Anamnese & Fatores de Risco DAC

4.498 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.498
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
57
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Anamnese & Fatores de Risco DAC

  1. 1. ANAMNESE 1
  2. 2. ANAMNESEPalavra que vem do grego anámnέsis e significa:• RECORDAR• DIAGNOSTICARImportante!• O estabelecimento de confiança entre: ANAMNESE 2
  3. 3. ETAPAS DA ANAMNESE• Ocorre na forma de entrevista, importante na coleta de dados direcionados aos principais aspectos na prescrição de um programa de AF (MONTEIRO,2004)• A anamnese deve ser conduzida nas seguintes etapas: • Identificação • Objetivos • Histórico de atividade física atual e pregressa • Aspectos nutricionais • Hábitos sociais • Medicação • Cirurgias • Considerações. ANAMNESE 3
  4. 4. MODELO DE ANAMNESE ANAMNESE 4
  5. 5. MODELO DE ANAMNESE ANAMNESE 5
  6. 6. MODELO DE ANAMNESE ANAMNESE 6
  7. 7. MODELO DE ANAMNESE ANAMNESE 7
  8. 8. PAR – Q (PHYSICAL ACTIVITY READINESS QUESTIONNAIRE)PAR – Q ou LAF – Q (Liberação à Atividade Física – Questionário) (PITANGA,2008)• UTILIZAÇÃO - entre 15 a 69 anos• OBJETIVO – determinar necessidade de consulta médica antes do programa de AF ou teste de aptidão física• CARACTERISTICA – consiste em 7 perguntas em que, se o avaliado responder “SIM” pelo menos uma questão, deverá ser encaminhado ao médico antes do início do trabalho. ANAMNESE 8
  9. 9. (ACSM,2007, p.21) ANAMNESE 9
  10. 10. ANAMNESE 10
  11. 11. O QUE É? DAC • Distúrbio no qual depósitos de gordura (placa de ateromas) acumulam- se nas células que revestem a parede de uma artéria coronária e, consequentemente, obstruem o fluxo sanguíneo levando à necrose (morte do miócitos) • Os depósitos de gordura formam-se gradualmente e desenvolvem-se nos grandes ramos das duas artérias coronárias principais, as quais circundam o coração e provêem sangue ao mesmo. • Esse processo gradual é conhecido como aterosclerose. Os ateromas produzem proeminências no interior da luz das artérias. (MCARDLE, 2007; POLLOCK & WILMORE; 2002; ASCM,2007)VÍDEO ANAMNESE 11
  12. 12. ANAMNESE 12
  13. 13. ANAMNESE 13
  14. 14. ANAMNESE 14
  15. 15. STENTANAMNESE 15
  16. 16. MODIFICÁVEIS NÃO-MODIFICÁVEIS• Dieta • Idade• Lipídios elevados • Sexo• Padrões de personalidade • Antecedentes étnicos• Tabagismo• Acido úrico elevado• Anormalidade na função pulmonar• %GC• Diabetes• Anormalidade ECG• Estresse e tensão• Educação deficiente• Homocisteína MCARDLE,2008 Pag.915 ANAMNESE 16
  17. 17. TABELAS DE REFERENCIA ANAMNESE 17
  18. 18. TABELAS DE REFERENCIA ANAMNESE 18
  19. 19. TABELAS DE REFERENCIA ANAMNESE 19
  20. 20. De 10 a 20 anos De 21 a 30 anos De 31 a 40 anos De 41 a 50 anos De 51 a 60 anos Acima de 60 anos Idade 1 2  3 4 6 8 Nenhum parente Um parente com Dois parentes com Três parentes com Quatro parentes Cinco parentes com cardiopatia cardiopatia cardiopatia cardiopatia com cardiopatia com cardiopatia Herança familiar 1 2 3 7 7 7 M. menor que 12% De 12 a 15,99% De 16 a 19,99% De 20 a 21,99% De 22 a 29,99 % Acima de 30% Percentual de F. menor que 16% De 16 a 19,99% De 20 a 24,99% De 25 a 32,99% De 33 a 39,99% Acima de 40% gordura 0 1 2 3 4 7 De 11 a 20 De 21 a 30 De 31 a 40 Acima de 40 Não fuma Ate 10 cigarros/dia cigarros/dia cigarros/dia cigarros/dia cigarros/dia Fumo 0 1 2 4 6 10 Acima de 240 De 120 a 240 De 80 a 119 De 60 a 79 De 31 a 59 Abaixo de 30Exercícios minutos minutos minutos minutos minutos minutos minutos por dia 0 1 2 3 6 8 De 181 a 205 De 206 a 230 De 231 a 255 De 256 a 280 Acima de 280 Abaixo de 180 Colesterol 1 2 3 4 5 7 De 110 a 119 De 120 a 139 De 140 a 159 De 160 a 179 De 180 a 199 Acima de 200 Pressão arterial mmHg mmHg MmHg mmHg mmHg mmHg sistólica 1 2 3 4 6 8 Abaixo de 70 De 94 a 105 Acima de 106 De 71 a 76 mmHg De 77 a 82 mmHg De 83 a 93 mmHg Pressão arterial mmHg mmHg mmHg diastólica 2 3 4 1 6 8 ANAMNESE 20
  21. 21. Pontuação ClassificaçãoDe 5 a 11 pontos Risco bem abaixo da média De 12 a 17 pontos Risco abaixo da média De 18 a 24 pontos Risco médio habitual De 25 a 31 pontos Risco moderado De 32 a 40 pontos Risco perigoso De 41 a 63 pontos Perigo urgente – Procure seu medico  ANAMNESE 21
  22. 22. Risco Idade Baixo Moderado Alto Muito alto 20-29 <0.83 0.83-0.88 0.89-0.94 >0.94 30-39 <0.84 0.84-0.91 0.92-0.96 >0.96Homens 40-49 <0.88 0.88-0.95 0.96-1.00 >1.00 50-59 <0.90 0.90-096 0.97-1.02 >1.02 60-69 <0.91 0.91-0.95 0.99-1.03 >1.03 20-29 <0.71 0.71-0.77 0.78-0.82 >0.82 30-39 <0.72 0.72-0.78 0.79-0.84 >0.84Mulheres 40-49 <0.73 0.73-0.79 0.80-0.87 >0.87 50-59 <0.74 0.74-0.81 0.82-0.88 >0.88 60-69 <0.76 0.76-0.83 0.84-0.90 >0.90Bray & Gray(1988,p432) citado em Fontoura el al.(1988,p.88) ANAMNESE 22
  23. 23. (SARNO & MONTEIRO, 2007)Rev Saúde Pública 2007;41(5):788-796. ANAMNESE 23
  24. 24. ANAMNESE 24

×