3º Intercâmbio de Experiências em Gestão e Processos Organizacionais

1.545 visualizações

Publicada em

O Fórum das Agências Reguladoras Federais e o Centro de Pesquisa em Arquitetura da Informação (CPAI) da Universidade de Brasília (UnB) realizaram, nos dias 24 e 25 de novembro de 2009, em Brasília, o "3º Intercâmbio de Experiências em Gestão e Processos Organizacionais" que visou difundir conceitos, experiências bem sucedidas e métodos de trabalho, no qual reuniram, mediante inscrição gratuita, técnicos e gestores da área pública e privada. O objetivo foi transformar esse evento em um momento de multiplicação e fortalecimento dos conhecimentos em gestão, com a participação de palestrantes e organizações de reconhecida expertise.

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.545
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
84
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

3º Intercâmbio de Experiências em Gestão e Processos Organizacionais

  1. 1. CAIUÁ CELPA CEMAT CELTINS ENERSUL NACIONAL BRAGANTINA VALE PARANAPANEMA FORÇA E LUZ DO OESTE REDE COMERCIALIZADORA 13,2 mil colaboradores R$ 6,1 bilhões de faturamento 106 anos de fundação R$ 1,5 bilhão de investimento / ano
  2. 2. DISTRIBUIÇÃO 34% Território nacional 578 Municípios 7 estados brasileiros São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Tocantins, Pará, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul 4,2 milhões de consumidores 16 milhões de habitantes atendidos 15.995 GWh ano Distribuição Geração de energia distribuída
  3. 3. DISTRIBUIÇÃO 317.389 km de sistema de distribuição 6% do mercado de distribuição nacional 454 subestações Distribuição Geração
  4. 4. COMERCIALIZAÇÃO Rede Comercializadora Empresa de Comercialização da Rede Energia - 100 contratos de compra e venda de energia de fontes incentivadas (PCH’s e biomassa) - 16 clientes livres - 150 clientes de intermediação - Representa 30 empreendimentos de geração (PCH’s e biomassa) Portfólio de Serviços - Compra e venda de energia - Representação em leilões de energia convencional e alternativa - Assessoria em contratos com terceiros - Avaliação de oportunidades nos mercados de curto, médio e longo prazos
  5. 5. SUL SUDESTE NACIONAL CAIUÁ SP BRAGANTINA VALE PARAPANEMA FORÇA E LUZ DO OESTE PR 82 | municípios atendidos 30.082 km2 | área territorial 3.097 GWh | ano de energia distribuída 617.856 | consumidores 1.558 | colaboradores R$ 945,9 milhões | faturamento anual
  6. 6. CELTINS 277.621 km² | área territorial 393.214 | consumidores 139 | municípios atendidos 1.149 GWh | ano de energia distribuída 1.457 | colaboradores R$ 541,5 milhões | faturamento anual
  7. 7. CEMAT 903.358 km² | área territorial 940.012 | consumidores 141 | municípios atendidos 4.782 GWh | ano de energia distribuída 2.738 | colaboradores R$ 2 bilhões | faturamento anual
  8. 8. CELPA 1.247.690 km² | área territorial 1.550.563 | consumidores 143 | municípios atendidos 5.519 GWh | ano de energia distribuída 4.177 | colaboradores R$ 1,9 bilhão | faturamento anual
  9. 9. ENERSUL 328.325,9 km² | área territorial 740.915 | consumidores 73 | municípios atendidos 2.928 GWh | ano de energia distribuída 3.134 | colaboradores R$ 1,3 bilhão | faturamento anual
  10. 10. RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Fundação Aquarela Escola Nuremberg de Borja Brito Projeto Cidadania no Campo Rede Atletismo programa de formação de atletas em todas as modalidades do esporte Metas do Milênio colabora com o cumprimento das metas do milênio da ONU Todos Pela Educação aderiu ao Compromisso Todos Pela Educação
  11. 11. Como Garantir a Sustentabilidade de Resultados com a Gestão de Processos |
  12. 12. Modelo de Governança |
  13. 13. Muito Forte 27 Planejamento Estratégico Desempenho Forte 15 17 19 11 6 20 Neutro 13 16 7 22 10 24 26 Fraco 5 12 28 14 25 29 Muito 1 4 1823 Fraco 2 9 30 3 8 2131 Pequena Média Grande Importância Perspectiva Cause-and-effect S.. Financeira Sa tisfazer os a cioni stas Otim izar estrutura de capital Mitigar riscos do Otim izar resultado negócio financeiro Financeira Maximizar recei ta Otim iza r custos % = (Sinistros acumulados seguráveis / Sinistros acumulados avisados ) * 100 Aumentar o ne gócio Mitigar ri scos do Índice de Elaborar e realizar plano de trabalho de auditoria Recuperar negóci o Cobertura de É utilizado para apontar a materialização de um risco na cobertura de sinistros. receitas Sinistros % = (Valor do contencioso provisionado / Valor do contencioso) * 100 Perspective Fortal ecer Otimizar tarifa imagem Índice de i nstituci onal É o percentual de gastos para atender à demanda do provisionamento do Minimizar os riscos de insolvência de terceirizados Incrementar os Recuperar Provisionamento Mercado Busca r novos negócios de perdas Aumentar contencioso trabalhista da Empresa. Clientes satisfação dos de Contencioso m ercados comercial ização comerciais Regulatório cl ientes de energia Perspective Adotar melhores Índice de multas Monitorar situação crítica junto ao Ministério Público Atender Garantir regulação práticas de tributárias Oti mi zar uso se gurança do governança dos ativos trabalho corporativa % = Min [(Capac. instal. ociosa ; Energia dispon. no mercado) / Energia distribuida atual] * 100 Índice da Processos Otimizar Capacidade de Capacidade de distribuir energia ao mercado consumidor. Internos proce ssos Suprimento do Capacidade do mercado em fornecer energia. Sistema Existente 1,00 % = (Valor de multas trabalhistas / Valor provisionado para multas trabalhistas) * 100 Perspective Dese nvolver Otim iz ar suporte Otimizar cli ma É o percentual de gastos com multas resultantes da aplicação de infrações à legislação novos produtos de TI Capacitar e reter organizacional Índice de Multas Trabalhistas trabalhista. Crescimento pessoas e Valor deve ser menor ou igual a meta Aprendizado Adotar melhores práti cas de 1,00 % = (Valor de multas ambientais / Valor provisionados para multas ambientais) * 100 gestão Índice de Multas É o percentual de gastos com multas resultantes da aplicação de infrações à legislação Perspective ambiental. Ambientais Implementar a Valor deve ser menor ou igual a meta vi são de Socio suste ntabi lidade ambiental nos ne gócios...
  14. 14. Grupo Rede Macro Processo Estratégico Modelo de Governança | Planejar, implementar e controlar estratégia Macro Processos de Negócio Distribuir energia elétrica Gerar energia elétrica Receber Realizar comercialização de energia elétrica Distribuir energia elétrica Macro Processos de Suporte Administrar e manter ativos Operar e manter sistema elétrico e Administrar assuntos regulatórios e institucionais rede de distribuição Planejar expansão do Planejar mercado do Projetar sistema elétrico Construir sistema elétrico sistema elétrico de consumidor cativo de distribuição de distribuição distribuição Administrar comunicaçäo Administrar perdas técnicas Contratar suprimento e e comerciais Administrar finanças transporte de energia elétrica Administrar tecnologia da informação Administrar suprimentos e logística Realizar atendimento ao cliente cativo Administrar pessoas Realizar auditoria no Grupo Rede Administrar assuntos jurídicos do Grupo Rede Administrar qualidade Administrar sustentabilidade Realizar atendimento ao cliente cativo Receber e registrar ocorrência (via Ouvidoria) Comunicar as resoluções das ocorrências aos clientes Realizar atendimento via call Encaminhar e acompanhar a center, agência e web resolução das ocorrências Agrupar e divulgar os dados estatísticos das ocorrências Realizar atendimento de grandes clientes cativos Manter o cadastro de cliente atualizado
  15. 15. Como Garantir a Gestão e a Melhoria Contínua dos Processos?
  16. 16. Dr. Michael Hammer, IDS Scheer ProcessWorld 2003 1. “Um processo ruim é melhor que nenhum processo!” 2. “Um bom processo é melhor que um processo ruim!” 3. “Sempre um bom processo pode ser melhorado!”
  17. 17. Manual de Governança de Processos e Indicadores Rede Energia |
  18. 18. Risco Organização é responsável pela é responsável por executa Dado Sistemas é responsável por Pessoa possui Módulo armazena é executado pela é ocupado por é composto por Conhecimento, Banco de dados requer requer é requerido pelo utiliza Função / Papel Cargo Habilidade e requer / gera altera Atitude Sistema Mudança suporta a execução do Teste do controle de risco possui está em é composta por é composta por Localização Empresa valida é responsável por Unidade funcional é responsável pela Funcionalidade (serviço) acorda utiliza requer gera Melhoria possui utiliza Processo é afetada pelo consome Conta contábil Nível de serviço mede mede é regido pela Indicador de desempenho possui possui mitiga Norma / Controle de risco Tempo Documento Regulação ocorre no altera Ponto de medição gera compõe mede Categoria de risco Risco operacional Indicador de risco possui Produto / Serviço requer mede afeta Padronização Indicador possui gera Fator chave de estratégico sucesso mede possibilita o alcance do Custo Processos Meta gera gera Iniciativa Objetivo gera estratégico suporta implementa Estratégia Missão, visão e valores Estratégia
  19. 19. Comitês Gestores de O Escritório de Processos e Processos Corporativos Projetos | Integrantes dos Comitês Gestores de REDE SUL Processos CELTINS Integrantes dos Comitês Gestores de Integrantes dos Processos Comitês Gestores de Processos Analista de Analista de Processos e Processos e Projetos Projetos ESCRITÓRIO DE PROCESSOS E PROJETOS Coordenadores Coordenadores de Processo de Processo Gestor de Processos (CPO) Analista de Processos Analista de Processos e Projetos e Projetos CELPA CEMAT Integrantes dos Integrantes dos Comitês Gestores de Comitês Gestores de Processos Processos Analista de Analista de Processos e Processos e Projetos Projetos Coordenadores Coordenadores de Processo de Processo ENERSUL Integrantes dos Comitês Gestores de Processos Analista de Processos e Projetos Coordenadores de Processo
  20. 20. As Interfaces do Escritório de Processos e Projetos |
  21. 21. Manual de Governança de Processos e Indicadores Rede Energia | Business Process Managem ent Estratégia Na etapa Estratégia, o EPP garante o alinhamento dos processos com as diretrizes estratégicas e subsidia a alta direção com os resultados de desempenho dos processos.
  22. 22. Manual de Governança de Processos e Indicadores Rede Energia | Business Process Managem ent Desenho de Estratégia Processos Na etapa Desenho de Processos, o EPP mapeia, modela, analisa e propõe melhorias viáveis que agreguem valor ao negócio, elaborando planos de melhoria consistentes e alinhados à estratégia da empresa.
  23. 23. Manual de Governança de Processos e Indicadores Rede Energia | Business Process Managem ent Desenho de Implementação Estratégia Processos de Processos Na etapa Implementação de Processos, o EPP apoia a execução do plano de implementação elaborado com base nas melhorias identificadas, fornecendo subsídios às áreas responsáveis pela implantação, bem como realizando treinamentos para a capacitação dos funcionários sobre os novos procedimentos.
  24. 24. Manual de Governança de Processos e Indicadores Rede Energia | Business Process Managem ent Desenho de Implementação Controle de Estratégia Processos de Processos Processos Na etapa Controle de Processos, o EPP monitora o desempenho dos processos por meio da avaliação de riscos, capacidade de execução, indicadores de desempenho, etc.
  25. 25. 5 Excelente A Maturidade na Gestão de Tema implementado de forma abrangente. Processos | Processo de revisão e melhoria contínua de processos implementada. Endereçamento das mudanças necessárias de forma proativa. 4 Gerenciado Tema implementado. Comunicação para as partes interessadas em execução. Equipe definida e treinada. 3 Definido Tema definido. Implementação ainda não iniciada ou em andamento. 2 Consciente Existe sensibilização para o tema. Planejamento das atividades de definição do tema em andamento. 1 Estágio Inicial Não há atividades estruturadas no tema.
  26. 26. A Cadeia de Valor do Escritório de Processos e Projetos | Gerir Escritório de Processos e Projetos Controlar atividades do Escritório de Processos e Projetos Gerenciar iniciativas internas do Escritório de Processos e Projetos Controlar indicadores e iniciativas estratégicas Gerenciar Projetos Processos Gerenciais Monitorar desempenho dos processos Gerenciar demandas da Rede Energia Apoiar implementação da melhoria dos processos Buscar conformidade e melhoria dos processos Processos - Chave Gerenciar documentação de processos Buscar e Propor melhores práticas em processos e projetos Gerenciar solicitações de usuários (ARIS) Administrar ferramentas de processos Prover competências para o Escritório de Processos e Projetos Processos de Apoio
  27. 27. A Cadeia de Valor do Escritório de Processos e Projetos | Monitorar desempenho dos processos Gerenciar demandas da Rede Energia Apoiar implementação da melhoria dos processos Buscar conformidade e melhoria dos processos Processos - Chave
  28. 28. OBRIGADO! Alessandro Costa Micelli alessandro.micelli@redenergia.com Fone: (11) 3066 1448

×