A torre da má hora

7.023 visualizações

Publicada em

O conto de Manuel da Fonseca em breve análise

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.023
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
82
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A torre da má hora

  1. 1. Conto de Manuel da Fonseca, publicado no livro Aldeia Nova , 1ª edição de 1942 A Torre da Má Hora
  2. 2. Linhas gerais do conto: <ul><li>1. Campanelo, o contador de histórias da vila, conta aos rapazinhos a história da Torre da Má Hora. </li></ul><ul><li>2. Um dos rapazinhos ouve com particular atenção e o conto traz-lhe à lembrança memórias da sua própria vida. </li></ul><ul><li>3. Sempre atento, Campanelo muda o final da história para que aquele rapazinho, que já sofreu tanto, se sinta um pouco menos triste. </li></ul>
  3. 3. 1. Acção <ul><li>A narrativa está organizada por alternância: existem duas histórias (o conto que Campanelo conta e a história da vida do rapazinho), que vão sendo narradas de forma alternada e acabam por se misturar, de certa maneira, no final. </li></ul>
  4. 4. 2. Personagens <ul><li>Principal – o rapazinho </li></ul><ul><li>Secundárias – Campanelo, o Tóino, o avô, a Chica Nora e o Jacinto Nora </li></ul><ul><li>Figurantes – os outros miúdos, a avó, os pais do rapazinho, as mulheres </li></ul>
  5. 5. 3. Espaço <ul><li>O Largo </li></ul><ul><li>Os campos em volta </li></ul><ul><li>Espaços físicos </li></ul><ul><li>A Torre da Má Hora </li></ul><ul><li>Espaço imaginário </li></ul>
  6. 6. 4. Tempo <ul><li>O conto desenrola-se no espaço de um serão de Verão (2 ou 3 horas); </li></ul><ul><li>As lembranças que o rapazinho evoca ocuparão talvez um ano da sua vida; </li></ul><ul><li>O conto tradicional desenrola-se ao longo de vários anos, uma vez que, em algumas versões pelo menos, se inicia antes do nascimento dos seus heróis. </li></ul>
  7. 7. 5. Narrador <ul><li>Há dois narradores: </li></ul><ul><li>O narrador do conto, externo e omnisciente; </li></ul><ul><li>O Campanelo, externo e omnisciente. </li></ul>

×