Mandato missionário

650 visualizações

Publicada em

Oficina de Pregadores

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
650
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mandato missionário

  1. 1. MANDATO a) Conceito de mandato •Autorização que alguém dá a outrem, para, em seu nome, praticar certos atos; •procuração • delegação. O MANDATO MISSIONÁRIO
  2. 2. DELEGAR Transmitir poderes por delegação. Investir na faculdade de proceder em nome de outrem FONTE: dicionário online de português
  3. 3. PROCURAÇÃO Poder que uma pessoa dá a outra de agir em seu nome. Instrumento legal que confere esse poder. Mandato. FONTE: dicionário online de português
  4. 4. Mandato é uma autorização que alguém dá a outrem para agir em seu nome O MESMO QUE PROCURAÇÃO PORTANTO:
  5. 5. MANDATO MISSIONÁRIO a) Conceito - MANDATO MISSIONÁRIO: É O ATO SOLENEMENTE DIVINO PELO QUAL JESUS, MISSIONÁRIO DO PAI, CONSTITUI OS DISCÍPULOS COMO SEUS PROCURADORES, ENCARREGANDO-LHES DE CONTINUAREM SUA MISSÃO. (Jo 20,21; Mc 16,15; At 1,8; Mt 10,8-10)
  6. 6. - Mandato missionário é um mandamento a)Elementos bíblicos do mandamento · Fonte: Deus · Destinatários: seres humanos · Via de transmissão: Homens, Sagrada Escritura ( SERVOS DA PALAVRA) · Forma verbal: no imperativo - ORDEM ex: Ame, arrependa-se, converta-se, “HONRA TEU PAI E TUA MÃE; NÃO MATARÁS” (Dt 5,16-17)
  7. 7. b) Elementos do mandato missionário Sujeitos: Jesus e os missionários (nós: parceria) Poderes = Fonte: Deus (Jesus) = Expressos na Sagrada Escritura (Lei de Deus) = São os poderes de Jesus · Jo 20,21-22; At 2,22; Mt 28,18
  8. 8. Conteúdo ( Ordem) • Pregar o Evangelho, • testemunhar a favor de Jesus, •orar pelos enfermos, •Realizar curas e milagres, •expulsar demônios, •pastorear, administrar, • perdoar pecados (sacerdotes). •testemunhar o poder Jesus em nossa própria vida
  9. 9. •proclamar Jesus Cristo Ressuscitado, solução da nossa vida terrena,bem como da vindoura, enfim, evangelizar como o próprio Jesus e os Apóstolos evangelizaram
  10. 10. Condições • Buscar primeiro as ovelhas perdidas, •servir de graça, isto é, generosamente, •confiar na providência divina, •abrir-se aos sinais e prodígios.
  11. 11. Efeitos = Intermediários · Autorização para falar em nome de Jesus · Pregações ungidas (que manifestem autoridade) · Sinais e prodígios (que acompanham toda evangelização que siga o modelo proposto por Jesus) · Parceria que se forma entre o missionário e Jesus. = Final · Um mundo salvo (um mundo entregue a Jesus; um mundo que aceite a Jesus como Salvador e Senhor).
  12. 12. O que pode nos limitar = Não conformação à vontade de Jesus · Não seguir as instruções de Jesus, não seguir sua metodologia = Ausência de uma “procuração” (Envio para missão) = Pouca fé (dúvida) = Não ser conduzido pelo Espírito Santo na evangelização = Falta de orações, jejuns, carismas, amor, doação = Discriminação de pessoas e lugares, com sentido de rejeição.
  13. 13. Apostolicam Actuositatem (Decreto sobre o Apostolado dos leigos) CAPÍTULO 1 2º PARAGRAFO •Existe na Igreja diversidade de funções, mas unidade de missão. • Aos Apóstolos e seus sucessores, confiou Cristo a missão de ensinar, santificar e governar em seu nome e com o seu poder. •... são chamados por Deus para, cheios de fervor cristão, exercerem como fermento o seu apostolado no meio do mundo.
  14. 14. EVANGELII NUNTIANDI ( Anunciar o Evangelho) “...No entanto ,não haverá humanidade nova, se não houver, Em primeiro lugar,homens novos, pela novidade do batismo e da vida.Segundo o Evangelho. A finalidade da evangelização, portanto,é precisamente esta mudança interior.” ( EN 18)
  15. 15. Christifideles Laici (Exortação Apostólica sobre a vocação e missão dos leigos na Igreja e no mundo) – 30/12/88 número 3: “Não é lícito a ninguém ficar inativo”. “Não há lugar para o ócio”
  16. 16. Redemptoris Missio (A Validade Permanente do Mandato Missionário) – 07/12/90 - RMi, 71: “Todos os leigos são missionários em razão do batismo”
  17. 17. Santo Domingo (Documento da IV Conferência do CELAM) – 1992 A nova evangelização é a idéia central de toda a temática desta Conferência. ...venho( Papa JP II) pondo uma particular ênfase nesta expressão,...(Pretendendo)assim um novo ardor e novos esforços evangelizadores na “América e no mundo inteiro; ou seja, para dar à ação pastoral um novo impulso, capaz de suscitar, numa Igreja ainda mais arraigada na força e na potência imorredouras do Pentecostes, tempos novos de evangelização”
  18. 18. Tertio Millennio (Carta Apostólica P J P II – 10 de Novembro de 1994 – preparação ao jubileu do ano 2000 – terceiro milênio) “Jesus Cristo é o mesmo...sempre” ...è missão da Igreja a evangelização da humanidade...
  19. 19. Documentos da CNBB nº 54 13. O renovado ardor missionário, exige ainda, dos evangelizadores, uma nova disposição que leve a romper com as acomodações e a rotina na ação missionária.Superando a mera atitude de espera, é preciso ir, com coragem evangélica, às pessoas, grupos e ambientes onde o nome de Jesus não foi ainda proclamado ou onde sua ressonância perdeu o vigor. Na força do Espírito Santo, sobre nós derramado, somos chamados a superar todo medo e timidez no testemunho explícito da fé no coração das realidades terrenas.
  20. 20. URGÊNCIA DO MANDATO MISSIONÁRIO É uma ordem do Senhor O Senhor voltará Mt 25,14-30: talentos O mundo passa fome de Deus (Busca de Deus de todas as formas imagináveis Nós temos Jesus, o Pão que Deus dá ao mundo (DEVEMOS DÁ-LO AO MUNDO QUE PASSA FOME DE DEUS)
  21. 21. Conclusão É preciso assumir a responsabilidade que o Mandato Missionário nos proporciona.
  22. 22. . Reflexão: Aceita o desafio para o qual Deus te chama? Ser o procurador de Cristo, falar e agir em Seu Nome?

×