Figuras de linguagem

1.800 visualizações

Publicada em

Slide criado para as aulas da disciplina de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira do Colégio Estadual Orlando Spínola, Cândido Sales, Bahia, Brasil.

1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.800
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
57
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
89
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Figuras de linguagem

  1. 1. FIGURAS DE LINGUAGEMExistem diferentes possibilidades deusar a linguagem para expressarmos simbolicamente o que sentimos.
  2. 2. COMPARAÇÃOMETÁFORAMETONÍMIA EUFEMISMO IRONIA GRADAÇÃOPERSONIFICAÇÃOANTÍTESEHIPÉRBOLE
  3. 3. ComparaçãoElementos são aproximados por meio determos específicos (como, feito, talqual, assim como, tal, qual, etc...)
  4. 4. Minha dor é inútilComo uma gaiola numa terra onde nãohá pássaros. • Fernando Pessoa
  5. 5. A chuva cai como lágrimas.A mocidade é como uma flor.Eu faço versos como quem chora. (M. Bandeira)Tal qual o sol teu olhar brilha.
  6. 6. •Metáfora• Transferência de um termo para um contexto que não lhe é próprio.
  7. 7. “O circo era um balão aceso, com música e pastéis na entrada.” Assim como o circo, o balão é arredondado e iluminado por dentro.
  8. 8. Metonímia• Uma palavra é usada no lugar de outra, pois há entre elas uma contiguidade de sentidos.
  9. 9. “ O bonde passa cheio de pernas:Pernas brancas pretas amarelas.Para que tanta perna, pergunta meu coração”. Carlos Drummond de Andrade
  10. 10. Ele é bom de garfo. (instrumento utilizado para comer)Conseguiu sucesso com determinação e suor. (trabalho)Ler Guimarães Rosa é um projeto desafiador. (a obra)
  11. 11. Bebeu só dois copos e já saiucambaleando. (a bebida)
  12. 12. Personificação /Prosopopeia • Atribui a objetos inanimados, seres irracionais ou imaginários sentimentos ou ações próprias dos seres humanos.
  13. 13. BALADA DE LÔKU, O ORIXÁ DA FORÇA E DA SABEDORIA• “[...]• Não basta a aurora e sua mensagem rubra• Pra que este amor marcado se descubra• E seja mais amor dentro da morte[...] (Jehová de Carvalho – poeta baiano)
  14. 14. MEMÓRIA DA CHUVA“[...]e as nuvens se esgarçarame o azul foi alagandoo céu,e o açude respiravaSerenamente [...]” (Ruy Espinheira Filho – poeta baiano)
  15. 15. Dos cantos de sagitário 15“Meu poema está nas ruas, tomando cervejaNos bares pulando carnavais, pulando abismos [...]” (Roberval Peryr – poeta baiano do século XX)
  16. 16. Antítese• Contraste ou oposição de duas palavras ou ideias.
  17. 17. PARADOXO Reunião de ideais contraditórias e aparentemente inconciliáveis, num pensamento, o que nos leva aexpressar uma verdade com aparência de mentira.
  18. 18. • Amor é fogo que arde sem se ver; É ferida que dói e não se sente; É um contentamento descontente; É dor que desatina sem doer;• É um não querer mais que bem querer; É solitário andar por entre a gente; É nunca contentar-se de contente; É cuidar que se ganha em se perder;
  19. 19. É querer estar preso por vontade;É servir a quem vence, o vencedor;É ter com quem nos mata lealdade.Mas como causar pode seu favorNos corações humanos amizade,Se tão contrário a si é o mesmo Amor?Luís de Camões (1524-1580)
  20. 20. HIPÉRBOLE• Expressar ideia de forma exagerada.
  21. 21. • “Já falei mil vezes que te amo."• “Vai passar um ônibus pro Inferno, mas não passa pra cidade”.• “Faz umas dez horas que eu estou na fila."• “Já faz séculos que espero uma resposta."
  22. 22. EUFEMISMO• Dizer, de maneira suave, algo que poderia melindrar o receptor.
  23. 23. IRONIA• Visando realçar um pensamento, diz-se o contrário do que se desejaria dizer. Funciona como eficiente recurso de crítica.
  24. 24. GRADAÇÃO• Disposição de ideias • “Surpreso, admira o formando uma seu porte, sentindo-se progressão vivo, o maior, o ascendente ou invencível.” descendente. • “Um grito, um gemido, um sussurro, nada quebrava o silêncio daquele lugar

×