3ª série do Ensino Médio
Tem início na década de 40, sendo
anômala, sem planejamento.


Divide-se em três períodos.
◦ O primeiro vai de 1940 a 1964, quando ocorre a expansão
industrial e a população urbana d...


O crescimento demográfico elevado, as alterações
nas relações de trabalho na agricultura, a
concentração da propriedade...
Capitalismo e industrialização
tardia brasileira


Processo mais longo



◦ Inglaterra – dois séculos
de industrialização





Diversidade maior da
indústria, mais
co...


1930 a 1950 – Quando de fato inicia a
industrialização do Brasil
◦ Substituição de importações
◦ Investimento nas indus...






1980

◦ Inflação, não só no Brasil, mas em todo mundo;
◦ Década perdida
◦ Inicio da descentralização industrial n...
Mercantilista, Industrial e
Financeiro


Este período estende-se do século XVI ao
XVIII, iniciando-se com as Grandes Navegações e
Expansões Marítimas Europeias,...








No século XVIII, a Europa passa por uma mudança significativa no
sistema de produção. A Revolução Industrial, ...






Iniciada no século XX, esta fase vai ter no sistema
bancário, nas grandes corporações financeiras e no
mercado gl...
Tem questões divergentes, mas a
maior parte dos autores trabalha
com o início da globalização
depois das grandes navegaçõe...
Século XV até Revolução Industrial –
embrião do capitalismo
2. Revolução Industrial até a II Guerra Mundial
– expansão do ...










Seus pilares são o capital e a tecnologia
Consumo – aumento continuo do consumismo, o
que traz maior degra...






Principais agentes da globalização, possuindo
um poder maior que dos estados, ganhando
forças desde o século XIX....






As transnacionais fizeram com que fosse alterada
a divisão internacional do trabalho, a DIT.
Até a década de 70/8...










Capital
Mão de obra
Matéria prima
Mercado consumidor
Disponibilidade de energia
Infraestrutura, transpor...




Forma dos países organizarem regionalmente
para competir na economia mundial, para
buscar vantagens comparativas.
Me...




Nafta – acordo de livre comércio (mediante
diminuição de impostos) da América do Norte
(Canadá, México e EUA), de in...









Estados Unidos
China
Japão
Alemanha
França
Reino Unido
Brasil
É um grupo formado pelos ministros de
finanças e chefes dos bancos
centrais das 19 maiores economias do
mundo mais a União...
G20
2011
Países membros
Desenvolvidos e emergentes
“O Brasil caiu de 14° para 15° posição entre os países
do G-20 [...] Em renda, o Brasil está no 15° entre o G20 com renda ...
BRIC
O BRIC, sigla para Brasil, Rússia, Índia e
China é formado por esses que são os
quatro países emergentes com grande
p...


Não se trata de um bloco econômico, sendo
somente um conjunto de países
emergentes, que possuem características
comuns....















Economia estabilizada recentemente;
Situação política estável;
Mão de obra em grande quantidade...







A crise tem seu início no setor imobiliário, uma vez que os
créditos altos e os juros baixos levaram os imóveis...


A China saiu fortalecida da crise financeira que abalou o
mundo em 2008/2009.

◦ Aumento do PIB
◦ Investimento estrange...








Pratica na economia um capitalismo agressivo, gerando 500 mil
milionários e 150 mil bilionários.
Dentro de 5...









1°-EUA  14,2 trilhões (US$)
2°-Japão  5,0 trilhões (US$)
3°-China  4,9 trilhões (US$)

2010

1°-EUA  14...
Ana Carolina Rodrigues
Geopolítica
Geopolítica
Geopolítica
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Geopolítica

957 visualizações

Publicada em

Urbanização e industrialização brasileira,globalização, blocos econômicos, transnacionais, China, etc.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
957
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
43
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Geopolítica

  1. 1. 3ª série do Ensino Médio
  2. 2. Tem início na década de 40, sendo anômala, sem planejamento.
  3. 3.  Divide-se em três períodos. ◦ O primeiro vai de 1940 a 1964, quando ocorre a expansão industrial e a população urbana duplica-se. ◦ No segundo período, que vai de 1964 a 1985, a população urbana ultrapassa a rural com a expansão industrial nos centros urbanos. ◦ No terceiro período ocorre a superlotação das cidades, acarretando vários problemas urbanos. Este período vai de 1985 até os dias atuais.
  4. 4.  O crescimento demográfico elevado, as alterações nas relações de trabalho na agricultura, a concentração da propriedade rural e a mecanização das atividades agropecuárias (que causam diminuição nas oportunidades de trabalho no campo), e a maior variedade e quantidade de atividades econômicas na cidade. Foram fatores que causaram o êxodo rural, resultado da urbanização.
  5. 5. Capitalismo e industrialização tardia brasileira
  6. 6.  Processo mais longo  ◦ Inglaterra – dois séculos de industrialização    Diversidade maior da indústria, mais consolidada Indústrias tradicionais Uso de tecnologia, que divide a situação de países pelo mundo Países desenvolvidos Processo mais rápido e recente, mais intenso ◦ Traz questões positivas e negativas   Dependência dos desenvolvidos, muito relacionada a tecnologia Produção predominantemente de exportação Países subdesenvolvidos
  7. 7.  1930 a 1950 – Quando de fato inicia a industrialização do Brasil ◦ Substituição de importações ◦ Investimento nas industrias de base – metalúrgicas, siderúrgicas  1950 a 1970 ◦ Investimento na infraestrutura – construção de Brasília, investimento em estradas, interiorização do Brasil (JK) ◦ Capital estrangeiro, com as montadoras ◦ ABC Paulista – região industrial de grande importância, Santo André, São Bernardo e São Caetano.
  8. 8.    1980 ◦ Inflação, não só no Brasil, mas em todo mundo; ◦ Década perdida ◦ Inicio da descentralização industrial na região sudeste, onde se localizava principalmente, onde começou. Sai da Grande São Paulo, para seu interior, para o sul, centro-oeste, até mesmo para o nordeste. 1990 – privatizações, política neo-liberal, entregar uma empresa a iniciativa privada. Aumenta a descentralização, quando a Ford vai para a Bahia. 2000 ◦ Indústria mais diversificada ◦ Destaque Petróleo – Litoral brasileiro, Bacia de Campos, Bacia de Santos, extração de petróleo, pré-sal. ◦ Destaque Naval – ampliação do Porto de Rio Grande e do Porto de Suape ◦ A indústria hoje representa 16% do PIB brasileiro, está diminuindo. ◦ A região que mais concentra indústria no Brasil é na região sudeste/sul, seguidas pelo nordeste.
  9. 9. Mercantilista, Industrial e Financeiro
  10. 10.  Este período estende-se do século XVI ao XVIII, iniciando-se com as Grandes Navegações e Expansões Marítimas Europeias, quando a burguesia mercante começa a buscar riquezas em outras terras fora da Europa, procurando ouro, prata, especiarias e matérias-primas não encontradas em solo europeu. Estes comerciantes, financiados por reis e nobres, ao chegarem à América, por exemplo, vão começar um ciclo de exploração, cujo objetivo principal era o enriquecimento e o acúmulo de capital.
  11. 11.     No século XVIII, a Europa passa por uma mudança significativa no sistema de produção. A Revolução Industrial, iniciada na Inglaterra, fortalece o sistema capitalista e o solidifica na Europa e em outras regiões do mundo. A Revolução Industrial modificou o sistema de produção, pois colocou a máquina para fazer o trabalho que antes era realizado pelos artesãos. O dono da fábrica conseguiu, desta forma, aumentar sua margem de lucro, produzindo com mais rapidez. Se por um lado esta mudança trouxe benefícios (queda no preço das mercadorias), por outro a população perdeu muito. O desemprego, baixos salários, péssimas condições de trabalho, foram exemplos de problemas enfrentados pelos trabalhadores deste período. As indústrias, utilizando máquinas à vapor, espalharam-se rapidamente pela Europa. O capitalismo ganhava um novo formato.
  12. 12.    Iniciada no século XX, esta fase vai ter no sistema bancário, nas grandes corporações financeiras e no mercado globalizado base para o desenvolvimento. Este período está em pleno funcionamento até os dias de hoje. A globalização permitiu que as grandes corporações produzissem seus produtos em diversas partes do mundo, diminuindo custos. Estas empresas, dentro de uma economia de mercado, vendem estes produtos para vários países, mantendo um comércio ativo de grandes proporções. Os sistemas informatizados possibilitam a circulação e transferência de valores em tempo quase real. Apesar das indústrias e do comercio continuarem a lucrar muito dentro deste sistema, podemos dizer que os sistemas bancário e financeiro são aqueles que mais lucram e acumulam capitais dentro deste contexto econômico atual.
  13. 13. Tem questões divergentes, mas a maior parte dos autores trabalha com o início da globalização depois das grandes navegações.
  14. 14. Século XV até Revolução Industrial – embrião do capitalismo 2. Revolução Industrial até a II Guerra Mundial – expansão do capitalismo. 3. II Guerra Mundial a 1989 (Guerra Fria) 4. Nova ordem mundial – conceito de globalização se expande e se intensifica, num mundo quase todo capitalista.  Globalização traz benefícios e malefícios, sendo uma integração econômica, não uma aldeia global. 1.
  15. 15.       Seus pilares são o capital e a tecnologia Consumo – aumento continuo do consumismo, o que traz maior degradação do meio ambiente Blocos econômicos Internacionalização dos fluxos capitais – ampliação desses fluxos Neoliberalismo – releitura do liberalismo clássico, caracterizado pelas privatizações, diminuição de diretos trabalhistas e pelo estado mínimo. Transnacionais
  16. 16.    Principais agentes da globalização, possuindo um poder maior que dos estados, ganhando forças desde o século XIX. O fatores de localização são importantes para determinar a razão da indústria se instalar em certo lugar. O fatores locacionais estão relacionados as vantagens, a maior quantidade de lucro. Empresas de grande porte, que atuam em várias partes do mundo, como Ford, Nike, Coca-Cola, Adidas, etc.
  17. 17.    As transnacionais fizeram com que fosse alterada a divisão internacional do trabalho, a DIT. Até a década de 70/80, as transnacionais tinha a produção no seu país de origem. A partir da década de 80/90 ocorre a pulverização do processo produtivo, visando maior lucro. Os países desenvolvidos transferiram suas fábricas para os subdesenvolvidos, onde a mão de obra é mais barata, aumentando o lucro, que volta para os países onde pertencem suas sedes.
  18. 18.         Capital Mão de obra Matéria prima Mercado consumidor Disponibilidade de energia Infraestrutura, transporte Água Incentivos ficais (Guerra Fiscal), como isenção de impostos
  19. 19.   Forma dos países organizarem regionalmente para competir na economia mundial, para buscar vantagens comparativas. Mercosul – união aduaneira, onde além de mercadorias circularem entre os países, há o TEC, tarifa externa comum, evitando que haja descompasso de preço, estimulando um equilíbrio econômico. A Venezuela entra em 2012, depois que o Paraguai foi suspenso, provisoriamente, devido ao golpe parlamentar realizado no pais.
  20. 20.   Nafta – acordo de livre comércio (mediante diminuição de impostos) da América do Norte (Canadá, México e EUA), de iniciativa mexicana. Maquiladoras norte-americanas são colocadas no México, para mandar lucros para o Estados Unidos. União Europeia – mais avançada, integrada, com moeda única, o euro. Os países onde circula o euro fazem parte da Zona do Euro (não são todos que participam do bloco). É um mercado comum, onde tem circulação livre de comércio, onde há também a TEC, além de liberar circulação sem restrição de pessoas. ◦ 2012, crise econômica, desemprego crescente
  21. 21.        Estados Unidos China Japão Alemanha França Reino Unido Brasil
  22. 22. É um grupo formado pelos ministros de finanças e chefes dos bancos centrais das 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia. O peso econômico e a representatividade do G20 conferem-lhe significativa influência sobre a gestão do sistema financeiro e da economia global.
  23. 23. G20 2011
  24. 24. Países membros Desenvolvidos e emergentes
  25. 25. “O Brasil caiu de 14° para 15° posição entre os países do G-20 [...] Em renda, o Brasil está no 15° entre o G20 com renda per capita anual de US$ 10.152 mesmo sendo a sétima economia mundial. É superado pelos emergentes Coreia do Sul (US$ 28.231), Arábia Saudita (US$ 22.616), Argentina (US$ 15.437), Rússia (US$ 14.461), Turquia (US$ 13.710) e México com US$ 12.947.”
  26. 26. BRIC O BRIC, sigla para Brasil, Rússia, Índia e China é formado por esses que são os quatro países emergentes com grande potencial de desenvolvimento
  27. 27.  Não se trata de um bloco econômico, sendo somente um conjunto de países emergentes, que possuem características comuns. O termo BRIC foi criado para fazer referência a quatro países Brasil, Rússia, Índia e China. Esses países compartilham de uma situação econômica com índices de desenvolvimento e situações econômicas parecidas.
  28. 28.             Economia estabilizada recentemente; Situação política estável; Mão de obra em grande quantidade e em processo de qualificação; Níveis de produção e exportação em crescimento; Boas reservas de recursos minerais; Investimentos em setores de infraestrura (estradas, ferrovias, portos, aeroportos, usinas hidrelétricas, etc); PIB (Produto Interno Bruto) em crescimento; Índices sociais em processo de melhorias; Diminuição, embora lenta, das desigualdades sociais; Rápido acesso da população aos sistemas de comunicação como, por exemplo, celulares e Internet (inclusão digital); Mercados de capitais (Bolsas de Valores) recebendo grandes investimentos estrangeiros; Investimentos de empresas estrangeiras nos diversos setores da economia.
  29. 29.     A crise tem seu início no setor imobiliário, uma vez que os créditos altos e os juros baixos levaram os imóveis a uma supervalorização, e para que fossem realizadas essas compras, os bancos financiavam com empréstimos. Porém, em 2005, a taxa de juros aumentou e o preço dos imóveis caiu, afim de impedir a inflação. Em 2008, o prejuízo das instituições bancárias chegaram a milhões de dólares, provocando falência em alguma delas. Os bancos passaram a cobrar maior taxa de juros, impedindo investimentos, diminuindo, consequentemente, a expansão da economia e o crescimento das empresas, já que nada podia ser financiado. Isso resultou numa diminuição de empregos, e também do consumo.
  30. 30.  A China saiu fortalecida da crise financeira que abalou o mundo em 2008/2009. ◦ Aumento do PIB ◦ Investimento estrangeiro ◦ Produção de patentes – Governo quer 2 milhões de patentes, em áreas como energia solar e eólica, telecomunicação, baterias e carros. ◦ Indústria – possui muita mão de obra; a maioria de sua população mora na zona rural (as pessoas vivem com o que equivale a 30 reais por mês), que por baixo salário, aceitam trabalhar nas indústrias, região urbana (salário médio do trabalhador urbano varia de quatrocentos e mil reais por mês) ◦ Tecnologia ◦ Bens de consumo ◦ Áreas poluídas – a China já ultrapassou os Estados Unidos na emissão de gases estufas
  31. 31.       Pratica na economia um capitalismo agressivo, gerando 500 mil milionários e 150 mil bilionários. Dentro de 5 anos, a China vai responder por um terço do faturamento de produtos de luxo em todo mundo. Possui reservas internacionais dez vezes maiores que as médias dos demais países ricos. Os preços dos alimentos não param de subir. A China é o maior parceiro comercial do Brasil, sendo este um dos poucos países que vendem mais para a China do que compram. Porém os chineses só compram matérias primas, como minério de ferro, petróleo e soja, vendendo dezenas de produtos industrializados, como eletrônicos, fazendo com que o Brasil saia em desvantagem, uma vez que o preço da matéria prima varia mais do que dos eletrônicos. Devido as diversas relações travada entre chineses e vários países, a língua mandarim tem se espalhado pelo mundo.
  32. 32.       1°-EUA  14,2 trilhões (US$) 2°-Japão  5,0 trilhões (US$) 3°-China  4,9 trilhões (US$) 2010 1°-EUA  14,6 trilhões (US$) 2°-China  5,8 trilhões (US$) 3°-Japão  5,4 trilhões (US$) 2011
  33. 33. Ana Carolina Rodrigues

×