Alfabeletrar: “Jornada de Mato Grosso”
Escola Municipal do Ensino FundamentalRicardo Franco  Profª: Maria da Glória de França Nº de alunos: 25 Turma: 19 Turn...
Área: Alfabetização e linguagemTemática: Gêneros textuais      Conto clássico – História contada
Eixo articulador: Compreensão   e Valorização da Cultura Escrita
Capacidade: Compreende   a função social de diferentes gêneros textuais
Descritor:Reconta oralmente os gêneros lidose/ou ouvidos;
Atividades desenvolvidas:Primeiro momento: 01- organização das  crianças, todos em círculos no centro  da sala sentados no...
03- Por ser uma história muito  conhecida, pedi às crianças que  cada um fizessem um comentário  sobre a história.04- Todo...
05- Porém, dei início à leitura do conto“chapeuzinho Vermelho” em voz alta,todos estavam concentrados, curiosospara saber ...
07- Depois de muitos comentários fiz  algumas perguntas às crianças  oralmente e escritas, a respeito do  conto “Chapeuzin...
Objetivos:Levar a criança ao uso da leitura comomeio para obter conhecimento.Despertar o interesse pela leitura apartir de...
Metodologia:Aula dialogada e explicativa
Recursos didáticos:Livro: Gênero textual - contoMaterial impresso.
Avaliação:O aluno foi avaliado através daassiduidade, participação, interessee desenvolvimento nas atividadespropostas no ...
Relato da experiência: Essa experiência foi gratificante porque, eu percebi nas crianças o interesse, a participação de to...
Com esta aula diferente ampliei oconhecimento     das    crianças,principalmente por ser um contoconhecido por todos com i...
Obtive um excelente resultado porparte das crianças, confesso que mesenti realizada, em conseguir atingir omeu objetivo, q...
Fato que chamou atençãodurante o desenvolvimento dasatividades: Um fato interessante que chamouminha atenção foi à alegria...
Outro fato foi o pedido dascrianças para que a professoracontinuasse toda semana com oscontos (historinhas).Isto quer dize...
Área: MatemáticaTemática: Divisão e Multiplicação
Eixo articulador: Representação   e Comunicação
Descritor: Compreender    a divisão      como repartição em grupos iguais.
Atividades desenvolvidas:De inicio fiz um comentário com as crianças arespeito da divisão. Depois de muitoscomentários fiz...
figurinhas, com seus irmãos oucolegas, não é verdade? Todosresponderam que sim. Diariamentesurgem em nossa visa situações ...
Objetivos:Oferecer oportunidade para que as criançaspossam ampliar seu vocabulário e suasexperiências matemáticas. Enfim, ...
Metodologia:Aula dialogada, explicativa, atividades commaterial concreto, desenhos, jogos e entreoutros.
Recursos didáticos:Material impresso, livro didático,quadro de giz e jogos diversos.
Avaliação:O aluno será avaliado no dia a diaatravés da assiduidade, participação,interesse e desenvolvimento nasatividades...
Relato da experiência:A experiência foi importante, porque,você vê nas crianças a alegria, ointeresse e a participação de ...
Senti nas crianças a vontade deaprender a divisão e a gostar damatemática por livre espontâneavontade. Isto é importante n...
Fato que chamou atençãodurante o desenvolvimento dasatividades: Diante dos acontecimentos, o que maischamou minha atenção ...
A participação foi geral, todosqueriam participar cada um do seujeito mais fizeram. O maisinteressado     foi   quando    ...
Deu a entender que as crianças estãorealmente interessadas em aprender asentir o gosto pela matemática.
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Maria da glória de frança linguagem e matemática
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Maria da glória de frança linguagem e matemática

819 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Maria da glória de frança linguagem e matemática

  1. 1. Alfabeletrar: “Jornada de Mato Grosso”
  2. 2. Escola Municipal do Ensino FundamentalRicardo Franco Profª: Maria da Glória de França Nº de alunos: 25 Turma: 19 Turno: Vespertino Carga Horária: 10 h Ano: 2012 3 º ano
  3. 3. Área: Alfabetização e linguagemTemática: Gêneros textuais Conto clássico – História contada
  4. 4. Eixo articulador: Compreensão e Valorização da Cultura Escrita
  5. 5. Capacidade: Compreende a função social de diferentes gêneros textuais
  6. 6. Descritor:Reconta oralmente os gêneros lidose/ou ouvidos;
  7. 7. Atividades desenvolvidas:Primeiro momento: 01- organização das crianças, todos em círculos no centro da sala sentados no chão professores- alunos.02- Apresentação do livro de contos de Perraulte, mostrando às crianças a capa do livro, as ilustrações, lendo o título, o nome do autor explicando que é um livro de vários contos.
  8. 8. 03- Por ser uma história muito conhecida, pedi às crianças que cada um fizessem um comentário sobre a história.04- Todos comentaram cada um do seu jeito.
  9. 9. 05- Porém, dei início à leitura do conto“chapeuzinho Vermelho” em voz alta,todos estavam concentrados, curiosospara saber o que iria acontecer no finalda história. 06- Encerrada a história, pedi paraalguns alunos, que contasse o que ouviuda história, as crianças comentaramcada um do seu jeito.
  10. 10. 07- Depois de muitos comentários fiz algumas perguntas às crianças oralmente e escritas, a respeito do conto “Chapeuzinho Vermelho”.
  11. 11. Objetivos:Levar a criança ao uso da leitura comomeio para obter conhecimento.Despertar o interesse pela leitura apartir de atividades motivadas de leiturarecreativa.
  12. 12. Metodologia:Aula dialogada e explicativa
  13. 13. Recursos didáticos:Livro: Gênero textual - contoMaterial impresso.
  14. 14. Avaliação:O aluno foi avaliado através daassiduidade, participação, interessee desenvolvimento nas atividadespropostas no decorrer da aula.
  15. 15. Relato da experiência: Essa experiência foi gratificante porque, eu percebi nas crianças o interesse, a participação de todos sem exceção em querer entender a história. Eu consegui conquistar as crianças para que elas despertasse o interesse pela leitura através dos contos.
  16. 16. Com esta aula diferente ampliei oconhecimento das crianças,principalmente por ser um contoconhecido por todos com issoeles ficaram muito incentivadosna participação geral de todos.Os comentários sobre o contoforam ótimos.
  17. 17. Obtive um excelente resultado porparte das crianças, confesso que mesenti realizada, em conseguir atingir omeu objetivo, que é fazer com que aspassa a usar os livros e com issotornar mais um leitor neste nossoBrasil.
  18. 18. Fato que chamou atençãodurante o desenvolvimento dasatividades: Um fato interessante que chamouminha atenção foi à alegria estampado orosto de cada um, o silencio foi total nomomento em que eu fazia a leitura doconto. A participação nas atividadesministradas todos fez até os que nãoconseguiram escrever direito fizeramsuas atividades.
  19. 19. Outro fato foi o pedido dascrianças para que a professoracontinuasse toda semana com oscontos (historinhas).Isto quer dizer que as criançasestão realmente sentindo o gostopela leitura, é gratificante.
  20. 20. Área: MatemáticaTemática: Divisão e Multiplicação
  21. 21. Eixo articulador: Representação e Comunicação
  22. 22. Descritor: Compreender a divisão como repartição em grupos iguais.
  23. 23. Atividades desenvolvidas:De inicio fiz um comentário com as crianças arespeito da divisão. Depois de muitoscomentários fiz algumas perguntas àscrianças pedindo que falassem tudo quesabiam sobre a repartição. Disse a elas quemuitas vezes, em suas casas ou na escolavocês já repartiram balas, chicletes e
  24. 24. figurinhas, com seus irmãos oucolegas, não é verdade? Todosresponderam que sim. Diariamentesurgem em nossa visa situações emque é necessário repartir.
  25. 25. Objetivos:Oferecer oportunidade para que as criançaspossam ampliar seu vocabulário e suasexperiências matemáticas. Enfim, dá-seconsiderável ênfase a descoberta pelaspróprias crianças. Não mais e memorizaçãode regras, mais o uso de material concretopara orientar conceitos exercíciosadquadros, jogos interessantes e sobretudo a compreensão.
  26. 26. Metodologia:Aula dialogada, explicativa, atividades commaterial concreto, desenhos, jogos e entreoutros.
  27. 27. Recursos didáticos:Material impresso, livro didático,quadro de giz e jogos diversos.
  28. 28. Avaliação:O aluno será avaliado no dia a diaatravés da assiduidade, participação,interesse e desenvolvimento nasatividades propostas no decorrer dasaulas.
  29. 29. Relato da experiência:A experiência foi importante, porque,você vê nas crianças a alegria, ointeresse e a participação de todos emaprender a matemática brincandoatravés de jogos e desenhos. Essaexperiência foi gratificante na ampliaçãodos conhecimentos das crianças,principalmente da forma que foramdesenvolvidas as atividades, com jogos,desenhos e outros.
  30. 30. Senti nas crianças a vontade deaprender a divisão e a gostar damatemática por livre espontâneavontade. Isto é importante noconhecimento e naaprendizagem do aluno.
  31. 31. Fato que chamou atençãodurante o desenvolvimento dasatividades: Diante dos acontecimentos, o que maischamou minha atenção foi à alegria quese encontra em cada uma daquelascrianças em poder participar dasatividades propostas junto com os seuscolegas na sala de aula.
  32. 32. A participação foi geral, todosqueriam participar cada um do seujeito mais fizeram. O maisinteressado foi quando medisseram professora, vamos fazera matemática todos os dias,gostamos muito da forma em quefoi feita as atividades, através dematerial concreto, que são os jogose desenhos.
  33. 33. Deu a entender que as crianças estãorealmente interessadas em aprender asentir o gosto pela matemática.

×