O slideshow foi denunciado.

Aula 8 edi

83 visualizações

Publicada em

EDI - Logística

Publicada em: Aperfeiçoamento pessoal
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Aula 8 edi

  1. 1. 16/10/2014 1 Introdução à Logística Aula 8 1 Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística Apresentação 8 Julio Loureiro Benefícios com EDI Aumentos da produtividade Redução dos lead times Redução dos custos com inventário Padronização dos Cód. barras Impacto nos sistemas internos Fortalecimento da comunicação com fornecedores Pagamentos eletrônicos Acuracidade dos dados Relação JIT Profissionaliz. Compras Compras com red. papel 3 A série de slides a seguir darão algumas dicas importantes na hora de consolidar a posição de aplicar ou ampliar o uso de ferramentas EDI na SCM ou fora dela. Certamente cada empresa demandará uma análise específica e adaptada à sua realidade, disponibilidade (humana, tecnológica, etc...), capital e demais elos envolvidos (up & downstream). 4 Perguntas estratégicas típicas realizadas na elaboração de um projeto de SCM: - Qual a melhor configuração da cadeia de suprimentos para atender às necessidades dos clientes? - Quantas instalações serão necessárias? - Onde estarão localizadas? 5 - Quais as capacidades de processamento? - Qual deve ser o tamanho? - Quais produtos serão fabricados em cada uma? -Quais serão as fontes dos produtos? - Qual o custo para o nível de serviço esperado? 6 - As operações podem ser ainda mais consolidadas? - A terceirização oferece benefícios? - Qual o impacto de acrescentar novos clientes com novas demandas (NS)? - As sinergias esperadas nas operações são realistas?
  2. 2. 16/10/2014 2 7 - Quais são os aprimoramentos necessários às atuais operações para um efetivo aumento de produtividade, giro de estoque, NS e matriz de custos? - Como as operações podem ser mais flexíveis para apoiar as atuais necessidades e futuras? 8 - Qual o impacto de diferentes modais na matriz logística? - Deve-se postergar o processamento final da manufatura para a distribuição? - Até que ponto as flutuações nos níveis de estoque afetam o serviço ao cliente? 9 Sua empresa está empolgada com o seu resultado no MBA da Unigranrio e decidiu promovê-lo a Gerente de Supply Chain. Percebendo as possibilidades de alavancar os resultados da sua empresa você decide pesquisar a melhor solução. 10 Existem ferramentas específicas para modelar os dados e apontar as melhores soluções para a (re)estruturação da SCM. O ideal segundo especialistas é que seja feita a cada 5 anos. 11 A seguir você verá os dez passos para a (re)estruturação bem-sucedida do modelo de supply chain na sua empresa: 1 – estabeleça o objetivo do projeto, iniciando com uma lista objetiva dos problemas que possam ser tratados pelas ferramentas de SCM. 12 Amplie o repertório de informações com dados sobre: -Geografia (locais das operações); -Produto (categorias, inclusão/ exclusão de MP e produtos intermediários); -Detalhes de manufatura (custos – fixos e variáveis, separação por processos);
  3. 3. 16/10/2014 3 13 -Instalações (próprias, alugadas); -Transporte (modais disponíveis). 2 – Descreva a rede, comece elaborando listas para cada componente fundamental do modelo. Considere como agregado ao local de embarque as regiões próximas aos maiores clientes 14 3 – Obtenha os dados de demanda dos clientes, medidas em unidades de peso, volume cúbico ou outra qualquer deve ser obtida para a região/ canal/ produto acabado/ período de tempo/ cliente. Projeções podem ser feitas a partir das tendências e demais variáveis agregadas. 15 4 – Obtenha os dados dos custos com frete, considere os diversos modais disponíveis e a própria concorrência entre empresas do mesmo tipo de modal. 16 5 – Obtenha dados sobre as instalações de suprimentos, cross-docking, CDs, portos, entre outros, tais como volumes, custos e capacidades. 17 6 – Comprove e valide o modelo através do isolamento de todos os volumes que ligam as instalações e o transporte por valores históricos. Pondere os valores pelo modelo de custo estimado para o modelo e compare os resultados esperados com os dados contábeis disponíveis. 18 7 – Prepare os dados de geração de cenários, o verdadeiro aprendizado ocorre quando a equipe segue um roteiro bem estruturado de perguntas, muitas surgirão apenas após o início da chegada dos dados da modelagem.
  4. 4. 16/10/2014 4 19 8 – Realize exercícios de otimização. Para cada cenário da etapa anterior prepare um algoritmo que irá buscar a melhor solução para ele. O objetivo poderá ser minimização de custos, maximização de lucros, ou combinação de custos e serviços por exemplo. 20 9 – Analise os resultados. As soluções tecnológicas de apoio à transformação da cadeia de suprimentos vem com uma série de planilhas, gráficos e resultados para interpretação e apresentação. 21 10 – Elabore o plano de ação. Coloque em prática os estudos realizados. Solicite o capital necessário, envolva as áreas que darão o suporte, negocie os contratos, treine o pessoal que será envolvido, adquira os softwares e hardwares que serão utilizados. 22 Para cotar com as empresas especializadas no fornecimento das soluções SCM, além do mapeamento das necessidades devemos tomar alguns cuidados: -Parque instalado (software e hardware); -Tamanho do negócio para evitarmos a colcha de retalhos; 23 -Definir o escopo daquilo que você precisa. Os slides a seguir mostram um exemplo de escopo montado para captação de propostas no mercado.

×