SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
COLÉGIO ESTADUAL JOSÉ MALTA MAIA DATA_____/____ /2014 
NOME_____________________________________________ PROF.ª: Analita Dias 
SÉRIE- 1º Ensino Médio TURMA________ PESO:___________ 
PROVA FINAL DE LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA – IV UNIDADE 
"A admiração é filha da ignorância, porque ninguém se admira senão das coisas que ignora, principalmente se 
são grandes; e mãe da ciência, porque admirados os homens das coisas que ignoram, inquirem e investigam as 
causas delas até as alcançar, e isto é o que se chama ciência." (Pe. Antônio Vieira) 
QUESTÃO 01. (UFRN) A obra de Gregório de Matos — autor que se destaca na literatura barroca brasileira 
— compreende: 
a. poesia épico-amorosa e obras dramáticas. 
b. poesia satírica e contos burlescos. 
c. poesia lírica, de caráter religioso e amoroso, e poesia satírica. 
d. poesia confessional e autos religiosos. 
e. poesia lírica e teatro de costumes. 
QUESTÃO 02. (Mack-SP) Ao Barroco brasileiro pertencem: 
a. Camões e Gil Vicente. 
b. Manoel B. Oliveira e Gregório de Matos. 
c. Sóror Mariana Alcoforado e Gregório de Matos. 
d. Gandavo e Camões. 
e. Gil Vicente e Manoel B. Oliveira. 
QUESTÃO 03 . (UFRS) Considere as seguintes afirmações sobre o Barroco brasileiro: 
I. A arte barroca caracteriza-se por apresentar dualidades, conflitos, paradoxos e contrastes, que convivem 
tensamente na unidade da obra. 
II. O conceptismo e o cultismo, expressões da poesia barroca, apresentam um imaginário bucólico, sempre 
povoado de pastoras e ninfas. 
III. A oposição entre Reforma e Contra--Reforma expressa, no plano religioso, os mesmos dilemas de que o 
Barroco se ocupa. 
IV. Quais estão corretas 
a. Apenas I. b. Apenas II. c. Apenas III. d. Apenas l e III. e. I, II e III. 
QUESTÃO 04 . (UFRS) Com relação ao Barroco brasileiro, assinale a alternativa INCORRETA. 
a. Os Sermões, do padre António Vieira, elaborados numa linguagem conceptista, refletiram as 
preocupações do autor com problemas brasileiros da época, por exemplo, a escravidão. 
b. Os conflitos éticos vividos pelo homem .do Barroco corresponderam, na forma literária ao uso exagerado 
de paradoxos e inversões sintáticas. 
c. A poesia barroca foi a confirmação, no plano estético, dos preceitos renascentistas de harmonia e 
equilíbrio, vigentes na Europa no século XVI, que chegaram ao Brasil no século XVII, adaptados, então, à 
realidade nacional. 
d. Um dos temas principais do Barroco é a efemeridade da vida, questão que foi tratada no dilema de viver o 
momento presente e, ao mesmo tempo, preocupar-se com a vida eterna. 
e. A escultura barroca teve no Brasil o nome de António Francisco Lisboa, o Aleijadinho, que, no século 
XVII, elaborou uma arte de tema religioso com traços nacionais e populares, numa mescla representativa do 
Barroco.
QUESTÃO 05. (PUCC-SP) leia o poema a seguir de Gregório de Matos: 
“Que falta nesta cidade? Verdade”. 
Que mais por sua desonra? Honra. 
Falta mais que se lhe ponha? Vergonha. 
O demo a viver se exponha, 
Por mais que a fama a exalta, 
Numa cidade onde falta 
Verdade, honra, vergonha." 
 Pode-se reconhecer nos versos acima: 
a. o caráter de jogo verbal próprio do estilo barroco, a serviço de uma crítica, em tom de sátira, do perfil 
moral da cidade da Bahia. 
b. o caráter de jogo verbal próprio da poesia religiosa do século XVI, sustentando piedosa lamentação pela 
falta de fé do gentio. 
c. o estilo pedagógico da poesia neoclássica, por meio da qual o poeta se investe das funções de um 
autêntico moralizador. 
d. o caráter de jogo verbal próprio do estilo barroco, a serviço da expressão lírica do arrependimento do 
poeta pecador. 
e. o estilo pedagógico da poesia neoclássica, sustentando em tom lírico as reflexões do poeta sobre o perfil 
moral da cidade da Bahia 
QUESTÃO 06. (UNIV. CAXIAS DO SUL) Escolha a alternativa que completa de forma correta a frase 
abaixo: 
A linguagem ______, o paradoxo, ________ e o registro das impressões sensoriais são recursos linguísticos 
presentes na poesia ________. 
a) simples; a antítese; parnasiana. 
b) rebuscada; a antítese; barroca. 
c) objetiva; a metáfora; simbolista. 
d) subjetiva; o verso livre; romântica. 
e) detalhada; o subjetivismo; simbolista. 
QUESTÃO 07. (MACKENZIE-SP) Assinale a alternativa incorreta: 
a) Na obra de José de Anchieta, encontram-se poesias que seguem a tradição medieval e textos para teatro 
com clara intenção catequista. 
b) A literatura informativa do Quinhentismo brasileiro empenha-se em fazer um levantamento da terra, daí 
ser predominantemente descritiva. 
c) A literatura seiscentista reflete um dualismo: o ser humano dividido entre a matéria e o espírito, o pecado 
e o perdão. 
d) O Barroco apresenta estados de alma expressos através de antíteses, paradoxos, interrogações. 
e) O conceptismo caracteriza-se pela linguagem rebuscada, culta, extravagante, enquanto o cultismo é 
marcado pelo jogo de ideias, seguindo um raciocínio lógico, racionalista. 
QUESTÃO 08. Com referência ao Barroco, todas as alternativas são corretas, exceto: 
a) O Barroco estabelece contradições entre espírito e carne, alma e corpo, morte e vida. 
b) O homem centra suas preocupações em seu próprio ser, tendo em mira seu aprimoramento, com base na 
cultura greco-latina. 
c) O Barroco apresenta, como característica marcante, o espírito de tensão, conflito entre tendências 
opostas: de um lado, o teocentrismo medieval e, de outro, o antropocentrismo renascentista. 
d) A arte bar oca é vinculada à Contrarreforma. 
e) O barroco caracteriza-se pela sintaxe obscura, uso de hipérbole e de metáforas.
QUESTÃO 09. A respeito de Gregório de Matos, assinale a alternativa, incorreta: 
a) Alguns de seus sonetos sacros e líricos transpõem, com brilho, esquemas de Gôngora e de Quevedo. 
b) Alma maligna, caráter rancoroso, relaxado por temperamento e costumes, verte fel em todas as suas 
sátiras. 
c) Na poesia sacra, o homem não busca o perdão de Deus; não existe o sentimento de culpa, ignorando-se 
a busca do perdão divino. 
d) As suas farpas dirigiam-se de preferência contra os fidalgos caramurus. 
e) A melhor produção literária do autor é constituída de poesias líricas, em que desenvolve temas 
constantes da estática barroca, como a transitoriedade da vida e das coisas. 
TEXTO PARA AS QUESTÕES 10 a 13 
À INSTABILIDADE DAS COUSAS DO MUNDO 
Nasce o Sol, e não dura mais que um dia, 
Depois da Luz se segue a noite escura, 
Em tristes sombras morre a formosura, 
Em continuas tristezas a alegrias, 
Porém, se acaba o Sol, por que nascia? 
Se é tão formosa a Luz, por que não dura? 
Como a beleza assim se transfigura? 
Como o gosto, da pena assim se fia? 
Mas no Sol, e na Luz falte a firmeza, 
Na formosura não se dê constância, 
E na alegria, sinta-se triste. 
Começa o Mundo enfim pela ignorância 
A firmeza somente na inconstância. 
QUESTÃO 10. No texto predominaram as imagens: 
a) olfativas; b) gustativas; c) auditivas; d) táteis; e) visuais. 
QUESTÃO 11. A ideia central do texto é: 
a) a duração efêmera de todas as realidades do mundo; b) a grandeza de Deus e a pequenez humana; 
c) os contrastes da vida; d) a falsidade das aparências; 
e) a duração prolongada do sofrimento. 
QUESTÃO 12. Qual é o elemento barroco mais característico da 1ª estrofe? 
a) disposição antitética da frase; b) cultismo; 
c) concepção teocêntrica; d) estrutura correlativa, disseminativa e recoletiva. 
QUESTÃO 13. . (SANTA CASA) A preocupação com a brevidade da vida induz o poeta barroco a assumir 
uma atitude que: 
a) descrê da misericórdia divina e contesta os valores da religião; 
b) desiste de lutar contra o tempo, menosprezando a mocidade e a beleza; 
c) se deixa subjugar pelo desânimo e pela apatia dos céticos; 
d) se revolta contra os insondáveis desígnios de Deus; 
e) quer gozar ao máximo seus dias, enquanto a mocidade dura. 
QUESTÃO 14. (UEL) Identifique a afirmação que se refere a Gregório de Matos: 
a) No seu esforço da criação a comédia brasileira, realiza um trabalho de crítica que encontra seguidores no 
Romantismo e mesmo no restante do século XIX. 
b) Sua obra é uma síntese singular entre o passado e o presente: ainda tem os torneios verbais do 
Quinhentismo português, mas combina-os com a paixão das imagens pré-românticas. 
c) Dos poetas arcádicos eminentes, foi sem dúvida o mais liberal, o que mais claramente manifestou as 
ideias da ilustração francesa. 
d) Teve grande capacidade em fixar num lampejo os vícios, os ridículos, os desmandos do poder local, 
valendo-se para isso do engenho artificioso que caracteriza o estilo da época.
e) Sua famosa sátira à autoridade portuguesa na Minas Gerais do chamado ciclo do ouro, é prova de que 
seus talento não se restringia ao lirismo amoroso. 
QUESTÃO 15. Em qual das opções há erro de identificação das figuras? 
a) "Um dia hei de ir embora / Adormecer no derradeiro sono." (eufemismo) 
b) "A neblina, roçando o chão, cicia, em prece. (prosopopeia) 
c) Sentei no braço da poltrona para descansar. (catacrese) 
xd) Li Cecília Meirelles. (metáfora) 
e) "Ouço o tique-taque do relógio: apresso-me então." (Clarice Lispector) (onomatopeia) 
QUESTÃO 16. (UFPE) leia o texto a seguir para responder ao que se pede: 
DESCOBERTA DA LITERATURA 
No dia-a-dia do engenho/ toda a semana, durante/ 
cochichavam-me em segredo: / saiu um novo romance./ 
E da feira do domingo/ me traziam conspirantes/ 
para que os lesse e explicasse/ um romance de barbante./ 
Sentados na roda morta/ de um carro de boi, sem jante,/ 
ouviam o folheto guenzo, / o seu leitor semelhante,/ 
com as peripécias de espanto/ preditas pelos feirantes./ 
Embora as coisas contadas/ e todo o mirabolante,/ 
em nada ou pouco variassem/ nos crimes, no amor, nos lances,/ 
e soassem como sabidas/ de outros folhetos migrantes,/ 
a tensão era tão densa,/ subia tão alarmante,/ 
que o leitor que lia aquilo/ como puro alto-falante,/ 
e, sem querer, imantara/ todos ali, circunstantes,/ 
receava que confundissem/ o de perto com o distante,/ 
o ali com o espaço mágico,/ seu franzino com gigante,/ 
e que o acabasse tomando/ pelo autor imaginante/ 
ou tivesse que afrontar/ as brabezas do brigante./ (…) 
João Cabral de Melo Neto 
 Sobre as figuras de linguagem usadas no texto, relacione as duas colunas abaixo: 
(1) Romance de barbante 
(2) Roda morta; folheto guenzo 
(3) Como puro alto-falante 
(4) Perto/distante/mágico/Franzino/gigante 
(5) Cochichavam-me em segredo 
(6) O livro é um mudo que fala, um surdo que ouve, um cego que guia. 
(7) "Estou cego e vejo.” 
( ) Pleonasmo 
( ) Metáfora 
( ) Comparação 
( ) Metonímia 
( ) Antítese 
( ) Paradoxo 
( ) personificação 
Que as realizações alcançadas este ano, sejam apenas sementes plantadas, que serão colhidas com 
maior sucesso no ano vindouro! 
BOAS FESTAS!!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pm memorial (padre bartolomeu) e camões (sete anos de pastor) - grupo ii (...
Pm   memorial (padre bartolomeu) e camões (sete anos de pastor) - grupo ii (...Pm   memorial (padre bartolomeu) e camões (sete anos de pastor) - grupo ii (...
Pm memorial (padre bartolomeu) e camões (sete anos de pastor) - grupo ii (...Paula Marçal
 
Aula 06 barroco no brasil
Aula 06   barroco no brasilAula 06   barroco no brasil
Aula 06 barroco no brasilJonatas Carlos
 
20 questões de literatura segundo trimestre
20 questões de literatura segundo trimestre20 questões de literatura segundo trimestre
20 questões de literatura segundo trimestrePaulo Klein
 
VESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE LITERATURA - TODOS OS TIPOS
VESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE LITERATURA - TODOS OS TIPOSVESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE LITERATURA - TODOS OS TIPOS
VESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE LITERATURA - TODOS OS TIPOSIsaquel Silva
 
linguagens para o enem n 3
   linguagens para o  enem n  3   linguagens para o  enem n  3
linguagens para o enem n 3PATRICIA VIANA
 
Revisional de estilos de época 02, barroco
Revisional de estilos de época 02, barrocoRevisional de estilos de época 02, barroco
Revisional de estilos de época 02, barrocoma.no.el.ne.ves
 
4 exercicios barroco-literatura_portugues
4   exercicios barroco-literatura_portugues4   exercicios barroco-literatura_portugues
4 exercicios barroco-literatura_portuguesjasonrplima
 
Gabarito 3o. ano língua portuguesa 1 - 2o. bim
Gabarito 3o. ano   língua portuguesa 1 - 2o. bimGabarito 3o. ano   língua portuguesa 1 - 2o. bim
Gabarito 3o. ano língua portuguesa 1 - 2o. bimstjamesmkt
 
Exercícios sobre o realismo e o naturalismo, 01
Exercícios sobre o realismo e o naturalismo, 01Exercícios sobre o realismo e o naturalismo, 01
Exercícios sobre o realismo e o naturalismo, 01ma.no.el.ne.ves
 
Gabarito 1o. bim português i
Gabarito 1o. bim   português iGabarito 1o. bim   português i
Gabarito 1o. bim português iLigia Amaral
 
Simulado de literatura brasileira
Simulado de literatura brasileiraSimulado de literatura brasileira
Simulado de literatura brasileiraJesrayne Nascimento
 
Revisando a literatura imperial, 02: Romantismo, Realismo, Naturalismo, Parna...
Revisando a literatura imperial, 02: Romantismo, Realismo, Naturalismo, Parna...Revisando a literatura imperial, 02: Romantismo, Realismo, Naturalismo, Parna...
Revisando a literatura imperial, 02: Romantismo, Realismo, Naturalismo, Parna...ma.no.el.ne.ves
 
Lista de exercícios 2º ano em literatura
Lista de exercícios 2º ano em literaturaLista de exercícios 2º ano em literatura
Lista de exercícios 2º ano em literaturaDaniela Gimael
 
Eja etapa VII - Literatura_Barroco no Brasil
Eja   etapa VII - Literatura_Barroco no BrasilEja   etapa VII - Literatura_Barroco no Brasil
Eja etapa VII - Literatura_Barroco no BrasilHildalene Pinheiro
 
1ª série médio 05 atividade de literatura barrocoarcadismo everaldina lp em 2...
1ª série médio 05 atividade de literatura barrocoarcadismo everaldina lp em 2...1ª série médio 05 atividade de literatura barrocoarcadismo everaldina lp em 2...
1ª série médio 05 atividade de literatura barrocoarcadismo everaldina lp em 2...Vera Oliveira
 
Exercícios literatura escolas literárias (3)
Exercícios literatura   escolas literárias (3)Exercícios literatura   escolas literárias (3)
Exercícios literatura escolas literárias (3)Edcléia Xavier
 
Lp e literatura brasileira
Lp e literatura brasileiraLp e literatura brasileira
Lp e literatura brasileiracavip
 

Mais procurados (20)

Pm memorial (padre bartolomeu) e camões (sete anos de pastor) - grupo ii (...
Pm   memorial (padre bartolomeu) e camões (sete anos de pastor) - grupo ii (...Pm   memorial (padre bartolomeu) e camões (sete anos de pastor) - grupo ii (...
Pm memorial (padre bartolomeu) e camões (sete anos de pastor) - grupo ii (...
 
Aula 06 barroco no brasil
Aula 06   barroco no brasilAula 06   barroco no brasil
Aula 06 barroco no brasil
 
20 questões de literatura segundo trimestre
20 questões de literatura segundo trimestre20 questões de literatura segundo trimestre
20 questões de literatura segundo trimestre
 
VESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE LITERATURA - TODOS OS TIPOS
VESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE LITERATURA - TODOS OS TIPOSVESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE LITERATURA - TODOS OS TIPOS
VESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE LITERATURA - TODOS OS TIPOS
 
linguagens para o enem n 3
   linguagens para o  enem n  3   linguagens para o  enem n  3
linguagens para o enem n 3
 
Revisando o barroco, 01
Revisando o barroco, 01Revisando o barroco, 01
Revisando o barroco, 01
 
Revisional de estilos de época 02, barroco
Revisional de estilos de época 02, barrocoRevisional de estilos de época 02, barroco
Revisional de estilos de época 02, barroco
 
4 exercicios barroco-literatura_portugues
4   exercicios barroco-literatura_portugues4   exercicios barroco-literatura_portugues
4 exercicios barroco-literatura_portugues
 
Gabarito 3o. ano língua portuguesa 1 - 2o. bim
Gabarito 3o. ano   língua portuguesa 1 - 2o. bimGabarito 3o. ano   língua portuguesa 1 - 2o. bim
Gabarito 3o. ano língua portuguesa 1 - 2o. bim
 
Exercícios sobre o realismo e o naturalismo, 01
Exercícios sobre o realismo e o naturalismo, 01Exercícios sobre o realismo e o naturalismo, 01
Exercícios sobre o realismo e o naturalismo, 01
 
Gabarito 1o. bim português i
Gabarito 1o. bim   português iGabarito 1o. bim   português i
Gabarito 1o. bim português i
 
Simulado de literatura brasileira
Simulado de literatura brasileiraSimulado de literatura brasileira
Simulado de literatura brasileira
 
Revisando a literatura imperial, 02: Romantismo, Realismo, Naturalismo, Parna...
Revisando a literatura imperial, 02: Romantismo, Realismo, Naturalismo, Parna...Revisando a literatura imperial, 02: Romantismo, Realismo, Naturalismo, Parna...
Revisando a literatura imperial, 02: Romantismo, Realismo, Naturalismo, Parna...
 
Lista de exercícios 2º ano em literatura
Lista de exercícios 2º ano em literaturaLista de exercícios 2º ano em literatura
Lista de exercícios 2º ano em literatura
 
Pp
PpPp
Pp
 
Eja etapa VII - Literatura_Barroco no Brasil
Eja   etapa VII - Literatura_Barroco no BrasilEja   etapa VII - Literatura_Barroco no Brasil
Eja etapa VII - Literatura_Barroco no Brasil
 
1 ano prof karol
1 ano prof karol1 ano prof karol
1 ano prof karol
 
1ª série médio 05 atividade de literatura barrocoarcadismo everaldina lp em 2...
1ª série médio 05 atividade de literatura barrocoarcadismo everaldina lp em 2...1ª série médio 05 atividade de literatura barrocoarcadismo everaldina lp em 2...
1ª série médio 05 atividade de literatura barrocoarcadismo everaldina lp em 2...
 
Exercícios literatura escolas literárias (3)
Exercícios literatura   escolas literárias (3)Exercícios literatura   escolas literárias (3)
Exercícios literatura escolas literárias (3)
 
Lp e literatura brasileira
Lp e literatura brasileiraLp e literatura brasileira
Lp e literatura brasileira
 

Destaque

Prova literatura 2° ano médio
Prova literatura 2° ano médioProva literatura 2° ano médio
Prova literatura 2° ano médioGeo Honório
 
Prova literatura 1° ano médio
Prova literatura 1° ano médioProva literatura 1° ano médio
Prova literatura 1° ano médioGeo Honório
 
Prova de literatura
Prova de literaturaProva de literatura
Prova de literaturaJosé Neto
 
9º anos a, b, c cirlei-artes-2ºsemestre
9º anos a, b, c cirlei-artes-2ºsemestre9º anos a, b, c cirlei-artes-2ºsemestre
9º anos a, b, c cirlei-artes-2ºsemestreFatima Moraes
 
I PROVÃO - PROVAS DO PRIMEIRO DIA - 2º ANO (COM GABARITOS)
I PROVÃO - PROVAS DO PRIMEIRO DIA - 2º ANO (COM GABARITOS) I PROVÃO - PROVAS DO PRIMEIRO DIA - 2º ANO (COM GABARITOS)
I PROVÃO - PROVAS DO PRIMEIRO DIA - 2º ANO (COM GABARITOS) Isaquel Silva
 
Linguagens da artes (atividades )
Linguagens da artes (atividades )Linguagens da artes (atividades )
Linguagens da artes (atividades )graduartes
 

Destaque (8)

Prova literatura 2° ano médio
Prova literatura 2° ano médioProva literatura 2° ano médio
Prova literatura 2° ano médio
 
Prova literatura 1° ano médio
Prova literatura 1° ano médioProva literatura 1° ano médio
Prova literatura 1° ano médio
 
Prova de literatura
Prova de literaturaProva de literatura
Prova de literatura
 
9º anos a, b, c cirlei-artes-2ºsemestre
9º anos a, b, c cirlei-artes-2ºsemestre9º anos a, b, c cirlei-artes-2ºsemestre
9º anos a, b, c cirlei-artes-2ºsemestre
 
I PROVÃO - PROVAS DO PRIMEIRO DIA - 2º ANO (COM GABARITOS)
I PROVÃO - PROVAS DO PRIMEIRO DIA - 2º ANO (COM GABARITOS) I PROVÃO - PROVAS DO PRIMEIRO DIA - 2º ANO (COM GABARITOS)
I PROVÃO - PROVAS DO PRIMEIRO DIA - 2º ANO (COM GABARITOS)
 
Monografia Luciene Matemática 2011
Monografia Luciene Matemática 2011Monografia Luciene Matemática 2011
Monografia Luciene Matemática 2011
 
Prova de Artes 2013
Prova de Artes 2013Prova de Artes 2013
Prova de Artes 2013
 
Linguagens da artes (atividades )
Linguagens da artes (atividades )Linguagens da artes (atividades )
Linguagens da artes (atividades )
 

Semelhante a Barroco brasileiro: prova de Português sobre Gregório de Matos

Caderno de atividades das leituras do vestibular
Caderno de atividades das leituras do vestibularCaderno de atividades das leituras do vestibular
Caderno de atividades das leituras do vestibularpibidletrasifpa
 
PEB II - LITERATURA - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOS
PEB II - LITERATURA - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOSPEB II - LITERATURA - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOS
PEB II - LITERATURA - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOSValdeci Correia
 
SEMANA DO FERA 2014 - SEGUNDO ANO
SEMANA DO FERA 2014 - SEGUNDO ANOSEMANA DO FERA 2014 - SEGUNDO ANO
SEMANA DO FERA 2014 - SEGUNDO ANOPaulo Alexandre
 
questoes-romantismo-enem.pdf
questoes-romantismo-enem.pdfquestoes-romantismo-enem.pdf
questoes-romantismo-enem.pdfBiancaBatista53
 
Revisão literatura - realismo - naturalismo
Revisão   literatura - realismo - naturalismoRevisão   literatura - realismo - naturalismo
Revisão literatura - realismo - naturalismojasonrplima
 
Atividade avaliativa romantismo
Atividade avaliativa   romantismoAtividade avaliativa   romantismo
Atividade avaliativa romantismoRenato Rodrigues
 
Atividade avaliativa romantismo
Atividade avaliativa   romantismoAtividade avaliativa   romantismo
Atividade avaliativa romantismoRenato Rodrigues
 
Atividade avaliativa romantismo
Atividade avaliativa   romantismoAtividade avaliativa   romantismo
Atividade avaliativa romantismoRenato Rodrigues
 
Atividade avaliativa romantismo
Atividade avaliativa   romantismoAtividade avaliativa   romantismo
Atividade avaliativa romantismoRenato Rodrigues
 
Artes pre modernismo
Artes pre modernismoArtes pre modernismo
Artes pre modernismoEldio Silva
 
Atividade avaliativa romantismo
Atividade avaliativa   romantismoAtividade avaliativa   romantismo
Atividade avaliativa romantismoRenato Rodrigues
 
Atividade avaliativa romantismo
Atividade avaliativa   romantismoAtividade avaliativa   romantismo
Atividade avaliativa romantismoRenato Rodrigues
 
Atividade avaliativa romantismo
Atividade avaliativa   romantismoAtividade avaliativa   romantismo
Atividade avaliativa romantismoRenato Rodrigues
 
Resolucao 2015 pre-vestibular_literatura_l1_split - SAS
Resolucao 2015 pre-vestibular_literatura_l1_split - SASResolucao 2015 pre-vestibular_literatura_l1_split - SAS
Resolucao 2015 pre-vestibular_literatura_l1_split - SASjasonrplima
 

Semelhante a Barroco brasileiro: prova de Português sobre Gregório de Matos (20)

Caderno de atividades das leituras do vestibular
Caderno de atividades das leituras do vestibularCaderno de atividades das leituras do vestibular
Caderno de atividades das leituras do vestibular
 
Barroco brasileiro.pptx
Barroco brasileiro.pptxBarroco brasileiro.pptx
Barroco brasileiro.pptx
 
PEB II - LITERATURA - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOS
PEB II - LITERATURA - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOSPEB II - LITERATURA - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOS
PEB II - LITERATURA - SIMULADO DIGITAL PARA CONCURSOS PÚBLICOS
 
Simulado lit-prise 2.1 ok
Simulado lit-prise 2.1 okSimulado lit-prise 2.1 ok
Simulado lit-prise 2.1 ok
 
Revisando o barroco, 02
Revisando o barroco, 02Revisando o barroco, 02
Revisando o barroco, 02
 
Ssa 1 arcadismo atividades
Ssa 1  arcadismo  atividadesSsa 1  arcadismo  atividades
Ssa 1 arcadismo atividades
 
SEMANA DO FERA 2014 - SEGUNDO ANO
SEMANA DO FERA 2014 - SEGUNDO ANOSEMANA DO FERA 2014 - SEGUNDO ANO
SEMANA DO FERA 2014 - SEGUNDO ANO
 
questoes-romantismo-enem.pdf
questoes-romantismo-enem.pdfquestoes-romantismo-enem.pdf
questoes-romantismo-enem.pdf
 
Exercícios modernismo
Exercícios   modernismoExercícios   modernismo
Exercícios modernismo
 
Revisão literatura - realismo - naturalismo
Revisão   literatura - realismo - naturalismoRevisão   literatura - realismo - naturalismo
Revisão literatura - realismo - naturalismo
 
Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
 
Atividade avaliativa romantismo
Atividade avaliativa   romantismoAtividade avaliativa   romantismo
Atividade avaliativa romantismo
 
Atividade avaliativa romantismo
Atividade avaliativa   romantismoAtividade avaliativa   romantismo
Atividade avaliativa romantismo
 
Atividade avaliativa romantismo
Atividade avaliativa   romantismoAtividade avaliativa   romantismo
Atividade avaliativa romantismo
 
Atividade avaliativa romantismo
Atividade avaliativa   romantismoAtividade avaliativa   romantismo
Atividade avaliativa romantismo
 
Artes pre modernismo
Artes pre modernismoArtes pre modernismo
Artes pre modernismo
 
Atividade avaliativa romantismo
Atividade avaliativa   romantismoAtividade avaliativa   romantismo
Atividade avaliativa romantismo
 
Atividade avaliativa romantismo
Atividade avaliativa   romantismoAtividade avaliativa   romantismo
Atividade avaliativa romantismo
 
Atividade avaliativa romantismo
Atividade avaliativa   romantismoAtividade avaliativa   romantismo
Atividade avaliativa romantismo
 
Resolucao 2015 pre-vestibular_literatura_l1_split - SAS
Resolucao 2015 pre-vestibular_literatura_l1_split - SASResolucao 2015 pre-vestibular_literatura_l1_split - SAS
Resolucao 2015 pre-vestibular_literatura_l1_split - SAS
 

Último

Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamentalgeone480617
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 

Último (20)

Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 

Barroco brasileiro: prova de Português sobre Gregório de Matos

  • 1. COLÉGIO ESTADUAL JOSÉ MALTA MAIA DATA_____/____ /2014 NOME_____________________________________________ PROF.ª: Analita Dias SÉRIE- 1º Ensino Médio TURMA________ PESO:___________ PROVA FINAL DE LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA – IV UNIDADE "A admiração é filha da ignorância, porque ninguém se admira senão das coisas que ignora, principalmente se são grandes; e mãe da ciência, porque admirados os homens das coisas que ignoram, inquirem e investigam as causas delas até as alcançar, e isto é o que se chama ciência." (Pe. Antônio Vieira) QUESTÃO 01. (UFRN) A obra de Gregório de Matos — autor que se destaca na literatura barroca brasileira — compreende: a. poesia épico-amorosa e obras dramáticas. b. poesia satírica e contos burlescos. c. poesia lírica, de caráter religioso e amoroso, e poesia satírica. d. poesia confessional e autos religiosos. e. poesia lírica e teatro de costumes. QUESTÃO 02. (Mack-SP) Ao Barroco brasileiro pertencem: a. Camões e Gil Vicente. b. Manoel B. Oliveira e Gregório de Matos. c. Sóror Mariana Alcoforado e Gregório de Matos. d. Gandavo e Camões. e. Gil Vicente e Manoel B. Oliveira. QUESTÃO 03 . (UFRS) Considere as seguintes afirmações sobre o Barroco brasileiro: I. A arte barroca caracteriza-se por apresentar dualidades, conflitos, paradoxos e contrastes, que convivem tensamente na unidade da obra. II. O conceptismo e o cultismo, expressões da poesia barroca, apresentam um imaginário bucólico, sempre povoado de pastoras e ninfas. III. A oposição entre Reforma e Contra--Reforma expressa, no plano religioso, os mesmos dilemas de que o Barroco se ocupa. IV. Quais estão corretas a. Apenas I. b. Apenas II. c. Apenas III. d. Apenas l e III. e. I, II e III. QUESTÃO 04 . (UFRS) Com relação ao Barroco brasileiro, assinale a alternativa INCORRETA. a. Os Sermões, do padre António Vieira, elaborados numa linguagem conceptista, refletiram as preocupações do autor com problemas brasileiros da época, por exemplo, a escravidão. b. Os conflitos éticos vividos pelo homem .do Barroco corresponderam, na forma literária ao uso exagerado de paradoxos e inversões sintáticas. c. A poesia barroca foi a confirmação, no plano estético, dos preceitos renascentistas de harmonia e equilíbrio, vigentes na Europa no século XVI, que chegaram ao Brasil no século XVII, adaptados, então, à realidade nacional. d. Um dos temas principais do Barroco é a efemeridade da vida, questão que foi tratada no dilema de viver o momento presente e, ao mesmo tempo, preocupar-se com a vida eterna. e. A escultura barroca teve no Brasil o nome de António Francisco Lisboa, o Aleijadinho, que, no século XVII, elaborou uma arte de tema religioso com traços nacionais e populares, numa mescla representativa do Barroco.
  • 2. QUESTÃO 05. (PUCC-SP) leia o poema a seguir de Gregório de Matos: “Que falta nesta cidade? Verdade”. Que mais por sua desonra? Honra. Falta mais que se lhe ponha? Vergonha. O demo a viver se exponha, Por mais que a fama a exalta, Numa cidade onde falta Verdade, honra, vergonha."  Pode-se reconhecer nos versos acima: a. o caráter de jogo verbal próprio do estilo barroco, a serviço de uma crítica, em tom de sátira, do perfil moral da cidade da Bahia. b. o caráter de jogo verbal próprio da poesia religiosa do século XVI, sustentando piedosa lamentação pela falta de fé do gentio. c. o estilo pedagógico da poesia neoclássica, por meio da qual o poeta se investe das funções de um autêntico moralizador. d. o caráter de jogo verbal próprio do estilo barroco, a serviço da expressão lírica do arrependimento do poeta pecador. e. o estilo pedagógico da poesia neoclássica, sustentando em tom lírico as reflexões do poeta sobre o perfil moral da cidade da Bahia QUESTÃO 06. (UNIV. CAXIAS DO SUL) Escolha a alternativa que completa de forma correta a frase abaixo: A linguagem ______, o paradoxo, ________ e o registro das impressões sensoriais são recursos linguísticos presentes na poesia ________. a) simples; a antítese; parnasiana. b) rebuscada; a antítese; barroca. c) objetiva; a metáfora; simbolista. d) subjetiva; o verso livre; romântica. e) detalhada; o subjetivismo; simbolista. QUESTÃO 07. (MACKENZIE-SP) Assinale a alternativa incorreta: a) Na obra de José de Anchieta, encontram-se poesias que seguem a tradição medieval e textos para teatro com clara intenção catequista. b) A literatura informativa do Quinhentismo brasileiro empenha-se em fazer um levantamento da terra, daí ser predominantemente descritiva. c) A literatura seiscentista reflete um dualismo: o ser humano dividido entre a matéria e o espírito, o pecado e o perdão. d) O Barroco apresenta estados de alma expressos através de antíteses, paradoxos, interrogações. e) O conceptismo caracteriza-se pela linguagem rebuscada, culta, extravagante, enquanto o cultismo é marcado pelo jogo de ideias, seguindo um raciocínio lógico, racionalista. QUESTÃO 08. Com referência ao Barroco, todas as alternativas são corretas, exceto: a) O Barroco estabelece contradições entre espírito e carne, alma e corpo, morte e vida. b) O homem centra suas preocupações em seu próprio ser, tendo em mira seu aprimoramento, com base na cultura greco-latina. c) O Barroco apresenta, como característica marcante, o espírito de tensão, conflito entre tendências opostas: de um lado, o teocentrismo medieval e, de outro, o antropocentrismo renascentista. d) A arte bar oca é vinculada à Contrarreforma. e) O barroco caracteriza-se pela sintaxe obscura, uso de hipérbole e de metáforas.
  • 3. QUESTÃO 09. A respeito de Gregório de Matos, assinale a alternativa, incorreta: a) Alguns de seus sonetos sacros e líricos transpõem, com brilho, esquemas de Gôngora e de Quevedo. b) Alma maligna, caráter rancoroso, relaxado por temperamento e costumes, verte fel em todas as suas sátiras. c) Na poesia sacra, o homem não busca o perdão de Deus; não existe o sentimento de culpa, ignorando-se a busca do perdão divino. d) As suas farpas dirigiam-se de preferência contra os fidalgos caramurus. e) A melhor produção literária do autor é constituída de poesias líricas, em que desenvolve temas constantes da estática barroca, como a transitoriedade da vida e das coisas. TEXTO PARA AS QUESTÕES 10 a 13 À INSTABILIDADE DAS COUSAS DO MUNDO Nasce o Sol, e não dura mais que um dia, Depois da Luz se segue a noite escura, Em tristes sombras morre a formosura, Em continuas tristezas a alegrias, Porém, se acaba o Sol, por que nascia? Se é tão formosa a Luz, por que não dura? Como a beleza assim se transfigura? Como o gosto, da pena assim se fia? Mas no Sol, e na Luz falte a firmeza, Na formosura não se dê constância, E na alegria, sinta-se triste. Começa o Mundo enfim pela ignorância A firmeza somente na inconstância. QUESTÃO 10. No texto predominaram as imagens: a) olfativas; b) gustativas; c) auditivas; d) táteis; e) visuais. QUESTÃO 11. A ideia central do texto é: a) a duração efêmera de todas as realidades do mundo; b) a grandeza de Deus e a pequenez humana; c) os contrastes da vida; d) a falsidade das aparências; e) a duração prolongada do sofrimento. QUESTÃO 12. Qual é o elemento barroco mais característico da 1ª estrofe? a) disposição antitética da frase; b) cultismo; c) concepção teocêntrica; d) estrutura correlativa, disseminativa e recoletiva. QUESTÃO 13. . (SANTA CASA) A preocupação com a brevidade da vida induz o poeta barroco a assumir uma atitude que: a) descrê da misericórdia divina e contesta os valores da religião; b) desiste de lutar contra o tempo, menosprezando a mocidade e a beleza; c) se deixa subjugar pelo desânimo e pela apatia dos céticos; d) se revolta contra os insondáveis desígnios de Deus; e) quer gozar ao máximo seus dias, enquanto a mocidade dura. QUESTÃO 14. (UEL) Identifique a afirmação que se refere a Gregório de Matos: a) No seu esforço da criação a comédia brasileira, realiza um trabalho de crítica que encontra seguidores no Romantismo e mesmo no restante do século XIX. b) Sua obra é uma síntese singular entre o passado e o presente: ainda tem os torneios verbais do Quinhentismo português, mas combina-os com a paixão das imagens pré-românticas. c) Dos poetas arcádicos eminentes, foi sem dúvida o mais liberal, o que mais claramente manifestou as ideias da ilustração francesa. d) Teve grande capacidade em fixar num lampejo os vícios, os ridículos, os desmandos do poder local, valendo-se para isso do engenho artificioso que caracteriza o estilo da época.
  • 4. e) Sua famosa sátira à autoridade portuguesa na Minas Gerais do chamado ciclo do ouro, é prova de que seus talento não se restringia ao lirismo amoroso. QUESTÃO 15. Em qual das opções há erro de identificação das figuras? a) "Um dia hei de ir embora / Adormecer no derradeiro sono." (eufemismo) b) "A neblina, roçando o chão, cicia, em prece. (prosopopeia) c) Sentei no braço da poltrona para descansar. (catacrese) xd) Li Cecília Meirelles. (metáfora) e) "Ouço o tique-taque do relógio: apresso-me então." (Clarice Lispector) (onomatopeia) QUESTÃO 16. (UFPE) leia o texto a seguir para responder ao que se pede: DESCOBERTA DA LITERATURA No dia-a-dia do engenho/ toda a semana, durante/ cochichavam-me em segredo: / saiu um novo romance./ E da feira do domingo/ me traziam conspirantes/ para que os lesse e explicasse/ um romance de barbante./ Sentados na roda morta/ de um carro de boi, sem jante,/ ouviam o folheto guenzo, / o seu leitor semelhante,/ com as peripécias de espanto/ preditas pelos feirantes./ Embora as coisas contadas/ e todo o mirabolante,/ em nada ou pouco variassem/ nos crimes, no amor, nos lances,/ e soassem como sabidas/ de outros folhetos migrantes,/ a tensão era tão densa,/ subia tão alarmante,/ que o leitor que lia aquilo/ como puro alto-falante,/ e, sem querer, imantara/ todos ali, circunstantes,/ receava que confundissem/ o de perto com o distante,/ o ali com o espaço mágico,/ seu franzino com gigante,/ e que o acabasse tomando/ pelo autor imaginante/ ou tivesse que afrontar/ as brabezas do brigante./ (…) João Cabral de Melo Neto  Sobre as figuras de linguagem usadas no texto, relacione as duas colunas abaixo: (1) Romance de barbante (2) Roda morta; folheto guenzo (3) Como puro alto-falante (4) Perto/distante/mágico/Franzino/gigante (5) Cochichavam-me em segredo (6) O livro é um mudo que fala, um surdo que ouve, um cego que guia. (7) "Estou cego e vejo.” ( ) Pleonasmo ( ) Metáfora ( ) Comparação ( ) Metonímia ( ) Antítese ( ) Paradoxo ( ) personificação Que as realizações alcançadas este ano, sejam apenas sementes plantadas, que serão colhidas com maior sucesso no ano vindouro! BOAS FESTAS!!!