SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Filosofia
Aluna: Ana Clara James Zacarias da Rocha
Introdução
Descobertas
Características
Principais
descobertas
científicas do
período do
renascimento e do
moderno.
01
02
03
Introdução
01
Introdução
O Renascimento Científico é o período onde a ciência se desenvolve,
nos séculos XV e XVI. Esta época foi baseada no racionalismo,
humanismo e a chamada Antiguidade Clássica, que acabou por mudar a
mente das pessoas.
A partir dessas descobertas de estudiosos, tal período possibilitou o
avanço de vários campos de conhecimento, que logo depois, inaugurou
a Ciência moderna.
Dentre as descobertas do período renascentista, podemos citar: a
comprovação de que a Terra é esférica, a criação de novos instrumentos
da astronomia e de navegação marítima e o mapeamento da anatomia
humana.
Características
02
Características
Dentre as principais características do Renascimento, podemos
citar:
1. Uso da pesquisa e investigação como métodos de conhecimento
científico;
2. Os grandes avanços nas áreas de Astronomia, Medicina,
Matemática, Física, Química e Biologia;
3. O desenvolvimento de instrumentos científicos, principalmente
na área de observação astronômica;
4. Aumento da divulgação dos conhecimentos científicos, graças
ao crescimento da produção de livros.
5. Invenções que tinham como base os conhecimentos científicos
que eram produzidos.
6. Explicações religiosas sem fundamento científico sendo
substituídas por explicações baseadas nas Ciências.
Descobertas
03
Nicolau Copérnico (1473 – 1543)
Nicolau Copérnico foi um
astrônomo e matemático polonês,
considerado o “Pai da Astronomia
Moderna”. Foi também o criador da
Teoria Heliocêntrica (sol como
centro do Universo), na qual
contradiz a Teoria Geocêntrica
medieval (adotada pela Igreja
Católica), em que a Terra seria o
centro do Universo. Seus estudos
revolucionaram os conhecimentos
científicos da época, se tornando
referência para o estudo de hoje
em dia.
Galileu Galilei (1564 – 1642)
Galileu Galilei foi um astrônomo,
físico, matemático e filósofo
italiano, Galileu foi o defensor da
Teoria Heliocêntrica de Copérnico
utilizando seus cálculos
matemáticos, sendo considerado
um dos fundadores da geometria
moderna e da física. Além disso,
aperfeiçoou o telescópio, inventou
o microscópio com duas lentes, o
termômetro e também inventou o
compasso geométrico.
Johannes Kepler (1571 - 1630)
Johannes Kepler foi um
astrônomo, matemático e
astrólogo alemão, Kepler
aprofundou suas teorias sobre
mecânica celeste inspiradas no
modelo heliocêntrico,
apresentando estudos sobre as
eclipses lunar e solar, e também fez
estudos importantes na área da
gravitação. Ele é mais conhecido
por suas leis, chamadas “Leis de
Kepler”, que descrevem os
movimentos dos planetas do
sistema solar.
Andreas Vesalius (1514 – 1564)
Andreas Vesalius foi um
anatomista belga muito importante
para o avanço da Medicina. Suas
pesquisas sobre o corpo humano
revelaram conhecimentos
fundamentais para a Anatomia
Humana.
Refutou diversas teorias sobre o
corpo humano através de sua obra
“De Humani Corporis Fabrica Libri
Septem”, produzindo ilustrações
que retratavam o sistema muscular
e cada atuação dos músculos.
Leonardo da Vinci (1452 – 1519)
Leonardo da Vinci ficou mais
conhecido pelas suas obras de
pintura. Porém, foi de grande
importância seus estudos
científicos, principalmente, nas
áreas de hidrostática, engenharia e
matemática. Foi considerado um
dos mais proeminentes gênios do
Renascimento e da história da
humanidade. Avançou em diversos
estudos sobre a anatomia humana,
e inventou o paraquedas, a
máquina de voar, o submarino, o
tanque de guerra, dentre outros.
Leonardo da Vinci (1452 – 1519)
Nos cadernos do Leonardo existem uma grande quantidade de
máquinas de guerra, por exemplo, um veículo propelido por dois
homens através de eixos de manivela. Apesar do desenho parecer
acabado, aparentemente a mecânica não estava, pois, se construído
da forma como desenhado, o veículo não andaria. Em um
documentário da BBC, uma equipe militar construiu a máquina e
mudou os eixos para que ela funcionasse. Já foi sugerido que
Leonardo deixou esse erro para evitar que outros a construíssem sem
autorização.
Outra máquina, propelida por cavalos com um cavaleiro de pilhão,
leva à sua frente quatro foices montadas numa engrenagem
giratória, giradas por um eixo movido pelas rodas de uma carroça
atrás dos cavalos.
OBRIGADO!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Revolução liberal portuguesa de 1820
Revolução liberal portuguesa de 1820Revolução liberal portuguesa de 1820
Revolução liberal portuguesa de 1820Joana Filipa Rodrigues
 
A construção da modernidade europeia
A construção da modernidade europeiaA construção da modernidade europeia
A construção da modernidade europeiaSusana Simões
 
5 01 a revolução americana
5 01 a revolução americana5 01 a revolução americana
5 01 a revolução americanaVítor Santos
 
O Renascimento - 8ºano
O Renascimento - 8ºanoO Renascimento - 8ºano
O Renascimento - 8ºanoVasco Pires
 
24725899 teste-de-avaliacao-de-literatura-portuguesa
24725899 teste-de-avaliacao-de-literatura-portuguesa24725899 teste-de-avaliacao-de-literatura-portuguesa
24725899 teste-de-avaliacao-de-literatura-portuguesaClaudia Moreira
 
4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviiiVítor Santos
 
Unificação da Alemanha e Itália - Resumo
Unificação da Alemanha e Itália - ResumoUnificação da Alemanha e Itália - Resumo
Unificação da Alemanha e Itália - ResumoEdilene Ruth Pereira
 
Revolução Liberal de 1820
Revolução Liberal de 1820Revolução Liberal de 1820
Revolução Liberal de 1820ricardup
 
Constituição 1976
Constituição 1976Constituição 1976
Constituição 1976betepa
 
Revoluções: Agrícola, Industrial e Liberais
Revoluções: Agrícola, Industrial e LiberaisRevoluções: Agrícola, Industrial e Liberais
Revoluções: Agrícola, Industrial e Liberaisinessalgado
 
O mercantilismo em portugal
O mercantilismo em portugalO mercantilismo em portugal
O mercantilismo em portugalSusana Simões
 
Os lusíadas apresentação
Os lusíadas apresentaçãoOs lusíadas apresentação
Os lusíadas apresentaçãoRomão Inácio
 
Meu pé de laranja e lima (personagens)
Meu pé de laranja e lima (personagens)Meu pé de laranja e lima (personagens)
Meu pé de laranja e lima (personagens)Ana Janela
 

Mais procurados (20)

Revolução liberal portuguesa de 1820
Revolução liberal portuguesa de 1820Revolução liberal portuguesa de 1820
Revolução liberal portuguesa de 1820
 
A construção da modernidade europeia
A construção da modernidade europeiaA construção da modernidade europeia
A construção da modernidade europeia
 
Cronologia prec
Cronologia precCronologia prec
Cronologia prec
 
5 01 a revolução americana
5 01 a revolução americana5 01 a revolução americana
5 01 a revolução americana
 
A perfeição.docx
A perfeição.docxA perfeição.docx
A perfeição.docx
 
Eça de Queiroz
Eça de QueirozEça de Queiroz
Eça de Queiroz
 
O Renascimento - 8ºano
O Renascimento - 8ºanoO Renascimento - 8ºano
O Renascimento - 8ºano
 
24725899 teste-de-avaliacao-de-literatura-portuguesa
24725899 teste-de-avaliacao-de-literatura-portuguesa24725899 teste-de-avaliacao-de-literatura-portuguesa
24725899 teste-de-avaliacao-de-literatura-portuguesa
 
4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
 
Unificação da Alemanha e Itália - Resumo
Unificação da Alemanha e Itália - ResumoUnificação da Alemanha e Itália - Resumo
Unificação da Alemanha e Itália - Resumo
 
Revolução Liberal de 1820
Revolução Liberal de 1820Revolução Liberal de 1820
Revolução Liberal de 1820
 
Desmond tutu
Desmond tutuDesmond tutu
Desmond tutu
 
Constituição 1976
Constituição 1976Constituição 1976
Constituição 1976
 
O Antigo Regime
O Antigo RegimeO Antigo Regime
O Antigo Regime
 
Revoluções: Agrícola, Industrial e Liberais
Revoluções: Agrícola, Industrial e LiberaisRevoluções: Agrícola, Industrial e Liberais
Revoluções: Agrícola, Industrial e Liberais
 
O mercantilismo em portugal
O mercantilismo em portugalO mercantilismo em portugal
O mercantilismo em portugal
 
Grupo de orpheu
Grupo de orpheuGrupo de orpheu
Grupo de orpheu
 
Tipos de Pesca
Tipos de PescaTipos de Pesca
Tipos de Pesca
 
Os lusíadas apresentação
Os lusíadas apresentaçãoOs lusíadas apresentação
Os lusíadas apresentação
 
Meu pé de laranja e lima (personagens)
Meu pé de laranja e lima (personagens)Meu pé de laranja e lima (personagens)
Meu pé de laranja e lima (personagens)
 

Semelhante a Principais descobertas científicas do período do renascimento e do moderno

Renascimento Científico - Prof. Altair Aguilar
Renascimento Científico - Prof. Altair AguilarRenascimento Científico - Prof. Altair Aguilar
Renascimento Científico - Prof. Altair AguilarAltair Moisés Aguilar
 
100 maiores invenções do mundo registro de marca e patente em santa catarin...
100 maiores invenções do mundo   registro de marca e patente em santa catarin...100 maiores invenções do mundo   registro de marca e patente em santa catarin...
100 maiores invenções do mundo registro de marca e patente em santa catarin...Cicero Allysson Barbosa Silva
 
O método experimental e o progresso do conhecimento
O método experimental e o progresso do conhecimentoO método experimental e o progresso do conhecimento
O método experimental e o progresso do conhecimentoDiogo.Verissimo
 
A Ciência Através dos Tempos
A Ciência Através dos TemposA Ciência Através dos Tempos
A Ciência Através dos TemposLucas Campos
 
Renascimento científico
Renascimento científicoRenascimento científico
Renascimento científicoNelma Andrade
 
Renascimento cientifico 723.pptx
Renascimento cientifico 723.pptxRenascimento cientifico 723.pptx
Renascimento cientifico 723.pptxDocinhosdaLui
 
( Espiritismo) # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...
( Espiritismo)   # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...( Espiritismo)   # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...
( Espiritismo) # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Espiritismo) # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...
( Espiritismo)   # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...( Espiritismo)   # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...
( Espiritismo) # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Filosofia sociologia 3 trimestre
Filosofia sociologia 3 trimestreFilosofia sociologia 3 trimestre
Filosofia sociologia 3 trimestrealemisturini
 
Quem é lázaro coutinho
Quem é lázaro coutinhoQuem é lázaro coutinho
Quem é lázaro coutinhoJornalJM
 
História da astronomia
História da astronomiaHistória da astronomia
História da astronomiaAlison Martins
 
Ciencia Tecnologia E Sociedade
Ciencia Tecnologia E SociedadeCiencia Tecnologia E Sociedade
Ciencia Tecnologia E Sociedadeguestbbb7bf
 
Cienciatecnologiasociedadeeambiente
CienciatecnologiasociedadeeambienteCienciatecnologiasociedadeeambiente
CienciatecnologiasociedadeeambienteArticula_a_ciencia
 

Semelhante a Principais descobertas científicas do período do renascimento e do moderno (20)

Renascimento Científico - Prof. Altair Aguilar
Renascimento Científico - Prof. Altair AguilarRenascimento Científico - Prof. Altair Aguilar
Renascimento Científico - Prof. Altair Aguilar
 
100 maiores invenções do mundo registro de marca e patente em santa catarin...
100 maiores invenções do mundo   registro de marca e patente em santa catarin...100 maiores invenções do mundo   registro de marca e patente em santa catarin...
100 maiores invenções do mundo registro de marca e patente em santa catarin...
 
O método experimental e o progresso do conhecimento
O método experimental e o progresso do conhecimentoO método experimental e o progresso do conhecimento
O método experimental e o progresso do conhecimento
 
4 as revoluções da modernidade - agrícola, religiosa e científica
4   as revoluções da modernidade - agrícola, religiosa e científica4   as revoluções da modernidade - agrícola, religiosa e científica
4 as revoluções da modernidade - agrícola, religiosa e científica
 
A Ciência Através dos Tempos
A Ciência Através dos TemposA Ciência Através dos Tempos
A Ciência Através dos Tempos
 
Renascimento científico
Renascimento científicoRenascimento científico
Renascimento científico
 
Renascimento cientifico 723.pptx
Renascimento cientifico 723.pptxRenascimento cientifico 723.pptx
Renascimento cientifico 723.pptx
 
História da ciência
História da ciênciaHistória da ciência
História da ciência
 
( Espiritismo) # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...
( Espiritismo)   # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...( Espiritismo)   # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...
( Espiritismo) # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...
 
( Espiritismo) # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...
( Espiritismo)   # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...( Espiritismo)   # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...
( Espiritismo) # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...
 
setimo_ano.docx
setimo_ano.docxsetimo_ano.docx
setimo_ano.docx
 
Filosofia sociologia 3 trimestre
Filosofia sociologia 3 trimestreFilosofia sociologia 3 trimestre
Filosofia sociologia 3 trimestre
 
Quem é lázaro coutinho
Quem é lázaro coutinhoQuem é lázaro coutinho
Quem é lázaro coutinho
 
História da astronomia
História da astronomiaHistória da astronomia
História da astronomia
 
Ciencia Tecnologia E Sociedade
Ciencia Tecnologia E SociedadeCiencia Tecnologia E Sociedade
Ciencia Tecnologia E Sociedade
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
O renascimento científico 2016
O renascimento científico   2016O renascimento científico   2016
O renascimento científico 2016
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Cienciatecnologiasociedadeeambiente
CienciatecnologiasociedadeeambienteCienciatecnologiasociedadeeambiente
Cienciatecnologiasociedadeeambiente
 

Último

HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfdottoor
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamentalgeone480617
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoSilvaDias3
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 

Último (20)

HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 

Principais descobertas científicas do período do renascimento e do moderno

  • 1. Filosofia Aluna: Ana Clara James Zacarias da Rocha
  • 4. Introdução O Renascimento Científico é o período onde a ciência se desenvolve, nos séculos XV e XVI. Esta época foi baseada no racionalismo, humanismo e a chamada Antiguidade Clássica, que acabou por mudar a mente das pessoas. A partir dessas descobertas de estudiosos, tal período possibilitou o avanço de vários campos de conhecimento, que logo depois, inaugurou a Ciência moderna. Dentre as descobertas do período renascentista, podemos citar: a comprovação de que a Terra é esférica, a criação de novos instrumentos da astronomia e de navegação marítima e o mapeamento da anatomia humana.
  • 6. Características Dentre as principais características do Renascimento, podemos citar: 1. Uso da pesquisa e investigação como métodos de conhecimento científico; 2. Os grandes avanços nas áreas de Astronomia, Medicina, Matemática, Física, Química e Biologia; 3. O desenvolvimento de instrumentos científicos, principalmente na área de observação astronômica; 4. Aumento da divulgação dos conhecimentos científicos, graças ao crescimento da produção de livros. 5. Invenções que tinham como base os conhecimentos científicos que eram produzidos. 6. Explicações religiosas sem fundamento científico sendo substituídas por explicações baseadas nas Ciências.
  • 8. Nicolau Copérnico (1473 – 1543) Nicolau Copérnico foi um astrônomo e matemático polonês, considerado o “Pai da Astronomia Moderna”. Foi também o criador da Teoria Heliocêntrica (sol como centro do Universo), na qual contradiz a Teoria Geocêntrica medieval (adotada pela Igreja Católica), em que a Terra seria o centro do Universo. Seus estudos revolucionaram os conhecimentos científicos da época, se tornando referência para o estudo de hoje em dia.
  • 9. Galileu Galilei (1564 – 1642) Galileu Galilei foi um astrônomo, físico, matemático e filósofo italiano, Galileu foi o defensor da Teoria Heliocêntrica de Copérnico utilizando seus cálculos matemáticos, sendo considerado um dos fundadores da geometria moderna e da física. Além disso, aperfeiçoou o telescópio, inventou o microscópio com duas lentes, o termômetro e também inventou o compasso geométrico.
  • 10. Johannes Kepler (1571 - 1630) Johannes Kepler foi um astrônomo, matemático e astrólogo alemão, Kepler aprofundou suas teorias sobre mecânica celeste inspiradas no modelo heliocêntrico, apresentando estudos sobre as eclipses lunar e solar, e também fez estudos importantes na área da gravitação. Ele é mais conhecido por suas leis, chamadas “Leis de Kepler”, que descrevem os movimentos dos planetas do sistema solar.
  • 11. Andreas Vesalius (1514 – 1564) Andreas Vesalius foi um anatomista belga muito importante para o avanço da Medicina. Suas pesquisas sobre o corpo humano revelaram conhecimentos fundamentais para a Anatomia Humana. Refutou diversas teorias sobre o corpo humano através de sua obra “De Humani Corporis Fabrica Libri Septem”, produzindo ilustrações que retratavam o sistema muscular e cada atuação dos músculos.
  • 12. Leonardo da Vinci (1452 – 1519) Leonardo da Vinci ficou mais conhecido pelas suas obras de pintura. Porém, foi de grande importância seus estudos científicos, principalmente, nas áreas de hidrostática, engenharia e matemática. Foi considerado um dos mais proeminentes gênios do Renascimento e da história da humanidade. Avançou em diversos estudos sobre a anatomia humana, e inventou o paraquedas, a máquina de voar, o submarino, o tanque de guerra, dentre outros.
  • 13. Leonardo da Vinci (1452 – 1519) Nos cadernos do Leonardo existem uma grande quantidade de máquinas de guerra, por exemplo, um veículo propelido por dois homens através de eixos de manivela. Apesar do desenho parecer acabado, aparentemente a mecânica não estava, pois, se construído da forma como desenhado, o veículo não andaria. Em um documentário da BBC, uma equipe militar construiu a máquina e mudou os eixos para que ela funcionasse. Já foi sugerido que Leonardo deixou esse erro para evitar que outros a construíssem sem autorização. Outra máquina, propelida por cavalos com um cavaleiro de pilhão, leva à sua frente quatro foices montadas numa engrenagem giratória, giradas por um eixo movido pelas rodas de uma carroça atrás dos cavalos.
  • 14.
  • 15.