SlideShare uma empresa Scribd logo

Processos fonologicos

Processos fonológicos

1 de 5
Baixar para ler offline
PROCESSOS FONOLÓGICOS
INSERÇÃO DE SEGMENTOS
Prótese
Epêntese
Paragoge
Articulação de novo segmento
em posição inicial da palavra.
Articulação de novo segmento
no meio da palavra.
Articulação de novo segmento
no final da palavra.
tirar > atirar
stilu > estilo
humile > humilde
espirro > espilro
ante > antes
club > clube
Expressões, 11.º anoFuncionamento da Língua
PROCESSOS FONOLÓGICOS
SUPRESSÃO DE SEGMENTOS
Aférese
Síncope
Apócope
Um segmento deixa de ser
articulado no início da palavra.
Um segmento deixa de ser
articulado no meio da palavra.
Um segmento deixa de ser
articulado no final da palavra.
obispo > bispo
enamorar > namorar
magis > mais
malu > mau
et > e
mortale > mortal
Expressões, 11.º anoFuncionamento da Língua
PROCESSOS FONOLÓGICOS
ALTERAÇÃO DE SEGMENTOS
Assimilação
Dissimilação
Nasalização
Aproximação da configuração
fonética de um som próximo.
Diferenciação de traços
fonéticos comuns entre sons.
Aquisição de nasalidade numa
vogal, por influência de outro
som nasal.
adversu > avesso
nostru > nosso
anima > alma
memorare > lembrar
sanu > são
sermone > sermão
Desnasalização Perda da nasalidade de uma
vogal.
manse > mês
bona > bõa > boa
Expressões, 11.º anoFuncionamento da Língua
PROCESSOS FONOLÓGICOS
ALTERAÇÃO DE SEGMENTOS
Ditongação
Vocalização
Redução vocálica
Transformação de vogal em
ditongo.
Transformação de consoante em
vogal.
Enfraquecimento de uma vogal
em posição átona.
feo > feio
area > areia
octo > oito
lacte > leite
carta > cartada
veneno > envenenar
Expressões, 11.º anoFuncionamento da Língua
PROCESSOS FONOLÓGICOS
ALTERAÇÃO DE SEGMENTOS
Contração
Metátese
Palatalização
Fusão de duas vogais
numa só.
Transposição de segmentos no
interior de uma palavra.
Transformação de grupos
consonânticos ou consoantes
seguidas de i (em latim), para
grupos consonânticos palatais.
pede > pee > pé
legere > leer > ler
inter > entre
água > auga (pop.)
flamma > chama
melior > melhor
filium > filho
Sonorização Transformação de uma
consoante surda (p, t, c) em
consoante sonora (b, d, g).
petra > pedra
lacu > lago
Crase
Sinérese Fusão de duas vogais
num ditongo.
ego > eo > eu
date > dae > dai
Expressões, 11.º anoFuncionamento da Língua

Recomendados

Valor modal das frases
Valor modal das frasesValor modal das frases
Valor modal das frasesnando_reis
 
Processos fonológicos
Processos fonológicosProcessos fonológicos
Processos fonológicosSílvia Faim
 
Modificadores
ModificadoresModificadores
Modificadoresgracacruz
 
Poesia Trovadoresca - Resumo
Poesia Trovadoresca - ResumoPoesia Trovadoresca - Resumo
Poesia Trovadoresca - ResumoGijasilvelitz 2
 
Predicativo do complemento direto
Predicativo do complemento diretoPredicativo do complemento direto
Predicativo do complemento diretoquintaldasletras
 
Coesão textual
Coesão textualCoesão textual
Coesão textualgracacruz
 
Cantigas de escárnio e maldizer
Cantigas de escárnio e maldizerCantigas de escárnio e maldizer
Cantigas de escárnio e maldizerHelena Coutinho
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)Raquel Antunes
 
Fenómenos fonéticos português 9º
Fenómenos fonéticos português 9ºFenómenos fonéticos português 9º
Fenómenos fonéticos português 9ºFelisbela da Silva
 
Modificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nomeModificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nomeAntónio Fernandes
 
Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas Lurdes Augusto
 
Ficha formativa de orações com correção
Ficha formativa de orações com correçãoFicha formativa de orações com correção
Ficha formativa de orações com correçãoRaquel Antunes
 
Classificação de orações
Classificação de oraçõesClassificação de orações
Classificação de oraçõesFernanda Monteiro
 
Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação CríticaEstrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação CríticaVanda Sousa
 
funções sintaticas
 funções sintaticas funções sintaticas
funções sintaticasameliapadrao
 
Alberto caeiro biografia e caracteristicas
Alberto caeiro biografia e caracteristicasAlberto caeiro biografia e caracteristicas
Alberto caeiro biografia e caracteristicasAnabela Fernandes
 

Mais procurados (20)

Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
 
Fenómenos fonéticos português 9º
Fenómenos fonéticos português 9ºFenómenos fonéticos português 9º
Fenómenos fonéticos português 9º
 
Oracoes subordinadas
Oracoes subordinadasOracoes subordinadas
Oracoes subordinadas
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
 
Funções sintáticas
Funções sintáticasFunções sintáticas
Funções sintáticas
 
Cantigas de amigo
Cantigas de amigoCantigas de amigo
Cantigas de amigo
 
Fernando Pessoa-Ortónimo
Fernando Pessoa-OrtónimoFernando Pessoa-Ortónimo
Fernando Pessoa-Ortónimo
 
Modificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nomeModificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nome
 
Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
 
Ficha formativa de orações com correção
Ficha formativa de orações com correçãoFicha formativa de orações com correção
Ficha formativa de orações com correção
 
Classificação de orações
Classificação de oraçõesClassificação de orações
Classificação de orações
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
 
Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação CríticaEstrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
 
Relação entre palavras
Relação entre palavrasRelação entre palavras
Relação entre palavras
 
Ficha de gramática12º
Ficha de gramática12ºFicha de gramática12º
Ficha de gramática12º
 
Formação de palavras
Formação de palavrasFormação de palavras
Formação de palavras
 
Complemento oblíquo
Complemento oblíquoComplemento oblíquo
Complemento oblíquo
 
funções sintaticas
 funções sintaticas funções sintaticas
funções sintaticas
 
Alberto caeiro biografia e caracteristicas
Alberto caeiro biografia e caracteristicasAlberto caeiro biografia e caracteristicas
Alberto caeiro biografia e caracteristicas
 

Semelhante a Processos fonologicos

Fonética e fonologia
Fonética e fonologia Fonética e fonologia
Fonética e fonologia Ana Vogeley
 
gramatica_processos_fonologicos_etimologia.pptx
gramatica_processos_fonologicos_etimologia.pptxgramatica_processos_fonologicos_etimologia.pptx
gramatica_processos_fonologicos_etimologia.pptxCristinaCasquilhoMCa
 
processos fonologicos 2015
processos fonologicos 2015processos fonologicos 2015
processos fonologicos 2015luiscunha
 
Acentuação tônica
Acentuação tônicaAcentuação tônica
Acentuação tônicavinivs
 
Regras de acentuação gráfica
Regras de acentuação gráficaRegras de acentuação gráfica
Regras de acentuação gráficaCamila Rodrigues
 
Sistema vocálico do Português Brasileiro.
Sistema vocálico do Português Brasileiro.Sistema vocálico do Português Brasileiro.
Sistema vocálico do Português Brasileiro.Profletras2014
 
[Trabalho_de_Portoguês]
[Trabalho_de_Portoguês][Trabalho_de_Portoguês]
[Trabalho_de_Portoguês]Danny_9
 
PRP acentuação gráfica.pdf
PRP acentuação gráfica.pdfPRP acentuação gráfica.pdf
PRP acentuação gráfica.pdfLeonemaria1
 
José Beniste - Dicionário Yorubá.pdf
José Beniste - Dicionário Yorubá.pdfJosé Beniste - Dicionário Yorubá.pdf
José Beniste - Dicionário Yorubá.pdfLuiz699299
 
Fonética e fonologia
Fonética e fonologiaFonética e fonologia
Fonética e fonologiaDiego Prezia
 
Noções de fonética e ortografia
Noções de fonética e ortografiaNoções de fonética e ortografia
Noções de fonética e ortografiaWillianCarvalho60
 

Semelhante a Processos fonologicos (20)

Da fonética até à sintaxe1
Da fonética até à sintaxe1Da fonética até à sintaxe1
Da fonética até à sintaxe1
 
Fonética e fonologia
Fonética e fonologia Fonética e fonologia
Fonética e fonologia
 
gramatica_processos_fonologicos_etimologia.pptx
gramatica_processos_fonologicos_etimologia.pptxgramatica_processos_fonologicos_etimologia.pptx
gramatica_processos_fonologicos_etimologia.pptx
 
processos fonologicos 2015
processos fonologicos 2015processos fonologicos 2015
processos fonologicos 2015
 
Acentuação tônica
Acentuação tônicaAcentuação tônica
Acentuação tônica
 
Regras de acentuação gráfica
Regras de acentuação gráficaRegras de acentuação gráfica
Regras de acentuação gráfica
 
Aula_2_sincrona.pptx
Aula_2_sincrona.pptxAula_2_sincrona.pptx
Aula_2_sincrona.pptx
 
Vogais
VogaisVogais
Vogais
 
Sistema vocálico do Português Brasileiro.
Sistema vocálico do Português Brasileiro.Sistema vocálico do Português Brasileiro.
Sistema vocálico do Português Brasileiro.
 
[Trabalho_de_Portoguês]
[Trabalho_de_Portoguês][Trabalho_de_Portoguês]
[Trabalho_de_Portoguês]
 
PRP acentuação gráfica.pdf
PRP acentuação gráfica.pdfPRP acentuação gráfica.pdf
PRP acentuação gráfica.pdf
 
José Beniste - Dicionário Yorubá.pdf
José Beniste - Dicionário Yorubá.pdfJosé Beniste - Dicionário Yorubá.pdf
José Beniste - Dicionário Yorubá.pdf
 
Fonética e fonologia
Fonética e fonologiaFonética e fonologia
Fonética e fonologia
 
Noções de fonética e ortografia
Noções de fonética e ortografiaNoções de fonética e ortografia
Noções de fonética e ortografia
 
Gabarito aula 01 beckman lp
Gabarito aula 01 beckman lpGabarito aula 01 beckman lp
Gabarito aula 01 beckman lp
 
Lp 1 aula becmann
Lp 1 aula becmannLp 1 aula becmann
Lp 1 aula becmann
 
Desviacions Da Norma
Desviacions Da NormaDesviacions Da Norma
Desviacions Da Norma
 
Fonética & fonologia
Fonética & fonologiaFonética & fonologia
Fonética & fonologia
 
ppt de silabas.ppt
ppt de silabas.pptppt de silabas.ppt
ppt de silabas.ppt
 
ACENTUAÇÃO.pptx
ACENTUAÇÃO.pptxACENTUAÇÃO.pptx
ACENTUAÇÃO.pptx
 

Mais de ameliapadrao

Espaco social_memorial
 Espaco social_memorial Espaco social_memorial
Espaco social_memorialameliapadrao
 
Exp12cdr ppt tempo_memorial
Exp12cdr ppt tempo_memorialExp12cdr ppt tempo_memorial
Exp12cdr ppt tempo_memorialameliapadrao
 
Exp12cdr ppt felizmente_sintese
Exp12cdr ppt felizmente_sinteseExp12cdr ppt felizmente_sintese
Exp12cdr ppt felizmente_sinteseameliapadrao
 
Exp12cdr ppt concecao messianica
Exp12cdr ppt concecao messianicaExp12cdr ppt concecao messianica
Exp12cdr ppt concecao messianicaameliapadrao
 
Estrutura mensagem
Estrutura mensagemEstrutura mensagem
Estrutura mensagemameliapadrao
 
Exp12cdr ppt camoes_pessoa
Exp12cdr ppt camoes_pessoaExp12cdr ppt camoes_pessoa
Exp12cdr ppt camoes_pessoaameliapadrao
 
Exp12cdr ppt caeiro
Exp12cdr ppt caeiroExp12cdr ppt caeiro
Exp12cdr ppt caeiroameliapadrao
 
Sermodesantoantnioaospeixes
SermodesantoantnioaospeixesSermodesantoantnioaospeixes
Sermodesantoantnioaospeixesameliapadrao
 
Sermão aos peixes cap. i
Sermão aos peixes   cap. iSermão aos peixes   cap. i
Sermão aos peixes cap. iameliapadrao
 
Deixis e anafora_10o
Deixis e anafora_10oDeixis e anafora_10o
Deixis e anafora_10oameliapadrao
 

Mais de ameliapadrao (20)

Espaco social_memorial
 Espaco social_memorial Espaco social_memorial
Espaco social_memorial
 
Exp12cdr ppt tempo_memorial
Exp12cdr ppt tempo_memorialExp12cdr ppt tempo_memorial
Exp12cdr ppt tempo_memorial
 
Exp12cdr ppt felizmente_sintese
Exp12cdr ppt felizmente_sinteseExp12cdr ppt felizmente_sintese
Exp12cdr ppt felizmente_sintese
 
Exp12cdr ppt concecao messianica
Exp12cdr ppt concecao messianicaExp12cdr ppt concecao messianica
Exp12cdr ppt concecao messianica
 
Estrutura mensagem
Estrutura mensagemEstrutura mensagem
Estrutura mensagem
 
Exp12cdr ppt camoes_pessoa
Exp12cdr ppt camoes_pessoaExp12cdr ppt camoes_pessoa
Exp12cdr ppt camoes_pessoa
 
Exp12cdr ppt caeiro
Exp12cdr ppt caeiroExp12cdr ppt caeiro
Exp12cdr ppt caeiro
 
Cesário verde
Cesário verdeCesário verde
Cesário verde
 
Cesário verde
Cesário verdeCesário verde
Cesário verde
 
Episodios maias
Episodios maiasEpisodios maias
Episodios maias
 
Frei luis
Frei luisFrei luis
Frei luis
 
Frei luis
Frei luisFrei luis
Frei luis
 
Pt9 cdr relativas
Pt9 cdr relativasPt9 cdr relativas
Pt9 cdr relativas
 
P.antónio v.
P.antónio v.P.antónio v.
P.antónio v.
 
Sermodesantoantnioaospeixes
SermodesantoantnioaospeixesSermodesantoantnioaospeixes
Sermodesantoantnioaospeixes
 
Sermão aos peixes cap. i
Sermão aos peixes   cap. iSermão aos peixes   cap. i
Sermão aos peixes cap. i
 
Aspeto modalidade
Aspeto modalidadeAspeto modalidade
Aspeto modalidade
 
La négation _8_
La négation _8_La négation _8_
La négation _8_
 
9monumentsdeparis
9monumentsdeparis9monumentsdeparis
9monumentsdeparis
 
Deixis e anafora_10o
Deixis e anafora_10oDeixis e anafora_10o
Deixis e anafora_10o
 

Último

Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba InicialTeresaCosta92
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...manoelaarmani
 
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxPROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxssuser86fd77
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfkeiciany
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...manoelaarmani
 
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxSlides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...manoelaarmani
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfalexandrerodriguespk
 

Último (20)

Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
 
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxPROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
 
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptxSlides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
Slides Lição 8, CPAD, A Disciplina na Igreja, 1Tr24, Pr Henrique, EBD NA TV.pptx
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
 

Processos fonologicos

  • 1. PROCESSOS FONOLÓGICOS INSERÇÃO DE SEGMENTOS Prótese Epêntese Paragoge Articulação de novo segmento em posição inicial da palavra. Articulação de novo segmento no meio da palavra. Articulação de novo segmento no final da palavra. tirar > atirar stilu > estilo humile > humilde espirro > espilro ante > antes club > clube Expressões, 11.º anoFuncionamento da Língua
  • 2. PROCESSOS FONOLÓGICOS SUPRESSÃO DE SEGMENTOS Aférese Síncope Apócope Um segmento deixa de ser articulado no início da palavra. Um segmento deixa de ser articulado no meio da palavra. Um segmento deixa de ser articulado no final da palavra. obispo > bispo enamorar > namorar magis > mais malu > mau et > e mortale > mortal Expressões, 11.º anoFuncionamento da Língua
  • 3. PROCESSOS FONOLÓGICOS ALTERAÇÃO DE SEGMENTOS Assimilação Dissimilação Nasalização Aproximação da configuração fonética de um som próximo. Diferenciação de traços fonéticos comuns entre sons. Aquisição de nasalidade numa vogal, por influência de outro som nasal. adversu > avesso nostru > nosso anima > alma memorare > lembrar sanu > são sermone > sermão Desnasalização Perda da nasalidade de uma vogal. manse > mês bona > bõa > boa Expressões, 11.º anoFuncionamento da Língua
  • 4. PROCESSOS FONOLÓGICOS ALTERAÇÃO DE SEGMENTOS Ditongação Vocalização Redução vocálica Transformação de vogal em ditongo. Transformação de consoante em vogal. Enfraquecimento de uma vogal em posição átona. feo > feio area > areia octo > oito lacte > leite carta > cartada veneno > envenenar Expressões, 11.º anoFuncionamento da Língua
  • 5. PROCESSOS FONOLÓGICOS ALTERAÇÃO DE SEGMENTOS Contração Metátese Palatalização Fusão de duas vogais numa só. Transposição de segmentos no interior de uma palavra. Transformação de grupos consonânticos ou consoantes seguidas de i (em latim), para grupos consonânticos palatais. pede > pee > pé legere > leer > ler inter > entre água > auga (pop.) flamma > chama melior > melhor filium > filho Sonorização Transformação de uma consoante surda (p, t, c) em consoante sonora (b, d, g). petra > pedra lacu > lago Crase Sinérese Fusão de duas vogais num ditongo. ego > eo > eu date > dae > dai Expressões, 11.º anoFuncionamento da Língua