SlideShare uma empresa Scribd logo
André Aires
   Micróbios são seres de reduzidas dimensões,
    que só podem ser observados ao microscópio,
    mas que se encontram espalhados por todo o
    sítio.



   Existem dois tipos de micróbios:

     - Micróbios Patogénicos
     - Micróbios não Patogénicos ou utéis.
Micróbios patogénicos são micróbios que
afectam os organismos, podendo provocar
doenças.
Doenças causadas por micróbios
         patogénicos
Micróbios não patogénicos são aqueles
que não prejudicam os organismos e são
úteis a outros seres vivos, como por
exemplo: bactérias da flora intestinal,
leveduras, bactérias lácteas e fungos.
Micróbios não patogénicos

   Bactérias da flora intestinal      Leveduras
     Ajudam na digestão dos             Algumas leveduras
    alimentos e produzem                presentes no fermento são
    vitaminas.                          utilizadas no fabrico do pão,
                                        outras são utilizadas para
                                        fabricar cerveja.


   Bactérias lácteas                  Fungos
    Coagulam o leite, permitindo         Foi a partir do fungo
    o fabrico de iogurte e de           Penicillium que se obteve o
    queijo.                             primeiro antibiótico ( a
                                        penicilina).
 HÁQUATRO GRUPOS DE
 MICRÓBIOS

   Vírus;

   Bactérias;

   Protozoários e

   Fungos.
Vírus


 São microrganismos muito simples que não
são considerados verdadeiros seres vivos, pois
só conseguem realizar as funções vitais, como
a nutrição e a reprodução, quando estão no
interior de células vivas.


Provocam patologias variadas tais como a
Sida.
Bactérias

 São seres vivos unicelulares, sem núcleo
organizado e pertencem ao Reino Monera.
 São a forma de vida mais abundante e existem
no ar, na terra e na água.


 Responsáveis por inúmeras doenças, como
seja a Pneumonia. As não patogénicas são
muito importantes no fabrico, por exemplo, de
vitaminas.
As bactérias classificam-se de
   acordo com a sua forma:




Cocos   Espirilos   Vibriões   Bacilos
Protozoários



São seres vivos frequentemente
unicelulares, com núcleo organizado e
pertencem ao Reino Protista.

São responsáveis pelo Paludismo, entre
outras doenças.
Fungos

 A maioria dos fungos são seres pluricelulares.
 Os fungos pluricelulares são formados por
filamentos de células e possuem um núcleo
organizado.
 Pertencem ao Reino dos Fungos.

 Podem provocar, por exemplo, Micoses. Outros
são usados na produção de antibióticos.
 As   condições que favorecem o desenvolvimento
    dos micróbios, formando as colónias são:

-   Humidade;
-   Temperatura;
-   Luminosidade e
-   Alimento.
Defesas Naturais
 Sistema de defesa que o nosso
 organismo possui para combater as
 invasões dos micróbios.
DEFESAS NATURAIS (cont.)

 Defesas naturais internas:


   Estômago - suco gástrico
   Intestino
   Glóbulos brancos

 Defesas naturais externas
Defesas Naturais (cont.)
PREVENÇÃO DA DOENÇA

 Higiene


 Esterilização


 Assepsia


 Vacinação
Higiene
Esterilização
 Consiste na destruição dos micróbios
  através de temperaturas elevadas.
 Usa-se em hospitais e laboratórios.
Esterilização (cont.)
Assepsia ou Desinfecção
   Processo que permite eliminar as condições
    favoráveis ao aparecimento e desenvolvimento
    dos micróbios patogénicos no ambiente. É muito
    utilizado nos hospitais, em salas de operações.



   Elimina as substâncias patogénicas através de
    anti-sépticos ou desinfectantes.
Assepsia (cont.)
Vacinação
 Processo que visa provocar o
  aparecimento de anticorpos no nosso
  organismo tornando-o imune a
  determinadas doenças.
 A vacina é constituída por micróbios
  mortos ou atenuados na sua virulência.
 Cria a imunidade adquirida.
A Reter…
Os Micróbios e o Homem
      Patogénicos                 Não Patogénicos
 São infecciosos.           São benéficos para o Homem:
 A maior ou menor
                            ♦ No fabrico de alimentos:
  capacidade de contagiar     pão, vinho, iogurtes, cerveja,
  designa-se por              vinagre …
  virulência.
                             ♦ No fabrico de
 Provocam grandes
                              medicamentos: antibióticos…
  epidemias.
                             ♦ Na fertilidade do solo:
Ex: Vírus do Sida             transformam a matéria
                              orgânica.
                            ♦ Na produção de energia: nas
                              estações de tratamento dão
                              origem ao biogás.
                            ♦ Na digestão: ajudam a fazer a
                              transformação dos alimentos.
Prevenção (exemplos)

♦ Higiene pessoal e ambiental
♦ Guardar alimentos em armários
  fechados ou em frigoríficos
♦ Tratamento de águas
♦ Tratamento e escoamento de esgotos
♦ Utilização de desumidificador
♦ Esterilização dos recipientes
♦ Pasteurização do leite
Processo Curativo
 É quando já existe doença


 Usam-se antibióticos, por exemplo, para
 combater as bactérias que agridem o
 nosso organismo.
OBRIGADO!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Micróbios
MicróbiosMicróbios
Micróbios
sandravnunes
 
Os microorganismos 3 d
Os microorganismos 3 dOs microorganismos 3 d
Os microorganismos 3 d
Carla Gomes
 
MicróBios
MicróBiosMicróBios
MicróBios
Maria Filomena
 
Condições Favoráveis ao Desenvolvimento dos Micróbios
Condições Favoráveis ao Desenvolvimento dos MicróbiosCondições Favoráveis ao Desenvolvimento dos Micróbios
Condições Favoráveis ao Desenvolvimento dos Micróbios
Agrupamento de Escolas de Mortágua
 
Microbios diogo moreno 6ºe
Microbios diogo moreno 6ºeMicrobios diogo moreno 6ºe
Microbios diogo moreno 6ºe
Carla Gomes
 
Os microrganismos
Os microrganismosOs microrganismos
Os microrganismos
Carla Gomes
 
Microrganismos
MicrorganismosMicrorganismos
Microrganismos
Carla Gomes
 
Microbios
MicrobiosMicrobios
Microbios
Tiago Barata
 
Micróbios causadores de doenças
Micróbios causadores de doençasMicróbios causadores de doenças
Micróbios causadores de doenças
Andreia Margarido
 
Microbios
MicrobiosMicrobios
Microbios
daniel789456123
 
Os microrganismos
Os microrganismos Os microrganismos
Os microrganismos
Joana Sousa
 
Os micróbios
Os micróbiosOs micróbios
Os micróbios
vitor santos
 
Micróbios e Vacinas
Micróbios e VacinasMicróbios e Vacinas
Micróbios e Vacinas
EasyWorkBlog
 
Micróbios
MicróbiosMicróbios
Micróbios
sandravnunes
 
Micróbios
MicróbiosMicróbios
Micróbios
Cidinha Padilha
 
Trabalho de grupo microorganismos
Trabalho de grupo microorganismosTrabalho de grupo microorganismos
Trabalho de grupo microorganismos
Carla Gomes
 
Microrganismos
MicrorganismosMicrorganismos
Microrganismos
Carla Gomes
 
Microrganismos trabalho
Microrganismos   trabalhoMicrorganismos   trabalho
Microrganismos trabalho
Carla Gomes
 
Os microrganismos grelha
Os microrganismos grelhaOs microrganismos grelha
Os microrganismos grelha
Carla Gomes
 
Aula microrganismos 1ªc
Aula   microrganismos 1ªcAula   microrganismos 1ªc
Aula microrganismos 1ªc
AnaFlaviaAndrade
 

Mais procurados (20)

Micróbios
MicróbiosMicróbios
Micróbios
 
Os microorganismos 3 d
Os microorganismos 3 dOs microorganismos 3 d
Os microorganismos 3 d
 
MicróBios
MicróBiosMicróBios
MicróBios
 
Condições Favoráveis ao Desenvolvimento dos Micróbios
Condições Favoráveis ao Desenvolvimento dos MicróbiosCondições Favoráveis ao Desenvolvimento dos Micróbios
Condições Favoráveis ao Desenvolvimento dos Micróbios
 
Microbios diogo moreno 6ºe
Microbios diogo moreno 6ºeMicrobios diogo moreno 6ºe
Microbios diogo moreno 6ºe
 
Os microrganismos
Os microrganismosOs microrganismos
Os microrganismos
 
Microrganismos
MicrorganismosMicrorganismos
Microrganismos
 
Microbios
MicrobiosMicrobios
Microbios
 
Micróbios causadores de doenças
Micróbios causadores de doençasMicróbios causadores de doenças
Micróbios causadores de doenças
 
Microbios
MicrobiosMicrobios
Microbios
 
Os microrganismos
Os microrganismos Os microrganismos
Os microrganismos
 
Os micróbios
Os micróbiosOs micróbios
Os micróbios
 
Micróbios e Vacinas
Micróbios e VacinasMicróbios e Vacinas
Micróbios e Vacinas
 
Micróbios
MicróbiosMicróbios
Micróbios
 
Micróbios
MicróbiosMicróbios
Micróbios
 
Trabalho de grupo microorganismos
Trabalho de grupo microorganismosTrabalho de grupo microorganismos
Trabalho de grupo microorganismos
 
Microrganismos
MicrorganismosMicrorganismos
Microrganismos
 
Microrganismos trabalho
Microrganismos   trabalhoMicrorganismos   trabalho
Microrganismos trabalho
 
Os microrganismos grelha
Os microrganismos grelhaOs microrganismos grelha
Os microrganismos grelha
 
Aula microrganismos 1ªc
Aula   microrganismos 1ªcAula   microrganismos 1ªc
Aula microrganismos 1ªc
 

Semelhante a Micróbios

BACTÉRIAS, FUNGOS E VÍRUS.pptx
BACTÉRIAS, FUNGOS E VÍRUS.pptxBACTÉRIAS, FUNGOS E VÍRUS.pptx
BACTÉRIAS, FUNGOS E VÍRUS.pptx
Laís Luz
 
Microbios
MicrobiosMicrobios
Microbios
Rute Guilherme
 
Microrganismos_João Couto_6º CF.pptx
Microrganismos_João Couto_6º CF.pptxMicrorganismos_João Couto_6º CF.pptx
Microrganismos_João Couto_6º CF.pptx
Maria Céu Santos
 
Microrganismos_João Couto_6º CF.pptx
Microrganismos_João Couto_6º CF.pptxMicrorganismos_João Couto_6º CF.pptx
Microrganismos_João Couto_6º CF.pptx
Maria Céu Santos
 
MICROBIOLOGIA.pptx
MICROBIOLOGIA.pptxMICROBIOLOGIA.pptx
MICROBIOLOGIA.pptx
paulovictor916712
 
Aula de bacterias pdf104201112530
Aula de bacterias pdf104201112530Aula de bacterias pdf104201112530
Aula de bacterias pdf104201112530
Jerson Dos Santos
 
A microbiologia dos alimentos e a
A microbiologia dos alimentos e aA microbiologia dos alimentos e a
A microbiologia dos alimentos e a
Catarina Schmidt
 
Bactérias
BactériasBactérias
Bactérias
DeaaSouza
 
Fungos , bactérias e vírus2
Fungos , bactérias e vírus2Fungos , bactérias e vírus2
Fungos , bactérias e vírus2
Clairsontag
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
valdilene7
 
Vírus e reino monera
Vírus e reino moneraVírus e reino monera
Vírus e reino monera
Roberto Bagatini
 
Apostila: Panificação - Nível Básico (1ª Edição)
Apostila: Panificação - Nível Básico (1ª Edição)Apostila: Panificação - Nível Básico (1ª Edição)
Apostila: Panificação - Nível Básico (1ª Edição)
Kleber de Oliveira da Silva
 
Avanços da-biotecnologia 2 B
Avanços da-biotecnologia 2 BAvanços da-biotecnologia 2 B
Avanços da-biotecnologia 2 B
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Apostilabolosetortas senacsp-140924114241-phpapp02
Apostilabolosetortas senacsp-140924114241-phpapp02Apostilabolosetortas senacsp-140924114241-phpapp02
Apostilabolosetortas senacsp-140924114241-phpapp02
Claudia Bohrer
 
Apostilabolosetortas senacsp-140924114241-phpapp02 (1)
Apostilabolosetortas senacsp-140924114241-phpapp02 (1)Apostilabolosetortas senacsp-140924114241-phpapp02 (1)
Apostilabolosetortas senacsp-140924114241-phpapp02 (1)
Nutricionista Cláudia Gomes
 
Resumo sobre seres microscópicos
Resumo sobre seres microscópicosResumo sobre seres microscópicos
Resumo sobre seres microscópicos
ladyacp
 
Apostila bolos e tortas senac-sp
Apostila bolos e tortas senac-sp Apostila bolos e tortas senac-sp
Apostila bolos e tortas senac-sp
Tamires Ramos
 
Fungos 7ºano
Fungos   7ºanoFungos   7ºano
Fungos 7ºano
Ivo Fonseca
 
Micróbios
MicróbiosMicróbios
435
435435

Semelhante a Micróbios (20)

BACTÉRIAS, FUNGOS E VÍRUS.pptx
BACTÉRIAS, FUNGOS E VÍRUS.pptxBACTÉRIAS, FUNGOS E VÍRUS.pptx
BACTÉRIAS, FUNGOS E VÍRUS.pptx
 
Microbios
MicrobiosMicrobios
Microbios
 
Microrganismos_João Couto_6º CF.pptx
Microrganismos_João Couto_6º CF.pptxMicrorganismos_João Couto_6º CF.pptx
Microrganismos_João Couto_6º CF.pptx
 
Microrganismos_João Couto_6º CF.pptx
Microrganismos_João Couto_6º CF.pptxMicrorganismos_João Couto_6º CF.pptx
Microrganismos_João Couto_6º CF.pptx
 
MICROBIOLOGIA.pptx
MICROBIOLOGIA.pptxMICROBIOLOGIA.pptx
MICROBIOLOGIA.pptx
 
Aula de bacterias pdf104201112530
Aula de bacterias pdf104201112530Aula de bacterias pdf104201112530
Aula de bacterias pdf104201112530
 
A microbiologia dos alimentos e a
A microbiologia dos alimentos e aA microbiologia dos alimentos e a
A microbiologia dos alimentos e a
 
Bactérias
BactériasBactérias
Bactérias
 
Fungos , bactérias e vírus2
Fungos , bactérias e vírus2Fungos , bactérias e vírus2
Fungos , bactérias e vírus2
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
Vírus e reino monera
Vírus e reino moneraVírus e reino monera
Vírus e reino monera
 
Apostila: Panificação - Nível Básico (1ª Edição)
Apostila: Panificação - Nível Básico (1ª Edição)Apostila: Panificação - Nível Básico (1ª Edição)
Apostila: Panificação - Nível Básico (1ª Edição)
 
Avanços da-biotecnologia 2 B
Avanços da-biotecnologia 2 BAvanços da-biotecnologia 2 B
Avanços da-biotecnologia 2 B
 
Apostilabolosetortas senacsp-140924114241-phpapp02
Apostilabolosetortas senacsp-140924114241-phpapp02Apostilabolosetortas senacsp-140924114241-phpapp02
Apostilabolosetortas senacsp-140924114241-phpapp02
 
Apostilabolosetortas senacsp-140924114241-phpapp02 (1)
Apostilabolosetortas senacsp-140924114241-phpapp02 (1)Apostilabolosetortas senacsp-140924114241-phpapp02 (1)
Apostilabolosetortas senacsp-140924114241-phpapp02 (1)
 
Resumo sobre seres microscópicos
Resumo sobre seres microscópicosResumo sobre seres microscópicos
Resumo sobre seres microscópicos
 
Apostila bolos e tortas senac-sp
Apostila bolos e tortas senac-sp Apostila bolos e tortas senac-sp
Apostila bolos e tortas senac-sp
 
Fungos 7ºano
Fungos   7ºanoFungos   7ºano
Fungos 7ºano
 
Micróbios
MicróbiosMicróbios
Micróbios
 
435
435435
435
 

Mais de andreaires

Catastrophes
CatastrophesCatastrophes
Catastrophes
andreaires
 
História da arte
História da arteHistória da arte
História da arte
andreaires
 
História da arte
História da arteHistória da arte
História da arte
andreaires
 
Gps (global positioning system)
Gps (global positioning system)Gps (global positioning system)
Gps (global positioning system)
andreaires
 
The car of the future
The car of the futureThe car of the future
The car of the future
andreaires
 
Vida de b.p. e de s.jorge
Vida de b.p. e de s.jorgeVida de b.p. e de s.jorge
Vida de b.p. e de s.jorge
andreaires
 
Vasco da gama
Vasco da gamaVasco da gama
Vasco da gama
andreaires
 
Saraus no séc. XVIII
Saraus no séc. XVIIISaraus no séc. XVIII
Saraus no séc. XVIII
andreaires
 
Trabalho D.João II
Trabalho D.João IITrabalho D.João II
Trabalho D.João II
andreaires
 
Biografia de José Saramago
Biografia de José SaramagoBiografia de José Saramago
Biografia de José Saramago
andreaires
 
Redes de computadores, tipologias e elementos de rede
Redes de computadores, tipologias e elementos de redeRedes de computadores, tipologias e elementos de rede
Redes de computadores, tipologias e elementos de rede
andreaires
 
Protecção e conservação do ambiente
Protecção e conservação do ambiente Protecção e conservação do ambiente
Protecção e conservação do ambiente
andreaires
 
Os sólidos platónicos
Os sólidos platónicosOs sólidos platónicos
Os sólidos platónicos
andreaires
 
Oceanário
OceanárioOceanário
Oceanário
andreaires
 
Nelson mandela
Nelson mandelaNelson mandela
Nelson mandela
andreaires
 
Lírio
LírioLírio
Lírio
andreaires
 
Carros
CarrosCarros
Carros
andreaires
 
Carros do futuro 2
Carros do futuro 2Carros do futuro 2
Carros do futuro 2
andreaires
 
Carros do futuro
Carros do futuro Carros do futuro
Carros do futuro
andreaires
 

Mais de andreaires (20)

Catastrophes
CatastrophesCatastrophes
Catastrophes
 
História da arte
História da arteHistória da arte
História da arte
 
História da arte
História da arteHistória da arte
História da arte
 
Gps (global positioning system)
Gps (global positioning system)Gps (global positioning system)
Gps (global positioning system)
 
The car of the future
The car of the futureThe car of the future
The car of the future
 
Vida de b.p. e de s.jorge
Vida de b.p. e de s.jorgeVida de b.p. e de s.jorge
Vida de b.p. e de s.jorge
 
Vasco da gama
Vasco da gamaVasco da gama
Vasco da gama
 
Saraus no séc. XVIII
Saraus no séc. XVIIISaraus no séc. XVIII
Saraus no séc. XVIII
 
Trabalho D.João II
Trabalho D.João IITrabalho D.João II
Trabalho D.João II
 
Biografia de José Saramago
Biografia de José SaramagoBiografia de José Saramago
Biografia de José Saramago
 
Redes de computadores, tipologias e elementos de rede
Redes de computadores, tipologias e elementos de redeRedes de computadores, tipologias e elementos de rede
Redes de computadores, tipologias e elementos de rede
 
Protecção e conservação do ambiente
Protecção e conservação do ambiente Protecção e conservação do ambiente
Protecção e conservação do ambiente
 
Os sólidos platónicos
Os sólidos platónicosOs sólidos platónicos
Os sólidos platónicos
 
Oceanário
OceanárioOceanário
Oceanário
 
Nelson mandela
Nelson mandelaNelson mandela
Nelson mandela
 
Lírio
LírioLírio
Lírio
 
Carros
CarrosCarros
Carros
 
Carros do futuro 2
Carros do futuro 2Carros do futuro 2
Carros do futuro 2
 
Carros do futuro
Carros do futuro Carros do futuro
Carros do futuro
 
Carros
Carros Carros
Carros
 

Micróbios

  • 2. Micróbios são seres de reduzidas dimensões, que só podem ser observados ao microscópio, mas que se encontram espalhados por todo o sítio.  Existem dois tipos de micróbios: - Micróbios Patogénicos - Micróbios não Patogénicos ou utéis.
  • 3. Micróbios patogénicos são micróbios que afectam os organismos, podendo provocar doenças.
  • 4. Doenças causadas por micróbios patogénicos
  • 5. Micróbios não patogénicos são aqueles que não prejudicam os organismos e são úteis a outros seres vivos, como por exemplo: bactérias da flora intestinal, leveduras, bactérias lácteas e fungos.
  • 6. Micróbios não patogénicos  Bactérias da flora intestinal  Leveduras Ajudam na digestão dos Algumas leveduras alimentos e produzem presentes no fermento são vitaminas. utilizadas no fabrico do pão, outras são utilizadas para fabricar cerveja.  Bactérias lácteas  Fungos Coagulam o leite, permitindo Foi a partir do fungo o fabrico de iogurte e de Penicillium que se obteve o queijo. primeiro antibiótico ( a penicilina).
  • 7.  HÁQUATRO GRUPOS DE MICRÓBIOS Vírus; Bactérias; Protozoários e Fungos.
  • 8. Vírus São microrganismos muito simples que não são considerados verdadeiros seres vivos, pois só conseguem realizar as funções vitais, como a nutrição e a reprodução, quando estão no interior de células vivas. Provocam patologias variadas tais como a Sida.
  • 9. Bactérias São seres vivos unicelulares, sem núcleo organizado e pertencem ao Reino Monera. São a forma de vida mais abundante e existem no ar, na terra e na água. Responsáveis por inúmeras doenças, como seja a Pneumonia. As não patogénicas são muito importantes no fabrico, por exemplo, de vitaminas.
  • 10. As bactérias classificam-se de acordo com a sua forma: Cocos Espirilos Vibriões Bacilos
  • 11. Protozoários São seres vivos frequentemente unicelulares, com núcleo organizado e pertencem ao Reino Protista. São responsáveis pelo Paludismo, entre outras doenças.
  • 12. Fungos A maioria dos fungos são seres pluricelulares. Os fungos pluricelulares são formados por filamentos de células e possuem um núcleo organizado. Pertencem ao Reino dos Fungos. Podem provocar, por exemplo, Micoses. Outros são usados na produção de antibióticos.
  • 13.  As condições que favorecem o desenvolvimento dos micróbios, formando as colónias são: - Humidade; - Temperatura; - Luminosidade e - Alimento.
  • 14. Defesas Naturais  Sistema de defesa que o nosso organismo possui para combater as invasões dos micróbios.
  • 15. DEFESAS NATURAIS (cont.)  Defesas naturais internas: Estômago - suco gástrico Intestino Glóbulos brancos  Defesas naturais externas
  • 17. PREVENÇÃO DA DOENÇA  Higiene  Esterilização  Assepsia  Vacinação
  • 19. Esterilização  Consiste na destruição dos micróbios através de temperaturas elevadas.  Usa-se em hospitais e laboratórios.
  • 21. Assepsia ou Desinfecção  Processo que permite eliminar as condições favoráveis ao aparecimento e desenvolvimento dos micróbios patogénicos no ambiente. É muito utilizado nos hospitais, em salas de operações.  Elimina as substâncias patogénicas através de anti-sépticos ou desinfectantes.
  • 23. Vacinação  Processo que visa provocar o aparecimento de anticorpos no nosso organismo tornando-o imune a determinadas doenças.  A vacina é constituída por micróbios mortos ou atenuados na sua virulência.  Cria a imunidade adquirida.
  • 25. Os Micróbios e o Homem Patogénicos Não Patogénicos  São infecciosos.  São benéficos para o Homem:  A maior ou menor ♦ No fabrico de alimentos: capacidade de contagiar pão, vinho, iogurtes, cerveja, designa-se por vinagre … virulência. ♦ No fabrico de  Provocam grandes medicamentos: antibióticos… epidemias. ♦ Na fertilidade do solo: Ex: Vírus do Sida transformam a matéria orgânica. ♦ Na produção de energia: nas estações de tratamento dão origem ao biogás. ♦ Na digestão: ajudam a fazer a transformação dos alimentos.
  • 26. Prevenção (exemplos) ♦ Higiene pessoal e ambiental ♦ Guardar alimentos em armários fechados ou em frigoríficos ♦ Tratamento de águas ♦ Tratamento e escoamento de esgotos ♦ Utilização de desumidificador ♦ Esterilização dos recipientes ♦ Pasteurização do leite
  • 27. Processo Curativo  É quando já existe doença  Usam-se antibióticos, por exemplo, para combater as bactérias que agridem o nosso organismo.