SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
Baixar para ler offline
Prof. Ms. Andrea Cristina O. Alves
GEAD – Unis
8º Período – Sistemas de Informação
 Curso: Sistemas de Informação
 Disciplina: Tópicos Especiais em SI II
 Abordagem: Gestão de projetos
 O que é Gerência de Projetos?
 Definição de Projeto
 Definição de Gerência de Projetos
 A necessidade de um projeto
 Características x Sucesso de um projeto
 Benefícios da Gerência de Projetos
 Ciclo de Vida
 Fases do Ciclo de Vida do Projeto
 Performance, Custo e Tempo do Projeto
 
Áreas do Gerenciamento de Projetos
 Gerência de Integração
 Gerência de Escopo
 Gerência de Tempo
 Gerência de Custos
 Gerência de Qualidade
 Gerência de Recursos Humanos
 Gerência de Comunicações
 Gerência de Riscos
 Gerência de Suprimentos
 Gerente de Projetos
 Habilidades
 Administração de Conflitos
 Ética e Responsabilidade
 Passos da Gerência de Projetos
 Fase de Definição
 Fase do Planejamento
 Fase de Execução e Controle
 Fase de Finalização
Os projetos atingem todos os níveis da organização. Eles podem envolver uma
quantidade pequena de pessoas, ou milhares delas. Podem levar menos de um
dia até vários anos. Os projetos muitas vezes extrapolam as fronteiras da
organização, atingindo fornecedores, clientes, parceiros e governo, fazendo
parte, na maioria das vezes, da estratégia de negócios da companhia.
Como exemplos de projetos podem-se citar:
• instalação de uma nova planta industrial;
• reestruturação de um determinado setor ou departamento da empresa;
• elaboração de um plano de marketing e publicidade;
• lançamento de um novo produto ou serviço;
• informatização de um determinado setor da empresa;
• construção de uma casa;
• realização de uma viagem.
Diversas características dos projetos são descritas a seguir.
• Empreendimento não repetitivo – É um evento que não faz parte da rotina
da empresa. É algo novo para as pessoas que o irão realizar.
• Seqüência clara e lógica de eventos – O projeto é caracterizado por
atividades encadeadas logicamente de modo a permitir que, durante a
execução, o acompanhamento e o controle sejam precisos.
• Início, meio e fim – Todo projeto respeita um determinado ciclo de vida, isto
é, tem uma característica temporal. Muitas vezes o término de um projeto
coincide com o início de outro. Porém, um projeto que não tem término não é
um projeto, é rotina.
• Objetivo claro e definido – Ao se iniciar um projeto, é de fundamental
importância que se saiba claramente onde se quer chegar com ele. Se não se
sabe onde se quer chegar, qualquer caminho parecerá poder atendê-lo, e a
possibilidade de fracasso torna-se muito mais elevada.
• Conduzido por pessoas – O cerne fundamental de qualquer projeto é o
homem. Sem ele, o projeto não existe, mesmo que se disponha de
equipamentos modernos de controle e gestão.
• Parâmetros pré-definidos – Todo projeto necessita ter estabelecidos valores
para prazos, custos, pessoal, material e equipamentos envolvidos, bem como a
qualidade desejada para o projeto. É impossível estabelecer previamente, com
total precisão, esses parâmetros. Todos eles serão claramente identificados e
quantificados no decorrer do plano do projeto. Entretanto, os parâmetros
iniciais vão atuar como referências para o projeto e sua avaliação.
São características técnicas dos projetos bem sucedidos as seguintes:
• ser concluído dentro do tempo previsto;
• ser concluído dentro do orçamento previsto;
• ter utilizado os recursos (materiais, equipamentos e pessoas) eficientemente,
sem desperdícios;
• ter atingido a qualidade e a performance desejada;
São características organizacionais dos projetos bem sucedidos as seguintes:
• ter sido concluído com o mínimo possível de alterações em seu escopo;
• ter sido aceito sem restrições pelo contratante ou cliente;
• ter sido empreendido sem que ocorresse interrupção ou prejuízo nas
atividades normais da organização;
• não ter modificado ou agredido a cultura da organização.
O gerenciamento de projetos proporciona inúmeras vantagens sobre
o gerenciamento estático ou sobre o gerenciamento informal. Dentre
os principais benefícios, podem-se destacar os seguintes:
• evita surpresas durante a execução dos trabalhos;
• permite desenvolver diferenciais competitivos e novas técnicas,
uma vez que toda a metodologia está sendo estruturada;
• antecipa as situações desfavoráveis que poderão ser encontradas,
para que ações preventivas e corretivas possam ser tomadas antes
que essas situações se consolidem como problemas;
•• adequa os trabalhos ao mercado consumidor e ao cliente
disponibiliza os orçamentos antes do início dos gastos;
•agiliza as decisões, já que as informações estão estruturadas e
disponibilizadas;
• aumenta o controle gerencial de todas as fases a serem
implementadas devido ao detalhamento ter sido realizado;
• facilita e orienta as revisões da estrutura do projeto que forem
decorrentes de modificações no mercado ou no ambiente
competitivo, melhorando a capacidade de adaptação do projeto;
• otimiza a alocação de pessoas, equipamentos e materiais
necessários;
• documenta e facilita as estimativas para futuros projetos.
Mesmo com a grande quantidade de benefícios gerados pelos
projetos, a grande maioria deles falha, ou não atinge o resultado
esperado. As principais falhas são decorrentes de inúmeros
obstáculos naturais que, muitas vezes, estão fora do controle do
gerente do projeto. São eles:
• mudança na estrutura organizacional da empresa;
• riscos elevados no meio ambiente;
• mudanças na tecnologia;
• evolução nos preços e prazos;
• complexidade encontrada no projeto.
Mas uma gama considerável de causas dos insucessos é decorrente
de falhas gerenciais, que podem ser evitadas, tais como:
• as metas e os objetivos são mal estabelecidos, ou não são
compreendidos pelos escalões inferiores;
• o projeto inclui muitas atividades e muito pouco tempo para
realizá-las;
• estimativas financeiras são pobres e incompletas;
• o projeto é baseado em dados insuficientes ou inadequados;
• o projeto não teve uma pessoa responsável, mas sim várias,
criando círculos de poder paralelos aos previamente estabelecidos;
• o projeto foi estimado baseado na experiência empírica ou feeling
dos envolvidos, deixando em segundo plano os dados históricos de
projetos similares, ou até mesmo análises estatísticas efetuadas;
• não foi destinado tempo para as estimativas e o planejamento;
• não se conheciam as necessidades de pessoal, equipamentos e
materiais;
• não se conheciam os pontos-chave do projeto;
• ninguém verificou se as pessoas envolvidas nas atividades tinham
conhecimento necessário para executá-las;
• as pessoas não estavam trabalhando nos mesmos padrões, ou os
padrões de trabalho não foram estabelecidos.
Cabe ao gerente de projeto e à sua equipe controlar as possibilidades
de insucessos mencionadas. Não se pode criar a ilusão de que o
projeto é algo que não se pode controlar, chegando à frustrante
definição de projeto proposta por Kerzner de que “gerenciamento de
projetos é a arte de criar a ilusão de que todos os resultados
obtidos pelo projeto foram previamente previstos e planejados
quando, na realidade, não passaram de uma seqüência absurda de
pura sorte.”
 Todo projeto gera um produto em sua
conclusão. Estes produtos classificam-se em em
três categorias principais:
 Produtos físicos;
 Conceitos;
 Eventos.
 São tangíveis.
 Exemplos:
 Reformar uma casa
 Desenvolver um novo motor para caminhões
 Desenvolver o caminhão em que o novo motor será
montado
 Rodovias
 Máquinas.
 São intangíveis como idéias, roteiros de filmes,
mapas, sistemas, organogramas, plantas,
processos, desenhos, etc
 Exemplos:
 Escrever um livro ou trabalho acadêmico.
 Montar o currículo de um curso.
 Organizar os jogos olímpicos.
 Preparar o roteiro de um programa de estudos.
 São produtos que consistem na realização de
tarefas, serviços ou atividades.
 O projeto é a própria execução da atividade
que, em geral, representa apenas a parte final
de um conjunto de atividades de planejamento,
organização e controle.
 Exemplos:
 Planejar, organizar e realizar eleições, prêmios de
Fórmula 1, Jogos Olímpicos.
 Implantar sistemas, processos e modelos de
organização.
 Fazer reformas, renovações e ampliações de
equipamentos.
 Nenhum projeto pertence a apenas uma
categoria.
 Todo projeto sempre combina elementos
físicos, conceitos e serviços.
 Exemplo – Realização dos Jogos Olímpicos
 Envolve conceitos (planejamento)
 Produtos físicos (construções)
 Eventos (os jogos)
 Cite dois projetos que você tenha notícia que
fracassaram. Descreva os projetos e seus
objetivos iniciais e depois faça uma breve
abordagem sobre as razões que você considera
responsáveis pelo fracasso dos mesmos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gerenciar projetos 10 formatos que todo gp precisa conhecer
Gerenciar projetos  10 formatos que todo gp precisa conhecerGerenciar projetos  10 formatos que todo gp precisa conhecer
Gerenciar projetos 10 formatos que todo gp precisa conhecerAntonioBatista48
 
Gerência de Projetos de Software - Aula1
Gerência de Projetos de Software - Aula1Gerência de Projetos de Software - Aula1
Gerência de Projetos de Software - Aula1Adson Cunha, MSc, PMP®
 
Gerência de projetos de software
Gerência de projetos de softwareGerência de projetos de software
Gerência de projetos de softwareNiva Silva
 
Escopo ou desejo como atender com sucesso gerenciamento de projetos
Escopo ou desejo como atender com sucesso gerenciamento de projetosEscopo ou desejo como atender com sucesso gerenciamento de projetos
Escopo ou desejo como atender com sucesso gerenciamento de projetosMauricio Santos
 
Metodologias Ágeis em Gerenciamento de Projetos
Metodologias Ágeis em Gerenciamento de ProjetosMetodologias Ágeis em Gerenciamento de Projetos
Metodologias Ágeis em Gerenciamento de ProjetosDaniel de Amaral
 
Métodos Ágeis e Scrum - Introdução
Métodos Ágeis e Scrum - IntroduçãoMétodos Ágeis e Scrum - Introdução
Métodos Ágeis e Scrum - IntroduçãoYuri Morais
 
Aula teorica (Project 2013)
Aula teorica (Project 2013)Aula teorica (Project 2013)
Aula teorica (Project 2013)Sandro Lopes
 
Gerenciamento de Projetos - Rotaract Club
Gerenciamento de Projetos - Rotaract ClubGerenciamento de Projetos - Rotaract Club
Gerenciamento de Projetos - Rotaract ClubLukinha Gabriel
 
Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos
Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de ProjetosOs 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos
Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de ProjetosConstrumanager
 
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de softwareGerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de softwareRoberto Brandini
 
Formação de Equipes de Alto Desempenho para Desenvolvimento de Software: O Pa...
Formação de Equipes de Alto Desempenho para Desenvolvimento de Software: O Pa...Formação de Equipes de Alto Desempenho para Desenvolvimento de Software: O Pa...
Formação de Equipes de Alto Desempenho para Desenvolvimento de Software: O Pa...Alejandro Olchik
 
Governancaemtic
GovernancaemticGovernancaemtic
Governancaemticgueste8f73
 
Scrum uma metodologia ágil paragestão e planejamento de projetos de software
Scrum uma metodologia ágil paragestão e planejamento de projetos de softwareScrum uma metodologia ágil paragestão e planejamento de projetos de software
Scrum uma metodologia ágil paragestão e planejamento de projetos de softwareThiago Reis da Silva
 

Mais procurados (17)

Gerenciar projetos 10 formatos que todo gp precisa conhecer
Gerenciar projetos  10 formatos que todo gp precisa conhecerGerenciar projetos  10 formatos que todo gp precisa conhecer
Gerenciar projetos 10 formatos que todo gp precisa conhecer
 
Gerência de Projetos de Software - Aula1
Gerência de Projetos de Software - Aula1Gerência de Projetos de Software - Aula1
Gerência de Projetos de Software - Aula1
 
Gerência de projetos de software
Gerência de projetos de softwareGerência de projetos de software
Gerência de projetos de software
 
Project Methodologies and Best Practices
Project Methodologies and Best PracticesProject Methodologies and Best Practices
Project Methodologies and Best Practices
 
Escopo ou desejo como atender com sucesso gerenciamento de projetos
Escopo ou desejo como atender com sucesso gerenciamento de projetosEscopo ou desejo como atender com sucesso gerenciamento de projetos
Escopo ou desejo como atender com sucesso gerenciamento de projetos
 
Metodologias Ágeis em Gerenciamento de Projetos
Metodologias Ágeis em Gerenciamento de ProjetosMetodologias Ágeis em Gerenciamento de Projetos
Metodologias Ágeis em Gerenciamento de Projetos
 
Métodos Ágeis e Scrum - Introdução
Métodos Ágeis e Scrum - IntroduçãoMétodos Ágeis e Scrum - Introdução
Métodos Ágeis e Scrum - Introdução
 
Aula teorica (Project 2013)
Aula teorica (Project 2013)Aula teorica (Project 2013)
Aula teorica (Project 2013)
 
Desburocratização
DesburocratizaçãoDesburocratização
Desburocratização
 
Gerenciamento de Projetos - Rotaract Club
Gerenciamento de Projetos - Rotaract ClubGerenciamento de Projetos - Rotaract Club
Gerenciamento de Projetos - Rotaract Club
 
Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos
Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de ProjetosOs 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos
Os 7 Hábitos da Gestão Eficaz de Projetos
 
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de softwareGerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
 
Cronogramas Infalíveis
Cronogramas InfalíveisCronogramas Infalíveis
Cronogramas Infalíveis
 
Formação de Equipes de Alto Desempenho para Desenvolvimento de Software: O Pa...
Formação de Equipes de Alto Desempenho para Desenvolvimento de Software: O Pa...Formação de Equipes de Alto Desempenho para Desenvolvimento de Software: O Pa...
Formação de Equipes de Alto Desempenho para Desenvolvimento de Software: O Pa...
 
Governancaemtic
GovernancaemticGovernancaemtic
Governancaemtic
 
Scrum uma metodologia ágil paragestão e planejamento de projetos de software
Scrum uma metodologia ágil paragestão e planejamento de projetos de softwareScrum uma metodologia ágil paragestão e planejamento de projetos de software
Scrum uma metodologia ágil paragestão e planejamento de projetos de software
 
5 w2h excelente
5 w2h excelente5 w2h excelente
5 w2h excelente
 

Semelhante a Tes ii aula 1 - unis

1. Conceitos básicos de gerenciamento de projetos
1. Conceitos  básicos de gerenciamento de projetos1. Conceitos  básicos de gerenciamento de projetos
1. Conceitos básicos de gerenciamento de projetosFernanda Sleiman
 
Gestão e gerência de projetos 2010
Gestão e gerência de projetos   2010Gestão e gerência de projetos   2010
Gestão e gerência de projetos 2010Gilda Almeida Sandes
 
Gestão e gerência de projetos 2010
Gestão e gerência de projetos   2010Gestão e gerência de projetos   2010
Gestão e gerência de projetos 2010Gilda Almeida Sandes
 
Como gerenciar o planejamento de projetos utilizando a abordagem apresentada ...
Como gerenciar o planejamento de projetos utilizando a abordagem apresentada ...Como gerenciar o planejamento de projetos utilizando a abordagem apresentada ...
Como gerenciar o planejamento de projetos utilizando a abordagem apresentada ...José Vieira
 
PMO - Project Management Office
PMO - Project Management OfficePMO - Project Management Office
PMO - Project Management OfficeAragon Vieira
 
A Gerencia Intuitiva
A Gerencia IntuitivaA Gerencia Intuitiva
A Gerencia IntuitivaAbraao Dahis
 
A Gerencia Intuitiva
A Gerencia IntuitivaA Gerencia Intuitiva
A Gerencia Intuitivaguest576a1e
 
Gerenciamento de projetos
Gerenciamento de projetos Gerenciamento de projetos
Gerenciamento de projetos Benedito Leão
 
Pp1 f8 02 - projeto de produtos, serviços e processos
Pp1 f8   02 - projeto de produtos, serviços e processosPp1 f8   02 - projeto de produtos, serviços e processos
Pp1 f8 02 - projeto de produtos, serviços e processosLuciana C. L. Silva
 
Treinamento de Introdução ao Gerenciamento de Projetos
Treinamento de Introdução ao Gerenciamento de ProjetosTreinamento de Introdução ao Gerenciamento de Projetos
Treinamento de Introdução ao Gerenciamento de ProjetosCleiton Gomes Xavier
 
Aula 02-definic3a7c3b5es-e-ciclo-de-vida-projetos
Aula 02-definic3a7c3b5es-e-ciclo-de-vida-projetosAula 02-definic3a7c3b5es-e-ciclo-de-vida-projetos
Aula 02-definic3a7c3b5es-e-ciclo-de-vida-projetosMaryla78
 
A RelevâNcia Da Gerencia De Projetos
A RelevâNcia Da Gerencia De ProjetosA RelevâNcia Da Gerencia De Projetos
A RelevâNcia Da Gerencia De Projetoskilma lima
 
slides Gerencia de projetos
slides Gerencia de projetosslides Gerencia de projetos
slides Gerencia de projetosRubson Mota
 
Gestao de projetos (1)
Gestao de projetos (1)Gestao de projetos (1)
Gestao de projetos (1)Deisi Motter
 
Elaboração e Gestão de Projetos - 1. Fundamentos de Gestão de Projetos
Elaboração e Gestão de Projetos - 1. Fundamentos de Gestão de ProjetosElaboração e Gestão de Projetos - 1. Fundamentos de Gestão de Projetos
Elaboração e Gestão de Projetos - 1. Fundamentos de Gestão de Projetoselonvila
 
[EBOOK] Plano de Projeto
[EBOOK] Plano de Projeto[EBOOK] Plano de Projeto
[EBOOK] Plano de ProjetoLeonardo Souza
 
18 slides palestra idj gerenciamento de projetos 02 jun 2015
18 slides  palestra idj gerenciamento de projetos  02 jun 201518 slides  palestra idj gerenciamento de projetos  02 jun 2015
18 slides palestra idj gerenciamento de projetos 02 jun 2015delano chaves gurgel do amaral
 

Semelhante a Tes ii aula 1 - unis (20)

1. Conceitos básicos de gerenciamento de projetos
1. Conceitos  básicos de gerenciamento de projetos1. Conceitos  básicos de gerenciamento de projetos
1. Conceitos básicos de gerenciamento de projetos
 
Gestão e gerência de projetos 2010
Gestão e gerência de projetos   2010Gestão e gerência de projetos   2010
Gestão e gerência de projetos 2010
 
Gestão e gerência de projetos 2010
Gestão e gerência de projetos   2010Gestão e gerência de projetos   2010
Gestão e gerência de projetos 2010
 
Treinamento em gestão de projetos
Treinamento em gestão de projetosTreinamento em gestão de projetos
Treinamento em gestão de projetos
 
Material de Estudo - DPRJ
Material de Estudo - DPRJMaterial de Estudo - DPRJ
Material de Estudo - DPRJ
 
Como gerenciar o planejamento de projetos utilizando a abordagem apresentada ...
Como gerenciar o planejamento de projetos utilizando a abordagem apresentada ...Como gerenciar o planejamento de projetos utilizando a abordagem apresentada ...
Como gerenciar o planejamento de projetos utilizando a abordagem apresentada ...
 
PMO - Project Management Office
PMO - Project Management OfficePMO - Project Management Office
PMO - Project Management Office
 
A Gerencia Intuitiva
A Gerencia IntuitivaA Gerencia Intuitiva
A Gerencia Intuitiva
 
A Gerencia Intuitiva
A Gerencia IntuitivaA Gerencia Intuitiva
A Gerencia Intuitiva
 
Gerenciamento de projetos
Gerenciamento de projetos Gerenciamento de projetos
Gerenciamento de projetos
 
Pp1 f8 02 - projeto de produtos, serviços e processos
Pp1 f8   02 - projeto de produtos, serviços e processosPp1 f8   02 - projeto de produtos, serviços e processos
Pp1 f8 02 - projeto de produtos, serviços e processos
 
Treinamento de Introdução ao Gerenciamento de Projetos
Treinamento de Introdução ao Gerenciamento de ProjetosTreinamento de Introdução ao Gerenciamento de Projetos
Treinamento de Introdução ao Gerenciamento de Projetos
 
Aula 02-definic3a7c3b5es-e-ciclo-de-vida-projetos
Aula 02-definic3a7c3b5es-e-ciclo-de-vida-projetosAula 02-definic3a7c3b5es-e-ciclo-de-vida-projetos
Aula 02-definic3a7c3b5es-e-ciclo-de-vida-projetos
 
A RelevâNcia Da Gerencia De Projetos
A RelevâNcia Da Gerencia De ProjetosA RelevâNcia Da Gerencia De Projetos
A RelevâNcia Da Gerencia De Projetos
 
slides Gerencia de projetos
slides Gerencia de projetosslides Gerencia de projetos
slides Gerencia de projetos
 
Gestao De Projetos
Gestao De ProjetosGestao De Projetos
Gestao De Projetos
 
Gestao de projetos (1)
Gestao de projetos (1)Gestao de projetos (1)
Gestao de projetos (1)
 
Elaboração e Gestão de Projetos - 1. Fundamentos de Gestão de Projetos
Elaboração e Gestão de Projetos - 1. Fundamentos de Gestão de ProjetosElaboração e Gestão de Projetos - 1. Fundamentos de Gestão de Projetos
Elaboração e Gestão de Projetos - 1. Fundamentos de Gestão de Projetos
 
[EBOOK] Plano de Projeto
[EBOOK] Plano de Projeto[EBOOK] Plano de Projeto
[EBOOK] Plano de Projeto
 
18 slides palestra idj gerenciamento de projetos 02 jun 2015
18 slides  palestra idj gerenciamento de projetos  02 jun 201518 slides  palestra idj gerenciamento de projetos  02 jun 2015
18 slides palestra idj gerenciamento de projetos 02 jun 2015
 

Mais de Andrea Alves

Mais de Andrea Alves (7)

Aula 01
Aula 01Aula 01
Aula 01
 
U1 s1 aula
U1 s1   aulaU1 s1   aula
U1 s1 aula
 
Aula 1
Aula 1Aula 1
Aula 1
 
Aula vii lógica
Aula vii   lógicaAula vii   lógica
Aula vii lógica
 
Agrupamento
AgrupamentoAgrupamento
Agrupamento
 
Agrupamento
AgrupamentoAgrupamento
Agrupamento
 
Curso opencart - Professora Andrea Alves
Curso opencart - Professora Andrea AlvesCurso opencart - Professora Andrea Alves
Curso opencart - Professora Andrea Alves
 

Tes ii aula 1 - unis

  • 1. Prof. Ms. Andrea Cristina O. Alves GEAD – Unis 8º Período – Sistemas de Informação
  • 2.  Curso: Sistemas de Informação  Disciplina: Tópicos Especiais em SI II  Abordagem: Gestão de projetos
  • 3.  O que é Gerência de Projetos?  Definição de Projeto  Definição de Gerência de Projetos  A necessidade de um projeto  Características x Sucesso de um projeto  Benefícios da Gerência de Projetos
  • 4.  Ciclo de Vida  Fases do Ciclo de Vida do Projeto  Performance, Custo e Tempo do Projeto  
  • 5. Áreas do Gerenciamento de Projetos  Gerência de Integração  Gerência de Escopo  Gerência de Tempo  Gerência de Custos  Gerência de Qualidade  Gerência de Recursos Humanos  Gerência de Comunicações  Gerência de Riscos  Gerência de Suprimentos
  • 6.  Gerente de Projetos  Habilidades  Administração de Conflitos  Ética e Responsabilidade  Passos da Gerência de Projetos  Fase de Definição  Fase do Planejamento  Fase de Execução e Controle  Fase de Finalização
  • 7.
  • 8. Os projetos atingem todos os níveis da organização. Eles podem envolver uma quantidade pequena de pessoas, ou milhares delas. Podem levar menos de um dia até vários anos. Os projetos muitas vezes extrapolam as fronteiras da organização, atingindo fornecedores, clientes, parceiros e governo, fazendo parte, na maioria das vezes, da estratégia de negócios da companhia. Como exemplos de projetos podem-se citar: • instalação de uma nova planta industrial; • reestruturação de um determinado setor ou departamento da empresa; • elaboração de um plano de marketing e publicidade; • lançamento de um novo produto ou serviço; • informatização de um determinado setor da empresa; • construção de uma casa; • realização de uma viagem.
  • 9. Diversas características dos projetos são descritas a seguir. • Empreendimento não repetitivo – É um evento que não faz parte da rotina da empresa. É algo novo para as pessoas que o irão realizar. • Seqüência clara e lógica de eventos – O projeto é caracterizado por atividades encadeadas logicamente de modo a permitir que, durante a execução, o acompanhamento e o controle sejam precisos. • Início, meio e fim – Todo projeto respeita um determinado ciclo de vida, isto é, tem uma característica temporal. Muitas vezes o término de um projeto coincide com o início de outro. Porém, um projeto que não tem término não é um projeto, é rotina. • Objetivo claro e definido – Ao se iniciar um projeto, é de fundamental importância que se saiba claramente onde se quer chegar com ele. Se não se sabe onde se quer chegar, qualquer caminho parecerá poder atendê-lo, e a possibilidade de fracasso torna-se muito mais elevada.
  • 10. • Conduzido por pessoas – O cerne fundamental de qualquer projeto é o homem. Sem ele, o projeto não existe, mesmo que se disponha de equipamentos modernos de controle e gestão. • Parâmetros pré-definidos – Todo projeto necessita ter estabelecidos valores para prazos, custos, pessoal, material e equipamentos envolvidos, bem como a qualidade desejada para o projeto. É impossível estabelecer previamente, com total precisão, esses parâmetros. Todos eles serão claramente identificados e quantificados no decorrer do plano do projeto. Entretanto, os parâmetros iniciais vão atuar como referências para o projeto e sua avaliação.
  • 11. São características técnicas dos projetos bem sucedidos as seguintes: • ser concluído dentro do tempo previsto; • ser concluído dentro do orçamento previsto; • ter utilizado os recursos (materiais, equipamentos e pessoas) eficientemente, sem desperdícios; • ter atingido a qualidade e a performance desejada;
  • 12. São características organizacionais dos projetos bem sucedidos as seguintes: • ter sido concluído com o mínimo possível de alterações em seu escopo; • ter sido aceito sem restrições pelo contratante ou cliente; • ter sido empreendido sem que ocorresse interrupção ou prejuízo nas atividades normais da organização; • não ter modificado ou agredido a cultura da organização.
  • 13. O gerenciamento de projetos proporciona inúmeras vantagens sobre o gerenciamento estático ou sobre o gerenciamento informal. Dentre os principais benefícios, podem-se destacar os seguintes: • evita surpresas durante a execução dos trabalhos; • permite desenvolver diferenciais competitivos e novas técnicas, uma vez que toda a metodologia está sendo estruturada; • antecipa as situações desfavoráveis que poderão ser encontradas, para que ações preventivas e corretivas possam ser tomadas antes que essas situações se consolidem como problemas; •• adequa os trabalhos ao mercado consumidor e ao cliente disponibiliza os orçamentos antes do início dos gastos;
  • 14. •agiliza as decisões, já que as informações estão estruturadas e disponibilizadas; • aumenta o controle gerencial de todas as fases a serem implementadas devido ao detalhamento ter sido realizado; • facilita e orienta as revisões da estrutura do projeto que forem decorrentes de modificações no mercado ou no ambiente competitivo, melhorando a capacidade de adaptação do projeto; • otimiza a alocação de pessoas, equipamentos e materiais necessários; • documenta e facilita as estimativas para futuros projetos.
  • 15. Mesmo com a grande quantidade de benefícios gerados pelos projetos, a grande maioria deles falha, ou não atinge o resultado esperado. As principais falhas são decorrentes de inúmeros obstáculos naturais que, muitas vezes, estão fora do controle do gerente do projeto. São eles: • mudança na estrutura organizacional da empresa; • riscos elevados no meio ambiente; • mudanças na tecnologia; • evolução nos preços e prazos; • complexidade encontrada no projeto.
  • 16. Mas uma gama considerável de causas dos insucessos é decorrente de falhas gerenciais, que podem ser evitadas, tais como: • as metas e os objetivos são mal estabelecidos, ou não são compreendidos pelos escalões inferiores; • o projeto inclui muitas atividades e muito pouco tempo para realizá-las; • estimativas financeiras são pobres e incompletas; • o projeto é baseado em dados insuficientes ou inadequados; • o projeto não teve uma pessoa responsável, mas sim várias, criando círculos de poder paralelos aos previamente estabelecidos; • o projeto foi estimado baseado na experiência empírica ou feeling dos envolvidos, deixando em segundo plano os dados históricos de projetos similares, ou até mesmo análises estatísticas efetuadas;
  • 17. • não foi destinado tempo para as estimativas e o planejamento; • não se conheciam as necessidades de pessoal, equipamentos e materiais; • não se conheciam os pontos-chave do projeto; • ninguém verificou se as pessoas envolvidas nas atividades tinham conhecimento necessário para executá-las; • as pessoas não estavam trabalhando nos mesmos padrões, ou os padrões de trabalho não foram estabelecidos.
  • 18. Cabe ao gerente de projeto e à sua equipe controlar as possibilidades de insucessos mencionadas. Não se pode criar a ilusão de que o projeto é algo que não se pode controlar, chegando à frustrante definição de projeto proposta por Kerzner de que “gerenciamento de projetos é a arte de criar a ilusão de que todos os resultados obtidos pelo projeto foram previamente previstos e planejados quando, na realidade, não passaram de uma seqüência absurda de pura sorte.”
  • 19.  Todo projeto gera um produto em sua conclusão. Estes produtos classificam-se em em três categorias principais:  Produtos físicos;  Conceitos;  Eventos.
  • 20.  São tangíveis.  Exemplos:  Reformar uma casa  Desenvolver um novo motor para caminhões  Desenvolver o caminhão em que o novo motor será montado  Rodovias  Máquinas.
  • 21.  São intangíveis como idéias, roteiros de filmes, mapas, sistemas, organogramas, plantas, processos, desenhos, etc  Exemplos:  Escrever um livro ou trabalho acadêmico.  Montar o currículo de um curso.  Organizar os jogos olímpicos.  Preparar o roteiro de um programa de estudos.
  • 22.  São produtos que consistem na realização de tarefas, serviços ou atividades.  O projeto é a própria execução da atividade que, em geral, representa apenas a parte final de um conjunto de atividades de planejamento, organização e controle.
  • 23.  Exemplos:  Planejar, organizar e realizar eleições, prêmios de Fórmula 1, Jogos Olímpicos.  Implantar sistemas, processos e modelos de organização.  Fazer reformas, renovações e ampliações de equipamentos.
  • 24.  Nenhum projeto pertence a apenas uma categoria.  Todo projeto sempre combina elementos físicos, conceitos e serviços.  Exemplo – Realização dos Jogos Olímpicos  Envolve conceitos (planejamento)  Produtos físicos (construções)  Eventos (os jogos)
  • 25.  Cite dois projetos que você tenha notícia que fracassaram. Descreva os projetos e seus objetivos iniciais e depois faça uma breve abordagem sobre as razões que você considera responsáveis pelo fracasso dos mesmos