SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 33
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLOGIAS EM EDUCAÇÃO
TURMA: RJ_03 - IS TUTOR: ALEX SANDERS BOGADO DE LIMA DISCIPLINA: SEMINÁRIO INFORMÁTICA E SOCIEDADE (IS) Seminário Virtual – Atividade Final - Etapa 1 – Elaboração da Apresentação
GRUPO A (Formação): Denise Santos Muniz da Cunha Elizabeth Caldas de Almeida(*)  Gisele Valéria Rocha de Lima Karla Barrozo da Silva Ubirahyra Guimarães da Silva (*) Mediadora do Grupo
Quem é o professor do século XXI? Que ações são necessárias para que a escola pública  acompanhe a revolução tecnológica do mundo globalizado? A escola que vivemos não é, com certeza, a escola que desejamos. O que fazer para mudar este cenário?
Após a leitura e análise dos textos “Quatro Pilares da Educação Contemporânea” de Jacques Delors e “ Os sete saberes necessários à Educação do futuro” de Edgar Morin, coube ao nosso grupo basear uma proposta de ações que fortaleça o papel do professor em um mundo globalizado e complexo, mediado pelas tecnologias, baseados nos seguintes saberes e pilares:
Grupo A Os Saberes 1. Ensinar a condição humana 2. As cegueiras do conhecimento: o erro e a ilusão 3. Os princípios do conhecimento pertinente 4. Ensinar a identidade terrena Os Pilares 1. Aprender a ser 2. Aprender a conhecer 3. Aprendendo a fazer 4. Aprendendo a viver juntos
Entendendo como se dá o processo de construção do conhecimento e qual é o papel do educador como mediador.
PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO - SÍNCRESE (visão global e fragmentada da realidade) - ANÁLISE (desdobramento da realidade) - SÍNTESE (resultado da integração dos conhecimentos parciais  novas formas de ação). PROFESSOR - SER POLÍTICO (junto a seus alunos)  -  desenvolve a consciência crítica - planta e cultiva valores, atitudes e competências - pensa e participa ativamente da construção do futuro (comprometimento com a transformação da sociedade), auxiliando-o a... MOBILIZAR, CONSTRUIR E EXPRESSAR O CONHECIMENTO Esquema elaborado tendo por base a leitura do texto “Participação Política do Professor: uma leitura” de Ezequiel Teodoro da Silva in  Leitura em curso - trilogia pedagógica , 2ª ed., Campinas, SP, Autores Associados, 2005.
Nossa proposta
Caberá aos governantes, nos níveis federal, estadual e municipal e aos gestores das escolas públicas:
- proporcionar aos profissionais de educação oportunidades para acompanhar as “transformações gerais da sociedade ligadas aos avanços tecnológicos e científicos, à reestruturação produtiva, às mudanças no processo de trabalho, à intensificação dos meios de comunicação, à requalificação profissional” (*) ; (*) LIBÂNEO, José Carlos.  A escola com que sonhamos é aquela que assegura a todos a formação cultural e científica para a vida pessoal, profissional e cidadã . P.24, 25 e 26. In: COSTA, Marisa Vorraber. A escola tem futuro? (org.) Rio de Janeiro, DP&A 2003.; - implementar plano de carreira valorizando o professor e sua formação com uma remuneração digna além de condições de trabalho mais humanas e instalações adequadas para o exercício de sua profissão;
- equipar a escola com os recursos tecnológicos necessários, tais como: tv, antena parabólica para recepção de canais fechados, sobretudo aqueles ligados às questões educacionais, aparelhos de vídeo e DVD, câmera de vídeo, câmera fotográfica digital, mesa de som, microfones, amplificador, aparelho de CD, caixas de som, laboratório de Informática, com, no mínimo, 10 micros conectados em rede local e externa com acesso banda larga, impressora scanner, kit multimídia, softwares de autoria, material de consumo etc; - oferecer formação continuada aos professores nas modalidades presencial, semi-presencial e a distância (cursos diversos, graduação, pós-graduação etc);
- garantir o suporte técnico especializado para manutenção e instalação de equipamentos e verba específica destinada para a aquisição de material para troca e reposição de componentes necessários bem como atualização dos equipamentos (upgrade); - promover financiamento de computadores para os professores; - oferecer cursos básicos e oficinas práticas para os professores na área de configuração de micros e instalação de programas bem como dar conhecimento sobre as possibilidades básicas de cada software; - promover encontros, seminários, congressos, teleconferências e fóruns sobre as TIC na educação com a participação de alunos e professores;
- organizar oficinas pedagógicas com a presença de alunos (da própria escola, de escolas de uma mesma região e de outras) e também das suas comunidades; - buscar a reformulação e organização do Projeto Político Pedagógico da escola de forma que incorpore as TIC e mídias no processo de construção do conhecimento.
Caberá ao professor:
- colocar em ação seus conhecimentos, buscar novas estratégias e/ou informações para resolver um problema (saber fazer); - analisar, de forma significativa, os conceitos e estratégias utilizadas que lhe permitam atingir uma solução satisfatória (saber compreender);
- ter abertura e flexibilidade para lidar com situações inusitadas, pois as regras e os métodos conhecidos nem sempre funcionam e o professor se vê impelido a ampliar e a aprofundar a compreensão da sua prática, sente necessidade de refletir sobre suas ações e suas conseqüências. A reflexão sobre as ações envolve vários aspectos do conhecimento e as relações entre eles, o processo de aprendizagem do aluno (aspectos cognitivos e afetivos), os conteúdos envolvidos na atividade (conteúdos específicos), as estratégias de intervenção (orientações, mediações, desafios para despertar o interesse do aluno) etc. Esta compreensão é fundamental para o professor depurar a sua prática e propiciar novos mecanismos que possam favorecer o aprendizado do aluno;
- propor e enfrentar desafios teóricos e práticos; - trabalhar com saberes contextualizados, utilizando-os na resolução de problemas e na tomada de decisões; - articular ações pedagógicas com incorporação das TIC e mídias, de modo a atuar como multiplicador e promover ações de monitoria com seus alunos favorecendo um ambiente de aprendizagem colaborativa, em todos os níveis (professor/professor, professor/aluno e aluno/aluno);
- criar oportunidades para que o aluno possa descrever, refletir e depurar seus pensamentos e ações, ser autor dos processos de construção do conhecimento, tendo a sala de aula como um espaço de investigação e experimentação prazeroso;
Lembramos que as propostas aqui elaboradas devem atender ao professor em seu ambiente de trabalho, respeitando as características de formação do grupo docente na comunidade onde está inserida a escola e sua clientela.
“ Precisamos pensar na dimensão social da ciência e da técnica e, com isso, superar a concepção de sermos apenas consumidores dessas tecnologias e sim entendê-las como fruto de uma produção social. O uso que pode ser dado a essas tecnologias vai depender do tipo de sociedade que temos e, principalmente, do tipo de sociedade que queremos.
A presença das TICs na escola pode representar um movimento ímpar, uma vez que ao pensarmos na redução das distâncias estamos pensando na possibilidade de construir o que Pierre Lévy chama de Inteligente Coletivo. Escolas que tenham uma maior Integração com outras escolas e com o mundo contemporâneo.  Escolas que tenham dentro de suas propostas pedagógicas uma inserção maior no mundo da mídia.
Aqui também num duplo sentido: de um lado, com a presença de programas, emissões, emissoras e todas as fontes possíveis de informação. De outro, como possibilidade de efetivamente produzir. Como a possibilidade de fazer de cada espaço escolar um espaço de produção coletiva e, principalmente, de emissão de significados.”  (*) (7) PRETTO, Nelson De Luca - Linguagens e Tecnologias na Educação, In  Cultura, linguagem e subjetividade no ensinar e aprender , organizado por Vera Candau, pela DP&A, paginas161-182  http://www2.ufba.br/~pretto/textos/endipe2000.htm – acessado em 10/07/07
“ Sonho que se sonha só é só um sonho que se sonha só, mas sonho que se sonha junto é realidade”. (Raul Seixas)
Conheça o texto introdutório do livro Sobre piolhos e outros afagos , de Daniel Munduruku, no qual aborda questões sobre ser professor e ser educador. Atenção! Clique na pena acima e guarde pois o arquivo demora a carregar.
O terceiro muro,  de Cristovam   Buarque Caso o link não carregue, copie a URL abaixo, cole na barra de endereço do seu navegador e faça o download do arquivo: http://postecedpuc2006.wikispaces.com/space/showimage/43oTerceiroMuroCristovaoBua.JPG Linguagens e Tecnologias na Educação, de Nelson De Luca   Pretto Caso o link não carregue, copie a URL abaixo, cole na barra de endereço do seu navegador e faça o download do arquivo: http://postecedpuc2006.wikispaces.com/space/showimage/44linguagensTecnologiasEducacao.pdf Clique nos links abaixo e conheça os textos:
Quem é Ladislau Dowbor Caso o link não carregue, copie a URL abaixo, cole na barra de endereço do seu navegador e faça o download do arquivo: http://www.dowbor.org/sobreld.asp Entrevista Caso o link não carregue, copie a URL abaixo e cole na barra de endereço do seu navegador: http://www.youtube.com/watch?v=szNSCklQnWY Assista  a entrevista do Prof. Ladislau Dowbor à Rede Viva em maio de 2004 Educação e tecnologia
Referências bibliográficas: Conteúdo do módulo “Seminário Informática e Sociedade (IS)” do Curso “Tecnologias em Educação” – PUC-Rio – ambiente e-proinfo, acessado em 05/07/2007. http://www.eproinfo.mec.gov.br PRETTO, Nelson De Luca - Linguagens e Tecnologias na Educação, In  Cultura, linguagem e subjetividade no ensinar e aprender , organizado por Vera Candau, pela DP&A, paginas161-182  http://www2.ufba.br/~pretto/textos/endipe2000.htm – acessado em 10/07/07 LIBÂNEO, José Carlos.  A escola com que sonhamos é aquela que assegura a todos a formação cultural e científica para a vida pessoal, profissional e cidadã. P.24, 25 e 26.  In: COSTA, Marisa Vorraber. A escola tem futuro? (org.) Rio de Janeiro, DP&A 2003.
Referências bibliográficas: SILVA, Ezequiel Teodoro da, Participação Política do Professor: uma leitura, in Leitura em curso - trilogia pedagógica , 2ª ed. Camoninas, SP, Autores Associados, 2005 BUARQUE, Cristovam,  O terceiro muro , artigo publicado no Jornal O Globo de  23 de junho de 2007, coluna Opinião
A resposta a estas perguntas se reportam a outras tantas perguntas. O professor hoje não é mais o senhor da verdade científica, o detentor do conhecimento. Ao contrário, é o mediador entre a curiosidade e a pesquisa, o articulador de novas descobertas, o gerenciador de reflexões e produções. É o professor multilinguagens, facilitador da convergência de mídias.
Toda e qualquer ação não pode fugir ao processo de politização da sociedade, que começa no professor e na escola, para enfrentar a opressão do mundo globalizado e consumista.  O professor do século XXI é o professor que não tem respostas prontas, mas que responde às questões dos alunos com novos questionamentos, provocando uma reação de reflexão crítica, simultânea e consecutiva. A escola que desejamos é a que vai apontar caminhos para encontros e desencontros em busca da cidadania plena, onde os nossos alunos se inscrevam na história da vida.
 
“ Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo” Metamorfose Ambulante de Raul Seixas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Presencas remotas arb 2021
Presencas remotas arb 2021Presencas remotas arb 2021
Presencas remotas arb 2021AdrianaBruno9
 
Projecto de tese | Doutoramento em Ciências da Comunicação (UBI 2011)
Projecto de tese | Doutoramento em Ciências da Comunicação (UBI 2011)Projecto de tese | Doutoramento em Ciências da Comunicação (UBI 2011)
Projecto de tese | Doutoramento em Ciências da Comunicação (UBI 2011)Marco Pinheiro
 
Ensinar e aprender na era digital: mudando paradigmas
Ensinar e aprender na era digital: mudando paradigmasEnsinar e aprender na era digital: mudando paradigmas
Ensinar e aprender na era digital: mudando paradigmasCíntia Rabello
 
O uso das TIC's na Educação - Proinfo
O uso das TIC's na Educação - ProinfoO uso das TIC's na Educação - Proinfo
O uso das TIC's na Educação - ProinfoLívia Miranda
 
Projeto colaborativo na Plataforma Moodle
Projeto colaborativo na Plataforma Moodle Projeto colaborativo na Plataforma Moodle
Projeto colaborativo na Plataforma Moodle Fernando Rui Campos
 
Mídias sociais e educação PERSPECTIVAS CAPACITAÇÃO E FERRAMENTAS
Mídias sociais e educação PERSPECTIVAS CAPACITAÇÃO E FERRAMENTASMídias sociais e educação PERSPECTIVAS CAPACITAÇÃO E FERRAMENTAS
Mídias sociais e educação PERSPECTIVAS CAPACITAÇÃO E FERRAMENTASJoão de Deus Dias Neto
 
Uso da Ferramenta Blog como Rede de Interação, Socialização e Construção do C...
Uso da Ferramenta Blog como Rede de Interação, Socialização e Construção do C...Uso da Ferramenta Blog como Rede de Interação, Socialização e Construção do C...
Uso da Ferramenta Blog como Rede de Interação, Socialização e Construção do C...rositalima
 
Ambientes virtuais conceitos
Ambientes virtuais conceitosAmbientes virtuais conceitos
Ambientes virtuais conceitoscomputacaoufjf
 
Memorial - Ensinando e Aprendendo com as TIC
Memorial - Ensinando e Aprendendo com as TICMemorial - Ensinando e Aprendendo com as TIC
Memorial - Ensinando e Aprendendo com as TICvalma fideles
 
O USO PEDAGÓGICO DAS TDIC PARA O FORTALECIMENTO DE ESTRATÉGIAS QUE BUSCAM A M...
O USO PEDAGÓGICO DAS TDIC PARA O FORTALECIMENTO DE ESTRATÉGIAS QUE BUSCAM A M...O USO PEDAGÓGICO DAS TDIC PARA O FORTALECIMENTO DE ESTRATÉGIAS QUE BUSCAM A M...
O USO PEDAGÓGICO DAS TDIC PARA O FORTALECIMENTO DE ESTRATÉGIAS QUE BUSCAM A M...Wilker Bueno de Freitas Rosa
 
O papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aula
O papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aulaO papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aula
O papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aulafaustoarpm
 
PROJETOGAMES_Michelle Siquet.pdf
PROJETOGAMES_Michelle Siquet.pdfPROJETOGAMES_Michelle Siquet.pdf
PROJETOGAMES_Michelle Siquet.pdfmicsquize
 

Mais procurados (19)

Presencas remotas arb 2021
Presencas remotas arb 2021Presencas remotas arb 2021
Presencas remotas arb 2021
 
Projecto de tese | Doutoramento em Ciências da Comunicação (UBI 2011)
Projecto de tese | Doutoramento em Ciências da Comunicação (UBI 2011)Projecto de tese | Doutoramento em Ciências da Comunicação (UBI 2011)
Projecto de tese | Doutoramento em Ciências da Comunicação (UBI 2011)
 
Ensinar e aprender na era digital: mudando paradigmas
Ensinar e aprender na era digital: mudando paradigmasEnsinar e aprender na era digital: mudando paradigmas
Ensinar e aprender na era digital: mudando paradigmas
 
Tecnologias que Educam
Tecnologias que EducamTecnologias que Educam
Tecnologias que Educam
 
O uso das TIC's na Educação - Proinfo
O uso das TIC's na Educação - ProinfoO uso das TIC's na Educação - Proinfo
O uso das TIC's na Educação - Proinfo
 
Uso do laptop na sala de aula
Uso do laptop na sala de aulaUso do laptop na sala de aula
Uso do laptop na sala de aula
 
Projeto colaborativo na Plataforma Moodle
Projeto colaborativo na Plataforma Moodle Projeto colaborativo na Plataforma Moodle
Projeto colaborativo na Plataforma Moodle
 
Mídias sociais e educação PERSPECTIVAS CAPACITAÇÃO E FERRAMENTAS
Mídias sociais e educação PERSPECTIVAS CAPACITAÇÃO E FERRAMENTASMídias sociais e educação PERSPECTIVAS CAPACITAÇÃO E FERRAMENTAS
Mídias sociais e educação PERSPECTIVAS CAPACITAÇÃO E FERRAMENTAS
 
Uso da Ferramenta Blog como Rede de Interação, Socialização e Construção do C...
Uso da Ferramenta Blog como Rede de Interação, Socialização e Construção do C...Uso da Ferramenta Blog como Rede de Interação, Socialização e Construção do C...
Uso da Ferramenta Blog como Rede de Interação, Socialização e Construção do C...
 
Ambientes virtuais conceitos
Ambientes virtuais conceitosAmbientes virtuais conceitos
Ambientes virtuais conceitos
 
Congresso ANDEA / Mackenzie - 29_08_2013
Congresso ANDEA / Mackenzie - 29_08_2013Congresso ANDEA / Mackenzie - 29_08_2013
Congresso ANDEA / Mackenzie - 29_08_2013
 
Memorial - Ensinando e Aprendendo com as TIC
Memorial - Ensinando e Aprendendo com as TICMemorial - Ensinando e Aprendendo com as TIC
Memorial - Ensinando e Aprendendo com as TIC
 
O USO PEDAGÓGICO DAS TDIC PARA O FORTALECIMENTO DE ESTRATÉGIAS QUE BUSCAM A M...
O USO PEDAGÓGICO DAS TDIC PARA O FORTALECIMENTO DE ESTRATÉGIAS QUE BUSCAM A M...O USO PEDAGÓGICO DAS TDIC PARA O FORTALECIMENTO DE ESTRATÉGIAS QUE BUSCAM A M...
O USO PEDAGÓGICO DAS TDIC PARA O FORTALECIMENTO DE ESTRATÉGIAS QUE BUSCAM A M...
 
O papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aula
O papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aulaO papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aula
O papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aula
 
1. o educador do século XXI
1. o educador do século XXI1. o educador do século XXI
1. o educador do século XXI
 
A educação e os desafios da contemporaneidade.
A educação e os desafios da contemporaneidade.A educação e os desafios da contemporaneidade.
A educação e os desafios da contemporaneidade.
 
Ecossistema Conhecimento Conectado
Ecossistema Conhecimento ConectadoEcossistema Conhecimento Conectado
Ecossistema Conhecimento Conectado
 
PROJETOGAMES_Michelle Siquet.pdf
PROJETOGAMES_Michelle Siquet.pdfPROJETOGAMES_Michelle Siquet.pdf
PROJETOGAMES_Michelle Siquet.pdf
 
Tecnologia e Educação - como?
Tecnologia e Educação - como?Tecnologia e Educação - como?
Tecnologia e Educação - como?
 

Semelhante a 45rj 03 is-apresentacao-grupo-a

Texto exemplo
Texto exemploTexto exemplo
Texto exemplo231511
 
Uso das mídias na educação trabalho em grupo do seminário de 15.12.2012 final
Uso das mídias na educação trabalho em grupo do seminário de 15.12.2012 finalUso das mídias na educação trabalho em grupo do seminário de 15.12.2012 final
Uso das mídias na educação trabalho em grupo do seminário de 15.12.2012 finalROSICLEIA WAGMAKER
 
Oficina de planejamento
Oficina de planejamentoOficina de planejamento
Oficina de planejamentoacaidigital
 
Informatica basica e tecnologias na educacao unidade 03
Informatica basica e tecnologias na educacao  unidade 03Informatica basica e tecnologias na educacao  unidade 03
Informatica basica e tecnologias na educacao unidade 03Alelis Gomes
 
Informatica basica e tecnologias na educacao unidade 03
Informatica basica e tecnologias na educacao  unidade 03Informatica basica e tecnologias na educacao  unidade 03
Informatica basica e tecnologias na educacao unidade 03Alelis Gomes
 
Informatica basica e tecnologias na educacao unidade 03
Informatica basica e tecnologias na educacao  unidade 03Informatica basica e tecnologias na educacao  unidade 03
Informatica basica e tecnologias na educacao unidade 03Alelis Gomes
 
Curso Elaboração de Projetos
Curso Elaboração de ProjetosCurso Elaboração de Projetos
Curso Elaboração de Projetosanilzabrasil
 
Curso Elaboração de Projetos
Curso Elaboração de ProjetosCurso Elaboração de Projetos
Curso Elaboração de Projetosanilzabrasil
 
Introdução à educação digital eu fiz
Introdução à educação digital   eu fizIntrodução à educação digital   eu fiz
Introdução à educação digital eu fizClaudinhan2
 
Novas tecnologias trabalho
Novas tecnologias   trabalhoNovas tecnologias   trabalho
Novas tecnologias trabalhoAlexandre Ruiz
 

Semelhante a 45rj 03 is-apresentacao-grupo-a (20)

Curso100h
Curso100hCurso100h
Curso100h
 
Projeto inclusão digital em pdf
Projeto inclusão digital em pdfProjeto inclusão digital em pdf
Projeto inclusão digital em pdf
 
Novas tecnologias
Novas tecnologias   Novas tecnologias
Novas tecnologias
 
Texto exemplo
Texto exemploTexto exemplo
Texto exemplo
 
Seminario
SeminarioSeminario
Seminario
 
Seminario
SeminarioSeminario
Seminario
 
Uso das mídias na educação trabalho em grupo do seminário de 15.12.2012 final
Uso das mídias na educação trabalho em grupo do seminário de 15.12.2012 finalUso das mídias na educação trabalho em grupo do seminário de 15.12.2012 final
Uso das mídias na educação trabalho em grupo do seminário de 15.12.2012 final
 
Seminario[1]
Seminario[1]Seminario[1]
Seminario[1]
 
Oficina de planejamento
Oficina de planejamentoOficina de planejamento
Oficina de planejamento
 
Informatica basica e tecnologias na educacao unidade 03
Informatica basica e tecnologias na educacao  unidade 03Informatica basica e tecnologias na educacao  unidade 03
Informatica basica e tecnologias na educacao unidade 03
 
Informatica basica e tecnologias na educacao unidade 03
Informatica basica e tecnologias na educacao  unidade 03Informatica basica e tecnologias na educacao  unidade 03
Informatica basica e tecnologias na educacao unidade 03
 
Informatica basica e tecnologias na educacao unidade 03
Informatica basica e tecnologias na educacao  unidade 03Informatica basica e tecnologias na educacao  unidade 03
Informatica basica e tecnologias na educacao unidade 03
 
Educação + Comunicação
Educação + ComunicaçãoEducação + Comunicação
Educação + Comunicação
 
Curso Elaboração de Projetos
Curso Elaboração de ProjetosCurso Elaboração de Projetos
Curso Elaboração de Projetos
 
Curso Elaboração de Projetos
Curso Elaboração de ProjetosCurso Elaboração de Projetos
Curso Elaboração de Projetos
 
Apostila proinfo
Apostila   proinfoApostila   proinfo
Apostila proinfo
 
Apresentação da 1ª unidade
Apresentação da 1ª unidadeApresentação da 1ª unidade
Apresentação da 1ª unidade
 
Apresentação da 1ª unidade
Apresentação da 1ª unidadeApresentação da 1ª unidade
Apresentação da 1ª unidade
 
Introdução à educação digital eu fiz
Introdução à educação digital   eu fizIntrodução à educação digital   eu fiz
Introdução à educação digital eu fiz
 
Novas tecnologias trabalho
Novas tecnologias   trabalhoNovas tecnologias   trabalho
Novas tecnologias trabalho
 

Último

Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...LizanSantos1
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 

Último (20)

Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 

45rj 03 is-apresentacao-grupo-a

  • 1. CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLOGIAS EM EDUCAÇÃO
  • 2. TURMA: RJ_03 - IS TUTOR: ALEX SANDERS BOGADO DE LIMA DISCIPLINA: SEMINÁRIO INFORMÁTICA E SOCIEDADE (IS) Seminário Virtual – Atividade Final - Etapa 1 – Elaboração da Apresentação
  • 3. GRUPO A (Formação): Denise Santos Muniz da Cunha Elizabeth Caldas de Almeida(*) Gisele Valéria Rocha de Lima Karla Barrozo da Silva Ubirahyra Guimarães da Silva (*) Mediadora do Grupo
  • 4. Quem é o professor do século XXI? Que ações são necessárias para que a escola pública acompanhe a revolução tecnológica do mundo globalizado? A escola que vivemos não é, com certeza, a escola que desejamos. O que fazer para mudar este cenário?
  • 5. Após a leitura e análise dos textos “Quatro Pilares da Educação Contemporânea” de Jacques Delors e “ Os sete saberes necessários à Educação do futuro” de Edgar Morin, coube ao nosso grupo basear uma proposta de ações que fortaleça o papel do professor em um mundo globalizado e complexo, mediado pelas tecnologias, baseados nos seguintes saberes e pilares:
  • 6. Grupo A Os Saberes 1. Ensinar a condição humana 2. As cegueiras do conhecimento: o erro e a ilusão 3. Os princípios do conhecimento pertinente 4. Ensinar a identidade terrena Os Pilares 1. Aprender a ser 2. Aprender a conhecer 3. Aprendendo a fazer 4. Aprendendo a viver juntos
  • 7. Entendendo como se dá o processo de construção do conhecimento e qual é o papel do educador como mediador.
  • 8. PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO - SÍNCRESE (visão global e fragmentada da realidade) - ANÁLISE (desdobramento da realidade) - SÍNTESE (resultado da integração dos conhecimentos parciais novas formas de ação). PROFESSOR - SER POLÍTICO (junto a seus alunos) - desenvolve a consciência crítica - planta e cultiva valores, atitudes e competências - pensa e participa ativamente da construção do futuro (comprometimento com a transformação da sociedade), auxiliando-o a... MOBILIZAR, CONSTRUIR E EXPRESSAR O CONHECIMENTO Esquema elaborado tendo por base a leitura do texto “Participação Política do Professor: uma leitura” de Ezequiel Teodoro da Silva in Leitura em curso - trilogia pedagógica , 2ª ed., Campinas, SP, Autores Associados, 2005.
  • 10. Caberá aos governantes, nos níveis federal, estadual e municipal e aos gestores das escolas públicas:
  • 11. - proporcionar aos profissionais de educação oportunidades para acompanhar as “transformações gerais da sociedade ligadas aos avanços tecnológicos e científicos, à reestruturação produtiva, às mudanças no processo de trabalho, à intensificação dos meios de comunicação, à requalificação profissional” (*) ; (*) LIBÂNEO, José Carlos. A escola com que sonhamos é aquela que assegura a todos a formação cultural e científica para a vida pessoal, profissional e cidadã . P.24, 25 e 26. In: COSTA, Marisa Vorraber. A escola tem futuro? (org.) Rio de Janeiro, DP&A 2003.; - implementar plano de carreira valorizando o professor e sua formação com uma remuneração digna além de condições de trabalho mais humanas e instalações adequadas para o exercício de sua profissão;
  • 12. - equipar a escola com os recursos tecnológicos necessários, tais como: tv, antena parabólica para recepção de canais fechados, sobretudo aqueles ligados às questões educacionais, aparelhos de vídeo e DVD, câmera de vídeo, câmera fotográfica digital, mesa de som, microfones, amplificador, aparelho de CD, caixas de som, laboratório de Informática, com, no mínimo, 10 micros conectados em rede local e externa com acesso banda larga, impressora scanner, kit multimídia, softwares de autoria, material de consumo etc; - oferecer formação continuada aos professores nas modalidades presencial, semi-presencial e a distância (cursos diversos, graduação, pós-graduação etc);
  • 13. - garantir o suporte técnico especializado para manutenção e instalação de equipamentos e verba específica destinada para a aquisição de material para troca e reposição de componentes necessários bem como atualização dos equipamentos (upgrade); - promover financiamento de computadores para os professores; - oferecer cursos básicos e oficinas práticas para os professores na área de configuração de micros e instalação de programas bem como dar conhecimento sobre as possibilidades básicas de cada software; - promover encontros, seminários, congressos, teleconferências e fóruns sobre as TIC na educação com a participação de alunos e professores;
  • 14. - organizar oficinas pedagógicas com a presença de alunos (da própria escola, de escolas de uma mesma região e de outras) e também das suas comunidades; - buscar a reformulação e organização do Projeto Político Pedagógico da escola de forma que incorpore as TIC e mídias no processo de construção do conhecimento.
  • 16. - colocar em ação seus conhecimentos, buscar novas estratégias e/ou informações para resolver um problema (saber fazer); - analisar, de forma significativa, os conceitos e estratégias utilizadas que lhe permitam atingir uma solução satisfatória (saber compreender);
  • 17. - ter abertura e flexibilidade para lidar com situações inusitadas, pois as regras e os métodos conhecidos nem sempre funcionam e o professor se vê impelido a ampliar e a aprofundar a compreensão da sua prática, sente necessidade de refletir sobre suas ações e suas conseqüências. A reflexão sobre as ações envolve vários aspectos do conhecimento e as relações entre eles, o processo de aprendizagem do aluno (aspectos cognitivos e afetivos), os conteúdos envolvidos na atividade (conteúdos específicos), as estratégias de intervenção (orientações, mediações, desafios para despertar o interesse do aluno) etc. Esta compreensão é fundamental para o professor depurar a sua prática e propiciar novos mecanismos que possam favorecer o aprendizado do aluno;
  • 18. - propor e enfrentar desafios teóricos e práticos; - trabalhar com saberes contextualizados, utilizando-os na resolução de problemas e na tomada de decisões; - articular ações pedagógicas com incorporação das TIC e mídias, de modo a atuar como multiplicador e promover ações de monitoria com seus alunos favorecendo um ambiente de aprendizagem colaborativa, em todos os níveis (professor/professor, professor/aluno e aluno/aluno);
  • 19. - criar oportunidades para que o aluno possa descrever, refletir e depurar seus pensamentos e ações, ser autor dos processos de construção do conhecimento, tendo a sala de aula como um espaço de investigação e experimentação prazeroso;
  • 20. Lembramos que as propostas aqui elaboradas devem atender ao professor em seu ambiente de trabalho, respeitando as características de formação do grupo docente na comunidade onde está inserida a escola e sua clientela.
  • 21. “ Precisamos pensar na dimensão social da ciência e da técnica e, com isso, superar a concepção de sermos apenas consumidores dessas tecnologias e sim entendê-las como fruto de uma produção social. O uso que pode ser dado a essas tecnologias vai depender do tipo de sociedade que temos e, principalmente, do tipo de sociedade que queremos.
  • 22. A presença das TICs na escola pode representar um movimento ímpar, uma vez que ao pensarmos na redução das distâncias estamos pensando na possibilidade de construir o que Pierre Lévy chama de Inteligente Coletivo. Escolas que tenham uma maior Integração com outras escolas e com o mundo contemporâneo. Escolas que tenham dentro de suas propostas pedagógicas uma inserção maior no mundo da mídia.
  • 23. Aqui também num duplo sentido: de um lado, com a presença de programas, emissões, emissoras e todas as fontes possíveis de informação. De outro, como possibilidade de efetivamente produzir. Como a possibilidade de fazer de cada espaço escolar um espaço de produção coletiva e, principalmente, de emissão de significados.” (*) (7) PRETTO, Nelson De Luca - Linguagens e Tecnologias na Educação, In Cultura, linguagem e subjetividade no ensinar e aprender , organizado por Vera Candau, pela DP&A, paginas161-182 http://www2.ufba.br/~pretto/textos/endipe2000.htm – acessado em 10/07/07
  • 24. “ Sonho que se sonha só é só um sonho que se sonha só, mas sonho que se sonha junto é realidade”. (Raul Seixas)
  • 25. Conheça o texto introdutório do livro Sobre piolhos e outros afagos , de Daniel Munduruku, no qual aborda questões sobre ser professor e ser educador. Atenção! Clique na pena acima e guarde pois o arquivo demora a carregar.
  • 26. O terceiro muro, de Cristovam Buarque Caso o link não carregue, copie a URL abaixo, cole na barra de endereço do seu navegador e faça o download do arquivo: http://postecedpuc2006.wikispaces.com/space/showimage/43oTerceiroMuroCristovaoBua.JPG Linguagens e Tecnologias na Educação, de Nelson De Luca Pretto Caso o link não carregue, copie a URL abaixo, cole na barra de endereço do seu navegador e faça o download do arquivo: http://postecedpuc2006.wikispaces.com/space/showimage/44linguagensTecnologiasEducacao.pdf Clique nos links abaixo e conheça os textos:
  • 27. Quem é Ladislau Dowbor Caso o link não carregue, copie a URL abaixo, cole na barra de endereço do seu navegador e faça o download do arquivo: http://www.dowbor.org/sobreld.asp Entrevista Caso o link não carregue, copie a URL abaixo e cole na barra de endereço do seu navegador: http://www.youtube.com/watch?v=szNSCklQnWY Assista a entrevista do Prof. Ladislau Dowbor à Rede Viva em maio de 2004 Educação e tecnologia
  • 28. Referências bibliográficas: Conteúdo do módulo “Seminário Informática e Sociedade (IS)” do Curso “Tecnologias em Educação” – PUC-Rio – ambiente e-proinfo, acessado em 05/07/2007. http://www.eproinfo.mec.gov.br PRETTO, Nelson De Luca - Linguagens e Tecnologias na Educação, In Cultura, linguagem e subjetividade no ensinar e aprender , organizado por Vera Candau, pela DP&A, paginas161-182 http://www2.ufba.br/~pretto/textos/endipe2000.htm – acessado em 10/07/07 LIBÂNEO, José Carlos. A escola com que sonhamos é aquela que assegura a todos a formação cultural e científica para a vida pessoal, profissional e cidadã. P.24, 25 e 26. In: COSTA, Marisa Vorraber. A escola tem futuro? (org.) Rio de Janeiro, DP&A 2003.
  • 29. Referências bibliográficas: SILVA, Ezequiel Teodoro da, Participação Política do Professor: uma leitura, in Leitura em curso - trilogia pedagógica , 2ª ed. Camoninas, SP, Autores Associados, 2005 BUARQUE, Cristovam, O terceiro muro , artigo publicado no Jornal O Globo de 23 de junho de 2007, coluna Opinião
  • 30. A resposta a estas perguntas se reportam a outras tantas perguntas. O professor hoje não é mais o senhor da verdade científica, o detentor do conhecimento. Ao contrário, é o mediador entre a curiosidade e a pesquisa, o articulador de novas descobertas, o gerenciador de reflexões e produções. É o professor multilinguagens, facilitador da convergência de mídias.
  • 31. Toda e qualquer ação não pode fugir ao processo de politização da sociedade, que começa no professor e na escola, para enfrentar a opressão do mundo globalizado e consumista. O professor do século XXI é o professor que não tem respostas prontas, mas que responde às questões dos alunos com novos questionamentos, provocando uma reação de reflexão crítica, simultânea e consecutiva. A escola que desejamos é a que vai apontar caminhos para encontros e desencontros em busca da cidadania plena, onde os nossos alunos se inscrevam na história da vida.
  • 32.  
  • 33. “ Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo” Metamorfose Ambulante de Raul Seixas