Planejamento de Transportes

78 visualizações

Publicada em

Descreve o Planejamento de transportes no Brasil sua atualidade e futuro.

Publicada em: Aperfeiçoamento pessoal
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
78
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Planejamento de Transportes

  1. 1. “ O TRANSPORTE” 1.Representa o elemento mais importante do custo logístico; 2.Tem papel fundamental na prestação do Serviço ao Cliente
  2. 2. 1.Usa 60% das despesas logísticas; 2.Pode variar entre 4% e 25% do faturamento bruto, e em muitos casos supera o lucro operacional; 3.Buscar soluções imediatas que satisfaçam o cliente. O transporte no processo logístico
  3. 3. MODAIS OU UNIMODAIS (ENVOLVE APENAS UMA MODALIDADE) MULTIMODALIDADE (UTILIZAÇÃO INTEGRADA DE MODAIS) INTERMODALIDADE (UTILIZAÇÃO INTEGRADA DA CADEIA DE TRANSPORTE) SEGMENTADOS (VARIOS CONTRATOS PARA DIVERSOS MODAIS) SUCESSIVOS (A MERCADORIA NECESSITA DE TRANSBORDO EM VEICULOS DA MESMA MODALIDADE) MODAIS QUANTO A FORMA
  4. 4. Tipos de transporte •Rodoviário •Fluvial/Marítimo •Dutoviário •Aéreo •Ferroviário
  5. 5. “TRANSPORTE RODOVIÁRIO” O mais expressivo transporte de carga hoje no Brasil, atingindo praticamente todos os pontos do território nacional; Deu-se maior ênfase na década de 50 por conta da implantação da indústria automobilística que desencadeou a pavimentação das rodovias e cresce cada dia, por isso é o mais procurado – eficiente em porta a porta. Difere do ferroviário – transporta produtos acabados e semi-acabados em curtas distâncias; É recomendado para mercadorias de alto valor ou produtos perecíveis.
  6. 6. “TRANSPORTE RODOVIÁRIO” Transp. Rodoviário não é recomendado para produtos agrícola a granel, pois seu custo é muito baixo para esse modal; Esse transporte é dividido em: -Transportadoras regulares; -Frota própria; -Transportadores contratados (que são utilizados por um número limitado de usuários com contratos de longa duração, -Autônomos.
  7. 7. “TRANSPORTE RODOVIÁRIO” Vantagens:- -Possibilidade de transporte integrado porta a porta, adequação aos tempos pedidos, assim como a frequência e disponibilidade dos serviços; Desvantagens:- -Transporta somente cargas pequenas e médias; -Custos elevados para longas distâncias.
  8. 8. Processo de Transporte É o mais importante economicamente. Possui vias (1,7 milhões de Km, apenas 10% pavimentada). As vias são algumas de responsabilidade do Governo Federal, Estadual, Municipal e outras são privatizadas.
  9. 9. Vantagens Logísticas Flexibilidade do serviço em áreas geográficas dispersas. Manipulação de lotes relativamente pequenos. Serviço é extensivo e adaptável Serviço rápido. Entrega à domicílio ou “porta a porta”. Transportam todo tipo de cargas e embalagens. Altas Frequências.
  10. 10. Desvantagens Logísticas Custos elevados para distâncias superiores à 700Km Volume transportado menor em comparação ao transporte ferroviário e marítimo (até 45 Tons) Custo mais elevado em comparação ao transporte ferroviário e marítimo É prejudicado pelo tempo e pelo tráfego Maior intensidade de risco
  11. 11. É o transporte que utiliza a malha ferroviária existente no país. A tração pode ser elétrica, a diesel ou a vapor. Os vagões podem ter varias estruturas ou conformações para abrigar diferentes tipos de cargas sólidas, a granel ou líquida. O comboio pode transportar vários vagões, reduzindo o custo do transporte e tornando o frete mais barato. Transporte Ferroviário
  12. 12. O seu traçado é prefixado e limitado, não permitindo a flexibilidade das rodovias. Há que se entregar a carga e retirá-la no terminal ferroviário, o que provoca certas dificuldades. É destinado às cargas de maior volume e grande peso, mas cujo prazo de entrega não seja fator preponderante. Transporte Ferroviário
  13. 13. O transporte ferroviário tem sofrido significativas evoluções técnicas, tornando-se cada vez mais rápido, seguro, cômodo e econômico. Com a evolução, houve a criação de vagões que dão resposta à necessidade de deslocação de certas mercadorias, tais como, os vagões – frigorífico, vagões – cisterna, entre outros. Transporte Ferroviário
  14. 14. O transporte Dutoviário pode ser dividido em: 1 - Oleodutos, cujos produtos transportados são, em sua grande maioria: petróleo, óleo combustível, gasolina, diesel, álcool, querosene e nafta, e outros. TRANSPORTE DUTOVIÁRIO
  15. 15. 2 - Minerodutos, cujos produtos transportados são: Sal-gema, Minério de ferro e Concentrado Fosfático. 3 - Gasodutos, cujo produto transportado é o gás natural. O Gasoduto Brasil-Bolívia (3150 km de extensão) é um dos maiores do mundo. TRANSPORTE MINERODUTO
  16. 16. TRANSPORTE GASODUTO
  17. 17. TRANSPORTE GASODUTO
  18. 18. TRANSPORTE DUTOVIÁRIO
  19. 19. TRANSPORTE OLEODUTO
  20. 20. As canalizações para a distribuição da água têm sido usadas desde tempos remotos. Os Pipelines apenas apareceram depois de 1859, com o descobrimento do petróleo. Em 1990, os Pipelines representavam 20% do transporte total de mercadorias nos Estados Unidos. Evolução dos Transportes: Oleodutos Evolução dos transportes: Rodoviários Ferroviários Marítimos Aéreos Oleodutos
  21. 21. É o transporte efetuado por meio de navios, barcos, barcaças etc. A navegação pode ser fluvial ou marítima. A primeira serve para o transporte nacional e de médio alcance, enquanto a segunda para o transporte de cabotagem ou para o transporte internacional. Transporte Marítimo
  22. 22. O transporte marítimo pode englobar todo o tipo de cargas desde químicos, combustíveis, alimentos, areias, cereais, minérios a automóveis e por ai adiante. A carga chamada carga geral é transportada em caixas, paletes, barris containers etc. Transporte Marítimo
  23. 23. O transporte hidroviário e marítimo serve para cargas de grandes volumes, de baixíssimo custo unitário, cujo fator tempo seja secundário. É um dos mais baratos meios de transporte. O transporte marítimo pode ser de: Transporte Marítimo
  24. 24. Full Container Ship Navio Porta-Container
  25. 25. General Cargo Ship (navio carga geral)
  26. 26. Reefer Vessel (navio frigorífico)
  27. 27. Bulk Carrier (graneleiros)
  28. 28. Tanker (navio tank)
  29. 29. Tipos de Containers •Dry Box - adequado para cargas secas em geral •Bulk Container - Com escotilhas posicionadas para carregamento e descarga - granéis sólidos
  30. 30. •Ventilated - com pequenas aberturas nas laterais - utilizado para cargas que requisitam ventilação natural •Reefer - Unidade de refrigeração auto sustentável ou acoplável (ar ou força) - ideal para cargas perecíveis Tipos de Containers
  31. 31. •OpenTop - para cargas com dificuldade de manuseio pelas portas •Open Side, Flat Rack e Plataforma -Apresentam uma ou mais paredes móveis. Para facilidades de acesso ou para cargas ‘oversize’ Tipos de Containers
  32. 32. •Tank - Container - envolto por uma armação apropriada, trata-se de um tanque destinado ao transporte de líquidos em geral e perigosos Tipos de Containers
  33. 33. Acidentes com Navios
  34. 34. Acidentes com Containers
  35. 35. Acidente com Containers
  36. 36. Transporte Hidroviário:  é realizado em rios interior, podendo ser: Nacional – vias aquáticas do país Internacional – navegação que liga países. Transporte Hidroviário
  37. 37. Grande capacidade de transporte Frete baixo, alta capacidade de carga; Considerado o mais seguro;  menos poluente, 4x menores que a ferrovia, 20x menores que a rodovia; Transporte Hidroviário
  38. 38. Equipamentos utilizados são balsas, chatas, barcaças, pequenos barcos, e navios de médio e grande porte; Freqüente a utilização de comboios (diversas barcaças, chatas ou balsas), cuja tração é dada por um empurrador; Tipos de Embarcação
  39. 39. Neste modo de transporte pode ser transportado petróleo e derivados, carvão, minério de ferro, cereais, bauxita, alumínio e fosfatos, entre outros). Paralelamente a estes transportes a granel, produtos previamente acondicionados em sacas, caixotes ou outro tipo de embalagens, conhecidos como carga geral. Transporte Hidroviário
  40. 40. O Transporte Aéreo é realizado com aeronaves, podendo ser efetivado apenas dentro do país ou envolvendo outros países. TRANSPORTE AÉREO
  41. 41. Containers
  42. 42. Pallets
  43. 43. 01/08/2016
  44. 44. Tarifa Consolidada Até 45 Kg de 45Kg até 100Kg de 100Kg até 300Kg de 300Kg até 500Kg Acima de 500Kg Tarifada Consolidada
  45. 45. Desafios da Logística … Airbus Beluga http://www.airbus.com/video
  46. 46. Comprimento: 56,16 metros Envergadura: 44,84 metros Altura: 17,34 metros
  47. 47. Interior do Beluga
  48. 48. Carregamento do Beluga
  49. 49. Carregamento do Beluga
  50. 50. Carregamento do Beluga
  51. 51. Carregamento do Beluga
  52. 52. Carregamento do Beluga
  53. 53. Modal Infoviario Chamado de modal virtual, pode ser conceituado como um sistema de entrega de um produto não físico que chega ao destinado (consumidor) via Internet ou transmissão eletrônica de dados. Podemos citar alguns modelos de produtos atendidos pelo modal infoviario, ou modal virtual, como musica em formato MP3, livros eletrônicos ou os chamados e-books, filmes em pay per view (PPV), serviços em EAD (educação a distancia) e softwares construídos sob encomenda.
  54. 54. Nos modais existentes, a capacidade arredondada de alguns tipos de equipamento é a seguinte:
  55. 55. Cargas Rodoviárias Carga é todo e qualquer material a ser transportado, independentemente do tipo, forma, tamanho ou embalagem, e constitui o maior objetivo de uma empresa transportadora, cuja obrigação é conduzi-la de um lugar a outro, no menor tempo possível, sem danificá-la. Existem vários tipos de carga, como: A granel Trata-se cargas transportadas em quantidade grande, sem nenhum tipo de embalagem e normalmente por veículos apropriados.
  56. 56. Embaladas São aquelas embaladas em caixas, fardos, feixes, sacarias, entre outras modalidades.
  57. 57. Cargas Rodoviárias Especiais Trata-se de cargas que, respeitadas suas características, são transportadas por caminhões dimensionados para esse fim.
  58. 58. Cargas Rodoviárias
  59. 59. Caminhões – veículos fixos,monoblocos, constituídos de uma única parte que incorpora a cabine, como motor e a unidade de carga (carroceria), apresentam 2 à 3 eixos, com capacidade de cerca de 23 tons; Vários modelos: aberta, gaiola, plataforma, tanque e baú, equipados com equipamentos de refrigeração. TIPOS DE VEÍCULOS
  60. 60. CAVALO MECÂNICO REBOQUE CAMINHÃO TRUCADO
  61. 61. Carretas – veículos articulados, possuem unidades de tração e de carga em módulos separados, chamados de cavalo mecânico e reboque; Os reboques são equipamentos que não apresentam eixo na dianteira, somente na traseira, tendo se ser acoplados a um cavalo mecânico; TIPOS DE VEÍCULOS
  62. 62. Possuem diversos tipos (abertos, gaiolas...) com equipamentos de refrigeração também; Apresentam diversas capacidades, dependendo do número de eixos da cavalo mecânico, variam até 30 tons; TIPOS DE VEÍCULOS
  63. 63. são mais versáteis que os caminhões, podendo deixar o reboque para ser carregado, e transitar com o cavalo, ou seja, possibilidade de uma quantidade maior de reboques do que de cavalos mecânicos. TIPOS DE VEÍCULOS
  64. 64. Alguns tipos de Veículos Romeu e Julieta Combinação usual no segmento canavieiro, define o conjunto formado por um caminhão e dois reboques sendo o segundo reboque engatado no primeiro por meio de um sistema de cremalheira.
  65. 65. Alguns tipos de Veículos Bitrem É Composto por três unidades,sendo um cavalo mecânico que traciona dois semirreboques. O primeiro deles é acoplado a quinta roda do cavalo e o segundo a uma segunda quinta roda que se localiza no prolongamento do primeiro semirreboque.
  66. 66. Alguns tipos de Veículos Rodotrem
  67. 67. Caminhão Treminhão
  68. 68. Caminhão Tritrem
  69. 69. Navio Emma Maersk ANEXOS
  70. 70. Carrega até 15.000 Contêineres
  71. 71. Contruído para alto mar, não passa no canal de Suez nem no canal do Panamá
  72. 72. Foi construído em 5 seções flutuantes e depois montado
  73. 73. A cabine de comando fica a mais de 10 andares de altura
  74. 74. Navega à 31 knots - 18 à 20 vezes mais veloz que outras embarcações. Permite ir da China à Califórnia em 4 dias
  75. 75. 11 Gruas operam simultaneamente para a carga e descarga.
  76. 76. Origem – Dinamarca Comprimento – 396,84 metros Largura – 63,1 metros Carga net – 123.200 tons Motor diesel - 14 cilindros em linha (110.000 BHP)
  77. 77. O Pequeno Motor
  78. 78. Cabeçote do Motor
  79. 79. Pistão com diâmetro de 1 Metro
  80. 80. Tipulação – 13 pessoas - . 08 Set 2006 Custo de construção - US$145.000.000,

×