Canais de Distribuição e Marketing - 08

104 visualizações

Publicada em

Marketing

Publicada em: Marketing
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
104
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Canais de Distribuição e Marketing - 08

  1. 1. Canais de Distribuição e Marketing 82Localização do Centro de Distribuição UNIDADE08 Olá, chegamos à unidade 8! Devido a grande complexidade operacional e, bem como, um impacto direto nos resultados das grandes organizações a logística tem maior importância no planejamento estratégico destas organizações. O crescimento cada vez maior das particularidades e também das inúmeras dificuldades existentes nos mercados, advindos como consequência de uma maior variedade de produtos ofertados, maior frequência no número de entregas, alto custo da manutenção dos estoques dentre também outras várias exigências para a melhoria do nível de serviço, assim sendo, se torna imprescindível que as empresas tenham que aprimorar seus sistemas logísticos de modo a corresponder às exigências dos clientes sem, contudo, incorrer em custos mais elevados. A partir de qualquer análise a logística é vital. Entretanto, somente nos últimos anos as empresas se empenharam cada vez mais, em gerir as atividades da cadeia de suprimentos de modo integrado, analisando os seus produtos e serviços como um fluxo sem interrupções das fontes de matérias-primas aos clientes finais. Desta forma, a localização de centro de distribuição passa a ser uma estratégia preponderante para as empresas no mercado cada vez mais competitivo. Pronto para ampliar seu conhecimento? Boa aula! Nesta unidade você será capaz de: Apresentar os conceitos fundamentais sobre os aspectos mais importantes da localização de um CD. Objetivo Tópicos Abordados Frete, centro de gravidade e análise qualitativa dos recursos regionais.
  2. 2. Canais de Distribuição e Marketing 83Localização do Centro de Distribuição UNIDADE08 Centros de Distribuição Uma das questões básica da administração logística diz respeito a estruturação de sistemas de distribuição que sejam capazes deatender,de maneira barata, os mercados mais distantes geograficamente das fontes de produção, ofertando assim, níveis de serviço mais altos em termos de disponibilidade de seus estoque, implantação de técnicas de distribuição, sistemas de informação e, bem como, o tempo de atendimento. Sendo assim, se percebe o crescente interesse das grandes organizações em investir cada vez mais em centros de distribuição. Sendo assim, estes centros são os responsáveis pela armazenagem e movimentação dos produtos (ou serviços) entre os pontos de origem e consumo final, e ainda por quaisquer outras atividades que por ventura venham a agregar mais valor aos bens. É notório que, o transporte, armazenagem e o manuseio das cargas, somados irão representar um valor expressivo na cadeia total de custos logísticos. Atualmente em períodos de melhoria contínua de processos, onde as organizações buscam de forma obsessiva reduzir custos, visando resultados financeiros mais favoráveis, é importante analisar todas as vantagens e desvantagens das várias estratégias definidas para o uso de centros de distribuição. Sendo assim, estes centros são os responsáveis pela armazenagem e movimentação dos produtos (ou serviços) entre os pontos de origem e consumo final, e ainda por quaisquer outras atividades que por ventura venham a agregar mais valor aos bens. É notório que, o transporte, armazenagem e o manuseio das cargas, somados irão representar um valor expressivo na cadeia total de custos logísticos. Atualmente em períodos de melhoria contínua de processos, onde as organizações buscam de forma obsessiva reduzir custos, visando resultados financeiros mais favoráveis, é importante analisar todas as vantagens e desvantagens das várias estratégias definidas para o uso de centros de distribuição.
  3. 3. Canais de Distribuição e Marketing 84Localização do Centro de Distribuição UNIDADE08 Caracterização de Centros de Distribuição Novaes (2007) classificou os depósitos de distribuição como grandes centros que são facilitadores especializados, sendo assim, incluídos no sistema de distribuição física. Você sabe qual é o objetivo principal dos Centros de Distribuição? Os centros de distribuição são a parte de um sistema logístico da organização responsável pela armazenagem entre os pontos de origem e consumo ,e também, pela provisão de informações sobre os bens armazenados, informando sua condição e também a disposição. De maneira geral, os centros de distribuição como uma evolução dos depósitos tradicionais, a importância se dá no fluxo dos produtos, em total contraste com os depósitos tradicionais, que somente servem como instalações fixas, onde a estocagem predomina, sem nenhum tipo de preocupação com a gestão interna ou ganhos de produtividade a partir de alguma forma de agregar valor e circulação constante dos bens. O objetivo principal é de prover o maior nível de qualidade de serviço possível e desejado pelo consumidor e ao menor preço. De uma forma bem resumida, podemos dizer que centro de distribuição é como um armazém de produtos acabados e para onde são enviados todos os pedidos de compra de atacadistas, bem como de varejistas.
  4. 4. Canais de Distribuição e Marketing 85Localização do Centro de Distribuição UNIDADE08 Em sua grande maioria os centros de distribuição podem ser, principalmente: próprios ou contratados, implicando em diferentes características, de acordo com o quadro abaixo:
  5. 5. Canais de Distribuição e Marketing 86Localização do Centro de Distribuição UNIDADE08 Ballou (1993) separa os serviços que são prestados por um centro de distribuição em quatro categorias: ●● Abrigo do Produto. Pode ser caracterizada, principalmente, por sua atividade de armazenagem, rotação de estoques e reparos existentes. ●● Consolidação. É a utilização do centro de distribuição como um ponto de concentração de produtos, aumentando assim o controle e diminuindo despesas com transportes. ●● Transferência e Transbordo. É caracterizada pela distribuição de pequenos lotes para consumidores, podendo também existir breve estocagem para sincronização das entradas e das saídas do armazém. ●● Agrupamento. É a forma de produzir itens em várias plantas industriais e usar o armazém para juntá- los, uma vez que os consumidores geralmente adquirem uma linha inteira de determinado produto. Estratégias de Localização de Centros de Distribuição Atualmente para as empresas um dos pontos mais importante para o sucesso de um sistema logístico é a sua eficácia para se determinar a quantidade e localização dos centros de distribuição envolvidos. Uma escolha por ventura que seja realizada de forma equivocada do número e posicionamento dessas estruturas irá acarretar muito provavelmente grandes desperdícios e custos que podem inviabilizar toda a operação de uma dada empresa. A localização dos centros de distribuição (Bowersox, 2001), quando determinada em função de sua finalidade, é sem dúvida um fator preponderante para o sucesso de qualquer empreendimento. Sendo assim, de acordo com esse critério, os centros de distribuição podem ser:
  6. 6. Canais de Distribuição e Marketing 87Localização do Centro de Distribuição UNIDADE08 Orientados para a Produção: Localizados próximos à planta industrial e funcionam como agregadores da produção dos fornecedores existentes, pontos de montagem e consolidação de produtos fabricados. Desta forma, permitem o envio de cargas de produtos diversificados a diversos consumidores a um custo de transporte de carga consolidada. Sua grande finalidade é tornar mais fácil a expedição dos produtos aos consumidores. Orientados para o Mercado: São os depósitos localizados geograficamente mais próximos aos grandes mercados consumidores, se dedicando ao ressuprimento do estoque dos consumidores, permitindo assim uma máxima consolidação de cargas para o transporte efetuado de longas distâncias, do fabricante ao depósito, com um transporte secundário de curta distância, do armazém ao consumidor. Também podem servir como locais para a montagem de produtos de diferentes locais de origens, bem como, de diversos fornecedores. Intermediários: É a forma pela qual são centros híbridos, ou seja, funcionando entre a uma área industrial e o mercado consumidor final. Muito similar aos depósitos localizados em atenção à produção, ofertando por um custo logístico reduzido. Método do centro de Gravidade: O modelo do centro de gravidade é bastante utilizado quando a organização já existente deseja saber onde deve localizar uma nova instalação dentro de uma determinada rede. O método irá avaliar o mercado já existente, o volume de bens ou serviços, bem como todos os custos de transporte envolvidos. Este método irá calcular a localização mínima (geograficamente) entre a nova instalação e os mercados e instalações que já existem.
  7. 7. Canais de Distribuição e Marketing 88Localização do Centro de Distribuição UNIDADE08 Percebe-se que são vários os fatores que devem ser analisados durante a escolha de potenciais áreas para a construção desses centros: 1- Posicionamento dos fornecedores e clientes. A proximidade irá facilitar o transporte, a comunicação e também a resolução de problemas. 5- Custos de terrenos. Em certas áreas podem mostrar-se estratégica e operacionalmente perfeitas, mas também inviáveis economicamente. 4- Restrições legais de circulação de veículos. Existem determinados locais, principalmente em áreas de grande movimentação, e horários onde não se é permitida a circulação de veículos de carga de grande porte. 3- Disponibilidade e capacidade de veículos. Em regiões onde ocorre uma maior concentração de veículos têm um maior apelo para o estabelecimento de centros de distribuição. 2- Previsão de demanda e características do produto. É um fator essencial para dimensionamento do armazém e da quantidade de funcionários. 6- Periculosidade da área. Fator de grande peso e motivador do surgimento e também rápido crescimento dos condomínios de carga. 7- Infra-estrutura e geografia. Sendo maior a acessibilidade e outras facilidades geográficas e de infra-estrutura, maior será a atratibilidade da região. 11- Impacto urbano. To centro de distribuição deve ser projetado e instalado de maneira a minimizar os impactos urbanos oriundo de sua construção e operação. 10- Mão-de-obra disponível. De maneira geral, toda a construção e operação de um armazém irá depender diretamente da mão-de-obra envolvida, daí a importância da instalação em áreas de grande oferta de trabalhadores disponíveis. 9- Quantidade de períodos analisados. È comum que diferentes resultados serão conseguidos a partir do estudo de diferentes períodos. Estratégias de curto, médio ou longo prazos podem indicar decisões divergentes. 8- Impostos e subsídios fiscais. È fácil deduzir que os incentivos fiscais podem ser determinantes na escolha do local.
  8. 8. Canais de Distribuição e Marketing 89Localização do Centro de Distribuição UNIDADE08 Nota-se que o alto custo de manutenção de estoques elevados, principalmente os de bens acabados, acaba incentivando as organizações a investirem na formação de uma cadeia logística integrada e de maior dinamismo. Um sistema de transportes que seja mais eficaz e também confiável baseado pelo processamento e emprego da tecnologia da informação em alta velocidade. Classificação dos Problemas de Localização Os problemas existentes de localização de centros de distribuição podem ser classificados por meio do uso das diversas abordagens empregadas para a obtenção de soluções. Ballou (1999) destaca cinco critérios:
  9. 9. Canais de Distribuição e Marketing 90Localização do Centro de Distribuição UNIDADE08 Impacto do frete: Atualmente o frete grátis é uma das estratégias motivadoras mais utilizadas pelos pontos de vendas on-line, juntamente com o parcelamento sem juros. Sendo assim, o efeito sobre a demanda é positivo, pois o cliente tem a percepção de estar comprando pela Internet um bem pelo mesmo preço que pagaria em uma loja comum , porém com a toda a comodidade de não ter que se deslocar e ainda receber o produto no endereço de preferência. Na verdade ao ofertar este diferencial, a loja está assumindo todo o custo do frete para assim não cobrá-lo do cliente, acomodando o valor na margem de venda do produto. Assim atualmente o frete grátis se tornou um “vício” de mercado difícil de ser eliminado. Mesmo apesar de boa parte dos varejistas preferirem hoje não usar este tipo de estratégia promocional, entretanto é difícil extirpá-la pelo hábito já adquirido pelo cliente por esta oferta.
  10. 10. Canais de Distribuição e Marketing 91Localização do Centro de Distribuição UNIDADE08 Análise qualitativa dos dados: Os dados qualitativos são os dados sobre o local geográfico que podem ser medidos de forma (ex: qualidade e nível de vida, clima, expectativas e otimismo do mercado). Esses dados também devem ser levados em conta na determinação da estratégia de escolha do local do centro de distribuição. Esta aula abordou como o centro de distribuição tem um papel preponderante dentro da logística, centralizando assim o estoque de toda a cadeia a fim de obter o máximo de vantagens econômicas e eficiência. Desta forma, este capítulo pretendeu avaliar a importância do CD no sistema logístico, abordando os aspectos importantes ao entendimento do tema. Foram discutidos o conceito e as estratégias básicas, bem como, as vantagens e problemas de sua adoção a fim de compreender o seu uso estratégico. Leitura complementar http://pt.scribd.com/doc/58773616/Artigo-HSM-O-deposito-Inteligente-Logistica Bibliografia recomendada KOTLER, Philip. Administração de Marketing. São Paulo: Prentice Hall, 2006.  NOVAES, Antônio Galvão. Logística e gerenciamento da cadeia de distribuição: estratégia, operação e avaliação. 3. ed. Rio de Janeiro: campus, 2007.  BERTAGLIA, Paulo Roberto. Logística e gerenciamento da cadeia de abastecimento. São Paulo: Saraiva, 2009. BOWERSOX, CLOSS, Donald J, David J.. Logística empresarial: o processo de integração da cadeia de suprimento. São Paulo: Atlas, 2001. CHOPRA, MEINDL, Sunil, Peter. Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos: estratégia, planejamento e operação. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2011. Bibliografia Recomendada Síntese

×