 1,5 milhão de especialistas (MCKINSEY)
  5. 5. Fatores • Transformação digital • Mobilidade • Internet das coisas • Social
  6. 6. Resultado • Falta de profissionais • Mão de obra cara
  7. 7. Métodos alternativos PARA ENCONTRAR, DESENVOLVER E RETER TALENTOS
  8. 8. Profissionais que conhecem o negócio e setor  Especialistas que não conhecem o negócio podem ficar sem saber onde buscar dados ou como usar as informações que têm em mãos;  Um bom conhecedor da área de estudo, que aprende a analisar grandes volumes de dados, já não tem esse problema;  É mais fácil ensinar tecnologia para quem conhece o negócio do que o contrário. (Nick Heudecker, Gartner)
  9. 9. Desenvolver os melhores talentos  Procurar pessoas que não são “superstars”, mas que mostram potencial para tanto;  Profissionais jovens, intermediários e seniores que nunca trabalharam como cientistas de dados, mas que apresentam afinidade e disposição para essa função;  Pessoas com formação em estatística, ciências da computação e até em física. (Min Xiao, Tamr)
  10. 10. Usuários avançados de Excel  Pessoas que mostram habilidades no manuseio de dados;  Tendem a lidar bem com outras ferramentas mais complexas. (Jason Chavarry, The Hershey Company)
  11. 11. Desenvolver dentro da empresa  Mentoria: colocar sistematicamente jovens para trabalhar e aprender ao lado de profissionais mais experientes;  Sinergia: Geração de conhecimentos pela união de profissionais do negócio e da área tecnológica;  Os primeiros não enxergam o potencial da ferramenta, enquanto os segundos não sabem aplicá-lo para criar valor à empresa. (Ashley Stirrup, Talend)
  12. 12. Autor ANDRÉ ARANHA Analista de Negócios e Sistemas Bacharel em Sistemas de Informação e pós graduado em Gestão de Negócios em Serviços pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

×