O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Você iniciou sua carreira. A sua evolução foi acontecendo. Às vezes você teve sorte, às
vezes, azar. Umas pessoas ajudaram...
Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e
Empregabilidade

2
Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e
Empregabilidade

3
4
PERFIL PROFISSIONAL
Perspectiva de tempo trabalhando 

2 anos em cada empresa

Nível de qualificação 

Baixo (Não é muit...
PERFIL PROFISSIONAL
Perspectiva de tempo trabalhando 

2 A 3 anos em cada empresa

Nível de qualificação 

Intermediário...
PERFIL PROFISSIONAL
Perspectiva de tempo trabalhando 

1 A 1,5 anos em cada empresa

Nível de qualificação 

Baixo (Sem ...
PERFIL PROFISSIONAL
Perspectiva de tempo trabalhando 

3 A 5 anos em cada empresa

Nível de qualificação 

Bom (Domina h...
PERFIL PROFISSIONAL
Perspectiva de tempo trabalhando 

1 A 2 anos em cada empresa

Nível de qualificação 

Bom (Domina h...
PERFIL PROFISSIONAL

Perspectiva de tempo trabalhando 

1 A 2 anos em cada empresa

Nível de qualificação 

Razoável (Co...
PERFIL PROFISSIONALc

Perspectiva de tempo trabalhando 

1 A 2 anos em cada empresa

Nível de qualificação 

EXCELENTE (...
• " As habilidades estão associadas ao saber fazer: ação física ou
mental que indica a capacidade adquirida. Assim, identi...
O PROFISSIONAL NOTA 10
FOCADO COM METAS PESSOAIS E
PROFISSIONAIS

PERFIL PROFISSIONAL
Perspectiva de tempo trabalhando 

...
Estamos vivendo a "era da
informação, da velocidade e da
orientação para resultados".

Prof. Anderson Paiva - Marketing Pe...
Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e
Empregabilidade

15
FALTA
PROFISSIONAIS

CAPACITADO
S

Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e
Empregabilidade

16
65,3% DA POPULAÇÃO
SOBREVIVE COM UM
SALÁRIO MÍNIMO DE
R$ 724,00

18,7% ESTÃO BUSCANDO
MELHORES CONDIÇÕES
PROFISSIONAIS
FON...
36,3% DAS EMPRESAS BRASILEIRAS AFIRMAM
TER VAGAS NÃO PREENCHIDAS COM MÉDIA
SALARIAL DE R$ 900,00

MÃO DE OBRA QUALIFICADA....
67,7% ATÉ
R$ 724,00

Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e
Empregabilidade

19
 220 horas de trabalho
mês 2,83 Por hora
 R$
trabalhada.
 Escolaridade: Nível médio
ou superior incompleto.
 10,5% méd...
Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e
Empregabilidade

21
BOM CURRÍCULO HOJE,
É O PRIMEIRO PASSO

QUALIFICAÇÃO
PROFISSIONAL
+ IMPORTANTE

Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e...
CHEGAR NA HORA CERTA
E REALIZAR A “SUA FUNÇÃO”
JÁ NÃO BASTA.
POSTURA

SER PRÓ-ATIVO
+ IMPORTANTE

Prof. Anderson Paiva - M...
OBRIGADO !

Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e
Empregabilidade

24
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula 13 empregabilidade mercado de trabalho (1)

1.956 visualizações

Publicada em

Mercado de Trabalho.

Publicada em: Marketing, Negócios, Carreiras
  • Seja o primeiro a comentar

Aula 13 empregabilidade mercado de trabalho (1)

  1. 1. Você iniciou sua carreira. A sua evolução foi acontecendo. Às vezes você teve sorte, às vezes, azar. Umas pessoas ajudaram, outras, atrapalharam. E você foi tomando decisões baseadas na sua intuição. Deu certo? por enquanto!
  2. 2. Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e Empregabilidade 2
  3. 3. Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e Empregabilidade 3
  4. 4. 4
  5. 5. PERFIL PROFISSIONAL Perspectiva de tempo trabalhando  2 anos em cada empresa Nível de qualificação  Baixo (Não é muito bom em nada) Perfil das Empresas Interessadas  Pequenas empresas Média Salarial  Entre 2 a 3 Sl. Mínimos Índice de Empregabilidade  Regular Interesse para o mercado  Muito pouco – Profissional sem foco Desmotivado Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e Empregabilidade 5
  6. 6. PERFIL PROFISSIONAL Perspectiva de tempo trabalhando  2 A 3 anos em cada empresa Nível de qualificação  Intermediário (Domina poucas competências) Perfil das Empresas Interessadas  Pequenas empresas Média Salarial  Entre 2 a 3 Sl. Mínimos Índice de Empregabilidade  Regular – Facilmente substituído Interesse para o mercado  Muito pouco – Profissional Obsoleto sem atrativos Profª. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e Empregabilidade 6
  7. 7. PERFIL PROFISSIONAL Perspectiva de tempo trabalhando  1 A 1,5 anos em cada empresa Nível de qualificação  Baixo (Sem motivação pessoal) Perfil das Empresas Interessadas  Pequenas empresas Média Salarial  Entre 1 a 2 Sl. Mínimos Índice de Empregabilidade  Baixo – É Invisível como profissional Interesse para o mercado  Muito pouco – Profissional não possui valor de Mercado Profª. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e Empregabilidade 7
  8. 8. PERFIL PROFISSIONAL Perspectiva de tempo trabalhando  3 A 5 anos em cada empresa Nível de qualificação  Bom (Domina habilidades e competências) Perfil das Empresas Interessadas  Médias e grandes empresas Média Salarial  Entre 3 a 6 Salários. Mínimos Índice de Empregabilidade  Bom – É um profissional habilitado para liderança Interesse para o mercado  Baixo – Profissional mercenário não inspira segurança para as empresas Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e Empregabilidade 8
  9. 9. PERFIL PROFISSIONAL Perspectiva de tempo trabalhando  1 A 2 anos em cada empresa Nível de qualificação  Bom (Domina habilidades e competências) Perfil das Empresas Interessadas  Pequenas e Médias empresas Média Salarial  Entre 3 a 4 Salários. Mínimos Índice de Empregabilidade  Bom – É um profissional de muitas qualificações Interesse para o mercado  Baixo – Profissional não tem foco, Insatisfeito, Inseguro Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e Empregabilidade 9
  10. 10. PERFIL PROFISSIONAL Perspectiva de tempo trabalhando  1 A 2 anos em cada empresa Nível de qualificação  Razoável (Conhece a teoria e nada de prática) Perfil das Empresas Interessadas  Pequenas e Médias empresas Média Salarial  Entre 3 a 4 Salários. Mínimos Índice de Empregabilidade  Razoável – Encanta para depois espantar Interesse para o mercado  Baixo – Profissional PROMETE mas não consegue cumprir possui uma falsa imagem de competência Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e Empregabilidade 10
  11. 11. PERFIL PROFISSIONALc Perspectiva de tempo trabalhando  1 A 2 anos em cada empresa Nível de qualificação  EXCELENTE (Domina bem habilidades e competências) Perfil das Empresas Interessadas  Grandes e Médias empresas Média Salarial  Entre 3 a 6 Salários. Mínimos Índice de Empregabilidade  Excelente – Profissional Preparado e com Atitude Interesse para o mercado  Baixo – Profissional INCONSTANTE. Nunca esta satisfeito e vive pulando de empresas. Prof. Anderson Paiva- Marketing Pessoal e Empregabilidade 11
  12. 12. • " As habilidades estão associadas ao saber fazer: ação física ou mental que indica a capacidade adquirida. Assim, identificar variáveis, compreender fenômenos, relacionar informações, analisar situaçõesproblema, sintetizar,julgar, correlacionar e manipular são exemplos de habilidades. • Já as competências são um conjunto de habilidades harmonicamente desenvolvidas e que caracterizam por exemplo uma função/profissão específica: ser arquiteto, médico ou professor de química. As habilidades devem ser desenvolvidas na busca das competências.“ Prof. Anderson Paiva Marketing Pessoal e Empregabilidade 12
  13. 13. O PROFISSIONAL NOTA 10 FOCADO COM METAS PESSOAIS E PROFISSIONAIS PERFIL PROFISSIONAL Perspectiva de tempo trabalhando  1 A 5 anos em cada empresa Nível de qualificação  Entre BOM e EXCELENTE (Domina bem habilidades e competências) Perfil das Empresas Interessadas  Grandes e Médias empresas Média Salarial  Entre 3 a 6 Salários. Mínimos Índice de Empregabilidade  Entre Bom a Excelente – Profissional Preparado e com Atitude Interesse para o mercado  Alto – Profissional com FOCO definido. Maturidade profissional, consciente do seu valor de mercado. Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e Empregabilidade 13
  14. 14. Estamos vivendo a "era da informação, da velocidade e da orientação para resultados". Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e Empregabilidade 14
  15. 15. Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e Empregabilidade 15
  16. 16. FALTA PROFISSIONAIS CAPACITADO S Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e Empregabilidade 16
  17. 17. 65,3% DA POPULAÇÃO SOBREVIVE COM UM SALÁRIO MÍNIMO DE R$ 724,00 18,7% ESTÃO BUSCANDO MELHORES CONDIÇÕES PROFISSIONAIS FONTE: IBGE/2013 Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e Empregabilidade 17
  18. 18. 36,3% DAS EMPRESAS BRASILEIRAS AFIRMAM TER VAGAS NÃO PREENCHIDAS COM MÉDIA SALARIAL DE R$ 900,00 MÃO DE OBRA QUALIFICADA. CONHECIMENTO ESPECÍFICO. VONTADE DE TRABALHAR. Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e Empregabilidade 18
  19. 19. 67,7% ATÉ R$ 724,00 Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e Empregabilidade 19
  20. 20.  220 horas de trabalho mês 2,83 Por hora  R$ trabalhada.  Escolaridade: Nível médio ou superior incompleto.  10,5% média do poder aquisitivo, aproximadamente R$ 76,02 Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e Empregabilidade 20
  21. 21. Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e Empregabilidade 21
  22. 22. BOM CURRÍCULO HOJE, É O PRIMEIRO PASSO QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL + IMPORTANTE Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e Empregabilidade 22
  23. 23. CHEGAR NA HORA CERTA E REALIZAR A “SUA FUNÇÃO” JÁ NÃO BASTA. POSTURA SER PRÓ-ATIVO + IMPORTANTE Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e Empregabilidade 23
  24. 24. OBRIGADO ! Prof. Anderson Paiva - Marketing Pessoal e Empregabilidade 24

×