Aula 1 fundamentos

49 visualizações

Publicada em

Conceitos e abordagem de logística

Publicada em: Aperfeiçoamento pessoal
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
49
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 1 fundamentos

  1. 1. 09/02/2015 1 Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística Conceituação e Abordagem Logística 1 Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística Apresentação 1 Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística 2 Logística e Distribuição No nosso dia a dia • Como esse item veio parar na prateleira? • Quantas viagens, armazenamentos, cálculos e movimentações foram necessários para isso? Ao adquirir um produto talvez você já tenha se perguntado: Fonte: http://novaeranet.wordpress.com/2011/09/12/slidas- parcerias-para-vencer-as-rupturas/ Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística 3 Logística e Distribuição No nosso dia a dia • Quantos outros materiais entraram em sua composição e tiveram de passar também por inúmeras viagens e demais processos? • Como tudo isso foi gerenciado? Ao adquirir um produto talvez você já tenha se perguntado: Fonte: http://novaeranet.wordpress.com/2011/09/12/slidas- parcerias-para-vencer-as-rupturas/ Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística 4 Logística e Distribuição Conceito A resposta para todas essas questões está na Logística. Num conceito antigo e simples... “O ramo da ciência militar que lida com a obtenção, a manutenção e o transporte de materiais, pessoal e instalações.” Webster Dictionary Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística 5 Logística e Distribuição Conceito Num conceito mais atual... “A logística empresarial trata de todas as atividades de movimentação e armazenagem que facilitam o fluxo de produtos desde o ponto de aquisição da matéria prima até o ponto de consumo final, assim como dos fluxos de informação que colocam os produtos em movimento, com o propósito de providenciar níveis de serviço adequados aos clientes a um custo razoável”. Ballou, Logística Empresarial – 2001. Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística 6 Logística e Distribuição Conceito Em resumo, a função da Logística é: Disponibilizar o produto certo no local certo no tempo exato na qualidade desejada no menor custo possível
  2. 2. 09/02/2015 2 Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística 7 Logística e Distribuição Confusões entre conceitos Logística X Transporte: É muito comum a confusão que algumas pessoas fazem entre Logística e Transporte, afinal de contas, o transporte é sim uma atividade logística, a mais importante delas em alguns casos, mas o conceito de Logística, como podemos perceber é ainda mais abrangente. Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística 8 Logística e Distribuição Confusões entre conceitos Logística X Distribuição: A distribuição é a função de intermediação entre produtores e consumidores. Na década de 60 a concorrência era menor e os processos de compras, transporte, armazenagem, fabricação, manuseio e distribuição eram tratados de forma isolada. Hoje predomina o conceito de Logística Integrada na cadeia de suprimentos. Fonte: http://madrigais.blogspot.com/2010/12/imagens- nostalgicas-produtos-dos-anos.html Um rápido exemplo... Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística 9 Logística e Distribuição A Cadeia de Suprimentos - Conceito A rede de elementos produtivos que interagem e agregam valor a um produto desde o seu estado bruto (matéria-prima) até a sua disponibilidade para o consumidor final (produto acabado) recebe o nome de Cadeia de Suprimentos. Atualmente a Logística preocupa-se com o seu gerenciamento e estudo. Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística 10 Logística e Distribuição A Cadeia de Suprimentos Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística 11 Logística e Distribuição A Cadeia de Suprimentos Conhecer esse fluxo é a base para identificar possíveis “gargalos” e pontos de melhoria que, quando trabalhados podem trazer diferenciais competitivos para as empresas. Diferenciais produto local tempo qualidade custo Satisfação dos Clientes Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística 12 Logística e Distribuição Contexto Histórico Compreender o Cenário atual da Logística e Distribuição, implica em conhecer todo o seu processo evolutivo, dividido nos seguintes momentos: Supply Chain Management 1990 - Hoje Antes de 1900 Fase I 1900 - 1950 Fase II 1950 - 1960 Fase III 1960 - 1980 Fase IV 1980 - 1990 Fase V
  3. 3. 09/02/2015 3 Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística 13 Logística e Distribuição Contexto Histórico Fase I — Período anterior a 1900: • Grandes Conflitos – influência Militar: Posicionamento de Tropas, Agilidade nos deslocamentos, Provisões e Munições, Padronização, etc. • Surgimento do Termo: Alguns autores afirmam que é originário do francês Logistique - Loger (acomodar) + Matique (Estudo) Outros afirmam que é derivada do grego Logos (razão) - “a arte de calcular” ou “gerenciamento de detalhes de uma operação”. Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística 14 Logística e Distribuição Contexto HistóricoFase II 1900 – 1950: • Essa fase foi influenciada pelo movimento da racionalização do trabalho uma vez que a produção em massa necessitava de grandes quantidades de matérias-primas para atender à expansão dos mercados. • A ocorrência da Segunda Guerra Mundial proporcionou avanço significativo na área da logística, devido à necessidade estratégica de movimentação de pessoas e suprimentos de guerra em dois grandes cenários distintos (Pacífico e Europa). Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística 15 Logística e Distribuição Contexto HistóricoFase III 1950 - 1960: Os destaques nessa fase ocorreram no campo da tecnologia (surgimento do computador e progresso dos meios de comunicações) e na área do pensamento organizacional, com o advento do movimento sistêmico ou estruturalista da Administração. Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística 16 Logística e Distribuição Contexto Histórico Fase IV 1960 - 1980: • Durante os anos 60, o ambiente produtivo é influenciado por uma nova realidade: o setor de Marketing consolida-se e passa a exercer forte pressão sobre a produção; a manufatura ganha importância estratégica; • Nos anos seguintes a forte concorrência externa vem despertar as empresas para um novo conjunto de transformações mundiais na busca de vantagens competitivas voltadas para os materiais, estoques e compras. Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística 17 Logística e Distribuição Contexto Histórico Fase V 1980-1990 Os novos processos de administração aplicados nesse período (customização, qualidade, Just-In-Time, gestão estratégica etc.) proporcionam destaque à logística no planejamento estratégico das empresas, assumindo uma função de integração e coordenação de atividades de diferentes áreas. Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística 18 Logística e Distribuição Contexto Histórico Fase Atual 1990-Hoje: Logística Integrada e Foco no gerenciamento de toda a Cadeia de Suprimentos (Supply Chain Management). Hoje a Competição não é mais entre produtos, mas sim entre cadeias de suprimentos.
  4. 4. 09/02/2015 4 Escola de Ciências Sociais Aplicadas Curso: Logística 19 Logística e Distribuição BibliografiaBÁSICA • BALLOU, Ronald H.. Marketing Empresarial: transporte, administração de materiais e distribuição física. São Paulo: Atlas, 2001. • BERTAGLIA, Paulo Roberto. Marketing e Gerenciamentoda Cadeia de Abastecimento. 1. ed. São Paulo: Saraiva, 2000. • BOWERSOX, Donald J.; Closs, David J.. Marketing Empresarial: o processo de integração da cadeia de suprimento. São Paulo: Atlas, 2001. COMPLEMENTAR • FLEURY, Paulo Fernando; Wanke, Peter,; Figueiredo, Kleber Fossati. Marketing Empresarial: a perspectiva brasileira. São Paulo: Atlas, 2000. • FOSSATI, Kleber/Paulo Fernando Fleury/Peter Wenk. Marketing e Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos.1. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

×