Evangelho segundo o e spiritismo

1.995 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.995
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
54
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Evangelho segundo o e spiritismo

  1. 1. Evangelho Segundo o ESpiritismo<br />Capítulo X<br />Bem Aventurados os que são misericordiosos<br />Reconciliação com os adversários (itens 5 e 6)<br />
  2. 2. Reconciliação com os adversários<br />5. “Reconciliai-vos o mais depressa possível com o vosso adversário, enquanto estais com ele a caminho, para que ele não vos entregue ao juiz, o juiz não vos entregue ao ministro da justiça e não sejais metido em prisão. - Digo-vos, em verdade, que daí não saireis, enquanto não houverdes pago o último ceitil.” (S. MATEUS, cap. V, vv. 25 e 26.)<br />
  3. 3. Reconciliação com os adversários<br />6. Na prática do perdão, como, em geral, na do bem, não há somente um efeito moral: há também um efeito material. A morte, como sabemos, não nos livra dos nossos inimigos; os Espíritos vingativos perseguem, muitas vezes, com seu ódio, no além-túmulo, aqueles contra os quais guardam rancor;(...)<br />“Nesse fato reside a causa da maioria dos casos de obsessão, sobretudo dos que apresentam certa gravidade, quais os de subjugação e possessão. O obsidiado e o possesso são, pois, quase sempre vítimas de uma vingança, cujo motivo se encontra em existência anterior, e à qual o que a sofre deu lugar pelo seu proceder. Deus o permite, para os punir do mal que a seu turno praticaram, ou, se tal não ocorreu, por haverem faltado com a indulgência e a caridade, não perdoando”.(...)<br />
  4. 4. Conceitos importantes:<br />Perdoar - do lat. med. perdonare significa “desculpar”, “absolver”, “evitar”. É o estado de ânimo, em que se encontra alguém, agravado por outrem, seu agressor, e sente-se desagravado. O pecado, na Religião, é um agravo a Deus, e o perdão consiste em não considerar-se Deus agravado; ou seja, desagravado. (Santos, 1965)<br />Reconciliação– do lat. reconciliato, de reconciliare, constituído por re = prefixo iterativo + conciliare = conciliar, trazer a um acordo significa restabelecimento de relações ou de acordo entre duas pessoas que se haviam desentendido. (Pequena Enciclopédia de Moral e Civismo)<br />
  5. 5. Diretrizes para o ÊxitoJoanna de Ângelis<br />(...) “A não resistência ao mal. De forma nenhuma significa a sua aceitação tácita, como estímulo ao seu prosseguimento e predominância. <br />Trata-se de uma conduta trabalhada na decisão de compreender a ocorrência ou o individuo(...)<br />Para manter-se uma conduta compatível com a mensagem de paz, são necessárias a coragem da fé e a certeza da vitória do bem (...)<br />O silêncio, a compreensão e a compaixão tornam-se recursos poderoso para anular a violência, sem extinguir o violento, para diluir o mal, sem aniquilar o homem mal. (...)<br />
  6. 6. O valor terapêutico do perdãoFrancisco Cajazeiras<br />Exercícios para o perdão:<br />Auto perdão<br />Auto exame<br />Tomar o ofensor como ignorante<br />Entender o ofensor como enfermo<br />Entender o ofensor como instrumento de prova<br />Considerar a impessoalidade da ofensa<br />
  7. 7. O prazeres da AlmaHammed<br />“ Perdoa é, acima de tudo, habilidade de compreender dificuldades...”<br />“Perdoar-nos elimina a idéia fixa no remorso por algo que aconteceu ontem e a ansiedade do que poderá ser revelado ou vir a acontecer amanhã...<br />
  8. 8. Prisioneiro de mim mesmo<br />Quando falamos em perdão, sempre somos acometidos de um desconforto terrível.<br />Isso porque pedir perdão, de alguma forma soa como humilhação.E perdoar, como fraqueza.<br />
  9. 9. Prisioneiro de mim mesmo<br />Mas assim como zelamos por nosso corpo no tocante à higiene, à alimentação e à boa apresentação, a nossa mente e a nossa alma também carecem de cuidados.<br />
  10. 10. Prisioneiro de mim mesmo<br />Recentemente, numa palestra, me foi relembrado a respiração espiritual feita através dos “Ps” (Pês). <br />1º PPPP. Pessoas que Preciso Pedir Perdão.<br />Por mais bondoso(a) e caridoso(a) que você seja,<br />ainda assim você terá pendências nesta área.<br />Certamente há alguém que você magoou e isso precisa ser acertado.<br />(ARGH!!!)<br />
  11. 11. Prisioneiro de mim mesmo<br />1º PPPP. Pessoas que Preciso Pedir Perdão.<br />Diz-se que o tempo é o melhor remédio.De fato o tempo ajuda, mas sem anti-sépticos e cuidados apropriados, as feridas não se curam.<br />É preciso dar uma ajuda ao tempo colocando o antibiótico do perdão em nossos relacionamentos. <br />
  12. 12. Prisioneiro de mim mesmo<br />1º PPPP. Pessoas que Preciso Pedir Perdão.<br />Se ofendi, devo me desculpar. Humildemente, eu preciso reconhecer que, independente da situação ou pessoas envolvidas, havendo a ofensa, há também a necessidade do pedido de perdão. <br />Infelizmente não é possível sermos humildes, sem que, às vezes, sejamos humilhados!<br />
  13. 13. Prisioneiro de mim mesmo<br />2º PPP. Pessoas que eu Preciso Perdoar.<br />Esta outra situação não é tão corriqueira e é mais difícil acertar, pois sempre implica em prejuízo(para nós!)<br />
  14. 14. Prisioneiro de mim mesmo<br />2º PPP. Pessoas que eu Preciso Perdoar.<br />Um “serial-killer” de um “sem-número” de mulheres, ouvia com frieza, as sentenças cumulativas de prisão perpétua a que ele seria submetido.<br />Sua frieza foi quebrada depois que a palavra foi concedida aos familiares das vítimas e um senhor, pai de uma delas disse: <br />
  15. 15. Prisioneiro de mim mesmo<br />2º PPP. Pessoas que eu Preciso Perdoar.<br />“Os seus atos tornam muito difícil para mim cumprir o mandamento de Nosso Senhor no tocante a perdoar nossos inimigos! Mas eu o perdôo, pois eu preciso continuar a viver e amar as pessoas que me cercam.E este ódio por você, me aprisionou e está me corroendo.De minha parte, você está perdoado por tirar a vida de minha filha. E eu estou livre!”<br />
  16. 16. Prisioneiro de mim mesmo<br />2º PPP. Pessoas que eu Preciso Perdoar.<br />São a estas PPP´s que me refiro.<br />Lembra de alguma pessoa que você precisa perdoar?Me diga, quem tem a primazia em seus pensamentos? Veja se não são dois grupos de pessoas:O das pessoas que você ama e o das que você não simpatiza, digamos assim. <br />
  17. 17. Prisioneiro de mim mesmo<br />2º PPP. Pessoas que eu Preciso Perdoar.<br />É a esse grupo que você “não tem os melhores pensamentos”, ou até rancor, beirando o ódio, que você precisa perdoar. Mesmo dizendo não ter rancor dos que já lhe ofenderam, eu o convido a reavaliar seus sentimentos.<br />Quanto mais profundo você descer nessa imersão, maiores serão suas surpresas e sua alma emergirá mais leve.<br />
  18. 18. Prisioneiro de mim mesmo<br />2º PPP. Pessoas que eu Preciso Perdoar.<br />Ressentimento, mágoas, ódio disfarçado, rancor ou desejo de vingança é sinal de situação carente de perdão.<br />Meu convite para você é: rasgue os “cheques emocionais” que têm tirado o seu sono, a alegria de viver, e ofuscado o brilho de seus olhos.E você voltará a sentir sua alma queimar de paz e alegria. Mesmo no profundo das dificuldades, vai senti-la a brilhar.<br />
  19. 19. Prisioneiro de mim mesmo<br />Por mais desconfortável que seja, eu tenho que buscar forças e pensar em perdão.Esta é a única maneira de voltar a gozar de paz e alegria.Perdoar, não é uma fraqueza, e sim uma manifestação de poder.<br />
  20. 20. Prisioneiro de mim mesmo<br />EU Preciso Perdoar as Pessoasque me magoaram.<br /> Lewis Smedes em seu livro “Perdoar e esquecer”, diz: <br />“Perdoar é deixar o prisioneiro ir livre e depois descobrir que o prisioneiro era você”!<br />Liberte-se! Seja Feliz!<br />www.mensagensvirtuais.com.br<br />
  21. 21. Perdão e liberdade<br />Necessitamos do perdão, para conviver neste mundo. Porque ninguém pode ser perfeito, se caminha sobre a terra, e assim o erro é natural no homem; é através do erro, que descobrimos o acerto. Como é através da tristeza, que descobrimos o valor da felicidade.Precisamos aprender a perdoar, porque todos necessitamos ser perdoados. E como alguém poderá confiar no perdão de outrem, se não consegue acreditar no seu próprio perdão?Cada erro é uma experiência a mais; e no arrependimento está o seu próprio castigo, que na verdade é apenas uma forma de acelerar o aprendizado. Mas é dentro de cada homem que deve nascer o arrependimento, pois dos castigos por outrem infligidos apenas pode brotar a revolta.Precisamos aprender a perdoar.Para que possamos libertar a nós mesmos!<br />
  22. 22. “Nada tenho que perdoar a ninguém, porque nunca ninguém me ofendeu”.<br />Mahatma Ghandi<br />

×