TROVADORISMO
Ana Jéssy Reis
PLANO DE AULA
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO-UEMA
PROGRAMA DARCY RIBEIRO- PDR
CURSO: Letras – Habilitação em Línguas Po...
TROVADORISMO
Trobar, do provençal, quer dizer criar, inventar, achar.
Portanto trobador era o poeta que criava suas compos...
CONTEXTO HISTÓRICO
Queda do Imp. Romano (séc V d.C.)
Idade média
Tomanda de Constantinopla (séc XV d. C.)
Trovadorismo-> B...
CONTEXTO HISTÓRICO
- Valorização da mulher² nas artes
- Invasão árabe
- Independência de Portugal
POESIA TROVADORESCA
Principal característica: Poesia cantada (galego-português)
Corpo de artistas: Trovador (nobre ou prof...
CANTIGA DE AMOR
POESIA LÍRICA
 Eu-lírico: homem
 Amour courtois – Amor cortês
 Platônico
 Coita amorosa
 Vassalo +sus...
CANTIGA DE AMIGO
POESIA LÍRICA
 Eu-lírico: mulher
 Sentimentos sensoriais (concreto) 10
 Natureza e vida doméstica
 Co...
CANTIGA DE ESCÁRNIO
POESIA SATÍRICA
 Ironia
 Sátira indireta
CANTIGA DE MALDIZER
POESIA SATÍRICA
 Sátira direta
 Linguagem obscena
PRINCIPAIS TROVADORES
João Soares de Paiva (séc. XIII)
Paio Soares de Taveirós
Dom Afonso X (“O Sábio”)
Dom Dinis
Martin C...
TROVADORISMO NA
MODERNIDADE
REFERÊNCIAS
Literatura Portuguesa
José Carlos Siqueira
Stélio Furlan
Romantismo e Realismo na Literatura Portuguesa
Bruno ...
Trovadorismo - plano de aula - texto, audio e vídeo
Trovadorismo - plano de aula - texto, audio e vídeo
Trovadorismo - plano de aula - texto, audio e vídeo
Trovadorismo - plano de aula - texto, audio e vídeo
Trovadorismo - plano de aula - texto, audio e vídeo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trovadorismo - plano de aula - texto, audio e vídeo

5.032 visualizações

Publicada em

Plano de aula sobre Trovadorismo, baseado no livro Literatura Portuguesa, de José Carlos Siqueira e Stélio Furlan.

Contexto histórico
Poesia Trovadoresca
Cantigas de amor
Cantigas de amigo
Cantigas de escárnio e maldizer
Trovadorismo na modernidade
Principais trovadores

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Trovadorismo - plano de aula - texto, audio e vídeo

  1. 1. TROVADORISMO Ana Jéssy Reis
  2. 2. PLANO DE AULA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO-UEMA PROGRAMA DARCY RIBEIRO- PDR CURSO: Letras – Habilitação em Línguas Portuguesa e Inglesa e respectivas literaturas. DISCIPLINA: Literatura Portuguesa SÉRIE: IV período CARGA HORÁRIA TOTAL: 60 horas-aula Profº Francisco Brandão
  3. 3. TROVADORISMO Trobar, do provençal, quer dizer criar, inventar, achar. Portanto trobador era o poeta que criava suas composições.
  4. 4. CONTEXTO HISTÓRICO Queda do Imp. Romano (séc V d.C.) Idade média Tomanda de Constantinopla (séc XV d. C.) Trovadorismo-> Baixa Idade Média¹
  5. 5. CONTEXTO HISTÓRICO - Valorização da mulher² nas artes - Invasão árabe - Independência de Portugal
  6. 6. POESIA TROVADORESCA Principal característica: Poesia cantada (galego-português) Corpo de artistas: Trovador (nobre ou profissional)³ Segrel (profissional) Jogral Menestrel 4 5 6
  7. 7. CANTIGA DE AMOR POESIA LÍRICA  Eu-lírico: homem  Amour courtois – Amor cortês  Platônico  Coita amorosa  Vassalo +suserano 7 8 9
  8. 8. CANTIGA DE AMIGO POESIA LÍRICA  Eu-lírico: mulher  Sentimentos sensoriais (concreto) 10  Natureza e vida doméstica  Coita de amor
  9. 9. CANTIGA DE ESCÁRNIO POESIA SATÍRICA  Ironia  Sátira indireta
  10. 10. CANTIGA DE MALDIZER POESIA SATÍRICA  Sátira direta  Linguagem obscena
  11. 11. PRINCIPAIS TROVADORES João Soares de Paiva (séc. XIII) Paio Soares de Taveirós Dom Afonso X (“O Sábio”) Dom Dinis Martin Codax (séc XIII)
  12. 12. TROVADORISMO NA MODERNIDADE
  13. 13. REFERÊNCIAS Literatura Portuguesa José Carlos Siqueira Stélio Furlan Romantismo e Realismo na Literatura Portuguesa Bruno Zeni José Carlos Siqueira Stélio Furlan

×