A revolução da linguagemA revolução da linguagem
de David Crystal
Universidade Presbiteriana Mackenzie
CCL – Centro de Com...
O futuro dos “Ingleses”
Inglês como língua global
 Ideia reconhecida desde o século XVIII;
 “O inglês está destinado a s...
O presente
 “Uma língua não obtém um status genuinamente global até desempenhar
um papel importante que seja reconhecida ...
O passado
 Por que o inglês?
 O poder das instituições que a usam como modo de comunicação:
política (militar), tecnológ...
Política
 Crescimento do Império Britânico;
 Liga das Nações;
 O inglês como língua oficial para a resolução de polític...
Economia
“O dinheiro fala”
 No início do século XIX: a Grã-Bretanha foi a principal nação industrial e
comercial do mundo...
Imprensa
O futuro
” O império do Inglês”
 Comunicação pela língua inglesa:
 O papel do inglês na comunicação pela internet;
 Aum...
 O futuro da língua inglesa:
 Será ela desafiada/batida por outra?
 Língua ligada ao poder econômico, cultural e milita...
 Variações linguísticas;
Exemplo Rap, variações de significado de uma só palavra nos demais
“ingleses”.
 Inglês como id...
Mudança de código
 Franglês ( Francês- Inglês);
Texmex( espanhol mexicano usado no Texas);
Japlês( Japonês- Inglês);
Espa...
O inglês vai se fragmentar em variedades
mutuamente ininteligíveis, como aconteceu
com o latim vulgar?
 Latim x Inglês;
...
Latim Inglês
Roma se torna república em 509 a.C
e a Primeira Guerra Púnica (264-241
a.C) resultou na aquisição da
primeira...
 Outro paralelo:
 Século III d.C.: início das invasões bárbaras na Europa = declínio do Império
no Ocidente;
 O latim c...
Início da expansão do inglês
 1584: primeira expedição de Walter Raleigh à América. Palavras foram
emprestadas da língua ...
Futuro
Força centrífuga versus força centrípeta
 Diferente do Latim, o Inglês tem a seu favor os meios de comunicação;
 ...
Futuro
Força centrífuga versus força centrípeta
 A forma padronizada do inglês, não é idêntica em todos os lugares.
Contu...
Futuro
Força centrífuga versus força centrípeta
 Três níveis do inglês:
1. Dialeto familiar (um determinado sotaque)
 O ...
Futuro
A nova revolução
 O falantes da língua inglesa começam a se tornar tridialetais,
compreendendo os três níveis do i...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A Revolução da Linguagem

475 visualizações

Publicada em

O crescimento do inglês com o passar dos anos.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

A Revolução da Linguagem

  1. 1. A revolução da linguagemA revolução da linguagem de David Crystal Universidade Presbiteriana Mackenzie CCL – Centro de Comunicação e Letras Disciplina: Conteúdos e metodologia do ensino de língua inglesa Profa: Vera Lucia Harabagi Hanna
  2. 2. O futuro dos “Ingleses” Inglês como língua global  Ideia reconhecida desde o século XVIII;  “O inglês está destinado a ser, no próximo século e nos seguintes, uma língua mundial em sentido mais amplo do que o latim foi na era passada ou o francês é na presente” (Adams, John – 1780);  No ano de 1990, por meio de pesquisas, livros e conferências, foi explicado como uma língua poderia se tornar global e quais eram as consequências dessa expansão.
  3. 3. O presente  “Uma língua não obtém um status genuinamente global até desempenhar um papel importante que seja reconhecida em todos os países." (CRYSTAL, p. 20)  Para a globalização da língua é necessário:  a língua tem de ser usada como meio de comunicação para resolver assuntos governamentais; ser introduzida no sistema jurídico, na mídia e sistema educacional;  tornar-se prioridade no ensino de língua estrangeira em um país.
  4. 4. O passado  Por que o inglês?  O poder das instituições que a usam como modo de comunicação: política (militar), tecnológica, econômica e cultural.  Política: colonialismo.  Tecnológica: Revolução Industrial.  Economia: crescimento econômico norte-americano.  Cultura: american's way of life.
  5. 5. Política  Crescimento do Império Britânico;  Liga das Nações;  O inglês como língua oficial para a resolução de políticas internacionais.
  6. 6. Economia “O dinheiro fala”  No início do século XIX: a Grã-Bretanha foi a principal nação industrial e comercial do mundo;  Em 1800 essa nação ficou conhecida como “a oficina do mundo”;  Revolução da impressão;  Crescimento do sistema bancário internacional: Alemanha, Grã-Bretanha e Estados Unidos;  Londres e Nova York – tonaram-se as capitais de investimentos no mundo.  Imperialismo econômico.
  7. 7. Imprensa
  8. 8. O futuro ” O império do Inglês”  Comunicação pela língua inglesa:  O papel do inglês na comunicação pela internet;  Aumento dos falantes da língua.  Objetivo.
  9. 9.  O futuro da língua inglesa:  Será ela desafiada/batida por outra?  Língua ligada ao poder econômico, cultural e militar  Quem utiliza a língua.
  10. 10.  Variações linguísticas; Exemplo Rap, variações de significado de uma só palavra nos demais “ingleses”.  Inglês como identidade nacional.
  11. 11. Mudança de código  Franglês ( Francês- Inglês); Texmex( espanhol mexicano usado no Texas); Japlês( Japonês- Inglês); Espanglês(Espanhol – Inglês);  As línguas mistas são a principal tendência do século XXI: existem provavelmente mais pessoas que utilizam o inglês como mudança de código do que pessoas que não o utilizam.
  12. 12. O inglês vai se fragmentar em variedades mutuamente ininteligíveis, como aconteceu com o latim vulgar?  Latim x Inglês;  O inglês se espalhou pelo mundo moderno em um padrão de tempo não muito diferente do latim:
  13. 13. Latim Inglês Roma se torna república em 509 a.C e a Primeira Guerra Púnica (264-241 a.C) resultou na aquisição da primeira província, a Sicília. Bispo Aelfric - o primeiro a colocar no papel uma conversa em inglês (O Colóquio, escrito por volta do ano 1000). Dois séculos mais tarde Augusto estabeleceu o Império (31 a.C), que perdurou no Ocidente até 476 d.C.. O domínio inglês foi imposto na Irlanda, por Henrique II, em 1171. Em torno de 750 anos como período de expansão real. O inglês levou em torno de 750 para se expandir, assim como o Latim.
  14. 14.  Outro paralelo:  Século III d.C.: início das invasões bárbaras na Europa = declínio do Império no Ocidente;  O latim clássico passou a ser cada vez mais uma língua de elite. O latim começou o seu período de declínio como língua franca falada. Latim Inglês O período clássico da literatura latina (de Horácio, Virgílio, etc), surgiu durante o primeiro século a.C, cerca de 400 anos depois do inicio da República e cerca de 200 anos após a primeira Guerra Púnica. O primeiro clássico da literatura inglesa, Contos Canterbury, de Chauncer, foi escrito por volta de 400 anos após o início de nosso calendário, no ano 1000, e cerca de 200 anos após a expedição Irlandesa
  15. 15. Início da expansão do inglês  1584: primeira expedição de Walter Raleigh à América. Palavras foram emprestadas da língua indígena lá falada, o que começou a se transformar em inglês americano.;  Colônia em Jamestown, Virgínia;  600 anos após a difusão tanto do latim quanto do inglês ocorreu um momento crítico: no caso do latim, foi o início da expansão do inglês;  Cerca de 4 ou 5 milhões de pessoas falavam inglês no final do reinado da rainha Elisabeth I;  No final do reinado da rainha Elizabeth II, cerca de ¼ da população mundial falava inglês.  Site: http://www.solinguainglesa.com.br/conteudo/brit_amer1.php
  16. 16. Futuro Força centrífuga versus força centrípeta  Diferente do Latim, o Inglês tem a seu favor os meios de comunicação;  Apesar de existirem variações da língua inglesa, eventos, imprensa e publicações internacionais utilizam o inglês-padrão, fazendo com que ocorra um equilíbrio entre o dialeto utilizado em certa região ou país e o inglês reconhecido internacionalmente; Exemplo  Indianos possuem a própria maneira de se falar inglês, mas compreendem o que se é dito em canais internacionais, como a BBC, que utiliza o inglês britânico.  Esse equilíbrio possibilita o entendimento e permite o diálogo entre diferentes falantes (nativos ou não) da língua inglesa.
  17. 17. Futuro Força centrífuga versus força centrípeta  A forma padronizada do inglês, não é idêntica em todos os lugares. Contudo, as diferenças orais e ortográficas são pequenas, permitindo a compreensão entre os falantes;  Portanto, é provável acreditar em um inglês cada vez mais padronizado;  Força centrífuga e centrípeta podem coexistir confortavelmente na língua. É possível se expressar ao mesmo tempo que é capaz de se comunicar com outras pessoas. A língua permite sermos iguais e diferentes ao mesmo tempo.
  18. 18. Futuro Força centrífuga versus força centrípeta  Três níveis do inglês: 1. Dialeto familiar (um determinado sotaque)  O autor aprendeu o inglês galês. Após um tempo morando em Liverpool, tornou-se fluente nos dois dialetos domésticos, o galês e o britânico. 2. Variedade nacional do inglês-padrão, aprendido na escola.  (Aprende-se as variedades entre o inglês galês e o inglês britânico). 3. Inglês-padrão internacional.  Não é o britânico, norte-americanos, australiano ou qualquer outro. É o falado internacionalmente. Ainda não é uma realidade global, mas está se tornando uma.
  19. 19. Futuro A nova revolução  O falantes da língua inglesa começam a se tornar tridialetais, compreendendo os três níveis do inglês, ou pelo menos, compreendem as variedades regionais;  Professores de língua inglesa já começaram a ensinar tais variações aos seus alunos. Exemplo As palavras pavemente (inglês britânico), sidewalk (inglês norte- americano) e footpath (inglês australiano), possuem o mesmo significado: calçada.  Com o passar dos anos o inglês sofreu drásticas mudanças: “[...] a maior parte das variedades de inglês que encontramos ao viajar é diferente da britânica ou da norte-americana padrão”. (CRYSTAL, p.51)  É por isso que se faz necessária a utilização de uma forma padronizada da língua.  Site: http://www.solinguainglesa.com.br/conteudo/brit_amer2.php

×