Equipes de trabalho_(1)

73 visualizações

Publicada em

COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL - EQUIPES DE TRABALHO

Publicada em: Recrutamento e RH
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
73
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Equipes de trabalho_(1)

  1. 1. EQUIPES DE TRABALHO – Robbins; Judge; Sobral (2010) As equipes estão se tornando, cada vez mais, no principal meio de organizar o trabalho nas empresas modernas. As equipes são mais flexíveis e reagem melhor à mudanças do que outras formas de agrupamentos permanentes. As equipes têm capacidade de se estruturar, iniciar seu trabalho, redefinir seu foco e se dissolver rapidamente. As equipes facilitam a participação dos trabalhadores na decisões operacionais. As equipes são uma forma eficaz de os dirigentes promoverem a democratização de suas empresas e aumentarem a motivação dos funcionários. Grupo de Trabalho: Conjunto de pessoas que interagem, basicamente, para compartilhar informações e tomar decisões para ajudar cada membro em seu desempenho na área de responsabilidade. Equipe de Trabalho: Conjunto de pessoas em que os esforços individuais resultam em um nível de desempenho maior do a soma das contribuições individuais COMPARAÇÃO ENTRE GRUPO E EQUIPE DE TRABALHO Grupo de trabalho Equipe de trabalho Compartilhar informações < ---- Objetivo ---- > Desempenho Coletivo Neutra ou negativa < ---- Sinergia ---- > Positiva Individual < ---- Responsabilidade ---- >Individual e mútua Aleatórias e variadas < ---- Habilidades ---- > Complementares Tipos de Equipes Equipes de Resolução de Problemas: Grupos de funcionários do mesmo departamento ou setor, que se reúnem algumas horas por semana para discutir formas de melhorar a qualidade, a eficiência e o ambiente de trabalho. Equipes Autogerenciais: Grupo de funcionários que assumem muitas das responsabilidades de seus antigos supervisores. Equipes Multifuncionais: Grupo de funcionários de mesmo nível hierárquico, mas de diferentes setores da empresa, que se juntam para cumprir uma tarefa. Equipes Virtuais: Grupos que usam a tecnologia da informática para reunir seus membros, fisicamente dispersos, e permitir que eles atinjam um objetivo comum. Uma equipe pode obter sua eficácia considerando a realidade na qual vai atuar, as variáveis que elegerão seus componentes e a programação das condições de seu funcionamento: o contexto, a sua composição e o processo de atuação.
  2. 2. Contexto: • Recursos adequados • Liderança e estrutura • Clima de confiança • Sistemas de avaliação de desempenho e recompensas. Recursos adequados: Uma das características mais importante de um grupo de trabalho eficaz seja o apoio que ele recebe organização. Disponibilização de informações em tempo hábil, tecnologia apropriada, pessoal adequado, incentivo e apoio administrativo. Liderança e estrutura: É preciso haver acordo sobre quem faz o quê no grupo e assegurar que todos contribuam igualmente. Os líderes precisam outorgar poderes a suas equipes por meio da delegação de responsabilidade, agir como facilitadores e promover trabalho em conjunto e um ambiente harmonioso. Clima de confiança: A confiança interpessoal facilita a cooperação, reduz o monitoramento sobre os membros, une as pessoas e aumenta a disposição em correr riscos. É a base para a liderança. Sistemas de avaliação de desempenho e recompensas: As avaliações em grupo, a participação nos lucros e nos resultados, os incentivos aos grupos pequenos e modificações no sistema podem reforçar o empenho e o comprometimento das equipes. Composição: • Capacidade dos membros • Personalidade • Alocação de papéis • Diversidade • Tamanho da equipe • Flexibilidade dos membros • Preferências dos membros Capacidades dos membros: Considerar os conhecimentos, habilidades e as competências individuais de seus membros. Personalidades dos membros: O grau elevado de conscienciosidade e a abertura para as experiências favorecem a eficácia do grupo. A pouca amabilidade piora o desempenho. Alocação de papéis: Há necessidades diferentes que precisam ser preenchidas para assegurar que todos os papéis sejam desempenhados nas equipes. Diversidade dos membros: • Enquanto a diversidade pode ter benefícios potenciais reais, o foco das equipes costuma ser nas informações compartilhadas por seus membros. • Quando há objetivo comum que inspiram membros diversificados, a equipe se torna muito criativa.
  3. 3. Tamanho das equipes: • Especialistas sugerem menor número de membros para a realização de uma tarefa. • Os problemas de coordenação aumentam na medida em que as equipes se tornam mais numerosas. • Há problemas de coesão e comprometimento e aumento da folga social. Flexibilidade e preferência dos membros: • Nem todo funcionário será bom numa equipe. • Quem preferetrabalhar sozinho oferece ameaça direta aomoral daequipe eàsatisfação individual dos membros. • Os gestores devem consideraras preferências individuais, habilidades, personalidade ecapacidade dos membros. • Equipes com excelente desempenho são formadas por pessoas que preferem trabalhar juntas. Processo • Propósito comum • Metas específicas • Autoconfiança • Modelos mentais • Níveis de conflito • Folga social Propósito comum: • Iniciar o trabalho analisando a missão. • Definir os objetivos para atingi-la. • Desenvolver estratégias para contemplar objetivos e missão. • Isso estabelece um sentido claro do que precisa ser feito e vai desenvolver um desempenho consistente e superior. Metas específicas: • Equipesbemsucedidasestabelecemseupropósitocomumemmetas dedesempenhoespecíficas,mensuráveis erealistas. • As metas orientam a comunicação mais clara. • As metas ajudam a equipe a manter seu foco na obtenção de resultados. • As metas devem ser desafiadoras. Autoconfiança da equipe: • A autoconfiança aumenta a crença no sucesso. • Motiva os membros a se empenharem mais. • Os gestores podem ajudar na conquista de pequenos sucessos e oferecer treinamento para melhorar habilidades técnicas e interpessoais dos membros. Modelos mentais: • Compartilhar conhecimentos e crenças sobre como o trabalho deve ser feito. • Se houver ideias diferentes sobre como fazer as coisas, desentendimentos vão dificultar a concentração no que precisa ser feito.
  4. 4. Níveis de conflito: • O conflito pode ser positivo numa equipe. • Conflito de tarefa pode conduzir melhores decisões. Folga social: • As responsabilizações individual econjuntapelos propósitos,metas e abordagem daequipe impedem afolga social. • Os membros precisam deixar claro suas responsabilidades individuais e as da equipe. Para obter uma equipe eficaz é preciso: 1- selecionar pessoas que sabem e preferem trabalhar em equipe. 2- treinar pessoas a experimentarem satisfação em se trabalhar em equipe. 3- oferecer incentivos para motivar o desempenho do trabalho em equipe.

×