Relatorio reflexaocritica anasilva

272 visualizações

Publicada em

Relatório de Reflexão Crítica

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
272
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatorio reflexaocritica anasilva

  1. 1.       Relatório  de  Reflexão  Crítica   Cursos  de  Formação  Contínua  de  Professores           1  –  IDENTIFICAÇÃO  AÇÃO   Designação  da  ação   Integração  de  Ferramentas  Digitais  no  Processo  de  Aprendizagem  Inclusivo   Nome  do  formador   Ana  Paula  Rocha   2  –  IDENTIFICAÇÃO  FORMANDO   Nome  do  formando   Ana  Filipa  Granchinho  da  Silva   Escola   Agrupamento  de  Escolas  do  Carregado   Nível  Ensino   1º  e  3º  ciclos  de  ensino  básico   Grupo  Recrutamento   910  –  Educação  Especial   Situação  profissional   Professora  contratada   Email   afgranchinhos@sapo.pt     3  –  REFLEXÃO  CRÍTICA   3.1  –  MOTIVOS  DE  INTERESSE  NA  AÇÃO  DE  FORMAÇÃO     (RAZÕES  JUSTIFICATIVAS  PARA  FREQUENTAREM  A  FORMAÇÃO)       Na   minha   experiência   profissional,   que   envolve   cerca   de   doze   anos   de   atividade,   tive   a   possibilidade   de   exercer   funções   como   docente   de   Educação   Especial,   de   Física   e   Química,   assim   como   de   Tecnologias   da   Informação  e  Comunicação.  Lecionei  em  escolas  com  diferentes  caraterísticas,  em  diferentes  zonas  do  país  e   tenho-­‐me  confrontado  perante  uma  variedade  de  caraterísticas  dos  alunos.  Sinto  necessidade  de  atualizar  e   aprofundar  a  minha  formação  em  educação  para  fazer  frente  à  diversidade  com  que  me  tenho  deparado  e   contribuir  de  modo  eficaz  no  cumprimento  dos  objetivos  da  educação  fornecida  pela  escola.   A   frequência   desta   ação   permite-­‐me   acompanhar   os   avanços   tecnológicos   através   do   conhecimento   de   algumas  ferramentas  digitais  da  Web  2.0  e  desenvolver  o  uso  e  aplicações  didáticas  destes  recursos  digitais   beneficiando  de  um  contexto  de  formação  através  da  partilha  entre  os  formandos  e  a  formadora.  Também  me   possibilita  ter  um  papel  inovador  em  sala  de  aula  e  capacita-­‐me  no  trabalho  colaborativo  com  os  meus  colegas   de   trabalho.   Pelas   razões   apresentadas   anteriormente,   considero   que   esta   ação   de   formação   me   permite   desenvolver  profissionalmente.     3  –  REFLEXÃO  CRÍTICA   3.2  –  APRECIAÇÃO  CRÍTICA  DAS  VERTENTES  TEÓRICAS  E  PRÁTICAS  DA  AÇÃO     (IDENTIFICAÇÃO  DAS  TEMÁTICAS  ABORDADAS  E  DAS  METODOLOGIAS     UTILIZADAS;  REFERÊNCIA  CRÍTICA  AOS  CONTRIBUTOS  DA  FORMAÇÃO  PARA  O     DESEMPENHO  PROFISSIONAL)       Participei  em  todas  as  sessões  da  ação  de  formação,  tendo  realizado  todas  as  tarefas  propostas.   Em  cada  sessão  foi  apresentado  o  trabalho  a  realizar  por  cada  formando  e  disponibilizado  um  espaço  de   partilha  entre  formando  e  formadora.  Tomei  conhecimento  das  tarefas  a  realizar  em  cada  módulo  através  do   registo  de  presença  na  sessão.  
  2. 2.       Relatório  de  Reflexão  Crítica   Cursos  de  Formação  Contínua  de  Professores         Iniciei  o  Módulo  0  –  Parte  1,  através  da  leitura  dos  conteúdos,  cronograma  do  curso  e  regime  de  avaliação  e   respondi  ao  questionário  de  diagnóstico.  Criei  a  minha  apresentação  em  Prezi,  programa  que  desconhecia  e  que   considerei  muito  interessante  para  fazer  apresentações.  Fiz  a  minha  apresentação  no  separador  “Formandos”   do  blog  da  ação,  tendo  também  disponibilizado  no  mesmo  espaço  a  minha  apresentação  em  Prezi.  Por  fim  criei   o  meu  e-­‐portefólio  individual,  no  Blogger  (http://afgsilva.blogspot.pt  ).  Tendo  em  conta  que  foi  a  primeira  vez   que   criei   um   blog,   as   orientações   fornecidas   pela   formadora,   assim   como   a   leitura   das   participações   dos   formandos,   foram   muito   importantes   no   esclarecimento   das   minhas   dúvidas.   Inseri   uma   imagem   e   a   minha   apresentação  no  blog  que  criei  no  separador  para  o  módulo,  tal  como  solicitado.   O  Módulo  0  –  Parte  2,  foi  iniciado  com  a  leitura  dos  conteúdos  do  enquadramento  do  curso.  Posteriormente   respondi   ao   questionário   VARK   e   comentei   os   resultados   que   obtive,   tendo   inserido   a   minha   reflexão   no   e-­‐ portefólio.   Desconhecia   o   questionário   e   achei   de   grande   pertinência   o   uso   do   questionário   pela  formadora   neste  módulo  inicial,  na  perspetiva  de  nos  conhecermos  melhor.   O  Módulo  1  apresentou-­‐se  como  o  mais  complexo  em  termos  de  organização,  pois  sinto  que  neste  ponto   tive  que  estruturar  os  restantes  módulos.  Deste  modo,  pensei  no  tópico  “Currículo  Específico  Individual”  (no   âmbito  da  Educação  Especial),  sendo  o  nível  de  ensino,  casos  específicos  de  Currículos  Específicos  Individuais.   Pensei  abordar  este  tópico  em  três  subtópicos:  Vida  Diária  (Módulo  1);  Cálculo  mental  (Módulo  2);  e  Leitura  e   escrita   (Módulo   3).   Seguidamente   procedi   à   seleção   de   três   recursos   digitais   a   explorar,   sendo   esta   escolha   segundo  o  princípio  Think-­‐Tac-­‐Toe.  Como  desconhecia  todas  as  ferramentas  apresentadas,  analisei  todas  e  optei   por:  Módulo  1:  ScreenCast-­‐O-­‐Matic;  Módulo  2:  Lino;  Módulo  3:  Active  Textbooks.   Como   trabalho   no   Módulo   1   concebi   um   vídeo   no   ScreenCast-­‐o-­‐Matic   (https://www.youtube.com/watch?v=n7NdJCoiPGI),  subordinado  ao  tema  da  Vida  Diária,  “Como  saber  as  horas   e  os  minutos?”.  Considerei  este  recurso  bastante  intuitivo  e  fácil  de  usar  em  contexto  de  ensino.  Neste  módulo   também  respondi  a  um  questionário  sobre  o  decorrer  da  ação.   No   Módulo   2   desenvolvi   um   jogo   com   recurso   à   ferramenta   Lino   (http://linoit.com/users/afgsilva/canvases/Someday),   subordinado   ao   tema   do   cálculo   mental.   Tentei   desenvolver  a  tarefa  deste  módulo  em  grupo,  tendo  preenchido  o  formulário  para  tal,  contudo  os  restantes   formandos   já   se   encontravam   organizados   nos   seus   trabalhos,   pelo   que   não   foi   possível   esta   concepção   em   grupo.  A  exploração  desta  ferramenta  também  foi  muito  intuitiva  e  fácil.   No  Módulo   3  criei,  com  recurso  à  ferramenta  Active  Textbooks,  um  espaço  de  organização  de  atividades   relativos   ao   meu   tópico   (https://activetextbook.com/active_textbooks/4667#page1),   considerando   quatro   domínios:  Português  Funcional,  Matemática  Funcional,  Autonomia  e  Socialização  e  Atividades  de  Vida  Diária,   assim   como   uma   atividade   educacional   no   âmbito   do   subtópico   da   leitura   e   escrita   (https://activetextbook.com/active_textbooks/4666#page1   ).   A   exploração   desta   ferramenta,   tal   como   as   anteriores,  também  foi  intuitiva  e  fácil.   Após  ter  analisado  todos  os  vídeos  de  todas  as  ferramentas  digitais  disponibilizadas  pela  formadora  e  após  
  3. 3.       Relatório  de  Reflexão  Crítica   Cursos  de  Formação  Contínua  de  Professores         ter   explorado   três   delas   com   mais   pormenor,   considero   que   todas   as   ferramentas   se   apresentaram   muito   intuitivas   e   de   fácil   manipulação.   Todas   são   muito   versáteis   no   uso   didático,   podendo   ser   integradas   em   contexto  educacional  consoante  as  abordagens  que  se  pretendam.   No   final   de   cada   módulo,   elaborei   a   minha   autoavaliação   e   um   comentário   de   reflexão   crítica   sobre   o   módulo  a  decorrer.  Também  inseri  a  hiperligação  para  o  recurso  e  a  reflexão  na  área  de  comentários  da  página   de  cada  módulo  no  blog  da  ação  e  no  e-­‐portefólio  no  separador  que  eu  havia  criado  para  cada  módulo.   Na  última  sessão,  foi  solicitada  a  avaliação.  Deste  modo,  elaborei  a  reflexão  crítica  final,  que  inseri  no  e-­‐ portefólio  no  separador  que  eu  havia  criado  para  o  efeito.  Preenchi  a  minha  autoavaliação  e  o  questionário  da   avaliação  do  curso,  em  formulários  próprios.  Fiz  a  análise  do  bloque  de  um  formando  e  inseri  o  registo  da  minha   análise   em   formulário   próprio.   Apreciei   a   análise   de   um   colega   participante   sobre   o   meu   blogue   e   fiz   as   alterações  necessárias  para  melhorar  o  meu  trabalho.   Estive   sempre   atenta   a   todas   as   participações   e   estas   foram   bastantes   úteis   na   elaboração   dos   meus   trabalhos.  Através  da  discussão  com  os  formandos,  foi  possível  partilhar  dificuldades  e  formas  de  solucioná-­‐las,   assim  como  partilhar  diferentes  utilizações  pedagógicas  das  diversas  ferramentas  digitais  disponibilizadas.  Este   envolvimento   traz   efeitos   positivos   nas   aprendizagens   dos   formandos,   aumentando   também   os   seus   níveis   motivacionais,  podendo  conduzir  a  uma  melhoria  na  pedagogia.   Saliento   o   trabalho   desenvolvido   pela   formadora   que   demonstrou   grande   disponibilidade   e   facilidade   na   comunicação  com  os  formandos  e  conhecimento  dos  conteúdos  envolvidos.   Os  recursos  usados  estiveram  adequados  às  abordagens  feitas,  a  saber:  computador,  internet,  blog  da  ação   de  formação,  ferramentas  digitais  disponibilizadas  pela  formadora.   Esforcei-­‐me  na  construção  de  recursos  que  usei  e  tenciono  usá-­‐los  na  minha  prática.  Após  a  concepção  das   diversas  propostas  didáticas  com  recurso  aos  diversos  recursos  digitais  nos  módulos  da  ação,  implementei-­‐as   em  contexto  de  sala  de  aula  e  a  receptividade  pelos  alunos  foi  muito  boa.     Pretendo  usar  os  diversos  recursos  fornecidos  nesta  ação,  não  me  limitando  às  três  ferramentas  exigidas  nos   módulos  e,  como  tal,  tenciono  explorar  todas  as  outras,  às  quais  reconheci  grande  potencial  em  contexto  de   ensino.     Considero  que  o  meu  envolvimento  nesta  ação  permite-­‐me:  acompanhar  os  avanços  tecnológicos  através   do  conhecimento  de  algumas  ferramentas  digitais  da  Web  2.0;  desenvolver  o  uso  e  aplicações  didáticas  destes   recursos  digitais;  ter  um  papel  inovador  em  sala  de  aula;  e  contribuir  no  trabalho  colaborativo  com  os  meus   colegas   de   trabalho.   Deste   modo,   houve   um   contributo   para   que   eu   possa   ter   no   futuro   um   diferente   envolvimento   na   escola,   melhorando   o   meu   dinamismo   e   as   minhas   práticas   educativas.   Isto   traduz-­‐se   em   mudanças  da  minha  pedagogia  e  contributo  no  meu  desenvolvimento  profissional.            
  4. 4.       Relatório  de  Reflexão  Crítica   Cursos  de  Formação  Contínua  de  Professores         3  –  REFLEXÃO  CRÍTICA   3.3  –    CONCLUSÕES     Participei  em  todas  as  sessões  da  ação  de  formação,  tendo  realizado  todas  as  tarefas  que  foram  propostas  e   contribuído  para  o  funcionamento  das  sessões.  A  avaliação  da  minha  participação  envolveu  a  reflexão  sobre  a   ação   e   a   sua   influência   no   meu   desenvolvimento   profissional,   pelo   que   considero   que   consegui   adquirir   plenamente   as   competências   delineadas   para   esta   ação.   Esta   ação   capacitou-­‐me   de   competências   para   a   integração  de  ferramentas  digitais  em  contexto  de  sala  de  aula  e  despertou-­‐me  o  interesse  na  exploração  de   outros  dos  recursos  disponibilizados.   Foi  muito  positivo  o  fato  da  ação  ser  on-­‐line  na  totalidade,  pois  sinto  que  nos  foi  concedida  mais  autonomia   na   gestão   do   nosso   trabalho   e   nos   foi   exigido   um   papel   mais   ativo   na   pesquisa,   concepção   e   tentativa   de   solucionar  dificuldades  no  decorrer  da  construção  dos  nossos  trabalhos.   Considero  importante  este  tipo  de  ações  em  que  há  uma  atualização  dos  recursos  informáticos  a  usar  em   contexto   de   ensino   e   uma   partilha   entre   formandos   e   formadora   no   decorrer   da   ação.   Assim,   foi   possível   contribuir  para  a  melhoria  da  educação  e  dos  seus  profissionais.     Considero  excelente  a  qualidade  da  ação  e,  de  um  modo  geral,  considero-­‐me  muito  satisfeita  com  a  ação  de   formação,  tendo  constituído  um  contributo  muito  positivo  para  os  professores.       4  –  BIBLIOGRAFIA          

×