<ul><li>Núcleo Gerador: Identidade e  Alteridade </li></ul><ul><li>Domínio de referência  4  </li></ul><ul><li>Relacionar ...
Biografia de  Barack Obama “ Yes, We Can”
<ul><li>  Barack Hussein Obama Jr. nasceu a 4 de Agosto de 1961, em Honolulu, Havai. Sua mãe, Ann Dunham (mulher branca na...
Barack Obama, pouco depois de ter sido eleito o primeiro presidente afro-americano da Harvard Law Review em 1990, ( revist...
<ul><li>Na sua autobiografia de 1996, &quot;Dreams from My Father&quot;, Obama revelou que durante a adolescência e na fac...
<ul><li>A retórica de OBAMA parece uma conversa descontraída entre amigos. O seu público é essencialmente democrata mas el...
<ul><li>Em 1992, Obama casou-se com Michelle Robinson, uma veterana da Harvard Law, que conheceu na firma de advocacia de ...
Em 2004, Barack Obama apresenta resoluções na Corrida da Vitória dos Eleitores da Liga de Conservação, em Boston Ele é vis...
<ul><li>Ética, Moralidade e Veteranos </li></ul><ul><li>Questões Éticas e Morais </li></ul><ul><li>Em 2005, Obama votou a ...
<ul><li>Meio ambiente </li></ul><ul><li>Em 2005, votou a favor de uma emenda rejeitada que procurava melhorar a eficiência...
Imigração e Saúde Obama também votou pela construção da Cerca de Segurança, em 2006 , e aprovou US$ 1,2 bilhões para a con...
<ul><li>Em 4 de Novembro de 2008 o senador Barack Obama (Partido Democrata) tornou-se o primeiro negro a ser eleito presid...
<ul><li>Presidente dos Estados Unidos recebe prémio a  meio de uma guerra </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>O presiden...
Alguns dos principais trechos do discurso do presidente dos Estados Unidos Barack Obama, quando aceitou formalmente  o Pré...
<ul><li>* &quot;Eu entendo por que a guerra não é popular. Mas também sei de uma coisa: a crença de que a paz desejável é ...
<ul><li>* &quot;Nós perdemo-nos quando comprometemos os ideais que lutamos para defender. E nós honramos esses ideais cons...
<ul><li>* &quot;A coragem e o sacrifício do soldado são cheios de glória, expressando devoção ao país, à causa e aos compa...
<ul><li>Bibliografia </li></ul><ul><li>[fonte: USA Today] </li></ul><ul><li>[fonte: CNN, Fox News] </li></ul><ul><li>[font...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Biografia de barack_obama

1.107 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Biografia de barack_obama

  1. 1. <ul><li>Núcleo Gerador: Identidade e Alteridade </li></ul><ul><li>Domínio de referência 4 </li></ul><ul><li>Relacionar Património Comum da Humanidade com interdependência e Solidariedade </li></ul><ul><li>Tema: </li></ul><ul><li>Identidades e Patrimónios Culturais </li></ul>
  2. 2. Biografia de Barack Obama “ Yes, We Can”
  3. 3. <ul><li> Barack Hussein Obama Jr. nasceu a 4 de Agosto de 1961, em Honolulu, Havai. Sua mãe, Ann Dunham (mulher branca nascida no Kansas e filha de um veterano da 2ª Guerra Mundial) e seu pai Barack Obama (um queniano negro, filho de um pastor de cabras), conheceram-se enquanto se matriculavam na Universidade do Havai. </li></ul><ul><li>Divorciaram-se quando o filho ainda era criança. Depois disso, o pai trocou o Havai por Harvard e regressou para o Quénia, onde trabalhou como economista de uma consultora de petróleo. </li></ul>
  4. 4. Barack Obama, pouco depois de ter sido eleito o primeiro presidente afro-americano da Harvard Law Review em 1990, ( revista criada em 1887 por um grupo de estudantes da Harvard Law School, nos EUA).
  5. 5. <ul><li>Na sua autobiografia de 1996, &quot;Dreams from My Father&quot;, Obama revelou que durante a adolescência e na faculdade experimentou alguns tipos de drogas . </li></ul><ul><li>Quando Steve Kroft, do &quot;60 Minutes&quot;, perguntou se ele estava arrependido em assumir tal acto Obama respondeu: &quot;Não. Você sabe, não estou”. </li></ul><ul><li>No entanto, em 2007, iniciou a sua primeira tentativa de parar de fumar após prometer à esposa que trocaria o tabaco por chicletes de nicotina para acabar com o vício. </li></ul><ul><li>Após a formatura em Columbia, em 1985, mudou-se para Chicago. Lá, começou a envolver-se com grupos não-lucrativos da igreja que forneciam habitação e apoio às famílias pobres da cidade. </li></ul><ul><li>Depois, foi para a Universidade de Direito de Harvard onde supervisionava um jornal mensal direccionado aos estudantes. Publicava cerca de 2.000 páginas por edição. </li></ul><ul><li>Nessa Universidade acabou o Doutoramento em 1991. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>A retórica de OBAMA parece uma conversa descontraída entre amigos. O seu público é essencialmente democrata mas ele cultiva os eleitores independentes e também os republicanos insatisfeitos. Nunca fala do próprio partido. Também não se apresenta como um candidatado negro nem se apresenta como herdeiro dos movimentos de direitos civis. O tom é de quem não tem medo das próprias opiniões e que, nesses encontros, permite-se momentos de transparência absoluta. Embora fique de pé, e caminhe de um lado para outro no palco, discursa como se estivesse sentado à frente de cada pessoa da plateia. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Em 1992, Obama casou-se com Michelle Robinson, uma veterana da Harvard Law, que conheceu na firma de advocacia de Chicago onde trabalhava. </li></ul><ul><li>Em 1998, o candidato juntou-se ao United Church of Christ de Chicago, apesar de ter sido criado fora da religião da mãe, a qual ele descreveu como sendo uma &quot;testemunha solitária de um humanismo secular&quot;. Pouco tempo depois, em 1999, nasceu a sua primeira filha Mahalia e, em 2001, nasceu a sua segunda filha, Natasha. </li></ul><ul><li>Além de praticar a advocacia, Obama também actuou como orador júnior sobre as leis, na Universidade de Direito de Chicago e, para a lém de &quot;Dreams from My Father,&quot; Obama também publicou, em 2006, o bestseller &quot;The Audacity of Hope&quot;. </li></ul>
  8. 8. Em 2004, Barack Obama apresenta resoluções na Corrida da Vitória dos Eleitores da Liga de Conservação, em Boston Ele é visto com simpatia entre os trabalhadores e com hostilidade por parte das empresas. O sistema de saúde, a diplomacia e o fim da guerra do Iraque estão entre as suas maiores preocupações. Ele é a favor do desarmamento nuclear, da diplomacia com o IRA e defende a escolha pessoal no debate sobre o aborto. Durante a sua campanha Barack Obama tentou convencer os eleitores do que ele realmente representa “mudança”.
  9. 9. <ul><li>Ética, Moralidade e Veteranos </li></ul><ul><li>Questões Éticas e Morais </li></ul><ul><li>Em 2005, Obama votou a favor de uma proposta (rejeitada) que previa a expansão do financiamento do planeamento familiar e o acesso ao controlo da natalidade. </li></ul><ul><li>Em 2006, Obama votou a favor de uma proposta (aprovada) que permitia que fundos federais fossem utilizados em pesquisas com células-tronco embrionárias. </li></ul><ul><li>Votou contra uma emenda Constitucional que daria ao Congresso o poder de punição à queima da bandeira , em 2006. </li></ul><ul><li>Também em 2006, votou contra a proposta de emenda à Constituição que incluía a definição de casamento como a &quot;união de um homem e de uma mulher&quot;. </li></ul><ul><li>Votou a favor da criação da “Liga para a Prevenção de Crimes de Ódio”, em 2007, que inclui crimes praticados baseados nas orientações sexuais das vítimas. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Meio ambiente </li></ul><ul><li>Em 2005, votou a favor de uma emenda rejeitada que procurava melhorar a eficiência do combustível automóvel. </li></ul><ul><li>Obama votou a favor da Eficiência Energética de 2007, aprovada na votação do Senado mas, não votou na emenda rejeitada que teria limitado o crédito de taxas para propriedades que fornecessem energia eólica. </li></ul><ul><li>Neste ano, votou contra manter os níveis dos orçamentos actuais para os créditos de taxas da electricidade produzida por recursos renováveis até 2012 </li></ul>
  11. 11. Imigração e Saúde Obama também votou pela construção da Cerca de Segurança, em 2006 , e aprovou US$ 1,2 bilhões para a construção da mesma ao longo dos 1.120 km existentes entre a fronteira EUA/México Também em 2007, votou a favor de uma proposta (rejeitada) para uma compreensiva reforma da imigração ,que previa o aumento da segurança nas fronteiras dos Estados Unidos, introduzia programas de vistos para empregados convidados e de caminhos para a cidadania para imigrantes que já residissem no país Em 2007, Obama votou a favor de uma proposta que restringia o tráfego de camiões comerciais do México, nas zonas comerciais da fronteira
  12. 12. <ul><li>Em 4 de Novembro de 2008 o senador Barack Obama (Partido Democrata) tornou-se o primeiro negro a ser eleito presidente dos EUA. &quot;Se há por aí alguém que ainda duvida que a América seja um lugar onde todas as coisas são possíveis&quot;, disse Obama no seu discurso de vitória, &quot;esta noite é a sua resposta.&quot; </li></ul><ul><li>A votação popular mostrou o país dividido, com 62,2 milhões de votos (52% do total) para Obama Só que no colégio eleitoral Obama ganhou de lavada. Ele ficou com 338 votos (estimativa), 68 a mais que o necessário para se tornar presidente. Além de vencer em todos os Estados que tinham votado pelos democratas em 2004, Obama conseguiu tirar aos republicanos pelo menos 7 Estados - entre eles a Florida, Ohio e Virgínia (Estado em que um democrata não vencia desde 1964). </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Presidente dos Estados Unidos recebe prémio a meio de uma guerra </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que já assinou o livro dos agraciados com o prémio Nobel da Paz ao lado de sua mulher, Michelle, na quinta-feira 10 de Dezembro, no local da cerimónia de entrega do galardão na capital da Noruega, Oslo. </li></ul>
  14. 14. Alguns dos principais trechos do discurso do presidente dos Estados Unidos Barack Obama, quando aceitou formalmente  o Prémio Nobel da Paz <ul><li>* &quot;Comparado a alguns gigantes da história que receberam este prémio... minhas realizações são mínimas&quot;. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>* &quot;A questão mais profunda acerca de minha aceitação deste prémio é o facto de eu ser o comandante-chefe de uma nação no meio de duas guerras&quot;. </li></ul>
  15. 15. <ul><li>* &quot;Eu entendo por que a guerra não é popular. Mas também sei de uma coisa: a crença de que a paz desejável é raramente alcançada. A paz requer responsabilidade. A paz implica sacrifício. É por isso que a NATO continua a ser indispensável. É por isso que devemos fortalecer as Nações Unidas e as forças de paz regionais, e não deixar a tarefa para alguns poucos países&quot;. </li></ul>
  16. 16. <ul><li>* &quot;Nós perdemo-nos quando comprometemos os ideais que lutamos para defender. E nós honramos esses ideais conservando-os não apenas quando é fácil, mas quando é difícil&quot;. </li></ul><ul><li>* &quot;O mundo deve se unir para confrontar as mudanças climáticas. Há pouca controvérsia científica sobre o facto de que, se nada fizermos, enfrentaremos mais seca, mais fome e deslocamentos em massa que gerarão mais conflitos por décadas&quot;. </li></ul>
  17. 17. <ul><li>* &quot;A coragem e o sacrifício do soldado são cheios de glória, expressando devoção ao país, à causa e aos companheiros de armas. Mas a guerra em si nunca é gloriosa, e nós jamais devemos exaltá-la dessa forma&quot;. </li></ul>
  18. 18. <ul><li>Bibliografia </li></ul><ul><li>[fonte: USA Today] </li></ul><ul><li>[fonte: CNN, Fox News] </li></ul><ul><li>[fonte: CNN] </li></ul><ul><li>[fonte: The Washington Post] </li></ul><ul><li>[fonte: U.S. Senate] </li></ul><ul><li>[fonte: Project Vote Smart] </li></ul><ul><li>[fonte: ABC News]. </li></ul><ul><li>[fonte: Barack Obama.com] </li></ul><ul><li>[fonte: Chicago Sun-Times] </li></ul><ul><li>[fonte: Harvard Law Review] </li></ul><ul><li>[fonte: Religião e Política] </li></ul><ul><li>[fonte: Universidade de Chicago] </li></ul><ul><li>[fonte: CBS News] </li></ul><ul><li>Trabalho elaborado Por: Paulo Ribeiro </li></ul>

×