A INTERNET COLABORATIVA E A QUALIDADE                        DE FONTES DE INFORMAÇÃO NA WEB:                        ASPECT...
Projeto Fontes de informação                          atribuição de critérios decomo valor agregado ao Sistema           ...
A Internet colaborativa e qualidade de            panorama                               fontes de informação na Web: uma ...
objetivosa) explorar e expandir o universo de critérios de qualidade de   informação apresentado na literatura como plataf...
procedimentos metodológicosPesquisa exploratóriaBase documental Levantamento na literatura das áreas da Ciência da Inform...
cores como                                   a cor com atributo mecanismos                                   qualificador ...
instrumento de coleta de dados (em pré-teste)                                      inserção de                            ...
estrutura de análise dos dados frequências de associações cores x fontes avaliadas frequência de atribuições sentimentos...
ReferênciasFARINA, M.; BASTOS, H. T.; PEREZ, C. Psicodinâmica das cores em comunicação. São Paulo: Edgard Blücher, 2006.GU...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Internet colaborativa e a qualidade de fontes de informação na Web: aspectos psicológicos no processo de avaliação da informação

461 visualizações

Publicada em

Apresentação oral no XVIII Encontro de Iniciação Científica da Universidade Federal do Paraná (EVINCI - UFPR), Curitiba, PR-BRA

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
461
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Internet colaborativa e a qualidade de fontes de informação na Web: aspectos psicológicos no processo de avaliação da informação

  1. 1. A INTERNET COLABORATIVA E A QUALIDADE DE FONTES DE INFORMAÇÃO NA WEB: ASPECTOS PSICOLÓGICOS NO PROCESSO DE AVALIAÇÃO DA INFORMAÇÃOUNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁXVIII Encontro de Iniciação Científica e III Encontro de Inovação TecnológicaCuritiba – 18 a 22 de outubro de 2010Aluno: Andre Luiz Appel (IC-Voluntária)Orientador(a): Profa. Dra. Patricia Zeni Marchiori
  2. 2. Projeto Fontes de informação  atribuição de critérios decomo valor agregado ao Sistema qualidade à fontes de informaçãoEletrônico de Revistas (SER) da  impacto que envolve umaUFPR (BANPESQ/THALES: 2007021256) comunidade científica em função do uso de tecnologias diagrama de coleta/seleção de revisão da critérios de um conjunto de qualidade da fontes para estrutura do informação teste/avaliação OJS/RST Levantamento na literatura das áreas de Ciência da Informação e BiblioteconomiaXVIII EVINCI E III EINTI – Curitiba, 18 a 22 outubro de 2010Aspectos psicológicos no processo de avaliação da informação
  3. 3. A Internet colaborativa e qualidade de panorama fontes de informação na Web: uma atual proposta metodológica (BANPESQ/THALES: 2009023494) revisão do diagrama - continuidade do levantamento critérios definidos em “áreas” do diagrama foram adaptados com base na Teoria da cor - representação dos mesmos sob uma perspectiva não textual proposta de instrumento de coleta de dadosXVIII EVINCI E III EINTI – Curitiba, 18 a 22 outubro de 2010Aspectos psicológicos no processo de avaliação da informação
  4. 4. objetivosa) explorar e expandir o universo de critérios de qualidade de informação apresentado na literatura como plataforma para o uso e crítica de especialistas-pesquisadores;b) identificar elementos da Teoria da Cor que possibilitem a explicitação das motivações emocionais/culturais (Psicologia/Teoria do Afeto) quando da escolha de um determinado recurso de informação;c) elaborar uma estrutura de avaliação de fontes de informação baseada na explicitação (por meio não textual) dos fatores emocionais/culturais advindos do processo de seleção/avaliação de tais fontes;d) submeter a proposta de estrutura de avaliação aos especialistas- pesquisadores, para validação da metodologia e condições de uso dessa abordagem na atribuição de “valor”/qualidade às fontes de informação.XVIII EVINCI E III EINTI – Curitiba, 18 a 22 outubro de 2010Aspectos psicológicos no processo de avaliação da informação
  5. 5. procedimentos metodológicosPesquisa exploratóriaBase documental Levantamento na literatura das áreas da Ciência da Informação e Biblioteconomia para a identificação de critérios de qualidade da informação Teoria da cor Psicologia - Teoria do afeto/emoções Proposta de uma estrutura de avaliação da informação com a representação de critérios sob uma perspectiva não textual (cores + emoções)Base experimentalAplicação de instrumento de coleta de dados para teste/validação daestrutura de avaliaçãoXVIII EVINCI E III EINTI – Curitiba, 18 a 22 outubro de 2010Aspectos psicológicos no processo de avaliação da informação
  6. 6. cores como a cor com atributo mecanismos qualificador de um simbólicos/signos objeto ou conceito (GUIMARÃES, 2006)Estudo dos aspectossimbólicos e psicológicosdas coresTEORIA DO AFETO/EMOÇÕEScategorização ourepresentação cognitiva das Modelo Circumplexemoções definição de valências e/ou pólos emocionaisXVIII EVINCI E III EINTI – Curitiba, 18 a 22 outubro de 2010Aspectos psicológicos no processo de avaliação da informação
  7. 7. instrumento de coleta de dados (em pré-teste) inserção de aplicação de plataforma fontes para plataforma questionário OJS/RST uso/teste por Lime Survey em meio parte dos Web usuários XVIII EVINCI E III EINTI – Curitiba, 18 a 22 outubro de 2010 Aspectos psicológicos no processo de avaliação da informação
  8. 8. estrutura de análise dos dados frequências de associações cores x fontes avaliadas frequência de atribuições sentimentos/emoções x fontes avaliadas frequência de atribuições cores x critérios cruzamento entre a frequência de cores e sentimentos/ emoções – mecanismo de captação do grau de satisfação dos usuários de informaçãoXVIII EVINCI E III EINTI – Curitiba, 18 a 22 outubro de 2010Aspectos psicológicos no processo de avaliação da informação
  9. 9. ReferênciasFARINA, M.; BASTOS, H. T.; PEREZ, C. Psicodinâmica das cores em comunicação. São Paulo: Edgard Blücher, 2006.GUIMARÃES, L. A cor como informação. São Paulo: Annablume, 2000.MARCHIORI, P. Z.; APPEL, A. L. Fontes de informação como valor agregado ao sistema eletrônico de revistas da Universidade Federal do Paraná (OJS/SER-UFPR). Liinc em Revista, Rio de Janeiro, v. 4, n. 2, set./2008, p. 253-268. Disponível em: <http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/viewFile/278/204>. Acesso em: out. 2008.NEHMY, I.; PAIM, R. M. Q. A desconstrução do conceito de qualidade da informação. Ciência da Informação, Brasília, v. 27, n. 1, p. 36-45, jan./abr. 1998. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100- 19651998000100005>. Acesso em: 3 abr. 2008.RIBE, N.; STEINLE, F. Exploratory experimentation: Goethe, Land and color theory. Physics Today, Maryland, v. 55, n. 7, jul./2002. Disponível em: <http://search.ebscohost.com/login.aspx?direct=true&db=aph&AN=6884548&site=ehost- live>. Acesso em: 17 ago. 2010.RUSSEL, J. A. A circumplex model of affect. Journal of Personality and Social Psychology, v. 39, n. 6, p. 1161-1178, dez./1980. Disponível em: <http://psycnet.apa.org/journals/psp/39/6/>. Acesso em: 27 maio 2010.SCHOLL, R. W. Affective motivation and emotional competency. 2002. Schmidt Labor Research Center, University of Rhode Island. Disponível em: <http://www.uri.edu/research/lrc/scholl/webnotes/Motivation_Affective.htm>. Acesso em: 15 out. 2010.Imagenshttp://www.flickr.com/photos/41516313@N02/4612533278/http://www.flickr.com/photos/25289142@N05/3681634702/in/photostream/http://gallery.hd.org/_c/natural-science/prism-and-refraction-of-light-into-rainbow-AJHD.jpg.htmlColaboradoresCarlos Alexandre Lourenço Taborda (Aluno de IC-Voluntária)Eduardo Michelotti Bettoni (Mestrando PPCGI/Bolsista REUNI) Universidade Federal do Paraná Setor de Ciências Sociais Aplicadas appel@ufpr.br Departamento de Ciência e Gestão da Informação

×