10. planejamento urbano

16.142 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
1 comentário
7 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
16.142
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
794
Comentários
1
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

10. planejamento urbano

  1. 1. PLANEJAMENTO URBANO Introdução à Arquitetura e Urbanismo Profa. Ana Cunha Araújo
  2. 2. PLANEJAMENTO URBANO <ul><li>O centro de ação do planejamento urbano é a organização e o desenho de assentamentos humanos , desde as menores vilas até as maiores cidades. </li></ul>
  3. 3. PLANEJAMENTO URBANO <ul><li>É o processo de criação e desenvolvimento de programas que buscam melhorar ou revitalizar certos aspectos como a qualidade de vida da população; </li></ul><ul><li>É também o planejamento de uma nova área urbana em uma dada região. </li></ul>
  4. 4. PLANEJAMENTO URBANO <ul><li>Os planejadores são atores de um perpétuo conflito de natureza política , e seu trabalho não deve ser considerado como neutro. </li></ul><ul><li>Também precisam prever o futuro e os possíveis impactos , positivos e negativos, causados por um plano de desenvolvimento urbano . </li></ul>
  5. 5. PLANEJAMENTO URBANO E URBANISMO
  6. 6. PLANEJAMENTO URBANO e URBANISMO <ul><li>Tanto o planejamento urbano quanto o urbanismo são entendidos como o estudo do fenônemo urbano , mas diferem no tocante às formas de atuação no espaço urbano. </li></ul>
  7. 7. PLANEJAMENTO URBANO e URBANISMO <ul><li>URBANISMO – trabalha com o desenho urbano e o projeto das cidades, em termos genéricos. </li></ul><ul><li>PLANEJAMENTO URBANO – antes de agir diretamente no ordenamento físico das cidades, trabalha com os processos que a constroem . </li></ul>
  8. 8. História do PLANEJAMENTO URBANO
  9. 9. História do PLANEJAMENTO URBANO
  10. 10. História do PLANEJAMENTO URBANO <ul><li>O planejamento urbano nasceu em resposta aos problemas enfrentados pelas cidades , tanto os não resolvidos pelo urbanismo moderno quanto aqueles causados por ele. </li></ul><ul><li>Essa expressão vem da Inglaterra e dos Estados Unidos. </li></ul>
  11. 11. História do PLANEJAMENTO URBANO <ul><li>Nessa visão o fenômeno urbano foi reconhecido como algo dinâmico – onde a cidade é vista como resultado de sua própria história e que evolui no tempo. </li></ul><ul><li>A cidade não é mais um modelo ideal a ser concebido pelos urbanistas . </li></ul>
  12. 12. História do PLANEJAMENTO URBANO <ul><li>A cidade real passa a ser o foco, ao invés da cidade ideal , a ênfase passa da busca pelo modelo de cidade ideal para a solução de problemas concretos, buscando estabelecer mecanismos de controle dos processos urbanos ao longo do tempo. </li></ul>
  13. 13. História do PLANEJAMENTO URBANO <ul><li>Outra mudança é a participação de profissionais de diversas áreas do conhecimento , cada um com a sua visão sobre os problemas da cidade. </li></ul><ul><li>Houve redução na participação do arquiteto no desenvolvimento das cidades. </li></ul>
  14. 14. História do PLANEJAMENTO URBANO <ul><li>Até o final do séc XIX , o planejamento urbano era de responsabilidade de arquitetos . </li></ul><ul><li>Mas o crescimento dos problemas urbanos forçou muitos países a participarem mais ativamente no processo de planejamento urbano. </li></ul>
  15. 15. <ul><li>Em nosso país o Planejamento Urbano foi pautado em instrumentos urbanísticos , tendo nos Planos Diretores e Leis de Uso e Ocupação do Solo seus representantes mais pragmáticos. </li></ul><ul><li>Contudo, muitos desses planos não enfrentaram as questões sociais . </li></ul>História do PLANEJAMENTO URBANO
  16. 16. <ul><li>O foco do planejamento deslocou-se do regulamento do uso e ocupação do solo para o tratamento dos processos especulativos de produção do espaço urbano . </li></ul><ul><li>Surge a idéia de planejamento urbano participativo : o profissional não é mais o &quot;autor do plano&quot;, mas o &quot;condutor do processo&quot;. </li></ul>História do PLANEJAMENTO URBANO
  17. 17. PLANEJAMENTO URBANO – Limites e Potencialidades
  18. 18. PLANEJAMENTO URBANO – Limites e Potencialidades <ul><li>O planejamento é um processo de trabalho permanente , que tem por objetivo organizar meios para atingir uma meta, que contribuirá para a melhoria de uma determinada situação . </li></ul><ul><li>No caso em estudo aplica-se essa melhoria às cidades . </li></ul>
  19. 19. PLANEJAMENTO URBANO DEMOCRÁTICO
  20. 20. PLANEJAMENTO URBANO DEMOCRÁTICO <ul><li>No Brasil, após a Constituição de 1988 , o estreitamento das relações da sociedade civil e poder municipal transformou-se significativamente na mediação entre demandas e decisões. </li></ul><ul><li>A relação poder-sociedade faz com que o diálogo entre sociedade e instituições seja permanente . </li></ul>
  21. 21. PLANEJAMENTO TERRITORIAL O planejamento do território é representado por uma postura de coordenação flexível e aberta .
  22. 22. PLANEJAMENTO TERRITORIAL <ul><li>É um tipo de estudo para a realização de um projeto, visando o desenvolvimento ordenado de determinada região . </li></ul><ul><li>Patrick Geddes é considerado o pai do conceito. </li></ul>
  23. 23. PLANEJAMENTO TERRITORIAL <ul><li>Transfere a execução e parte do planejamento de ações para unidades inferiores de administração , incentivando o empreendedorismo das cidades a fim de que possuam uma imagem forte e positiva. </li></ul>
  24. 24. DESENHO URBANO Atividade multidisciplinar , interessada tanto no processo de transformação da forma urbana, quanto no espaço resultante de tal processo .
  25. 25. DESENHO URBANO <ul><li>Projetistas urbanos atuam em todas as escalas do desenvolvimento sócio-espacial. </li></ul><ul><li>Em poucas palavras, desenho urbano é a arte de fazer lugares para as pessoas . </li></ul>
  26. 26. DESENHO URBANO
  27. 27. DESENHO URBANO
  28. 28. DESENHO URBANO
  29. 29. DESENHO URBANO
  30. 30. DESENHO URBANO
  31. 31. DESENHO URBANO
  32. 32. DESENHO URBANO

×