Cb soft2013 andreia&igor_final

225 visualizações

Publicada em

Apresentação realizada com Igor Correia no CBSoft 2013 - Brasília, na trilha da Indústria.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
225
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cb soft2013 andreia&igor_final

  1. 1. CBSoft 2013 – Trilha Indústria Melhores práticas para tratar dilemas de qualidade no desenvolvimento de aplicativos móveis Andreia Matos dos Santos Igor de Borborema Correia 02 de outubro de 2012 IInstituto Nokia de Tecnologia
  2. 2. Autores  Analista de testes Senior no INdT  Título de Mestre com pesquisa focada em “Testes em ambientes ágeis de desenvolvimento” – UFAM 2011  Certificações - CSTE Certified Software Tester , ISTQB Certified CTAL TM e CTFL  Publicações científicas em congressos e eventos  Analista de testes Pleno no INdT  Atua em projetos Mobile em grandes empresas como Nokia, Siemens e Nortel a mais de 6 anos,  Possui MBA em Administração de Empresas pela FGV  Publicações científicas em congressos e eventos  Possui app publicada no Marketplace – Windows Phone IInstituto Nokia de Tecnologia
  3. 3. Agenda 1. Mobilidade 2. Aplicativos Móveis 3. Implicações no teste de Apps 4. Problemas comuns na qualidade de apps 5. Tipos de Teste aplicáveis 6. Desafio do Teste para Apps 7. Relatos & Boas Práticas IInstituto Nokia de Tecnologia
  4. 4. Mobilidade “Comunicação a qualquer momento e em qualquer lugar, a mobilidade muda a forma dos seres humanos interagirem, afetando suas relações sociais, familiares, afetivas e profissionais” • Banda larga móvel continua em rápido crescimento. De maio de 2012 a maio de 2013, assinaturas de banda larga móvel cresceram 45%, • Tablets dominarão o setor dos computadores no Brasil em 2015. Até 2015, vendas de tablets devem superar as de PCs e notebooks. • Aumento da penetração dos smartphones. Crescimento de 85% nas vendas no primeiro trimestre de 2013 Fonte: International Data Corporation (IDC) IInstituto Nokia de Tecnologia
  5. 5. Aplicativos Móveis “Softwares desenvolvidos para rodar em dispositivos móveis como: Smartphones, Tablets e telefones Celulares” IInstituto Nokia de Tecnologia
  6. 6. Setores de atuação das apps • Comércio • Mídia • Viagens • Educação • Saúde • Finanças • Sociais • Negócios • Colaboração IInstituto Nokia de Tecnologia
  7. 7. Apps móveis -implicações no teste Características específicas dos Implicações no Teste aplicativos móveis Conectividade Funcional, Performance, Segurança, Confiabilidade entre diferentes redes Conveniência (Qualidade do Design) Teste de GUI Dispositivos suportados Mapeamento para definir a cobertura do teste baseado na diversidade de dispositivos Touch Screens Testes de Usabilidade e Performance/Desempenho Time-to-market Testar o mais rápido possível sem atrasos para o mercado Sensibilidade ao contexto Depende de testes funcionais IInstituto Nokia de Tecnologia
  8. 8. Prioridades no teste Móvel World Quality Report – 2012 Capgemini Consultants IInstituto Nokia de Tecnologia
  9. 9. Carga e Perfomance Consumo do dispositivo: Consumo de bateria e memória enquanto o aplicativo é executado; Conectividade: Qualidade e variabilidade de rede de dados e telefonia. 57% dos consumidores on-line abandonam um site depois de esperar 3 segundos e 80% dessas pessoas não volta!! IInstituto Nokia de Tecnologia
  10. 10. Usabilidade • Funcionalidade: Completa e adequada; • Disposição & Design: Bons layouts e designs; • Interação: O fluxo de um aplicativo deve ser natural, sem muita navegação. IInstituto Nokia de Tecnologia
  11. 11. Segurança • Confidencialidade: O aplicativo deve manter os dados privados, privados • Integridade: Os dados do aplicativo devem ser confiáveis • Autenticação: O aplicativo deve garantir que você é quem você diz que é • Disponibilidade: Pode uma app desligar a outra? IInstituto Nokia de Tecnologia
  12. 12. Internacionalização • • • • • Formato de datas - January 1 or 1 January? Caracteres – algumas línguas usam um conjunto diferente Códigos Postal – contém letras ou não? Números de telefone - formatos diferentes Direção - escrita de línguas da esquerda para a direita ou direita para a esquerda • Conversão de moedas • Cálculo de imposto - varia de país para país IInstituto Nokia de Tecnologia
  13. 13. Conexão Móvel Reflexo na performance da App - Replicar em diversos locais: • Teste com SIM Cards • Diferentes Operadoras • Conta Pré e Pós paga - Alteração de conexões de dados: de Wi-Fi para LTE (4G) para 3G para GPRS IInstituto Nokia de Tecnologia
  14. 14. Problemas comuns na qualidade de apps Sign-up & Login: Usuários devem fácilmente acessar o aplicativo; Opções de menu : Ítens de menu como Help, About, etc , devem ser fáceis de encontrar e navegar; Teclas: Deve-se verificar ítens como: rolagem, seleção de texto, teclado e / ou touch-screen Manipulação de dados: Armazenamento e exclusão de informações apropriadas (principalmente para Games); Velocidade de execução: Testar em apenas uma operadora não é opção, executar testes básicos em operadoras mais importantes; IInstituto Nokia de Tecnologia
  15. 15. Problemas comuns na qualidade de apps Sistema operacional: Considerar as diferentes versões de SOs; Tamanho da tela: Quanto o usuário necessita rolar a tela? Interrupções: Comportamento do aplicativo quanto ao consumo de bateria além de quando recebe chamadas, SMS, etc, Mensagens de erro: As mensagens de erro devem ser claras, concisas e acionáveis. IInstituto Nokia de Tecnologia
  16. 16. TOP 10 razões de falha – Nokia store 1. Falha de instalação 2. Linguagem e países incompatível 3. Dimensionamento inadequado de conteúdo 4. App trava ou fecha inesperadamente 5. Nome do arquivo não corresponde ao nome de exibição 6. Recorte de exibição 7. Teclado na tela ativado por padrão 8. Falta política de privacidade 9. Falta de informações do “Sobre” 10. Som habilitado enquanto app em background IInstituto Nokia de Tecnologia
  17. 17. Desafio do Teste para Apps World Quality Report – 2012 Capgemini Consultants IInstituto Nokia de Tecnologia
  18. 18. Ferramentas de Auxílio Emuladores: Vantagens: Testes operacionais de aplicação, Testes de scripts perigosos que não são recomendado de ser testado em celulares. Desvantagens: Exige muito recurso de compilação, Celulares reais são sempre diferentes, mesmo com os melhores emuladores. IInstituto Nokia de Tecnologia
  19. 19. Ferramentas de Auxílio Plataforma de Dispositivos em nuvem: Permitem testar remotamente o produto em muitos dispositivos diferentes. Vantagens: Caixa preta : não há quase interferência na aplicação do teste, Variedade de dispositivos. Desvantagens: O teste automático é caro, Atrasos durante a interação com o telefone IInstituto Nokia de Tecnologia
  20. 20. Relatos & Boas Práticas Participar desde o início do projeto (entender o que o usuário espera) Estimular criação de Testes Unitários (uso da Integração contínua) Teste de Campo (dependendo do tipo de aplicativo); Mapear necessidades de ambiente de teste (devices, rede, etc); Seguir guias de categorias de qualidade, validar critérios das lojas de aplicativos - AppQualityAlliance Acompanhar teste de Aceite com usuário; IInstituto Nokia de Tecnologia
  21. 21. Relatos & Boas Práticas Acompanhar publicação da app na loja – avaliação da qualidade Checar usabilidade com especialista e/ ou usuário Acompanhar publicação da app na loja – avaliação da qualidade IInstituto Nokia de Tecnologia
  22. 22. Obrigado “Um teste pode mostrar a presença de falhas em um software, mais nunca a sua ausência.” Djiskstra Andreia M. dos Santos andtec@hotmail.com Linkedin: MSc. Andreia Matos dos Santos Igor de B. Correia Igor de B. Correia igorborborema@gmail.com Linkedin: Igor Correia IInstituto Nokia de Tecnologia

×