Projeto mae mito

455 visualizações

Publicada em

Neste projeto os educandos estudaram a NARRARTIVA MÍTICA, produziram textos e uma peça teatral em homenagem ao dia das mães.

Assista ao vídeo: http://youtu.be/Iyn_vNDQn7Q?list=UU1ua8VnsWkQAFxTzs0vBrrA
Saiba mais sobre o evento de culminância em https://www.facebook.com/groups/arteEculturaPolivalente/

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
455
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto mae mito

  1. 1. Ensino Fundamental e Médio Telefone: 3221-5141 Rua José Agusto Sigiani s/no, Vila Registanea – Varginha/Minas Gerais Mãe, o mito Projeto didático para os sétimos anos, por Profa. Andréa S. B. Mappa maio de 2014
  2. 2. Projeto “Mãe, o mito” maio/2014 Língua portuguesas – 7os anos Mãe, o mito Índice Objetivos gerais.....................................................................3 Objetivos específicos:............................................................3 Duração do projeto:...............................................................3 Habilidades do CBC de Língua Portuguesa envolvidas:.........4 Etapas do projeto:..................................................................5 Algumas produções dos alunos.............................................6 Roteiros das peças teatrais....................................................9 Outros registros do projeto:.................................................11 Pág. 2 de 11
  3. 3. Projeto “Mãe, o mito” maio/2014 Língua portuguesas – 7os anos Objetivos gerais • Fazer uma homenagem às mães, pelo dia delas; • Promover socialização entre os alunos, com momentos de cumplicidade e companheirismo, desenvolvendo habilidades do trabalho em coletividade. • Levar os alunos a experimentar a sensação de se produzir textos e vê-los transformados em peças teatrais. Objetivos específicos: • Fixar e aplicar conteúdos sobre narrativa mítica, bem como componentes gramaticais estudados; • Estimular o hábito e o gosto pela leitura e pesquisa; • Elevar a autoestima dos educandos, estimular a criatividade, o trabalho em grupo. Duração do projeto: Três semanas (de 16/4/2014 até a apresentação para as mães, em 9/5/2014) Pág. 3 de 11
  4. 4. Projeto “Mãe, o mito” maio/2014 Língua portuguesas – 7os anos Habilidades do CBC de Língua Portuguesa envolvidas: Eixo Temático I Tema 1: Gêneros - Compreensão e Produção de Textos • 1.1. Reconhecer o gênero de um texto a partir de seu contexto de produção, circulação e recepção. • 1.7. Reconhecer o objetivo comunicativo (finalidade ou função sociocomunicativa) de um texto ou gênero textual. • 1.8. Identificar o destinatário previsto para um texto a partir do suporte e da variedade linguística (+/- culta) ou estilística (+/- formal) desse texto. • 1.11. Relacionar gênero textual, suporte, variedade linguística e estilística e objetivo comunicativo da interação. • 1.12. Relacionar os gêneros de texto às práticas sociais que os requerem. • 1.15. Retextualizar um texto, buscando soluções compatíveis com o domínio discursivo, o gênero, o suporte e o destinatário previsto. • 1.16. Selecionar informações para a produção de um texto, considerando especificações (de gênero, suporte, destinatário, objetivo da interação...) previamente estabelecidas. • 3.4. Reconhecer informações explícitas em um texto. • 3.5. Inferir informações (dados, fatos, argumentos, conclusões...) implícitas em um texto. • 3.11. Produzir textos com organização temática adequada aos contextos de produção, circulação e recepção. • 6.9. Reconhecer e usar focos enunciativos (pontos de vista) adequados aos efeitos de sentido pretendidos. • 8.2. Reconhecer e usar estratégias de ordenação temporal do discurso em um texto ou sequência narrativa. • 8.11. Usar, na produção de textos ou sequências narrativas orais ou escritas, recursos de textualização adequados ao discurso, ao gênero, ao suporte, ao destinatário e ao objetivo da interação. Eixo Temático III Tema: Mitos e símbolos literários na cultura contemporânea • 28.9. Retomar o mito do herói na produção coletiva de um texto poético, narrativo, dramático (para encenação teatral) e/ou de um roteiro (para filme de curta metragem). Pág. 4 de 11
  5. 5. Projeto “Mãe, o mito” maio/2014 Língua portuguesas – 7os anos Etapas do projeto: • Solicitar aos alunos façam, individualmente e em casa, uma pesquisa sobre os mitos de Narciso e Orfeu. Eles devem fazer um breve resumo sobre o pesquisado e responder: Quais as características de um mito? • De volta à sala de aula, fazer uma roda de leitura com os resumos, ressaltando as características comuns entre eles, respondendo ao questionamento feito no primeiro passo; • No quadro, expor as características das narrativas míticas: tempo, espaço, personagens, linguagem utilizada; • Ler, em sala, mais um texto (Mito de Prometeu) para que os alunos identifiquem, nele, as características anotadas; • Discutidas as características textuais e sanadas as dúvidas, solicitar que os alunos produzam, em grupos de até 4 componentes, um texto com características de MITO, que explique a existência das mães. • De posse dos textos, fazer uma roda de leitura e pedir que a turma eleja o melhor deles; • Após a eleição, fazer um roteiro para uma peça teatral, baseada no texto escolhido, a ser apresentada para a escola e a comunidade em evento de homenagem ao Dia das Mães. Pág. 5 de 11
  6. 6. Projeto “Mãe, o mito” maio/2014 Língua portuguesas – 7os anos Al g uma s p r o d u ç õ e s d o s a l u n o s A existência das mães Há muitos séculos atrás a humanidade estava sendo feita pelos deuses, que só produziam homens, devido ao seu ego machista. Eles perceberam que os homens estavam tristes porque não tinham ninguém para amar e, com a consciência pesada, decidiram fazer um ser chamado mulher. Este ser ia encantar os homens, fazendo deles os seres mais felizes do mundo e os levaria para o bom caminho. Quando dois seres se viram, se apaixonaram quiseram formar uma família, feliz como eles. Um dia seus filhos aproximaram-se da mulher e disseram: — Você nossa mãe, mulher e protetora. MÃE: palavra pequena, mas com um significado infinito, pois quer dizer amor, dedicação, renúncia a si própria, força e sabedoria. Ser mãe não é só dar a luz e, sim, participar da vida dos seus frutos, gerados ou criados. Pedro Henrique Bueno – 7o ano A Mãe Há vários milênios atrás, havia um homem e uma mulher, que eram felizes, viviam em harmonia entre si. Eram só os dois, sozinhos em um grande mundo, mas, para eles, tudo estava bem! Passadas algumas eras, o homem e a mulher começaram a se sentir solitários naquele lugar. Então, para eles não continuarem daquele jeito, Zeus mandou que eles tivessem filhos, e assim se deu. Passando de geração em geração, Zeus viu que a mulher cuidava muito bem dos seres que gerou e era amorosa, paciente... Ele resolveu então dar um nome à mulher, decidiu que ela se chamaria MÃE para seus filhos! Mãe significa AMOR, DEDICAÇÃO. Esse nome foi muito apropriado para um ser que é tão especial e nossas vidas, cada dia que passa, nos alegrando mais e mais! Sophia Pereira Gomes – 7o ano A Pág. 6 de 11
  7. 7. Projeto “Mãe, o mito” maio/2014 Língua portuguesas – 7os anos A criação das mães Há séculos e séculos atrás, os deuses se reuniram no céu para resolver o problema de serem os únicos seres vivos no mundo. E, nessa reunião, estavam vários deuses, como Zeus, Posseidon, Hera, entre outros... Estava uma loucura, os deuses estavam falando todos juntos e Zeus deus um grito: ― Silêncio! Assim não vamos chegar a lugar nenhum! Eu sugiro que falem um de cada vez e cada um poderá dar sua opinião. Todos concordaram com Zeus e cada um opinou. A té que Hera sugeriu: ― Que tal todos nós, juntos, criarmos um humano feminino para gera vários filhos? Nesse instante, Posseidon falou: ― E também criar um humano masculino, porque essa humana não poderia gerar filhos sozinha, sem ninguém para ajudá-la! E Zeus falou: ― Então, todos estão de acordo com Hera e Posseidon? Todos concordaram e os deuses puseram o nome da humana de MÃE. E então ela e o homem geraram filhos e esses filhos geraram outros filhos, e assim por diante, e o mundo ficou povoado por humanos. E ficaram os Deuses no céu e os humanos na terra. Igor Hipólito, Michael Rodrigues e Vinícius Gonzaga – 7o ano B Pág. 7 de 11
  8. 8. Projeto “Mãe, o mito” maio/2014 Língua portuguesas – 7os anos Mãe Certa manhã Zeus acordou, convocou uma reunião entre os deusas e disse: — Quero criar seres parecidos conosco, porém mortais, e criar o mundo deles. Ele encarregou cada deus de fazer uma coisa. Um, criou esferas de terra que seriam os planetas; outro, as estrelas; outro, os satélites e assim por diante, até que se formasse todas as galáxias. Zeus escolheu a terceira esfera de terra que estava na Via Láctea, no Sistema Solar, e a denominou de Terra. Cada deus cuidou de cada detalhe para que o lugar estivesse perfeito para receber os humanos. Zeus criou o homem e, lá de cima no alto do Olimpo, e percebeu que ele estava muito solitário. Resolveu, então, criar a mulher. Mas ainda estava insatisfeito e pensou em dar à mulher e ao homem o dom da vida, para que pudessem se reproduzir e multiplicar os humanos sobre a face da Terra. Então pensou em dar mais dons à mulher, para possibilitá-la de criar um pequeno ser humano. E disse: — Preciso que ela tenha dois olhos, mas que possa ver através das paredes. Que tenha dois braços, mas que aja como se tivesse seis. Que saiba ser brava e carinhosa na medida e no momento certo. Então Afrodite, a deusa do amor, resolveu dar uma dose extra de amor. Mas o deus do desastre esbarrou nela e ela derramou sobre a mulher todo o pote. Eles chamaram a mulher que gera e cria um novo ser humano de MÃE, um ser tão bom, capaz de amar incondicionalmente e cujo único defeito é não ser imortal. Matheus Dominguette, João Otávio, Pâmela S. Paiva e Pedro Henrique M. – 7o ano C Pág. 8 de 11
  9. 9. Projeto “Mãe, o mito” maio/2014 Língua portuguesas – 7os anos Ro t e i r o s d a s p e ç a s t e a t r a i s Turma: 7o ano C NARRADORA: Certa manhã Zeus acordou, convocou uma reunião entre os deusas e disse: ZEUS: — Quero criar seres parecidos conosco, porém mortais, e criar o mundo deles. NARRADORA: Ele encarregou cada deus de fazer uma coisa. Um, criou esferas de terra que seriam os planetas; outro, as estrelas; outro, os satélites e assim por diante, até que se formasse todas as galáxias. Zeus escolheu a terceira esfera de terra que estava na Via Láctea, no Sistema Solar, e a denominou de Terra. Cada deus cuidou de cada detalhe para que o lugar estivesse perfeito para receber os humanos. Zeus fez um boneco de barro, lançou sobre ele um poderoso trovão e criou o homem. Lá de cima no alto do Olimpo, Zeus observava sua criação e percebeu que ela estava muito solitária. Foi quando, Posseidon sugeriu: POSSEIDON: — Que tal criarmos um ser feminino para fazer companhia ao homem e que tenha bastante energia para enfrentar as dificuldades do dia-a-dia ao lado dele? ZEUS: — Que assim seja! ENTRA Ariele e se abaixa, no centro do palco, enquanto Zeus produz a mulher. NARRADORA: Zeus fez mais um boneco de barro, lançou sobre ele um delicado trovão e fez a mulher. Mas ainda estava insatisfeito, pois faltava algo que completasse a vida do homem e da mulher. Assim, convocou outra reunião... ENTRAM todos os deuses. ZEUS: - Precisamos dar um significado a mais para a existência dos humanos! POSSEIDON: - Que tal darmos à mulher novos dons, para que possa, em união com o homem, gerar uma nova vida e multiplicar os humanos sobre a face da Terra?! ATENA: Essa nova mulher deve ser sábia como eu! AFRODITE: Ela deve ser bela e amável como eu! APOLO: Mas precisa ter minha força e coragem para enfrentar os novos desafios! NARRADORA: Assim, do consenso de todos os deuses do Olimpo, surgiu uma nova mulher, que gera e cria um novo ser humano. Deram-lhe o nome de MÃE, um ser tão bom, capaz de amar incondicionalmente e cujo único defeito é não ser imortal. A NARRADORA aguarda todos saírem do palco e anuncia a próxima peça: — Agora vejamos mais um mito para explicar a existência das mães! Pág. 9 de 11
  10. 10. Projeto “Mãe, o mito” maio/2014 Língua portuguesas – 7os anos Turma: 7o ano A • NARRADORA: Há vários milênios atrás, havia um homem e uma mulher, que eram felizes, viviam em harmonia entre si. Eram só os dois, sozinhos em um grande mundo, mas, para eles, tudo estava bem! Passadas algumas eras, o homem e a mulher começaram a se sentir solitários naquele lugar. Entram Zeus e Reia: • Reia: — Zeus, veja como nossos humanos estão tristes e solitários. • Zeus: — É verdade, Reia, cuidarei disso. — De agora em diante, vocês vão gerar novos seres para lhes fazer companhia! • NARRADORA: — E assim se deu. Entram os filhos, e ficam circulando pelo palco, junto com o homem e a mulher. • NARRADORA: Passando de geração em geração, Zeus viu que a mulher cuidava muito bem dos seres que gerou e era amorosa, paciente... Ele e Reia resolveram dar nomes a estes seres. Entram Zeus e Reia: • Reia: — Zeus, veja como a mulher cuida bem dos seres que gerou! Vamos chamá-la de MÃE! • Zeus: — Os novos seres se chamarão FILHOS! E como prêmio, daremos mais virtudes à mulher! • REIA: — Ótima ideia! Afrodite é muito boa nisso! — Afrodite!!! Entra AFRODITE: — Sim, oh mãe dos deuses! • Reia: — Você dará à mãe as mais belas virtudes humanamente possíveis! Afrodite despeja lentamente as “virtudes” sobre a “mãe”, enquanto a narradora diz: • NARRADORA: — Mãe significa AMOR, DEDICAÇÃO e esse ser será muito importante para a humanidade... Entra Pâmela (7o ano C) e todos os “atores”, fazendo um círculo em torno da “mãe”: • PÂMELA: (texto sobre mães) • TODOS: — FELIZ DIA DAS MÃES!!! Pág. 10 de 11
  11. 11. Projeto “Mãe, o mito” maio/2014 Língua portuguesas – 7os anos Turma: 7o ano B A criação das mães (Roteiro adaptado a partir do texto de Igor Hipólito, Michael Rodrigues e Vinícius Gonzaga – 7o ano C) • NARRADORA: Há séculos e séculos atrás, os deuses se reuniram no céu para resolver o problema de serem os únicos seres vivos no mundo. E, nessa reunião, estavam vários deuses, como Zeus, Posseidon, Afrodite, entre outros... Estava uma loucura, os deuses estavam falando todos juntos e Zeus deus um grito: • ZEUS: — Silêncio! Assim não vamos chegar a lugar nenhum! Eu sugiro que falem um de cada vez e cada um poderá dar sua opinião. • AFRODITE: — Que tal todos nós, juntos, criarmos um humano feminino para gera vários filhos? • POSSEIDON: — E também criarmos um humano masculino, porque essa humana não poderia gerar filhos sozinha, sem ninguém para ajudá-la! • ZEUS: — Então, todos estão de acordo com Afrodite e Posseidon? • NARRADORA: Todos concordaram e os deuses puseram o nome da humana de MÃE. E então ela e o homem geraram filhos e esses filhos geraram outros filhos, e assim por diante, e o mundo ficou povoado por humanos. E ficaram os Deuses no céu e os humanos na terra. Outros registros do projeto: Textos produzidos, fotos e vídeos do evento de culminância serão postados na Rede Social Facebook – Grupo “Polivalente: Arte e Cultura”, para livre consulta de todo e qualquer interessado. Link para as postagens do projeto: https://www.facebook.com/photo.php? fbid=856395811053824&set=gm.670872432985254&type=1&theater) Link para as postagens do Evento em homenagem ao Dia das Mães: https://www.facebook.com/events/241582422701846/permalink/243727172487371/ Pág. 11 de 11

×