Os plásticos e a reciclagem

919 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
919
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os plásticos e a reciclagem

  1. 1. Plástico “Plásticos são artefactos fabricados a partir de resinas (polímeros), geralmente sintéticas e derivadas do petróleo”, segundo o portal Reciclagem.net. São formados por grandes cadeias moleculares, ou seja por polímeros, que por sua vez são formados por monómeros durante um processo denominado Polimerização.
  2. 2. Polímeros Sintéticos Naturais Artificiais Termoplásticos Termofixos
  3. 3. Polímeros Naturais São aqueles que existem na Natureza. Celulose; Queratina; Borracha.
  4. 4. Polímeros Artificiais É o produto obtido por transformação química de um polímero natural. Celuloide; Acetato de celulose; Rayon.
  5. 5. Polímeros sintéticos São novos materiais obtidos industrialmente sem necessidade de precursores naturais. Polipropileno; Poliestireno; Polietileno; Poli(cloreto de vinilo).
  6. 6. Termoplásticos São polímeros que necessitam de calor para serem moldados por meios mecânicos mas que, após arrefecimento, mantêm a forma que lhes foi conferida pelo processo de fabrico e a rigidez inicial. Podem ser reaquecidos e reenformados sem que as suas propriedades sejam alteradas de forma significativa, podendo ser reciclados. Polietileno; Poliestireno; Vectra.
  7. 7. Termofixos São polímeros que se moldam numa determinada forma permanente e endurecem após uma determinada reação química (reticulação). Baquelite; Poliéster; Poliuretano.
  8. 8. Vantagens do plástico Redução do peso do lixo; Maior versatilidade em termos de desing; Menor consumo de energia na sua produção; Podem ser utilizados em várias áreas como a agricultura, a indústria, o desporto e a medicina; …
  9. 9. ELEVADO T E M PO D E DEGRADAÇÃO
  10. 10. Reciclagem Mecânica Química Energética
  11. 11. Plásticos recicláveis
  12. 12. Plásticos não recicláveis
  13. 13. Reciclagem Mecânica Conversão física dos materiais plásticos em grânulos, que serão transformados novamente em outros produtos. A reciclagem mecânica é um negócio acessível a pequenos e médios empresários. A tecnologia envolvida na reciclagem mecânica para a produção de itens de reduzido grau de exigência técnica é facilmente absorvida. Contribui para a diminuição ou retirada da população que trabalha (sobrevive) nos aterros/lixões.
  14. 14. Reciclagem Energética Recuperação energia contida nos resíduos sólidos urbanos na forma de energia elétrica ou térmica, através de processos térmicos. Distingue-se da inceneração por utilizar resíduos plásticos como combustível na produção de energia elétrica. custo elevado das instalações, dos sistemas de controle de emissões e operacional países que adotam este tipo de reciclagem conseguem reduzir até 90% o volume de seus resíduos.
  15. 15. Reciclagem Química Promove a despolimerização dos materiais plásticos para a obtenção de gases e óleos; Permite a mistura de diferentes tipos de plásticos, reduzindo os custos de prétratamento, de recolha e de seleção; Existem vários tipos reciclagem química: hidrogenação, gasificação, pirólise, degradação.
  16. 16. Plástico VS. Vidro
  17. 17. Plásticos no Me io Ambiente
  18. 18. RE CI CL AR !! !! AR L IC EC R RECICLAR!! RECICLAR!!
  19. 19. TEU UDA O M O MEU E NDO! MU Trabalho realizado por:  Ana Duarte Nº 6  João Coelho Nº 15  Paulo Cortesão Nº 20  Ruben Cordeiro Nº 22
  20. 20. Bibliografia

×