O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Figuras de linguagem

386 visualizações

Publicada em

Conceitos básicos sobre algumas figuras de linguagem. Com músicas.

Publicada em: Educação
  • Entre para ver os comentários

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Figuras de linguagem

  1. 1. Figuras de Linguagem PROFESSORA ANA LÚCIA MOURA NEVES
  2. 2. Recordando conceitos... Informar Registrar Instruir Ensinar Aconselhar Opinar ... Texto não- literário Palavras polivalentes; Efeitos estéticos; Várias interpretações. Texto literário
  3. 3. Observe o poema de Adélia Prado: Impressionista Comecemos pelo título: O que é impressão? O que é impressionar? Uma ocasião, meu pai pintou a casa toda de alaranjado brilhante. Por muito tempo moramos numa casa, como ele mesmo dizia, constantemente amanhecendo. O que é arte impressionista? Conhece Monet, Manet, Degas ou Renoir? Pierre-Auguste Renoir. O Sena perto de Asnièrs, 1879
  4. 4. Construindo sentidos... via sem saída via bem via aqui via além não via o trem via sem saída via tudo não via a vida via tudo que havia não via a vida a vida havia. Via sem saída – Paulo Leminski Podem ser feitas várias interpretações?
  5. 5. Figura de linguagem Representação, desenho, ilustração. Recurso estilístico que embeleza; enfatiza; dá mais originalidade; desperta emoções; cria sensações... Observe a diferença: Aline Vulcão A mulher que era alvoroçada e alvoroçadora, que causava medo e fascínio ao mesmo tempo e que, se explodisse, acabava com tudo, mas ainda assim era linda...
  6. 6. Existem várias figuras de linguagem Veremos as seguintes: Comparação; Metáfora; Metonímia; Antítese; Paradoxo; Eufemismo; Prosopopeia; Sinestesia; Hipérbole; Onomatopeia; Anáfora; Aliteração; Assonância.
  7. 7. Comparação a dutra e seu rio – Frederico Barbosa o paraíba se enrosca como cobra acompanha fiel e tonto como cão revela-se em dobras como ventre amplifica o caminho como lente arrasta atrasa o tempo como não Como uma deusa Você me mantém E as coisas que você me diz Me levam além O amor e o poder - Rosana
  8. 8. Metáfora Meu coração é um almirante louco Que abandonou a profissão do mar E que vai relembrando pouco a pouco Em casa a passear, passear... ideia a ser definida ideia subjetiva com que se relaciona metáfora Imagem resultante coração almirante louco almirante louco a passear, passear Eu vou passar cerol na mão Vou cortar você na mão Vou aparar pela rabiola Vou trazer você pra mim Cerol na mão – Bonde do tigrão
  9. 9. Metonímia E assim o operário ia Com suor e com cimento Erguendo uma casa aqui Adiante um apartamento Vinícius de Moraes
  10. 10. Antítese À instabilidade das coisas do mundo Nasce o sol, e não dura mais que um dia Depois da luz se segue a noite escura Em tristes sonhos morre a formosura, Em contínuas tristezas a alegria. [...] Gregório de Matos Sou o começo e o fim O que há de bom e ruim Um pedaço de ti Forçado a se reprimir Danse Macabre - Scalene
  11. 11. Paradoxo Tic-Tac – Hermes Fontes Este Amor, que, afinal é minha vida e que será, talvez, a minha morte, amor que me acalora e me intimida, que me põe fraco quando me põe forte; este Amor, que é um broquel e é uma ferida, vai decidir, por fim, a minha sorte. Eu tenho andado tão calado No meu canto conversando Com minha solidão Muito romântico – Maurício Mattar
  12. 12. Eufemismo Amar – Florbela Espanca E se um dia hei de ser pó, cinza e nada Que seja a minha noite uma alvorada, Que me saiba perder... Para me encontrar... Mas o tempo cercou minha estrada E o cansaço me dominou Minhas vistas se escureceram E o final da corrida chegou Estrada da vida – Milionário e José Rico
  13. 13. Prosopopeia (ou Personificação) Poema de sete faces Carlos Drummond de Andrade [...] As casas espiam os homens Que correm atrás das mulheres A tarde talvez fosse azul Não houvesse tantos desejos [...]
  14. 14. Sinestesia Uma fada invisível desceu ali e me disse em voz igualmente macia e cálida: “Tu serás feliz, Bentinho; tu vais ser feliz”. Trecho de Dom Casmurro, de Machado de Assis
  15. 15. Hipérbole [...] Rios te brotarão dos olhos, se chorares! E se, em torno do teu corpo, encantador e nu, Tudo morrer, que importa? A Natureza és tu, Agora que és mulher, agora que pecaste! [...] A alvorada do amor – Olavo Bilac Ser teu pão, ser tua comida Todo o amor que houver nessa vida Cássia Eller
  16. 16. Anáfora Ladainha – Cassiano Ricardo Por se tratar de uma ilha deram-lhe o nome De ilha de Vera Cruz Ilha cheia de graça Ilha cheia de pássaros Ilha cheia de luz [...] Quando não tinha nada, eu quis Quando tudo era ausência, esperei Quando tive frio, tremi Quando tive coragem, liguei À primeira vista – Daniela Mercury
  17. 17. Onomatopeia Chuva – Luísa Ducla Soares Cai a chuva, ploc, ploc Corre a chuva, ploc, ploc Como um cavalo a galope. Enche a rua, plás, plás Esconde a lua, plás, plás E leva as folhas atrás. Pega a metralhadora Trá, trá, trá, trá, trá As que comandam vão no trá, trá, trá, trá Paredão Metralhadora – Vingadora
  18. 18. Aliteração Violões que choram Cruz e Sousa [...] Vozes veladas, veludosas vozes, Volúpias dos violões, vozes veladas, Vagam nos velhos vórtices velozes Dos ventos, vivas, vãs, vulcanizadas. [...] Chove chuva Chove sem parar Chove chuva – Jorge Ben Jor
  19. 19. Assonância Ana de Amsterdam – Chico Buarque Sou Ana das loucas Até amanhã Sou Ana Da cama, da cana, fulana, sacana Sou Ana de Amsterdam Teus lábios são labirintos Que atraem meus instintos mais sacanas O teu olhar sempre distante, sempre me engana Eu entro sempre na tua dança de cigana É o fim do mundo todo dia da semana Refrão de bolero – Engenheiros do Hawaii
  20. 20. Tarefa de casa Ouça e leia a música “Pedra, flor e espinho”, do Barão Vermelho e identifique todas as figuras de linguagem presentes nela. Obs.: Trabalhe com a versão dessa música que está no álbum “Balada-MTV”

×