2. a origem do mal

120 visualizações

Publicada em

Toda a humanidade está agora envolvida num grande conflito entre Cristo e Satanás, quanto ao caráter de Deus, Sua Lei e Sua soberania sobre o Universo. Esse conflito originou-se no Céu, quando um ser criado, dotado de liberdade de escolha, por exaltação própria, tornou-se Satanás, o adversário de Deus, e conduziu à rebelião uma parte dos anjos. Ele introduziu o espírito de rebelião neste mundo. Observado por toda a Criação, este mundo tornou-se o palco do conflito universal, dentro do qual será finalmente vindicado o Deus de amor. (Apoc. 12:4-9; Isa. 14:12-14; Ezeq. 28:12-18; Gên. 3; Gên. 6-8; II Pedro 3:6; Rom. 1:19-32; 5:19-21; 8:19-22; Heb. 1:4-14; I Cor. 4:9).

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
120
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2. a origem do mal

  1. 1. lí'. OREGEÍW DO Í! E.'3.MI. _. . __. ..__ _. _-_ . __*--
  2. 2. Por que sofremos 'tan'to? Como istó começou? Quancãó 'ter¡nina¡'á? -¡›: ^ _Ap-Ji ' A ~4_1.
  3. 3. É-í/ ÂÁR O EN EA NO CEU
  4. 4. "E olhei, e ouvi a voz dê muitos anjos ao redor do troho', e dos animais, e" dos anciãosge era o número deles milhões-ide milhões, e milhares dei-milhares, que com grande voz diziàmís* 'Digno é o Cordeiro, que iam morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e forçâf, e honra, e glória, e ações de A g raçash" (Apocalipse 5:_1É1"e 12).
  5. 5. :: a ' x11/ "Venha o 'teu reino, e ~› seja 'feita 'tua Y srontacêle, assim~ na 'terra como no céul" (íviateus 6:10), K /
  6. 6. xw . l m 2 v_ wa 1 V_ . REBELIÁO E QUEAw” É
  7. 7. "Quando as estreas alva juntas alegreente cantavam, e todojsío -o~: -›-: « filhos de Deus jugâii . Ou quem encerro ' com portas, quahdà *ÍVi* . rompeu e saiu dia ÊnãdFêÊ" h i _ (Jó38:7e8). * i 'o u ~ JBS? p , wi' s' E . 7 E _V 1 D' , H
  8. 8. 13. palavra estrela, ;iña Í, ~ , " linguagem lalblioa, Ó fig: : 'também pode ser + r¡ à. . f, r _v A_ in"ue¡'pre'tac! a por anjo: - “a ' ' f, + o g _; , t * ° . .x/ Ó
  9. 9. . . ._ _ c . .. L-r. .Url, r v». m. b. z. , . a _H _n_ . . ~l _Jc o , , f. , . rat a _I| . . . umh. . l, L' . Il . , ... “:, ; í . . vn_ P. ? , o ml. . Til. ; a Pr ni. . . snTr_ l P. . . n, . .L . ..z . .r_. _.ío~ u. . . i1 . .Zrlhw Pa» . .H lp . a. t , à . luís. J_ sem. . . . , , n_ u. .., fr. . . na . w . .. M._. ..A . ..MTV w. .Lv. _ 5.. U_, ... ,.. .«. . . a . ..JF . wkmeaanl t. . R: LI s: .. l all» | ,.. _»_, .Íl _ n: : . wax. .wmrm_e . ., a, ,l u, e a. .. . L ñ. m. .., sisaa r
  10. 10. Deus não pode seríwis"tõíñ como o originador*do, -mal, pois, 'tudo que Ele hifeié perieito. * 1m/ m¡ 1
  11. 11. "Na multiplicação do teu , comércio encheram o' teu interior de violência, e pecaste; por ISSO te lancei, profanado, do , monte de Deus, e te fiz perecer, ó querubim cobridor, do meio das pedras afogueadas. Elevou- se o teu coração por causa da' tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; por terrate lancei, diante dos reis te pus', para que olhem para ti. " (Ezequiel 28:16 e 17).
  12. 12. L ' l . . N? T a e- e «e , O Senhor, poderia te-lo ; 'Éh destruído (dê irhédato é; D' " apagado da mqeñtào, anjos a sua figurar', m Ele é fiel e justo e' õiiou seres livres que Fêiam p por amor e nuncâjIsa? á'-“f o força para alcanfçãrfeste objetivo como Eúpxiger tem feito desde então. v' M V 1# N_ '
  13. 13. ;ff f A x Í . . _Í ““” rrjejejgganwrr: "Eis que vem comras nuvens, !ruth e todo o olho o verá; até 'os . N mesmos que o 'traspassa'ram'; - e todas as tribos da terra se Iamentarão sobreiele. Sim. Amém. 'Eu sou o°. :/l; lfa e o e Omega, o princípioe o rim? , l diz o Senhor, 'que é, e que era, e que há dQgin-o Todo- Poderosot" (Apocalipse 1:7 e s).
  14. 14. UN PLANETA COBÍTÂRHIBÍÁDO UN lj! !
  15. 15. "Por isso alegraif-vos", ó s* ' ' céus, e vós que neles* i habitais. A¡ dos qtléíf: : e __ o. , habitam na terra feá7íãío; mar; ,_, ea e porque o diabo dêscfçéuçett* e _ _L ° a vós, e tem grandefiryajÍ . . . . . g sabendoçque já temípoücõjf; _ 1.: tempo. " (Apocaliâegfl 2:12); '; "__ÍÍ3; , r '55' " Í Í
  16. 16. 54-? l &Kiaralgxçgal "E tomou o SENHOR§Dêü§;3o2'h'õm'em, ;e~ _ñ o pôs no jardim do Éderjtpajjãfõíávrãrer e. , o guardar. E ordenou”g¡? -S(Ei§llfl7Õfl-ÍÍ“ Deus ao homem, dizendo: jD'°e~btold"a açarvore do jardim comerás liv'rem'ént°e~; da árvore do conhecimento db bem e” do mal, dela não comerás; porque n03:: dia em quedela comeres, _certãrñeint: e à à morrerás. " (Gênesi§_2j_15ê17); É a, ”
  17. 17. àfâu ljf-afrfâ ; si In» à: ; a , -.^°~“r¡lt›: * Sw >~ &_-~¡›= «, _l l 4.. .», (eu (A1 ; [1 q. _ffíl ; lida r L e _ - 5.a_ Í '“' "" '* v 'Ji' ; WQLJ jjqçfíljl_ (ih " 'Lx' “k l. í*'°~vu. § A51* r 1' cera - aieHr-lü à 7:. , 'à-. .Í : :TL- : ;-~_ _. -. _. -____ __. __' w . " m¡
  18. 18. Deus poderia governar'o“'¡; ,4› ' _ universo com mão deLjierro e nunca seria ameaçado, 1 A ' 3 j. pois, igual a Ele não existe outro.
  19. 19. _ -4 . - _ __ _ . c , É É . /' '*' _ ' ' ' › . N: › < I . - . e . . . ,x _. _ . E _ _ _ . «j e. _ w ' Í , _ g , ¡_ f', › M, _ _ , . . - _ 'v , s * . ~ . ~ e ~ l '1' Ele poderia ter mdao, Í: . Lã. , i - a mente de Lucifergãggg feito com que eleímudasse¡ de ideia e continyaisse o_ a . 'x r- » . obediente. e . , _
  20. 20. ívias, Ele decidiu' criar; seres a Sua imagem fe / Íl - semelhança, comppoderíç j “ de escolha, e sempre, l vai respeita-las mesmo ; f , sabendoo fim delas. v( ¡ e _ ( ' Í HH HH
  21. 21. s. "[2 à. . , gp - z À à ! v ,371 X x. › _, n i Gostaria você devoltaifjjí V agora para os braçõsdo; “ f* Pai? "
  22. 22. lí'. OREGEÍV¡ DO ívi:3., l. _. . __. ..__ _. _-_ . __*--

×