7 -log_004_-_apostila_gestão_

118 visualizações

Publicada em

Gerenciamento de Estoque

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
118
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

7 -log_004_-_apostila_gestão_

  1. 1. 1
  2. 2. 2 UNIVERSIDADE DO GRANDE RIO - PROFESSOR JOSÉ DE SOUZA HERDY CSA - ESCOLA DE CIÊNCIAS SOCIAIS E APLICADAS LOG 004 – GESTÃO DE ESTOQUES 7 CÁLCULOS E TERMINOLOGIA NA GESTÃO DE ESTOQUES 7.1 CONSUMO MÉDIO MENSAL (CMM): Equivale a média dos consumos registrados em meses anteriores de um determinado item. Também pode aparecer como Demanda (D) ou receber o valor da previsão de demanda para o período. Mais adiante estudaremos cálculos mais detalhados de demanda. Para efeito de Consumo Médio Mensal utilizamos os registros da demanda consolidada dos últimos meses. CMM = (Consumo Mês 1 + Consumo Mês 2 + ... Consumo Mês N) Número de Meses Onde: CMM é o Consumo Médio Mensal Exemplo: CMM = (100un + 105un + 95un + 102un + 98un) 5 meses CMM =100 unidades 7.2 ESTOQUE DE SEGURANÇA (ES) FÓRMULA SIMPLES COM GRAU DE ATENDIMENTO (K) Também chamado de estoque mínimo, é a menor quantidade que deve existir em estoque, para manter ininterrupto o fluxo de venda e/ou consumo em caso de situações anormais como Atraso na entrega por parte do fornecedor, Falta de material no mercado, Aumento das vendas e/ou consumo na produção, etc. O estabelecimento de uma margem de segurança é o risco que a empresa está disposta a assumir com a ocorrência de falta de estoque. Além disso, estoque mínimo elevado pode gerar grau de imobilização financeira elevada e elevação dos custos ao passo que Estoque mínimo reduzido pode acarretar perda de vendas e paralisação da produção. ES = CMM x K Exemplo: CMM = 100 GA = 60% ES = 100 x 0,6 = 60 un Onde: CMM = Consumo Médio Mensal K = fator de segurança proporcional ao grau de atendimento (GA) desejado para o item.
  3. 3. 3 7.2.1 GRAU DE ATENDIMENTO O Grau de atendimento está diretamente relacionado com a certeza a cerca da previsão de demanda. Quanto maior a certeza da previsão de demanda menores serão os valores para risco e o grau de atendimento. GA = 1- RISCO Exemplo: GA = 60% ou 0,6 0,6 = 1 – Risco Risco = 1- 0,6 = 0,4 ou 40% Onde: GA = Grau de Atendimento Risco = a possibilidade de não atender a demanda. 7.3 TEMPO DE RESSUPRIMENTO (TR) É o tempo gasto desde a verificação de que o estoque precisa ser reposto até a chegada efetiva do material no almoxarifado da empresa. Este tempo pode ser desmembrado em três partes: - Emissão do pedido: tempo que leva desde a emissão do pedido de compra pela empresa até ele chegar ao fornecedor. - Preparação do pedido: tempo que leva o fornecedor para fabricar os produtos, faturamento e deixá-los em condições de transporte. - Transporte: tempo que leva da saída do fornecedor até o recebimento pela empresa dos materiais encomendados. Para adequação na Fórmula é necessário realizar alguns ajustes: Fator TR = Tempo de Reposição Tempo do Período Exemplo: TR = 5 dias Tempo do Período = 1 mês Fator TR = 5 dias = 0,17 30 dias 7.4 PONTO DE RESSUPRIMENTO (PR) Ponto de Ressuprimento (PR): Representa, em quantidade, quando um determinado item necessita de um novo suprimento (novo pedido). O saldo em estoque deverá ser suficiente até a entrada de um novo ressuprimento. PR = (CMM x TR) + ES. Exemplo: CMM = 100 un ES = 60 un TR = 5 dias PR = (100 x 0,17) + 60 PR = 77 un Onde: PR = Ponto de Ressuprimento CMM = Consumo Médio Mensal TR = Tempo de Ressuprimento TR Dias Fator TR 1 0,03 3 0,10 5 0,17 10 0,33 15 0,50 30 1,00 Tabela de TRs
  4. 4. 4 7.5 QUANTIDADE DE RESSUPRIMENTO (QR) É a quantidade a ser adquirida quando o nível do estoque atingir o ponto de Ressuprimento. OBS: não se levando em consideração os aspectos de ordem financeira e variações de estoque. QR = CMM x IR Exemplo: CMM = 100 un IR = 1 mês QR = 100 x 1 QR = 100 unidades Onde: QR = Quantidade de Ressuprimento CMM = Consumo Médio Mensal IR = Intervalo de Ressuprimento 7.6. INTERVALO DE RESSUPRIMENTO (IR) É o tempo relacionado ao número de pedidos possíveis de serem efetuados e atendidos entre uma reposição e outra. IR = QR CMM Exemplo: CMM = 100 um QR = 100 um IR = 100 100 IR= 1 mês Onde: QR = Quantidade de Ressuprimento CMM = Consumo Médio Mensal IR = Intervalo de Ressuprimento 7.7 ESTOQUE MÉDIO (EM) É a quantidade de itens em estoque que serve de balizador para outros cálculos e como medida de tendência para indicadores de desempenho do estoque. EM = (QR/2) + ES Exemplo: QR = 100 ES = 60 EM = (100/2) + 60 EM = 50 + 60 EM = 110 unidades Onde: QR = Quantidade de Ressuprimento ES = Estoque de Segurança EM = Estoque Médio
  5. 5. 5 7.8 NÍVEL OPERACIONAL (NO) É a quantidade de itens em estoque necessária para atender a demanda e suas possíveis oscilações. NO = QR + ES Exemplo: QR = 100un ES = 60 um NO = 100 + 60 NO = 160 unidades Onde: QR = Quantidade de Ressuprimento ES = Estoque de Segurança 7.9 RUPTURA DE ESTOQUE É caracterizado quando o estoque chega a zero e não pode atender uma necessidade de consumo. APLICAÇÃO PRÁTICA 1) A empresa XYZ possui um determinado produto que apresentou o seguinte registro de demanda consolidada nos último 6 meses: O tempo de entrega pelo fornecedor desse item é de em média 5 dias, e o estoque de segurança que a empresa mantém equivale a 20% do consumo médio mensal. Com base nessas informações, qual seria o ponto de ressuprimento desse item? Resolução: CMM = (Consumo Mês 1 + Consumo Mês 2 + ... Consumo Mês N) Número de Meses CMM = (108 + 107 + 90 + 105) = 102,5 ou 103 unidades. 4 ES = CMM x K ES = 103 x 0,20 = 20,6 ou 21 unidades PR = (CMM x TR) + ES PR = (103 x 0,17) + 21 PR = 17,51 + 21 = 38,51 ou 39 unidades. Mês Jan Fev Mar Abr Quantidade 108 107 90 105 Demanda Consolidada do Produto 1
  6. 6. 6 MÉTODO DAS QUANTIDADES FIXAS 2) Determinado item de material apresenta uma consumo médio mensal de 1800 unidades e são feitos, normalmente, 6 ressuprimeníos por ano. O estoque de segurança corresponde à metade da demanda durante o tempo de ressuprimento que é, em média, de l mês. Calcular: a) o ponto de ressuprimento b) a quantidade de ressuprimento c) o nível de ressuprimento d) o estoque médio, considerando um estoque de segurança igual a 600 unidades e) o ponto de ressuprimento considerando um estoque de segurança para l0 dias de consumo Dados: CMM ou D = 1800 unidades/mês IR = 2 meses TR = l mês ES = 0,5 (D x TR) a) ponto de ressuprimenfo (PR): PR = 1800 x l + 0,5 (1800 x 1) PR= l 800 + 0,5; x, 1800 - . PR= 1800 + 900 PR= 2.700 unidades b) quantidade de ressuprimento (QR): QR= D x IR QR = 1.800 x 2 QR = 3600 unidades c) nível de ressuprimento (NR): NR = 1800 (l +2) + 0,5 (1800 x I) NR= 1800 x 3 + 0,5 x 1800 NR = 5400 + 900 NR= 6300 unidades d) estoque médio (EM) EM = (QR/ 2) + ES EM = (3600/2) + 900 EM = l800 + 600 EM= 2400 unidades e) ponto de ressuprimento (PR ) PR = D x TR + ES PR= 1800x1 +(10x60) PR = 1800 + 600 PR = 2400 unidades
  7. 7. 7 MÉTODO DAS REVISÕES PERIÓDICAS 3) Determinado item de material apresenta uma consumo médio semanal (CMS) de 100 unidades Considerando-se que é mantido um estoque de segurança (ES) de 200 unidades e que o intervalo entre revisões (IR) é de 4 semanas, determinar: a) O Nível de Ressuprimento (NR), com base no Tempo de Ressuprimento (TR) médio de 2 semanas; b) A Quantidade de Ressuprimento (QR) na atual revisão, considerando-se que o Estoque Físico (EF) existente 6 de 300 unidades; c) O Estoque Médio (EM) ao longo de varias revisões. Dados: D = 100 unidades/semana ES = 200 unidades IR = 4 semanas TR = 2 semanas EF = 300 unidades a) Cálculo do Nível de Ressuprimento (NR): NR = D (TR + IR) + ES NR=100 x (2+4) + 200 NR = (100x6)+ 200 NR = 600 + 200 NR = 800 unidades b) Cálculo da Quantidade de Ressuprimento (QR): QR = NR - EF QR = 800-300 QR = 500 unidades c) Cálculo do Estoque Medio (EM): EM = (D x IR) : 2 + ES, ou EM = = (QR:2) + ES QR = D x IR QR = 100x4 QR = 400 unidades ou, EM = (QR:2) + ES EM = (400 : 2) + 200 EM = 200 + 200 EM = 400 unidades
  8. 8. 8 REFERÊNCIAS BALLOU, Ronald H.. Marketing Empresarial: transporte, administração de materiais e distribuição física. São Paulo: Atlas, 2001. BERTAGLIA, Paulo Roberto. Marketing e Gerenciamento da Cadeia de Abastecimento. 1. ed. São Paulo: Saraiva, 2000. BOWERSOX, Donald J.; Closs, David J.. Marketing Empresarial: o processo de integração da cadeia de suprimento. São Paulo: Atlas, 2001. FLEURY, Paulo Fernando; Wanke, Peter,; Figueiredo, Kleber Fossati. Marketing Empresarial: a perspectiva brasileira. São Paulo: Atlas, 2000. FOSSATI, Kleber/Paulo Fernando Fleury/Peter Wenk. Marketing e Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos. 1. ed. São Paulo: Atlas, 2003. AGRADECIMENTOS: Aos Professores Luiz Moura e Pablo de Barros que cederam parte desse material. Vá além da sala de aula: Para ver mais exemplos e aprofundar-se no cálculo acesse: http://www.ogerente.com.br/novo/colunas_ler.php?canal=11&c anallocal=41&canalsub2=132&id=180

×