A regulamentação do ensino da arte no brasil legislação

563 visualizações

Publicada em

Breve apresentação sobre a regulamentação do ensino de arte no Brasil, utilizada quando lecionava Conteúdos e Métodos das Artes

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
563
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A regulamentação do ensino da arte no brasil legislação

  1. 1. Detalhes que fazem a diferença
  2. 2.  Aparece apenas indiretamente: • Capítulo III – Da Educação, da Cultura e do Desporto  Seção I – Da Educação  Art. 205. A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.
  3. 3. Rollo May compreendia que o desenvolvimento pleno da pessoa depende do desenvolvimento da criatividade e de aprendizagem artística
  4. 4.  Aparece apenas indiretamente: • Capítulo III – Da Educação, da Cultura e do Desporto  Seção I – Da Educação  Art. 206. O ensino será ministrado com base nos seguintes princípios:  II - liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, a arte e o saber;
  5. 5.  Aparece apenas indiretamente: • Capítulo III – Da Educação, da Cultura e do Desporto  Seção I – Da Educação  Art. 208. O dever do Estado com a educação será efetivado mediante a garantia de:  V - acesso aos níveis mais elevados do ensino, da pesquisa e da criação artística, segundo a capacidade de cada um;  Art. 210. Serão fixados conteúdos mínimos para o ensino fundamental, de maneira a assegurar formação básica comum e respeito aos valores culturais e artísticos, nacionais e regionais.
  6. 6.  Aparece apenas indiretamente: • Capítulo III – Da Educação, da Cultura e do Desporto  Seção II – Da Cultura  Art. 215. O Estado garantirá a todos o pleno exercício dos direitos culturais e acesso às fontes da cultura nacional, e apoiará e incentivará a valorização e a difusão das manifestações culturais.:  § 3º A lei estabelecerá o Plano Nacional de Cultura, de duração plurianual, visando ao desenvolvimento cultural do País e à integração das ações do poder público que conduzem à:  IV democratização do acesso aos bens de cultura;.
  7. 7.  Aparece apenas indiretamente: • Título I – Da Educação  Art. 1º A educação abrange os processos formativos que se desenvolvem na vida familiar, na convivência humana, no trabalho, nas instituições de ensino e pesquisa, nos movimentos sociais e organizações da sociedade civil e nas manifestações culturais. A música, a dança, o teatro, as artes visuais pode ser compreendida como manifestação cultural
  8. 8.  Aparece apenas indiretamente: • Título II – Dos Princípios e Fins da Educação Nacional  Art. 3º O ensino será ministrado com base nos seguintes princípios:  II - liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar a cultura, o pensamento, a arte e o saber;  XI - vinculação entre a educação escolar, o trabalho e as práticas sociais.
  9. 9.  Aparece apenas indiretamente: • Capítulo II – Da Educação Básica  Seção I – Das Disposições Gerais  Art. 26. Os currículos do ensino fundamental e médio devem ter uma base nacional comum, a ser complementada, em cada sistema de ensino e estabelecimento escolar, por uma parte diversificada, exigida pelas características regionais e locais da sociedade, da cultura, da economia e da clientela:
  10. 10.  Aparece apenas indiretamente: • Capítulo II – Da Educação Básica  Seção I – Das Disposições Gerais  Art. 26.  § 2o   Os conteúdos referentes à história e cultura afro- brasileira e dos povos indígenas brasileiros serão ministrados no âmbito de todo o currículo escolar, em especial nas áreas de educação artística e de literatura e história brasileiras;  § 6o   A música deverá ser conteúdo obrigatório, mas não exclusivo, do componente curricular de que trata o § 2o deste artigo. (Incluído pela Lei nº 11.769, de 2008)

×