Gisele ferreira do nascimento linguagem e matemática

3.277 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.277
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gisele ferreira do nascimento linguagem e matemática

  1. 1. Alfabeletrar: “Jornada de Mato Grosso”
  2. 2. Escola Municipal Ponta do Aterro. Profª: Gisele Ferreira do NascimentoNº de alunos: 25Turma: UnicaTurno: VespertinoCarga Horária: 10 hsAno: 2012 3ª ano
  3. 3. Área: Alfabetização e linguagemTemática: Gêneros textuaisEixo articulador:Oralidade;
  4. 4. Capacidades: Escuta demonstrando compreensão;Interage fazendo uso da oralidade; Usa as regras do discurso: Quando falar? Quando não falar? A quem? Com quem? Onde? De que maneira? E por que falar?Participa das interações propostas em sala de aula;Confirma ou refuta hipóteses levantadas.
  5. 5. Descritores Música do Folclore Infantil Brasileira, Escravos de Jó.
  6. 6. Atividades desenvolvidas: Apresentei a música Escravo de Jó em forma de brincadeira. Formamos uma roda de quatro alunos, em que cada criança tinha que cantarolar a musica passando o chinelo que estava em sua mão para seu colega da direita. Primeiro vez a musica é cantarolada, a segunda vez é murmurada, a terceira vez cantada mentalmente passando o chinelo.
  7. 7. Objetivos: Exercitar a liderança, possibilitar o trabalho em grupo, desenvolver sinergia, comunicação, cooperação, planejamento e coordenação motora.
  8. 8. Metodologia: Cantamos a música Escravo de Jó fazendo uso da coordenação motora, uma vez que o aluno não poderia deixar de repassar o chinelo ao colega na hora certa, dando ritmo a música.
  9. 9. Recursos Didáticos:Customizei com E.V.A coloridos chinelosvelhos os quais foram usados pelas crianças nabrincadeira.
  10. 10. Avaliação: Avaliei que em alguns alunos houve espírito de liderança uma vez que dada as regras da brincadeira algumas crianças sobressaíram- se, havendo comunicação entre elas para que conseguissem chegar ao objetivo final, trabalhando sempre grupo.
  11. 11. Relato da experiência:Os alunos fizeram uma roda com quatro alunos cada,para facilitar a coordenação motora e conseguiremalcançar o objetivo da brincadeira, no primeiromomento tiveram dificuldade em chegar ao final dacantiga, mas quando conseguiram encontrar o ritmocom a cooperação daquele que se despontou comolíder da brincadeira percebendo que quando o ritmoera muito rápido eles não iriam conseguir passar ochinelo, pois não bastava ele saber mas tinha queajudar o colega para que a brincadeira desse certo,onde cada um pôde acompanhar passando o chinelochegando ao objetivo.
  12. 12. Fato que chamou atenção durante o desenvolvimento das atividades:A aluna Beatriz Tanielli teve muita dificuldadeem encontrar o ritmo, quando estavamcantando num ritmo muito rápido ela nãoconseguia passar o chinelo e não conseguiamterminar a brincadeira, quando cantavam maisdevagar ela não conseguia e passava muitorápido, foi a única que não conseguiu.
  13. 13. Área: MatemáticaTemática: Números e OperaçõesEixo articulador:Jogos matemáticos
  14. 14. Capacidades: Resolve situações problemas com as operações de subtração, adição e multiplicação em diferentes situações. ( tirar, comparar, completar, juntar, acrescentar, multiplicar).
  15. 15. Descritores Jogos em tabuleiro, Desafio e Feche a Caixa. Trabalhando a adição, subtração e multiplicação.
  16. 16. Atividades desenvolvidas:O jogo desafio, os alunos tinham um tabuleirocom cinco raias, o aluno era sorteado aresponder a tabuada do 2 ao 5 e com um dadoera sorteada a vez de quem iria responder eassim sucessivamente até que alcançasse achegada e como premio as crianças queconseguiam responder a tabuada e chegar aofinal ganharam balinhas .
  17. 17. Jogamos também o feche a caixa outro jogo detabuleiro com numerais de 1 a 9, quemconseguisse fechar a caixa ganhava o jogo.Joga-se dois dados somando o resultadocolocasse as tampinhas em cima dos numeraisque foram obtidos ao jogar os dados. Quemconseguir fechar a caixa ganha o jogo, ou quemconseguir ficar com menos pontos sem fechar.Como recompensa ganharam balinhas.
  18. 18. Objetivos: Verificar a competência dos alunos em fazer contas mentalmente.
  19. 19. Metodologia: Fazendo uso dos jogos, expôs as regras desses mesmos jogos, estimulando-os a fazer cálculos mentais de subtração, multiplicação e adição.
  20. 20. Recursos Didáticos:Foi utilizado papel cartão, papelão, canetapiloto, tampinhas de garrafas PET, 2 dados ebalinhas.
  21. 21. Avaliação:Avaliar o interesse dos alunos, a participaçãodos mesmos, o domínio da tabuada, dasoperações de subtração e adição, o calculomental dos alunos.
  22. 22. Relato da experiência:Dei início a aula com o jogo do DESAFIO, todosestavam curiosos para saber como se jogava, todosqueriam brincar assim que terminei de expor asregras do jogo. Todos participaram do jogosatisfatoriamente. Em seguida apresentei o jogo doFECHE A CAIXA, houve grande interesse dos alunos
  23. 23. em participar da brincadeira. Achei bastanteproveitoso pois através da brincadeira percebique todos aprendiam e quando um errava atabuada o outro corrigia e para quem queriabrincar e continuar no jogo teria que saber aresposta, e ficavam ansiosos em saber se ocolega iria ou não saber a resposta, para quepudesse ganhar o jogo. Foi Foi bastante rica aexperiência.
  24. 24. Fato que chamou atenção durante o desenvolvimento das atividades:A aluna Beatriz Tanielli teve muita dificuldadeem encontrar o ritmo, quando estavamcantando num ritmo muito rápido ela nãoconseguia passar o chinelo e não conseguiamterminar a brincadeira, quando cantavam maisdevagar ela não conseguia e passava muitorápido, foi a única que não conseguiu.

×