Unidade 03 redes e mídias sociais aplicadas ao estudo e aprendizagem

730 visualizações

Publicada em

Elaborado para apresentação do tema redes e mídias sociais para a disciplina Introdução às Novas Tecnologias de Ensino Aprendizagem do curso de Psicologia, IESB Oeste.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
730
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
93
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Unidade 03 redes e mídias sociais aplicadas ao estudo e aprendizagem

  1. 1. Instituto de Educação Superior de Brasília Centro de Educação Superior de Brasília Curso: PsicologiaUnidade 03 INTEA REDES E MÍDIAS SOCIAIS APLICADAS AO ESTUDO E APRENDIZAGEM Profa. Anaí Haeser
  2. 2. INTEA OBJETIVOS DA UNIDADE U-03• Estudar o que são redes e mídias sociais,• Conhecer o histórico do desenvolvimento dessas mídias e as mudanças provocadas no conceito de redes sociais pelas novas tecnologias;• Refletir quais são os limites e possibilidades engendrados por redes e mídias sociais ao estudo e formação profissional;• Apresentar e discutir aspectos éticos, segurança e netiqueta relacionadas aos usos de redes e mídias sociais.
  3. 3. INTEAA Necessidade de Comunicação U-03 Temos necessidade de nos comunicar. Essa necessidade é de suma importância para nosso processo de desenvolvimento.
  4. 4. INTEALinguagem Constitutiva do Ser Humano U-03 Somos constituídos na e pela linguagem e, igualmente, ativamente e coletivamente a construímos.
  5. 5. INTEA Somos seres Sociais U-03 Precisamos derelacionamentos sociais para nos tornar quem somos e, também, para continuar existindo.
  6. 6. INTEAA Organização em Rede U-03 Provavelmente devido à socialização, as pessoas se inserem em redes de interações, as quais compõem os sistemas sociais (Maturana, 1998)
  7. 7. INTEA A Organização em Rede U-03Redes de relações podem ser compreendidas como inerentes as atividades humanas (Marteleto, 2001), especialmente devido à necessidade de socialização das pessoas para a constituição subjetiva de cada um (Vygotsky, 2007)
  8. 8. INTEA Significado de Rede U-03A palavra rede tem origem notermo latino retis que descreveo entrelaçamento de fios com aberturas regulares queformam uma espécie de tecido Também pode ser uma metáfora para se referir a entrelaçamento, malha, estrutura reticulada
  9. 9. INTEASignificado de Rede U-03 As redes são formas de representação dos conjuntos de relações afetivas, profissionais, comunitárias, entre outras, que são caracterizadas pelo agrupamento de indivíduos em torno de interesses mútuos
  10. 10. Desde de quando se fala em INTEA Rede Social? U-03O conceito de rede social precede a invenção da Internet e da Web 2.0. Foi no final da II Guerra Mundial e com a Guerra Fria que anoção de rede social passa a ser um elemento fundamental nacompreensão dos sistemas políticos e na elaboração da noção de globalização (Marteleto, 2001).
  11. 11. INTEA Qual o interesse nas Redes Sociais? U-03Redes sociais vêm sendo estudadas há pelo menos 50 anos,especialmente por dois motivos:(iii)o interesse em compreender a constituição ecomportamento das pessoas isoladamente ou socialmente;(iv)a estrutura das redes sociais revela informações importantessobre disseminação de doenças e de informações através demeios de comunicação
  12. 12. INTEA A teoria dos 6 graus de separação U-03 A teoria dos 6 graus de separação, de Stanley Milgram, é considerada de suma importância para a estruturação ecompreensão das redes sociais, especialmente aquelas criadas através de mídias sociais (Newman, 2011).
  13. 13. INTEARede Social é... U-03 Rede social descreve um conjunto de pessoas autônomas, que reúnem suas ideias e recursos em torno de valores e interesses compartilhados (Marteleto, 2001)
  14. 14. Características das Redes Socias após a INTEA Internet U-03 • Flexibilidade • Conectividade • Descentralização da atuação • Articulação social
  15. 15. Influências das Redes Sociais após a Internet INTEA sobre a Construção de Conhecimento U-03 A ideia de entrelaçamentos, relacionada à noção de rede, também passou a ser fundamental na compreensão do que é conhecimento, o qual implica, a partir de então, interdisciplinaridade e transversalidade através das conexões estabelecidas entre distintos assuntos ou áreas (Morin, 2002).
  16. 16. Variedade de Meios de Comunicação INTEA na Internet U-03• Com a invenção da Internet e, especialmente, da Web 2.0, foi possível promover uma integração entre meios de comunicação que já existiam, além de inventar outros.• Esses meios de comunicação são usualmente chamados mídia.
  17. 17. INTEA Mídias Sociais U-03•Palavra aportuguesada utilizada para se referir a média,•Origem: do latim médium, o qual redundou em duas palavras: – medium que significa médio, e –médium, meio ou média em português.• Na área da comunicação: média e mídia são utilizados para: – descrever os canais ou ferramentas utilizados para armazenamento ou transmissão de informações, –muitas vezes são utilizados como sinônimo de meios de comunicação.
  18. 18. INTEA Redes ou Mídias Sociais? U-03 Rede Social Mídia Social• relações estabelecidas • ferramentas ou recursosentre pessoas por meio das que permitem a mídias sociais comunicação, a transmissão, armazenamento e produção de informações
  19. 19. INTEARedes ou Mídias Sociais? U-03
  20. 20. INTEAComunicação Horizontal Global U-03 Também é atribuída às mídias sociais do ciberespaço a característica de haver contribuído para a criação da possibilidade de comunicação horizontal global.
  21. 21. Memória Social e INTEA Inteligência Coletiva U-03 A criação de redes sociais através dos recursos dasmídias sociais na Internet configuram hoje uma espécie de dispositivo de memória, denominado memóriasocial, a qual abre espaço para a estruturação de uma inteligência coletiva, fundamentada na comunicação em rede.
  22. 22. INTEAComunicação em Rede U-03
  23. 23. CTAR – Comunidade de Trabalho e INTEA Aprendizagem em Rede U-03As redes sociais e a comunicação em rede também serviram defundamento para a estruturação de comunidades de trabalho e aprendizagem em rede - CTAR. Na CTAR um grupo de pessoas reunidas em torno de um tema de trabalho ou aprendizagem se reuniriam e trocariam informações através da comunicação em rede, realizando produções coletivas.
  24. 24. INTEA Novos Parâmetros U-03 A inteligência coletiva e a CTAR são exemplos de novasmanifestações culturais que vem reestruturando os modos de trabalho, produção e relacionamento em nossa sociedade, impondo novos parâmetros para diversas esferas de nossas vidas.
  25. 25. INTEA Netiqueta U-03Um exemplo dessa nova cultura é a criação da netiqueta, umconjunto de normas e orientações para o comportamento no ciberespaço.
  26. 26. INTEA Nética U-03 A nética, assim como a netiqueta, foi criada a partir danecessidade de se criar e refletir a respeito de valores éticos nos espaços e relações virtuais.
  27. 27. INTEASegurança U-03 O relacionamento entre pessoas no ciberespaço também impõem regras e cuidados de segurança bem específicos, que precisam ser conhecidos e atualizados constantemente.
  28. 28. INTEACibercidadania ou Webcidadania U-03 No mesmo sentido da nética e da netiqueta, a cibercidadania surge como conceito descritor dos direitos e deveres dos cidadãos cibernautas.
  29. 29. INTEACibercidadania ou Webcidadania U-03
  30. 30. INTEA Cibercidadania ou Webcidadania U-03 Viver e conviver no ciberespaço como cibercidadão, nético, capaz de respeitar a si mesmo e ao próximo, requer aaprendizagem e exercício de seu uso nos espaços educativos eformativos, entre os quais a família, a escola, as instituições de ensino superior.
  31. 31. Se queres colher em um ano, deves plantar cereais.Se queres colher em uma década, deves plantar árvores,mas se queres colhera vida inteira, deveseducar e capacitar o ser humano. Kuwantsu
  32. 32. INTEA Referências U-03Marleto, M. R. (2001). Análise das Redes Sociais – aplicação nos estudos detransferência da informação. Ciência da Informação, 30(1), p. 71-81.Maturana, H. (1998). Da biologia à psicologia. Porto Alegre: Artes Médicas.Morin, E. (2002). Educação e Complexidade: os sete saberes e outros ensaios. SãoPaulo: Cortez.Newman, M. E. J. (2001). The Structures of Scientific Collaboration Network. PNAS –Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America,98(2), p.404-409.Vygotsky, L.S. (2007). A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 2007.Imagens retiradas do Google Images.

×