Elaboração de projetos

629 visualizações

Publicada em

Elaboração de Projetos

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
629
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Elaboração de projetos

  1. 1. GUIA PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA
  2. 2. CAPA Cabeçalho NomesTítulo do projetoCidade-UF e Data
  3. 3. FOLHA DE ROSTOTodas as informações são transcritas como na capa. Nestaseção acrescenta-se uma nota sobre a natureza dotrabalho.Esta nota é redigida separada do título por dois espaços de1.5, de modo justificado, do meio do título para a margemdireita e transcrita com a fonte tamanho 10.
  4. 4. SUMÁRIO1. Introdução ..................................... Pág.2. Objetivos ....................................... Pág.2.1 Objetivo Geral ............................. Pág.2.2 Objetivo Específico ...................... Pág.3. Justificativa ................................... Pág.4. Problematização ........................... Pág.5. Hipóteses ...................................... Pág.6. Fundamentação Teórica ............... Pág.7. Metodologia ................................. Pág.8. Cronograma ................................. Pág.9. Referências ................................... Pág.
  5. 5. 1 INTRODUÇÃOAo redigir esta seção você precisa deixar claro qual é o seu objeto deestudo. Neste espaço você fará a apresentação do seu tema e escreveras razões que o levaram a investigar tal temática no estágio, mostrandosua importância. Procure mostrar o valor e o significado de suapesquisa. Apresente ao leitor razões que justifiquem a relevânciacientífica (contribuição para o conhecimento da sua área profissional) ea relevância social (contribuição prática para sua área profissional).É importante, também, neste texto apresentar uma brevecontextualização do local (organização) em que você coletou os dados.Neste texto é recomendada a elaboração de ideias próprias, de suaautoria, por isso evite citações de outros autores.
  6. 6. 2. OBJETIVOSNessa parte o aluno formula as suas pretensões com a pesquisa. Eledefine, esclarece e revela os focos de interesse da pesquisa. Os objetivosdividem-se em geral e específicos.2.1 Objetivo GeralO objetivo geral relaciona-se diretamente ao problema. Ele esclarece edireciona o foco central da pesquisa de maneira ampla. Normalmente éredigido em uma frase, utilizando o verbo no infinitivo.2.2 Objetivos EspecíficosOs objetivos específicos definem os diferentes pontos a seremabordados, visando confirmar as hipóteses e concretizar o objetivo geral.Assim como o objetivo geral, os verbos devem ser utilizados no infinitivo.Alguns dos verbos utilizados na redação dos objetivos costumam ser:ANALISAR AVALIAR COMPREENDERCONSTATAR DEMONSTRAR DESCREVERELABORAR ENTENDER ESTUDAREXAMINAR EXPLICAR IDENTIFICARINFERIR MENSURAR VERIFICAR
  7. 7. 3. JUSTIFICATIVAA justificativa constitui uma parte fundamental do projeto depesquisa. É nessa etapa que você convence o leitor(professor, examinador e demais interessados no assunto) de que seuprojeto deve ser feito. Para tanto, ela deve abordar os seguinteselementos: a delimitação, a relevância e a viabilidade.
  8. 8. 4. PROBLEMATIZAÇÃOSem problema não há pesquisa, mas, para formular um problema depesquisa, urge fazer algumas considerações pertinentes no sentido deevitar equívocos. Em primeiro lugar é preciso fazer uma distinção entre o problemade pesquisa e os problemas do acadêmico. O desconhecimento, adesinformação, a dúvida do pesquisador em relação a um assuntoe/ou tema não constitui um problema de pesquisa. Essas lacunaspodem ser resolvidas com uma leitura seletiva eaprofundada, dispensando, portanto, um projeto de pesquisa. Em segundo lugar, não confundir tema com problema. O tema é oassunto geral que é abordado na pesquisa e tem caráter amplo. Oproblema focaliza o que vai ser investigado dentro do tema dapesquisa.
  9. 9. 5. HIPÓTESESAs hipóteses são possíveis respostas ao problema da pesquisa eorientam a busca de outras informações. A hipótese pode também serentendida como as relações entre duas ou mais variáveis, e é precisoque pelo menos uma delas já tenha sido fruto de conhecimentocientífico.E o que são variáveis? São características observáveis do fenômeno aser estudado e existem em todos os tipos de pesquisa. Noentanto, enquanto nas pesquisas quantitativas elas são medidas, nasqualitativas elas são descritas ou explicadas (TRIVIÑOS, 1987).Nas hipóteses não se busca estabelecer unicamente uma conexãocausal (se A, então B), mas a probabilidade de haver uma relação entreas variáveis estabelecidas (A e B), relação essa que pode ser dedependência, de associação e também de causalidade.
  10. 10. 6. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICANesta seção você vai organizar um texto que apresente o seureferencial teórico que dará sustentação às suas ideiase, principalmente, contribuir para você interpretar os dados coletadosna sua pesquisa.Você organizará um texto a partir das interpretações de leituras dedocumentos relacionados ao seu objeto de estudo. Você fará umlevantamento da literatura existente (livros, periódicos,Internet) acerca da sua temática acompanhada de sua análise. Estetexto revela um trabalho de leitor que conjuga síntese própria com asideias de diferentes autores.Na redação de um texto de Fundamentação Teórica é comum fazermosmenção de informações selecionadas, a partir de leituras, de outros/asautores/as. Quando se transcreve literalmente um texto ou partedele, para ilustrar ou sustentar as ideias afirmadas no trabalho, énecessário se fazer uma citação.
  11. 11. 7. METODOLOGIA Método é “o conjunto de etapas e processos a serem vencidos ordenadamente na investigação dos fatos ou na procura da verdade” (RUIZ, 1985, p. 131).Metodologia é o conjunto de métodos e técnicas utilizados para arealização de uma pesquisa.Existem duas abordagens de pesquisa, a qualitativa e a quantitativa.A primeira aborda o objeto de pesquisa sem a preocupação demedir ou qualificar os dados coletados, o que ocorreessencialmente na quantitativa.Porém é possível abordar o problema da pesquisa utilizando as duasformas.Faz-se necessário, contudo, definir o que é método. Este pode sercompreendido como o caminho a ser seguido na pesquisa.
  12. 12. 8. CRONOGRAMANo cronograma você dimensiona cada uma das etapas dodesenvolvimento da pesquisa, no tempo disponível para suaexecução.Geralmente os cronogramas são divididos em meses.CUIDADO!!!Só estabeleça etapas que possam ser executadas noprazo disponível
  13. 13. 9. REFERÊNCIASAs referências utilizadas para a elaboração do projeto e as fontesdocumentais previamente identificadas que serão necessárias àpesquisa devem ser indicadas em ordem alfabética e dentro dasnormas técnicas (no Brasil as normas mais aceitas são asestabelecidas pela ABNT – Associação Brasileira de NormasTécnicas).Ex:REFERÊNCIASANDRADE, Maria Margarida. Introdução à metodologia do trabalhocientífico: elaboração de trabalhos na graduação. São Paulo: Atlas,1993.AZEVEDO, Israel Belo de. O prazer da produção científica: diretrizespara elaboração de trabalhos acadêmicos. Piracicaba: UNIMEP, 1992.

×