O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas EscolaresMetodologias de Operacionalização (Conclusão)<br />Os Domínios da Auto...
A Auto AvaliaçãO Da Be E A AvaliaçãO Externa
A Auto AvaliaçãO Da Be E A AvaliaçãO Externa
A Auto AvaliaçãO Da Be E A AvaliaçãO Externa
A Auto AvaliaçãO Da Be E A AvaliaçãO Externa
A Auto AvaliaçãO Da Be E A AvaliaçãO Externa
A Auto AvaliaçãO Da Be E A AvaliaçãO Externa
A Auto AvaliaçãO Da Be E A AvaliaçãO Externa
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A Auto AvaliaçãO Da Be E A AvaliaçãO Externa

347 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
347
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Auto AvaliaçãO Da Be E A AvaliaçãO Externa

  1. 1. O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas EscolaresMetodologias de Operacionalização (Conclusão)<br />Os Domínios da Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares e o Quadro de Referência para a Avaliação de Escolas e Agrupamentos<br />A Formanda:<br />Ana Maria Palma<br />Dezembro de 2009<br />INTRODUÇÃO<br />A Avaliação Externa da Inspecção-Geral de Educação organiza o seu processo tendo como suporte um Quadro de Referência que se inicia com a apresentação da Escola/Agrupamento no seu conjunto e na qual devem ser referidas todas as estruturas que compõem a escola, nomeadamente a Biblioteca Escolar por ser, entre outros aspectos, uma estrutura pedagógica fulcral na vida e dinâmica deste contexto escolar. Relativamente à tarefa solicitada apesar de exigir o cruzamento de informações, entre os Campos e Tópicos estabelecidos para a IGE e a Auto-Avaliação das BEs, depois de ter lido os documentos sugeridos, pareceu-me que o cruzamento de informação resultante dos dois modelos ficaria mais clara se pegasse nos domínios do Modelo de Auto-Avaliação das BEs e nos domínios e respectivo quadro de referência da Avaliação Externa de Escolas e Agrupamentos. Pegando também nos Relatórios de Avaliação Externa verifiquei que estes apesar de fazerem no início uma pequena caracterização do agrupamento, apresentam os resultados da avaliação, organizados, igualmente, por domínios. Daí a minha opção por apresentar o trabalho desta forma. Devo salientar que a realização deste quadro permitiu-me ver como é que se cruzam os dois modelos e por consequência onde é que cada um dos aspectos da Auto-Avaliação das BEs pode estar presente na Avaliação Externa da IGE. Devo salientar também que há uma articulação válida, objectiva e coerente entre a Auto-Avaliação da BE com os Campos/Domínios da IGE. <br />Os Domínios da Auto-Avaliação da BE e o Quadro de Referência estabelecido pela IGE no âmbito da Avaliação Externa<br />DOMÍNIOS1.Resultados2.Prestação do Serviço Educativo3.Organização e Gestão Escolar4.Liderança5.Capacidade de Auto-Regulação e Melhoria do AgrupamentoA. Apoio ao Desenvolvimento CurricularA.1 Articulação Curricular da BE com as Estruturas de Coordenação Educativa e Supervisão Pedagógica dos DocentesA.2 Promoção das Literacias da Informação, Tecnológica e Digital- A utilização da BE é rentabilizada pelos docentes no âmbito das suas actividades lectivas, desenvolvidas em parceria ou de forma autónoma.- Os alunos utilizam, de acordo com o seu ano/ciclo de escolaridade, linguagens, suportes, modalidades de recepção e de produção de informação e formas de comunicação variadas.- Os alunos incorporam no seu trabalho as diferentes fases do processo de pesquisa e tratamento de informação.- A BE contribui para o enriquecimento do trabalho de estudo, acompanhamento/apoio ao estudo.- A BE colabora com os docentes na concretização das actividades curriculares desenvolvidas no espaço BE ou tendo por base os seus recursos.- A BE participa com os docentes em actividades de sala de aula, quando solicitado.- A BE é rentabilizada pelos docentes em actividades relacionadas com as ACNC ou outros projectos disciplinares de carácter multidisciplinar, desenvolvidos em parceria ou de forma autónoma.- A BE trabalha com os serviços especializados de apoio educativo, desenvolvidos em parceria ou de forma autónoma. - A BE organiza actividades de formação de utilizadores.-A BE promove o ensino em contexto de competências de informação.- A BE participa no PTE e no plano das TIC, promovendo o ensino de competências tecnológicas e digitais.- A BE apoia os docentes no desenvolvimento de outros Programas e projectos (PNL, PNEP, PAM, Educ. para a Saúde, para a Cidadania, outros.- A BE divulga os materiais que produz através sites, Web, blogs, plataformas ou outros instrumentos de difusão.- A BE está plenamente integrada no Agrupamento, através da disponibilização de espaços, recursos e actividades e no plano de OTE.- O PAA da BE inclui actividades de apoio curricular a turmas/grupos/alunos.- A BE colabora no planeamento e realização de actividades de substituição desenvolvidas no contexto do plano OTE.- A BE é rentabilizada em actividades de estudo, leitura e pesquisa orientada, clubes, uso das TIC ou outras actividades de substituição relacionadas com a OTE.- A BE Integra o PE, o RI e os PAA do Agrupamento.- A BE colabora com as estruturas de coordenação educativa e supervisão pedagógica do Agrupamento: . Faz parte do Conselho Pedagógico. Colabora com os Departamentos curriculares/áreas disciplinares. Colabora com os docentes responsáveis pelas Áreas Curriculares Não Disciplinares. Apoia os docentes responsáveis pela Educação Especial. Colabora com os Coordenadores de estabelecimento- O Plano de Acção da BE reflecte os princípios orientadores do PE, integrando-se na política educativa da Escola/Agrupamento e integra o novo modelo de auto-avaliação das BEs- A BE Faz registos de utilização da BE.- A BE faz estatísticas de utilização da BE.- A BE faz o levantamento de sugestões com vista à planificação e ao melhoramento das suas actividades no âmbito do desenvolvimento curricular. - A BE recolhe as opiniões dos docentes e alunos através da aplicação de questionários com intuito de avaliar a sua acção ao nível do apoio e da articulação curricular.- A BE reflecte sobre os resultados e identifica os pontos fortes e fracos, bem como os constrangimentos e as oportunidades de melhoria.B. Leitura e Literacias- Os alunos usam o livro e a BE para ler de forma recreativa, para se informar ou para realizar trabalhos escolares.- Os alunos de acordo com o seu ano/ciclo de escolaridade, manifestam progressos nas competências de leitura, lendo mais e com maior profundidade.- Os alunos desenvolvem trabalhos onde interagem com equipamentos e ambientes informacionais variados, manifestando progressos nas suas competências no âmbito da leitura e da literacia.- Os alunos participam activamente em diferentes actividades associadas à promoção da leitura: clube de leitura, jornal escolar, etc. - A BE incentiva o empréstimo domiciliário.- A BE disponibiliza uma colecção variada e adequada aos gostos e interesses de informação dos utilizadores.- A BE está informada relativamente às linhas de orientação e actividades propostas pelo PNL e desenvolve as acções implicadas na sua implementação. - A BE desenvolve actividades no âmbito da promoção da leitura e de outras actividades que associam formas de leitura, de escrita e de comunicação em diferentes ambientes e suportes.- A BE explora contextos inter e transdisciplinares e associa um conjunto diversificado de actividades à leitura com o objectivo de desenvolver a oralidade, a escrita e as restantes literacias associadas ao acto de ler.- A BE incentiva a leitura informativa, articulando com os departamentos curriculares no desenvolvimento de actividades de ensino e aprendizagem ou em projectos e acções que incentivem a leitura- A BE promove encontros com escritores ou outros eventos culturais que aproximem os alunos dos livros ou de outros materiais/ambientes e queincentivem o gosto pela leitura.- A BE incentiva a leitura emambientes digitais explorando as possibilidades facultadas pela WEB.- A BE apoia os alunos nas suas escolhas e conhece as novidades literárias e de divulgação que melhor se adequam aos seus gostos.- A BE incentiva a leitura informativa, com fins recreativos ou direccionada a projectos ou actividades formativas ou curriculares.- A BE toma em consideração aquando do planeamento da sua actividade no domínio da leitura e literacias as linhas orientadoras do PE e PC da escola/agrupamento.- A BE promove o diálogo com os docentes no sentido de garantir um esforço conjunto para que o desenvolvimento de competências de leitura, estudo e investigação seja adequadamente inserido nos diferentes currículos e actividades.- A BE dialoga com os alunos com vista à identificação de interesses e necessidades no campo da leitura e da literacia.- A BE define um plano integrado de actividades com vista ao melhoramento dos índices de leitura, apresentando sugestões para a promoção da leitura- A BE envolve a família em projectos ou actividades na área da leitura. - Realiza uma gestão integrada da documentação e do trabalho no âmbito dos serviços da biblioteca. - A BE está ao serviço da promoção da leitura na escola/agrupamento- A BE está integrada nas estratégias de leitura ao nível da escola/agrupamento- A BE apoia e incentiva o desenvolvimento do PNL e/ou de outros projectos e actividades na escola/agrupamento.- A BE promove a articulação da leitura com diferentes domínios curriculares, com os departamentos /docentes e com a BM ou outras instituições.- A BE identifica novos públicos e adequa a colecção e as práticas às necessidades desses públicos (CEF, EFA, CNO, outros)- O Plano de Acção da BE reflecte os princípios orientadores do PE, integrando-se na política educativa da Escola/Agrupamento e integra o novo modelo de auto-avaliação das BEs- A BE faz registos de requisição, e de uso dos recursos relacionados com a leitura.- A BE realiza avaliações periódicas da colecção, no sentido de identificar eventuais limitações.- A BE faz estatísticas de utilização informal.- A BE faz estatísticas de utilização da BE para actividades de leitura programada/articulada com outros docentes.- A BE faz registos de reuniões/contactos.- A BE faz registos de actividades/projectos.- A BE recolhe as opiniões dos docentes, alunos e pais/EE através da aplicação de questionários com intuito de avaliar a sua acção ao nível da leitura e literacias.- A BE reflecte sobre os resultados e identifica os pontos fortes e fracos, bem como os constrangimentos e as oportunidades de melhoria.C. Projectos, Parcerias e Actividades Livres e de Abertura à ComunidadeC.1Apoio a actividades livres, extra-curriculares e de enriquecimento curricularC.2 Projectos e Parcerias-Os alunos praticam técnicas de estudo variadas: exploram informação de diferentes tipos de documentos, tomam notas…produzem e editam trabalhos escritos recorrendo ao uso do computador e da internet.- Os alunos desenvolvem hábitos de trabalho e aprendem a organizar a sua própria aprendizagem, revelando uma progressiva autonomia na execução das tarefas escolares.- A BE fomenta a aquisição e desenvolvimento de métodos de trabalho e de estudo autónomos pelos alunos, proporcionando um horário de funcionamento contíguo e alargado. - A BE oferece um conjunto de actividades visando a utilização criativa dos tempos livres dos alunos, permitindo-lhes desenvolver a sensibilidade estética e o gosto e interesse pelas artes, ciências e humanidades.- A BE disponibiliza uma boa colecção na área da literatura infantil/juvenil, jogos educativos, música e filmes.- A BE planeia com os responsáveis de AEC, sempre que estas têm espaço na BE ou têm por base o uso dos seus recursos.- A BE organiza uma escala entre o pessoal docente, não docente e outros recursos humanos para flexibilizar o seu horário de funcionamento.- A BE solicita o envolvimento e a colaboração dos pais/EE e da comunidade na organização e funcionamento de eventos.- A BE organiza acções informais de informação sobre a BE junto dos docentes.- A BE incentiva o empréstimo domiciliário nomeadamente nos períodos de férias.- A BE estabelece parcerias com a CM e a BM e envolve-se em projectos da escola/agrupamento.- A BE participa com outras escolas/agrupamentos, com o SABE e outras entidades num grupo de trabalho interconcelhio.- O Plano de Acção da BE reflecte os princípios orientadores do PE, integrando-se na política educativa da Escola/Agrupamento e integra o novo modelo de auto-avaliação das BEs. - A BE utiliza e organiza, de forma sistematizada, instrumentos de registo para a sua auto-avaliação.- A BE faz registos de actividades/projectos.- A BE faz estatísticas de utilização da BE pelas AEC e pela comunidade local.- A BE faz estatísticas de empréstimo interbibliotecas.- A BE recolhe as opiniões dos alunos através da aplicação de questionários com intuito de avaliar a sua acção ao nível das actividades livres, extra-curriculares e de enriquecimento curricular.- A BE reflecte sobre os resultados e identifica os pontos fortes e fracos, bem como os constrangimentos e as oportunidades de melhoria.D. Gestão da Biblioteca EscolarD.1 Articulação da BE com a escola/agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BED.2 Condições humanas e materiais para a prestação dos serviçosD.3 Gestão da colecção/da informação- A BE está integrada no funcionamento global da escola/agrupamento.- A BE é apoiada e valorizada pelos Órgãos de Administração e Gestão, os quais procuram soluções promotoras para o seu bom funcionamento.- A BE faculta bons serviços e articula actividades/projectos com a escola/agrupamento.- A BE está aberta e acompanha as necessidades de ocupação de tempos escolares; responde às necessidades da escola, faculta recursos e apoia os utilizadores quando solicitada.- A BE cria condições e é usada como recurso de lazer e como local de trabalho.- A BE apresenta boas condições de espaço e de mobiliário e equipamentos, nomeadamente os tecnológicos. - A BE dispõe de uma colecção que responde às necessidades de informação da escola/agrupamento.- A BE adequa os seus objectivos, recursos e actividades do currículo nacional, ao projecto curricular de escola e aos projectos curriculares das turmas.- A BE apoia os utilizadores no acesso e na procura e produção da informação, incentivando uma cultura de acesso e uso da BE e dos recursos.- Os órgãos de direcção, administração e gestão reconhecem o valor da BE, garantindo condições adequadas em termos de recursos humanos e de verba para o seu funcionamento.- A BE planifica com docentes, departamentos curriculares e demais estruturas de coordenação educativa e de supervisão pedagógica.- A BE tem uma política de desenvolvimento documental - A escola inclui a BE na formulação e desenvolvimento da sua missão, princípios e objectivos estratégicos de aprendizagem.- A BE colabora com as estruturas de coordenação educativa e supervisão pedagógica da escola/ agrupamento.- A professora bibliotecária integra o CP.- A professora bibliotecária exerce uma liderança forte e eficaz.- A BE assume-se e é vista como um recurso activo ao serviço da escola/agrupamento.- A BE cria dinâmicas de promoção cultural e difunde essas práticas formando públicos, promovendo a escola e a BE como pólo cultural.- A BE utiliza e organiza, de forma sistematizada, instrumentos de registo para a sua auto-avaliação.- Os instrumentos de recolha de informação são aplicados, de forma sistemática, e no decurso do processo de gestão.- A informação recolhida é analisada/avaliada e os resultados originam a redefinição de estratégias, sendo integradas no processo de planeamento.- Os resultados da Auto-avaliação são divulgados junto dos órgãos de direcção, administração e gestão, estruturas de coordenação educativa e de supervisão pedagógica, e da restante comunidade, com o objectivo de promover e valorizar as mais-valias da BE e de alertar para os pontos fortes e fracos do seu funcionamento.- A Autoavaliação da escola/agrupamento integra os resultados da Autoavaliação da BE. <br /> <br /> Bibliografia<br /> IGE (2008-2009). Quadro de Referência para a Avaliação de Escolas e Agrupamentos. Ministério da Educação<br /> IGE (2008-2009). Tópicos para a apresentação da escola: campos de análise de desempenho. Ministério da Educação<br /> RBE (2009). Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar<br />

×