Edição 34 • Contagem, Outubro 2015 •Distribuição Gratuita
E agora, Prefeito?
A reportagem do JEN questionou o poder públic...
2• Edição 34 • Contagem, Outubro de 2015
A Fundação de Ensi-
no de Contagem (Funec)
abre, no dia 27 de outubro,
as inscriç...
Edição 34 •Contagem, Outubro de 2015• 3
Projeto Compartilhar alegrou o dia das
crianças com uma festa inesquecível
FESTIVI...
4• Edição 34 • Contagem, Outubro de 2015
Grandes obras da Ressaca: sairão
do papel antes do período eleitoral?
Rotatória d...
Edição 34 •Contagem, Outubro de 2015• 5
CAIC Laguna: problemas
e soluções no mesmo espaço
CIDADES
Educação sempre é
um tem...
6• Edição 34 • Contagem, Outubro de 2015
A 3ª edição doAÇÃO SOCIAL GOSPEL que contou com o apoio da PMMG através da Banda ...
Atendimento no Centro de Consultas
Especializadas da Ressaca leva até 120 dias
SAÚDE Edição 34 • Contagem, Outubro de 2015...
8• Edição 34 • Contagem, Outubro de 2015 ESPORTES
Futgol inaugura unidade em Contagem
Contando com estrutura de treina-
me...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Espaço Notícias- Edição 34- Contagem

301 visualizações

Publicada em

Edição 34 do Jornal Espaço Notícias com circulação na Região da Ressaca

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
301
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Espaço Notícias- Edição 34- Contagem

  1. 1. Edição 34 • Contagem, Outubro 2015 •Distribuição Gratuita E agora, Prefeito? A reportagem do JEN questionou o poder público de Contagem o por que de obras vitais à cidade estarem atrasadas, paradas ou que ainda nem saíram do papel O Projeto Compartilhar, com o apoio do Vereador Rogério Marreco, realizou no domingo, dia 11 de Outubro, a 8ª festa das crianças na praça do Divino, no Bairro Jardim Laguna. Várias atrações foram oferecidas a mais de três mil crianças que lotaram o local durante todo o dia. Página 3 Projeto Compartilhar realiza festa das crianças: um exemplo de cidadania Circulação - Região da Ressaca Praça de Esportes no bairro Arvoredo foi prometida para o início de 2014 e só ficou na fase de fundação CAiC Laguna sofre com estrutura ruim e falta de reformas para atender bem seus alunos Moradores do Arvoredo pedem a a mudança da rotatória para o sistema de semáforo, o que aliviaria o trânsito Reivindicação antiga, UBS do Morada Nova tem promessa para ser entregue no fim de 2015 Páginas 4 e 5 CCE Ressaca: lentidão e transtorno na marcação de consultas PÁGINA 7 Câmara aprova lei que obriga bancos a ceder cadeiras de rodas para clientes PÁGINA 2 TELE ENTREGA Av. João Gomes Cardoso, 1720 • L. 03 • Oitís 3397-8252
  2. 2. 2• Edição 34 • Contagem, Outubro de 2015 A Fundação de Ensi- no de Contagem (Funec) abre, no dia 27 de outubro, as inscrições para o pro- cesso seletivo de estudan- tes para o ensino médio de 2016. Ao todo, estão sendo ofertadas 965 vagas, sen- do 815 para o ensino mé- dio regular, oferecido em 11 unidades, e 150 para o ensino médio integrado ao técnico. O número supe- ra a quantidade de vagas ofertadas na última edição do processo. As inscrições aconte- cem do dia 27 de outubro a 27 de novembro e de- vem ser feitas na aba de concursos disponível no site da Prefeitura de Con- tagem (clique aqui), onde também é possível aces- sar o edital. Para quem não tem acesso à internet, a Funec disponibilizará pontos de inscrição nas unidades e na sede para a realização da inscrição online. A taxa para se ins- crever é de R$ 30. Segundo o presidente da Funec, Hugo Vilaça, o aumento no número de vagas do processo sele- tivo de 2015 é mais um avanço para a Funec como instituição e para a educa- ção pública de Contagem. “Com mais vagas, a funda- ção formará mais estudan- tes e dará continuidade ao legado de educação públi- ca de qualidade que temos construído nesta gestão”, afirma o presidente. As provas do processo seletivo serão aplicadas no dia 13 de dezembro, das 9h às 12h, em locais a serem divulgados no site da prefeitura a partir de 4 de dezembro. Serão, ao todo, 40 questões envol- vendo as disciplinas de língua portuguesa, mate- mática, ciências, geografia e história, valendo dois pontos cada questão. INCLUSÃO Neste ano, com o intui- to de fomentar a inclusão no ambiente escolar, a Funec estabeleceu cotas raciais em todas as moda- lidades do ensino médio. A medida é inspirada no modelo da Lei Municipal n° 4714, de 9 de janeiro de 2015, que reserva aos negros, índios e pardos 20% das vagas oferecidas nos concursos públicos de Contagem, e faz parte das ações voltadas para inclu- são social do município, adequando a fundação aos planos Nacional e Mu- nicipal de Educação. Além disso, a fundação também reservou 10% das vagas deste processo sele- tivo a alunos com deficiên- cia comprovada, por meio de laudo médico. DESTAQUE A unidade Centec, da Fundação de Ensino de Contagem (Funec), foi a melhor escola pública de Minas Gerais no Enem 2014. Com média geral de 582.71 pontos, a uni- dade alcançou melhor re- sultado entre as escolas públicas, à exceção das federais. Além do Centec, a Funec Riacho também ficou entre as dez me- lhores escolas da cidade, comprovando a qualida- Os vereadores de Con- tagem aprovaram um projeto de lei que obriga as agências bancárias do município a disponibilizar cadeiras de rodas para atendimento às pessoas com necessidades espe- ciais e idosos com dificul- dades de locomoção. Proposta pelo verea- dor Arnaldo de Oliveira (PTB), a matéria tem por objetivo garantir a aces- sibilidade nas agências e aprimorar o atendimento àspessoascomnecessida- desespeciais.“Apresença de cadeiras de rodas nas agências bancárias pode ser uma ajuda de grande valia a fim de preservar a integridade humana. A propositura assegura que, aqueles que, por di- ficuldades financeiras, não conseguiram adquirir o equipamento em ques- tão, tenham a garantia da sua utilização durante o acesso nas agências ban- cárias”, destaca o autor, na justificativa do projeto. De acordo com o tex- to, cada agência deve re- servar, em sua entrada, uma área devidamente adaptada e sinalizada para manter as cadeiras de rodas. E o atendimento às pessoas com necessi- dades especiais e ao idoso com dificuldade de loco- moção deve ser realizado no andar térreo, salvo os casos em que existam ele- vadores. Outra medida institu- ída por esse PL é que as agências especializadas em pagamento de pensões e aposentadorias devem ter atendimento sem fila para idosos, com a distribuição de senhas e sistema de chamada, além de meios que permitam a esse públi- co aguardar sentado pelo atendimento. O projeto segue agora para a Prefeitura de Con- tagem e, caso seja sancio- nado, o Poder Executivo tem 60 dias para regula- mentar a nova lei. A par- tir de sua regulamenta- ção, os bancos terão um prazo de 90 dias para se adaptarem, sob pena de uma multa de R$ 5 mil por dia em caso de descum- primento. Funec abre inscrições para processo seletivo de alunos ACESSIBILIDADE Nova lei obriga agências bancárias de Contagem a disponibilizar cadeiras de rodas para os clientes Razão Social Espaço Notícias e Publicidades Ltda. 17.290.118/0001-02 Nome Fantasia Espaço Notícias Redação e Administração Rua das Acácias, 180 JardimLaguna-Contagem/MG CEP 32140-200 Telefones/Contato 31 3357-7001 31 9777-8315 (Paulo Sena) 31 8613-0201 (Anderson Abelha) jornalespaconoticias@gmail.com Diretor Administrativo Paulo César de Sena paulocsena@gmail.com Editor e Jornalista Responsável Anderson Gonçalves Reg. MT nº 11771-MG Valinor Conteúdo Diretor Comercial Anderson Abelha andersonabelha66@gmail.com Diretor de Comunicação Eduardo Abelha eduardo.abelha@yahoo.com.br 31- 8632 0193 Programação Visual: Fernando Mageski Impressão: Sempre Editora Tiragem: 15.000 exemplares Distribuição Gratuita Circulação no Bairro Cabral, Shopping Contagem, Ceasa, Região da Ressaca, Prefeitura Municipal de Contagem, Câmara Municipal de Contagem, Secretarias Municipais de Contagem, Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, etc. A proposta foi aprovada por unanimidade (detalhe) e segue agora para ser sancionada pelo poder Executivo Arnald de Oliveira: “A presença de cadeiras de rodas nas agências bancárias pode ser uma ajuda de grande valia a fim de preservar a integridade humana” Ao todo, estão sendo ofertadas 965 vagas, sendo 815 para o ensino médio regular e 150 para o ensino médio integrado ao técnico de do ensino ofertado pela fundação. Os estudantes da Fu- nec também foram des- taque em aprovação em inúmeras universidades públicas e particulares nos exames de 2014/2015. Des- de a reabertura da Funec, pela atual gestão munici- pal, foram muitos os casos de sucesso. Dentre eles destacam-se o aluno Rafa- el da Paixão Cândido, que obteve um excelente re- sultado no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e, hoje, cursa engenharia mecânica na Universidade Federal de Viçosa (UFV); a estudante Ítala Ferreira de Jesus, aprovada em medi- cina na UFMG e na Ufop; Marllon Victor Rocha Ribei- ro, aprovado em 2° lugar no curso de radiologia na UFMG; e Priscila Mendes Alves, aprovada em letras na Uemg e 1° lugar em cine- ma na faculdade UNA. Além dos resultados positivos no Enem, a Fu- nec, pelo terceiro ano consecutivo, foi seleciona- da para participar da Feira Brasileira de Colégios de Aplicação e Escolas Técni- cas (Febrat), evento pro- movido pela UFMG que premia trabalhos de ini- ciação científica de alunos do ensino médio e técnico que receberam destaque no país. Neste ano, a Fu- nec irá expor 30 trabalhos que foram desenvolvidos ao longo de 2015 pelos alunos, bolsistas e volun- tários da fundação. Este mesmo evento, que também aconteceu no ano de 2014, deu ao projeto de iniciação cien- tífica “Análise Microbio- lógica da Superfície de Aparelhos Celulares”, das alunas Bianca Aparecida do Amaral e Nathália Ra- mos de Souza da Funec Centec, a oportunidade de compor a Expo Inge- niería (Feira Nacional de Tecnologia da Costa Rica), que acontece em novem- bro em San José, capital da Costa Rica. O evento é uma vitrine para jovens talentos e será um novo palco para a exposição do trabalho das alunas.
  3. 3. Edição 34 •Contagem, Outubro de 2015• 3 Projeto Compartilhar alegrou o dia das crianças com uma festa inesquecível FESTIVIDADE Iniciativa apoiada pelo Vereador Rogério Marreco levou mais de três mil crianças à Praça do Divino que se divertiram com várias atividades Várias atrações foram oferecidas a mais de três mil crianças que lotaram o local durante todo o dia. Havia atrações para todos os gostos: piscina de bolinhas, futebol de sabão, pula-pula, touro mecânico, cama elástica e sorteio de bicicletas “O projeto só existe graças ao apoio do vereador Rogério Marreco. Sem ele seria impossível manter todos esses atendimentos que são essenciais à comunidade”, disse Andreia Souza As crianças aproveitaram o tempo quente e se refrescaram no futebol de sabão Uma mãe que ao ver seu filho sendo contemplado com uma bicicleta não conteve a emoção O Projeto Comparti- lhar, com o apoio do Ve- reador Rogério Marreco, realizou no domingo, dia 11 de Outubro, a 8ª festa das crianças na praça do Divino, no Bairro Jardim Laguna. Várias atrações foram oferecidas a mais de três mil crianças que lota- ram o local durante todo o dia. Havia atrações para todos os gostos: piscina de bolinhas, futebol de sabão, pula-pula, touro mecânico, cama elástica e sorteio de bicicletas. Ainda foram dis- tribuídos, no evento, algo- dão doce, pipoca, balas e pirulitos. Tudo isso condu- zido pelos colaboradores do Projeto Compartilhar, que eram animados pelo Mascote Marrequinho e pelo Palhaço Risadinha. Nem mesmo o forte calor impediu a diversão das crianças e o futebol de sabão acabou sendo o brinquedo mais procu- rado, muita água foi usa- da, para o entusiasmo da criançada. O Domingo foi de muita alegria, diversão e interação entre os parti- cipantes. O ponto alto da festa era sempre o sorteio das bicicletas. Conduzido pelo Vereador Rogério Mar- reco, o sorteio atraía a atenção da multidão que se aglomerava em frente ao palanque na expecta- tiva de ser sorteado. Ao todo foram sorteadas 15 bicicletas. A cada sorteio muita emoção por parte dos ganhadores e espe- rança de ser contemplado na próxima vez. Um dos momentos marcantes da festa foi a emoção de uma mãe que ao ver seu filho sendo contemplado com uma bicicleta, não conte- ve as lágrimas e ao agra- decer o apoio do Vereador Rogério Marreco ao proje- to, contagiou a todos os participantes; “Não tinha dinheiro para comprar o presente para meu filho, mas graças a Deus e ao Projeto Compartilhar, ele ganhou o melhor presente que poderia”. Em seu pronuncia- mento, o Vereador Rogé- rio Marreco salientou a alegria em apoiar o Pro- jeto Compartilhar e agra- deceu à Prefeitura Muni- cipal de Contagem que montou um grande pa- lanque, com ótima apa- relhagem de som que foi muito importante para a de todas as regiões, vem crianças de todos os bair- ros da Ressaca e todos têm a mesma importân- cia, todos brincam e se divertem muito’. O PROJETO COMPARTILHAR O Projeto comparti- lhar realiza atendimentos gratuitos nas áreas de odontologia, com trata- mentos e próteses; fisio- terapia; curso de infor- mática; assistência social; transporte de pacientes; fornecimento (alocação) de cadeiras de rodas e de banho, muletas e an- dadores; Isenção de taxa para emissão de carteira de identidade. Segundo a presidente do Projeto, Andréia Apa- recida de Souza, são reali- zados entre 1.200 e 1.500 atendimentos mensal- mente. Tudo sem nenhum custo para a comunidade. “O projeto só existe realização da festa. “O Carlin Moura foi o Pre- feito que mais colaborou com Projeto Comparti- lhar. Ele está sempre à disposição para ajudar, pois sabe da importância que o projeto representa para a comunidade” dis- se o Vereador. Marreco também agra- deceu a colaboração de todos que fazem parte do Projeto, à família Pinheiro que cedeu a água, a Miami Frutas, ao empresário Cori Diniz do Supermercado da Carne, a Transimão e a Bre- no Ruas do Supermercado Laguna, que colaboraram na doação de bicicletas para o evento. “Infeliz- mente o número de bici- cletas sorteadas ainda é muito pequeno pela gran- de quantidade de crianças presentes á festa, mas es- tamos trabalhando para conseguirmos mais apoio para os próximos anos. Só tenho que agradecer a todos que nos apoiaram esse ano”, completou o vereador. A Guarda municipal esteve presente durante todo o dia dando cober- tura para o bom funcio- namento da festa. Outra presença de destaque foi da ambulância do SAMU que manteve plantão no local para eventuais inter- venções, que felizmente não foram necessárias. Para o vice presidente do Projeto Compartilhar, Renato Marques, a festa do dia das crianças já se tornou uma tradição na região e sem o apoio do Vereador Rogério Mar- reco, seria praticamente impossível a realização de evento tão grandioso; ‘A festa atende as crianças graças ao apoio do verea- dor Rogério Marreco. Sem ele seria impossível man- ter todos esses atendi- mentos que são essenciais à comunidade. Estamos orgulhosos em fazer parte de algo tão importante na sociedade e devemos mui- to ao vereador Rogério Marreco”, disse Andreia. O Projeto compartilhar tem sede na Avenida Fer- não Dias, 672, Jardim La- guna e atende de segunda á sexta feira de 07h ás 17h. Mais informações pelo te- lefone 31–3394 1434 ou no email: projeto.comparti- lhar@outlook.com
  4. 4. 4• Edição 34 • Contagem, Outubro de 2015 Grandes obras da Ressaca: sairão do papel antes do período eleitoral? Rotatória do Arvoredo vira dor de cabeça para moradores e motoristas CIDADES Em qualquer admi- nistração púbica há quei- xas de atrasos em obras, atendimentos, atenção qualificada à população. Governar uma cidade do tamanho de Contagem nunca será uma tarefa fácil. Entretanto quando há promessas com datas e prazos e eles extrapo- lam qualquer bom senso de tempo, o que é uma dificuldade, se transfor- ma em descaso com os cidadãos. A Região da Ressaca possui uma lista conside- rável de ações do poder públicas inacabadas por falta de atenção devida dos nossos governantes. O JEN foi tentar buscar algumas respostas para demandas antigas, que já passaram do prazo de en- trega, o que traria benefí- cios reais aos moradores da região. Entramos em conta- to com a Prefeitura de Contagem para saber do andamento das obras da Praça de Esportes do Arvoredo, UBS Morada Nova, Avenida Dois, no Colorado, Avenida João Gomes e Beco Ibaté. Afi- nal, esses projetos tão vitais para a Ressaca não podem ser citados ape- nas em épocas eleitorais, não concorda caro leitor? A reportagem do JEN foi atendida e recebeu os se- guintes esclarecimentos. A rotatória entre as avenidas Severino Ba- lesteros e Princesa Isa- bel, no bairro Arvoredo, tem sido o motivo de grandes transtornos aos moradores da região. O local possui grande cir- culação de veículos de todos os portes, pois a via é passagem para regiões importantes de Contagem e Belo Hori- zonte como o bairro Na- cional, A CEASA Minas, BR 040, Região da Pam- pulha, entre outras. O caminho é utili- zado por motoristas de carga, a trabalho, a passeio que sabem da rapidez desta rota. Esse alto volume de veículos diariamente que circula na rotatória está tor- nando o trânsito um grande entrave para os moradores da região e motoristas que preci- sam passar na região. O sistema em círculo em que o motorista deve cruzar a rotató- ria respeitando a sua vez de passar não está funcionando e há vários momentos do dia com engarrafamentos que bloqueiam os quatro ca- minhos da rotatória. Por isso, a Associação de Moradores e Empre- sários do Arvoredo e ad- jacências reivindica a ins- talação de um semáforo no local, o que segundo o presidente da Associa- ção, Ricardo de Oliveira Sepúlveda, resolveria o problema dos grandes congestionamentos na rotatória, principalmen- te nos horários de pico. ”Protocolamos o pedido de semáforo na rotató- ria, más para nossa sur- presa eles apenas a revi- talizaram com a alegação de melhorar a visão dos motoristas bastaria para resolver o problema. Po- rem, isso não adiantou em nada. Apenas melho- rou a aparência do local e os congestionamentos continuam enormes”, afirmou Ricardo. Ainda segundo o presidente da associação, um novo re- querimento foi protoco- lado na Prefeitura para a implantação do semáfo- ro, más até agora nenhu- ma resposta foi dada. O JEN foi buscar in- formações sobre o tra- fego na via para melhor entender a situação e entrevistou o Sargen- to Maciel, especialista em trânsito, lotado no 18º batalhão de Policia Militar. Ele também é morador e conhecedor da região. O Sargento Maciel apontou várias falhas técnicas na via: a sina- lização é ineficaz; as placas de “PARE” exis- tentes no local deve- riam ser substituídas por placas de “DÊ A PREFERÊNCIA”, este é um problema existen- te em toda a cidade de As obras iniciarão a fase de instalação das placas externas de cimento nos próximos dias O fluxo de trânsito e a falta de respeito dos motoristas é tão intenso que a travessia de pedestres é muito difícil A empresa vencedora da licitação abandonou as obras os TELE ENTREGA Avenida João Gomes Cardoso, 1720 • Lj 03 • Bairro Oitís 3397-8252 jornalespaconoticias@gmail.com 3357-7001 FALECONOSCO A reportagem foi em busca de respostas sobre intervenções que podem melhorar a vida do cidadão e estão paradas há anos 4PRAÇA DE ESPORTES- BAIRRO ARVOREDO Aempresa vencedora da licitação abandonou as obras. Com isso, a Prefeitura de Contagem tomou as medidas jurídicas ca- bíveis e já iniciou novo processo licitatório para contratação de empresa que concluirá as execuções. A previsão é que a Ordem de Serviço seja dada no início de 2016. Nota da redação: o pre- feito de Contagem Carlin Moura esteve no local no último dia 17 de outubro e disse que as obras podem se iniciar ainda em 2015 e será entregue no prazo de 365 dias. 4UBS MORADA NOVA As obras iniciarão a fase de instalação das placas externas de cimento nos próximos dias. Logo após, serão feitas as insta- lações elétricas e hidráulicas, bem como o fechamento interno das paredes. Em seguidas, inicia-se a fase de acabamentos. A expectativa é entregar a obra até o final do ano. 4AVENIDA DOIS, BAIRRO COLORADO: AAvenida Dois necessitava de desapropriações de terrenos e lotes para a passagem das manilhas, a cargo da Copasa. Es- ses processos foram resolvidos em julho, e as obras retomadas em agosto. A previsão é que a avenida seja concluída até no primeiro semestre de 2016. 4BECO IBATÉ Os recursos para a conclusão das obras já estão garantidos. Porém, a Prefeitura de Contagem aguarda a conclusão das inter- venções de rede de esgoto e drenagem da Copasa para que se inicie as obras de pavimentação e urbanização. 4REVITALIZAÇÃO DA AVENIDA JOÃO GOMES Trata-se de obra de mobilidade urbana, em que Contagem foi o primeiromunicípiodoBrasilagarantirverbasparaobraspormeiodo PAC Mobilidade Médias Cidade. A Trincheira do Itaú, principal obra do pacote de intervenções, segue a pleno vapor, com previsão de conclusão para meados de 2016. O corredor Ressaca, que incluiu as obras do viaduto ligando aAvenidaTeleférico àAvenida João Go- mes, a implantação do viaduto das Américas I e a revitalização de todo o seu traçado está previsto para ordem de serviço em dezem- bro de 2015. O processo licitatório segue seu curso normalmente, respeitandoaslegislaçõesmunicipal,estadualefederal.Osrecursos sãoobtidospormeiodefinanciamentodaCaixaEconômicaFederal. Contagem. “As placas de PARE, pelo mau cos- tume dos motoristas brasileiros, faz com que o condutor apenas redu- za a velocidade, dando uma pequena parada e prosseguindo, enquanto a placa de “DÊ A PRE- FERNCIA” indica ao con- dutor que a ação a ser tomada é dar passagem ao outro veículo”, expli- ca Maciel. Para o militar e mora- dor do Arvoredo, uma ro- tatória no local não é viá- vel, pelo grande numero de veículos que circulam na via. O adequado seria a implantação do semáfo- ro. A via apresenta con- dições ideais para implan- tação de pré-sinalização (conversões à direita e à esquerda) que desafoga- riam o trânsito. A prova que o siste- ma semafórico será a solução é o cruzamento da Avenida das Améri- cas com Severino Bales- teros próximo ao bairro Cabral. A via era uma rotatória que sempre estava carregada com o trânsito de ônibus, veí- culos de carga e dos mo- radores da região. Após estudos da Transcon, o local foi sinalizado e atualmente há um semá- foro de quatro tempos, fluindo melhor o trânsi- to. Os novos pedidos de alteração na via ainda não receberam respos- ta por parte dos órgãos responsáveis pelo trân- sito na cidade. Enquanto isso, o volume de veícu- los na rotatória continua a crescer, gerando con- tratempos aos morado- res e usuários da via.
  5. 5. Edição 34 •Contagem, Outubro de 2015• 5 CAIC Laguna: problemas e soluções no mesmo espaço CIDADES Educação sempre é um tema que merece atenção. Afinal, o futuro da nossa região, cidade, estado e país dependerá do que deixarmos para nossas crianças. Em Con- tagem, mais precisamen- te na Região da Ressaca, há um número grande de crianças e jovens que são atendidaspeloserviçomu- nicipaldeeducação.Como será que anda a caminha- da do ensino em alguns bairros da Ressaca? O Jornal Espaço Noti- cias inicia uma busca para conhecermaissobreoque acidadedeContagemofe- rece aos alunos da Região da Ressaca. Iniciamos nes- ta edição com a scola Mu- nicipal Maria Silva Lucas, CAIC LAGUNA(Centro de Atenção integrada á Crian- ça), que fica na rua Bra- gança no bairro Novo Pro- gresso. Comparecemos na escola para averiguar as condições de funciona- mento, suas demandas, suas realizações e fazer um raio-x das condições da instituição. No mesmo espaço, também funciona um anexo, o CENSA (Cen- tro Educacional Nossa Se- nhora Aparecida). O CAIC foi criado ini- cialmente com o objetivo de atender apenas crian- ças da educação infantil e fundamental, em dois turnos com 350 alunos em cada. O projeto inicial era atender somente este público. Porém, ao longo dos anos, a necessidade dacomunidadelocalgerou adaptação nas estruturas doCAIC.Assim,foramsen- do implantadas novas tur- mas e atualmente atende crianças, adolescentes e adultos, totalizando 1250 alunos divididos em três turnos. Verificamos que esse volume diário des- gasta a estrutura do pré- dio, gerando a necessida- O CAIC foi criado inicialmente com o objetivo de atender apenas crianças da educação infantil e fundamental, em dois turnos com 350 alunos em cada. Segundo a diretora SuzanaVieira, o maior problema enfrentado pela escola é “conseguir despertar o interesse da comunidade na criação de um ambiente educacional em que a família seja o centro de tudo na vida do aluno” Escola, sob administração municipal, possui diversos problemas para desenvolver sua função de educar, mas possui um trabalho firme de seus professores e parceiros para criar oportunidades aos alunos de de reformas e reforços estruturais. Quem nos relata o dia a dia da escola são a Diretora Suzana Vieira e sua vice-diretora, Tatiane Duarte Lopes, que expu- seram à reportagem do JEN os diversos proble- mas enfrentados pela comunidade escolar para receber a atender bem essa grande demanda de alunos. Suzana e Tatiane, em entrevista ao JEN, também falam de alguns programas desenvolvi- dos para aprimoramento do aprendizado educa- cional nu esforço dos professores e da equipe pedagógica da escola. Veja a seguir os relatos das dificuldades dos edu- cadores que contam mais com o seu talento e força de vontade para dar um uma educação digna à comunidade dos arredo- res do CAIC, do que com o poder público. FALTA DE UMA PARCERIA SÓLIDA ENTRE ESCOLA, PAIS E COMUNIDADE Segundo a diretora Su- zana Vieira, o maior proble- ma enfrentado pela escola é “conseguir despertar o interesse da comunidade na criação de um ambien- te educacional em que a família seja o centro de tudo na vida do aluno” “Sinto falta de mais co- operação dos pais e da comunidade num todo. Aos pais não basta apenas participar das reuniões. É preciso interagir mais com a escola e a comu- nidade poderia ser mais presente, ser voluntá- rios nos programas que desenvolvemos, estar presentes e ver a escola como uma parte impor- tante da vida do seu fi- lho”, lamenta Suzana. O resultado dessa au- sência coletiva são os des- gastes que a escola sofre. Acontecem depredações: roubo de lâmpadas, que- bra de vidros, pixações e pequenas invasões para recolher bolas de futebol, pipas, o que acarreta que- bra de telhas e constantes prejuízos materiais que de- moram a ser repostos. SALAS INTERDITADAS, QUADRA DE ESPORTES INUNDADA Seaformaçãodosalunos fica comprometida quando háfaltadeatençãodacomu- nidade e dos pais para o estudo dos filhos, as coisas ficam ainda mais compli- cadas quando nos depara- mos com con dições pre- cárias para a boa prática do ensino. As instalações elétricas e hidráulicas es- tão sempre em reparos por má conservação ou destruição por parte dos próprios alunos. “Alguns aparelhos elétricos não são ligados por receio de pane, ou curto circuito. A quadra de esportes e as salas de aula sofrem cons- tantes inundações e infil- trações de água nos perí- odos de chuva. Tivemos de interditar a biblioteca e o auditório. A situação é calamitosa. A manuten- ção prestada à escola é apenas paliativa. Soluciona momentaneamente o pro- blema, más “o ideal é que e escola passe por uma re- forma generalizada”, disse a diretora. APOIOS IMPORTANTES A Diretora Suzana Vieira faz questão de prestar seus agradeci- mentos a Guarda Civil Municipal, sempre pre- sente em todos os mo- mentos em que se faz necessário e a AMONP (Associação de Morado- res do Novo Progresso) através do seu presiden- te, Paulinho, que é sem- pre um parceiro da esco- la em vários momentos. O TRABALHO NUNCA PARA Apesar de todos os contratempos relatados pela diretoria do CAIC La- guna, os profissionais da escola se mantém firmes na sua missão de educa- dores e trabalham em di- versos programas de auxí- lio,manutençãoeatenção ao aluno para que ele con- siga enxergar na escola uma forma de mudar e melhorar sua realidade. Conheça alguns projetos realizados na instituição. Importante: todos os pro- jetos e programas são gra- tuitos. Mais informações no próprio CAIC. MAIS EDUCAÇÃO Programa desenvol- vido em conjunto com os Governos Federal e Muni- cipal. Promove oficinas de dança, aprendizado em hortas comunitárias, letra- mento, produção de jor- nal, tutoria e coral. Atende jovens entre 15 e 17 anos. Essa iniciativa é coorde- nada pela professora Geny Martins Miguel. PROJETO FRED TAMBASA Esse trabalho é um programa de parceria en- tre a escola, a ONG Pro- jeto FRED e a TAMBASA, empresa privada que atua em Contagem. As ativida- des realizadas são: oficina de street dance, às segun- das e sextas- feiras de 10h às 11h30. O curso tem du- ração de quatro meses e certifica os participantes e realiza apresentações externas para integrar os alunos nas artes e na cultura. Outro curso ofer- tado no projeto é de in- formática. Está sendo re- alizada uma seletiva de 20 alunos dos turnos da ma- nhã e da tarde para apren- derem noções básicas de operação de programas e outras ferramentas do mundo digital para ini- ciar o aluno no merca- do de trabalho. O curto também terá duração de quatro meses. PROGRAMA 2º TEMPO Este programa é de- senvolvido pela Secretaria Municipal de Esportes e Secretaria Municipal de Educação de Contagem. Ele funciona de segunda á quinta feira de 13h ás 17h e promove ocupações es- portivas e culturais para os alunos permanecerem mais tempo na escola, visando a diminuição da evasão escolar, que pode gerar criminalidade preco- ce nas ruas graças a ociosi- dade dos jovens nas ruas. EJA PRONATEC Curso profissionalizan- te em computação com duraçãode200horas.Rea- lizado pela FUNEC/SEDUC ás terças e quintas-feiras e com certificação reconhe- cida para fins profissionais. A coordenação geral é da professora Maria de Abreu Pereira Moreira. ESCOLA ABERTA Programa coordenado por Siomara Prates Farias, realizado aos sábados de 08h às 16h com realiza- ção de oficinas de esporte, cultura e artes. O objetivo é oferecer o espaço da es- cola para lazer e manter as crianças e jovens longe de drogas e más companhias. Pais e toda a comunidade podem participar do Esco- la Aberta.
  6. 6. 6• Edição 34 • Contagem, Outubro de 2015 A 3ª edição doAÇÃO SOCIAL GOSPEL que contou com o apoio da PMMG através da Banda de Música da PM e da 131ª Cia Major Itabirano com o Pastor Cláudio Rosa e oTenente Murilo Outra atração da PM foi o caminhão Blindado do batalhão de choque, aberto para visitação dos presentes como a apresentação dos cães da Cia Ação promovida pela Igreja Batista Getsêmani Missão Cabral integra comunidade e PM na semana das crianças Linhas 0402 e 0403 têm novo ponto final COMUNIDADE O Jornal Espaço Noticias publicou em sua ediçãodeMarçode2015umadenunciadosmo- radores da rua Xavante sobre a falta de banhei- ro e condições dignas para os motoristas e tro- cadores das linhas 0402 e 0403, no bairro Novo Progresso. Desde então o JEN vem cobrando junto às empresas responsáveis e à Transcon uma solução para o problema. Após várias reuniões e alguns meses de espera, as melhorias e mudanças acontece- ram para beneficiar a população e os traba- lhadores das linhas citadas. Desde o dia 29 de Setembro, o ponto final do 0402 e do 0402 passou a ser na rua Iguaçaba, 205. O local fica na Vila Pérola. A Associação Comunitária dos Moradores do Vila Pérola fez uma parceria com a Transimão, Laguna Auto Ônibus, Ad- ministração Regional Ressaca e Transcon. Essa medida atende uma antiga reivindicação dos moradores da Rua Xavante, antigo ponto fi- nal, que passavam por constrangimentos cau- sados pelos motoristas e trocadores, pois na falta de banheiros faziam suas necessidades na rua, gerando constrangimentos. Essa solução traz melhoras para os mora- dores e melhores condições de trabalho aos funcionários das empresas. O novo ponto fi- nal conta com uma sala com mesas, cadeiras e banheiro. A estrutura atende aos requisitos mínimos de conforto dos motoristas e troca- dores para o descanso entre os intervalos das viagens.OJENseempenhouporestaconquista e sempre estará ao lado da população na bus- ca de soluções para os problemas na região. Denuncias ou sugestões podem ser encami- nhadas para os nossos canais de comunicação: jornalespaconoticias@gmail.com ou www. facebook.com/jornalespaconoticias. A Igreja Batista Getsê- mani Missão Cabral reali- zou no último Sábado dia 10 de Outubro, na Praça do Sol no parque linear do Ressaca, a 3ª edição do AÇÃO SOCIAL GOSPEL que contou com o apoio da Policia Militar de Minas Gerais através da Banda de Música da PM, do Canil e do caminhão Blindado da Tropa de Choque que pesa 21 Toneladas e da 131ª Cia que deu toda a co- bertura necessária para o sucesso da ação. O Pastor Cláudio Rosa fez questão de agradecer a participação de todos, salientando que o movi- mento Ação Social Gospel é a integração da Igreja com a comunidade. Além das atrações trazidas pela PM, foram oferecidos serviços de atendimento médico com medição de pressão arterial, orienta- ção fisioterapia postural, exames de glicemia e orientação jurídica. Para as crianças foram distribuídos balas, piruli- tos, algodão doce, pipoca e também cama elástica onde as crianças pude- ram se divertir. A Banda de música da PM, regi- da pelo Tenente Eleônio abriu o evento propician- do aos amantes da boa música um grande show. Em seguida aconteceu a apresentação dos Cães adestrados para comba- te e repressão ao crime. Ao final as crianças pu- deram tirar fotos ao lado dos cães. A outra atração Após várias reuniões e alguns meses de espera,as melhorias e mudanças aconteceram para beneficiar a população e os trabalhadores das linhas da PM foi o caminhão Blindado do batalhão de choque, aberto para visi- tação dos presentes. O comandante da 131ª Cia de Policia Militar, Major Itabirano e o Sub Comandante tenente Murilo, também estive- ram presentes. O Ação Social Gospel foi en- cerrado com um culto, aberto ao público, minis- trado pelo Pastor Cláudio às 17h. A Igreja Batista Getsemani está localiza- da na Alameda dos Sabi- ás, 125, Bairro Cabral.
  7. 7. Atendimento no Centro de Consultas Especializadas da Ressaca leva até 120 dias SAÚDE Edição 34 • Contagem, Outubro de 2015 • 7 A saúde em Contagem precisa de muitas melho- rias. Entra administração, sai administração e boa parte da população da ci- dade ainda sofre com fra- gilidade no sistema de saú- de, gerando um número cada vez maior de pessoas mal atendidas. As ações que foram criadas para fa- cilitar a vida do cidadão se tornam uma tortura que pode custar a boa saúde da população. Temos um exemplo bem perto de todos nós. Os morado- res da região da Ressaca estão insatisfeitos com o Centro de Consultas Es- pecializadas, que fica no prédio da Regional, na Rua Rodrigues da Cunha, no São Joaquim. Em mé- dia as consultas estão de- morando até 120 dias para conseguir o atendimento. Em alguns casos, podem chegar a 180 dias. É o caso de Wander- son A. Silva, morador da região. Ele relata que sua mãe esta esperando des- de junho de 2015 para atendimento com o geria- tra. Wanderson foi infor- mado que a consulta só deve ser realizada no mês de novembro, quando completará cinco longos meses de espera. “Liguei na central de consultas e eles me informaram que a demora é normal e que o paciente deve aguar- dar até ser comunicado da data. Infelizmente não tem o que fazer, além de esperar e torcer para que saia pelo menos no dia em que marcaram a consul- ta”; lamentou Wanderson. “Alguns pacientes não po- dem aguardar tanto tem- po e acabam procurando atendimento emergencial em outras unidades de saúde”, completou Wan- derson. Na primeira consulta geralmente o médico soli- cita uma série de exames e passa um pedido de re- torno em 30 dias. Só que o retorno extrapola esse prazo e alguns exames solicitados perdem sua validade. Quando ocorre esse fato, o paciente tem derefazertodooprocesso de consulta, novo pedido de exames e contar com a sorte para conseguir reali- zar os trâmites solicitados pelo médico de força ágil. Esses transtornos po- dem sobrecarregar as UPA (Unidades de Pronto Atendimento). Quando o CCE não absorve a deman- da dos pacientes rapida- mente, eles procuram as UPAs para tentar consul- tas criando longas filas e Em alguns casos as consultas são marcadas para até 80 dias TV Assembleia 20 anos A Assembleia de Minas está presente em todo o Estado. Só neste ano, as comissões de deputados já percorreram mais de 60 mil quilômetros, fiscalizando ações, promovendo debates e escutando a opinião dos mineiros. E, mesmo quando a Assembleia não vai até a sua cidade, você pode acompanhar e participar de tudo o que acontece aqui, através do Portal e da TV Assembleia. A emissora, que está comemorando 20 anos, transmite as atividades parlamentares ao vivo e oferece uma programação exclusiva, com notícias, eventos, debates e conteúdo educativo, 24 horas por dia. As nossas portas estão sempre abertas para você. A gente não mede esforços para estar junto de você. Assista à TV Assembleia pelo canal da sua cidade ou pelo portal: almg.gov.br/tv ALMG Timóteo Local foi criado para oferecer à população especialidades médicas de maior complexidade com menor tempo de espera aumento de pessoas para atendimento que não são emergenciais. A função primaz da UPA é de aten- dimento de urgências e emergênciaseoCCEdeve- ria oferecer atendimentos preventivos e tratamen- tos de doenças crônicas de forma eficaz. FALTA DE MATERIAIS NA UPA RESSACA A reportagem do JEN visitou e verificou as condições da UPA Ressa- ca e observou que além do grande número de ocorrências diárias que sobrecarregam os fun- cionários do local, há problemas com higie- ne e falta de material adequado. Há falta de materiais de limpeza e higiene pessoal. Apura- mos que funcionários têm que trazer materiais de higiene de casa, pois faltam artigos essenciais na UPA Ressaca. A re- portagem do JEN entrou em contato com a coor- denaria do CCE e até o fe- chamento desta edição, ainda não havia se mani- festado sobre os atrasos na marcação e atendi- mento à população. AM RO G R U P O
  8. 8. 8• Edição 34 • Contagem, Outubro de 2015 ESPORTES Futgol inaugura unidade em Contagem Contando com estrutura de treina- mento avançada, unidade oferece aulas de Futebol para crianças a partir de 3 anos, treinamento de goleiros, exercícios funcionais para adultos, preparação Física, além de possuir equipes de futebol de alto rendimento. Fundada no final de agosto de 2015, o Centro de Formação de Atletas Futgol ou simplesmente CFA Futgol desperta interesse em crianças e adultos pela se- riedade demonstrada até aqui, bem como a estrutura de treina- mentos apresentada dispondo de material de trabalho avança- do e professores capacitados, formados e acostumados a trabalhar com crianças. Unida- de oferece aula experimental gratúita para comprovação do que apresentam. O Futgol Baby, como é chamada aula para alunos de 3 a 6 anos tem sido sucesso absoluto. Meninada demonstra capacidade muito grande de assimilar atividades e brincam duran- te toda aula, objetivo maior para esta idade, buscando iniciação esportiva através da diversão. Entrega de uniformes foi muito in- teressante. Pareciam verdadeiros jogadores, escolhendo números e fazendo comparações com astros do futebol mundial. Será que desta turminha vão aparecer futuros Neymares, Messis, Robbens ou Cristianos Ronaldos??? Aula Funcional e preparação física tem sido sucesso absoluto na unidade. Prati- cada por homens e mulheres, sem idade pré definida, que buscam voltar à prática esportiva ou aperfeiçoar condicionamen- to físico. Alunos tem elogiado trabalho e conquistado resultados surpreenden- tes. Um deles chegou a perder 8kg em menos de 2 meses de aula. A BANDA LARGA QUE VOCÊ SEMPRE QUIS PRA SUA CASA 10 MEGA (*) Oferta válida para os planos de 10Mbps (Megabits) de download e 1Mbps (Megabit) de upload, com taxa de instalação de R$ 99,90 à vista. Após o terceiro mês a mensalidade do serviço será de R$ 89,90 com fidelidade mínima de 12 meses. (31) 2567.6303 ASSINE JÁ! Instalação empresarial sujeita à viabilidade técnica.acesse o nosso site: www.gln.net.br POR R$ 59,90* +modem wi-fi grátis Suporte Especializado 24 horas Rede 100% fibra óptica Banda 100% Garantida CONEXÕES INTELIGENTES PARA SUA EMPRESA SAIR NA FRENTE! LIGUE AGORA INTERNET FULL COM FIBRA ÓPTICA PARA EMPRESAS (31) 2567.6303 Nova unidade esta localizada no bairro São Joaquim, na Av. Alterosa

×