Psicanálise cópia

2.391 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.391
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.359
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
47
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Psicanálise cópia

  1. 1. As fases de desenvolvimento descritas pela Psicanálise nos permitem identificar, analisar e contextualizar comportamentos e atitudes queinterferem negativamente no processo de aprendizagem.
  2. 2. ESTRUTURAS DO APARELHO PSÍQUICODe acordo com a teoria estrutural da mente, o id, o ego e o superego funcionam em diferentes níveis de consciência.Há um constante movimento de lembranças e impulsos de um nível para o outro.
  3. 3. Você não pode. Isto não está certo.
  4. 4. ID: é o reservatório das pulsões, da energia de toda a personalidade. É a estrutura da personalidade original, básica e mais central, exposta tanto às exigências somáticas do corpo como aos efeitos do ego e do superego.EGO: funciona principalmente a nível consciente, embora também contenha elementos inconscientes, pois evoluiu do id. É Regido pelo princípio da realidade. SUPEREGO: Atua como um juiz ou censor sobre as atividades e pensamentos do ego. É o depósito dos códigos morais e dos modelos de conduta que constituem as inibições da personalidade
  5. 5. Fases do desenvolvimento psicossexual Fase anal Fase oral Fase fálica Fase genital Período de latência
  6. 6. Para Freud, as crianças devem receber educação sexual, assim que demonstrem interesse pela questão.Pais e professores deveriam ser esclarecidosacerca da existência da sexualidade infantil.Freud observava nos pais uma incompetênciapara esses assuntos e, por isso, não devem seocupar do esclarecimento sexual das crianças. Já foram crianças e se esqueceram da sexualidade infantil; se esqueceram, é porque foram reprimidos e as forças que reprimiram estão ainda atuando no sentido de não fazê-los lembrar.
  7. 7. A Educação exerce seu poder através da palavra. Da palavra extrai seu poder de convencimento e de submissão do ouvinte a ela. No entanto, a realidade do inconsciente ensina que a palavra escapa ao falante. Ao falar, um educador poderá se perder e revelar-se indo em uma direção contrária àquela que seu “eu” havia determinado.Ensina a Psicanálise que a palavra é ao mesmo tempo lugar de poder e submissão, de força e de fraqueza, de controle e de descontrole.
  8. 8. - O educador deve promover a sublimação, mas sublimação não se promove por ser inconsciente. - O educador deve esclarecer as crianças a respeito da sexualidade, se bem que elas não darão ouvidos.- O educador deve se reconciliar com a criança que há dentro dele, mas é uma pena que ele tenha se esquecido de como é esta criança.
  9. 9. O professor pode ensinar, mas não esperar que os alunos mudarão seus modos de pensar subjetivos. Eles ouvirão o que lhes convier e jogarão fora o resto. O bom professor aceitará isso sem desespero e sem tentar reprimir tais atividades, pois desta maneira, no futuro, saberão pensar sozinhos.Matar simbolicamente o mestre para se tornar o mestre de si mesmo, esta é uma lição que pode ser extraída da própria vida de Freud.” (Kupfer, 1992)
  10. 10. Por : Edlaine Vercillo Eliane Constantino Kelly Cristina Jaqueline Brandão Rafaela Amaro

×